SlideShare uma empresa Scribd logo

Friedrich Froebel

Apresentação elaborada pela professora Alexandra Pena sobre o pensador Friedrich Froebel.

1 de 16
Baixar para ler offline
Friedrich Froebel
          Elaborado pela Professora Alexandra Pena
Biografia
Nasceu na Alemanha em 21 de abril de 1782.
Perdeu a mãe com pouco mais de um ano.
Mudou-se para a casa de um tio e frequentou uma
escola municipal.

Foi aprendiz de guarda florestal por 3 anos.
Foi aluno nos cursos de ciências, filosofia e
       mineralogia na Faculdade de Jena.

Em 1805, vai para Frankfurt e se torna professor de
uma escola-modelo de um discípulo de Pestalozzi.
Contexto histórico, social e político

 Duas tendências históricas são essenciais para a
 compreensão da obra de Froebel: a valorização da
 infância e o individualismo burguês.

  Acontecimentos históricos:
  - Revolução Industrial (Séculos XVIII e XIX);
  - Revolução Francesa – séc. XVIII;
  - Iluminismo (Início do século XVIII).

A educação passou a ser o único instrumento capaz
de formar o cidadão para o modelo liberal burguês.
A pedagogia romântica



O período romântico produziu uma profunda
 renovação teórica, que ativou, por um lado, uma
 nova ideia de formação ligada a uma nova
 concepção do espírito humano; por outro lado, uma
 reafirmação da educação, da relação educativa, da
 escola e da família como momentos centrais de toda
 formação humana.
A pedagogia Froebeliana
É com Froebel que a pedagogia romântica atinge seu
 ápice. Ele é o pedagogo do romantismo.

Depois de Rousseau, F. Foi o pedagogo que redefiniu
 a imagem da infância - como idade criativa e
 fantástica - e teorizou a da sua escola.

Três aspectos de destaque no pensamento educativo
 de Froebel:
1. a concepção de infância;
2. a organização dos “jardins de infância”;
3. a didática para a primeira infância.
A concepção de infância



Partindo de um pressuposto religioso, F. acredita que
 a voz de Deus está depositada na infância, por isso,
 a educação deve apenas deixá-la se desenvolver.

Necessidade de reforçar na criança a sua capacidade
 criativa, com o sentimento e com a arte. Assim, a
 atividade específica da criança é o jogo.
Anúncio

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.thayseehausen
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraHerbert Santana
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoMagda Marques
 
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.ISMAEL FERRAZ
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Carlos Caldas
 
As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...Marilia Pires
 
Revisitando teoricos Comenius e Rousseau
Revisitando teoricos Comenius e RousseauRevisitando teoricos Comenius e Rousseau
Revisitando teoricos Comenius e RousseauRobson Santos
 
Mapa conceitual graca_santos
Mapa conceitual graca_santosMapa conceitual graca_santos
Mapa conceitual graca_santosGraça Santos
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasMarcelo Assis
 
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento ProximalVygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento ProximalCícero Quarto
 
Fases do desenvolvimento - Piaget
Fases do desenvolvimento -  PiagetFases do desenvolvimento -  Piaget
Fases do desenvolvimento - PiagetElisms88
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação InfantilDiretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação InfantilCarina
 

Mais procurados (20)

Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
Pedagogia montessoriana - Características e curiosidades.
 
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação BrasileiraTendências Pedagógicas da Educação Brasileira
Tendências Pedagógicas da Educação Brasileira
 
1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento1. teorias do desenvolvimento
1. teorias do desenvolvimento
 
Organização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógicoOrganização do trabalho pedagógico
Organização do trabalho pedagógico
 
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.
CÉLESTIN FREINET: Contribuições para o Ensino.
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...As concepções de criança e infância...
As concepções de criança e infância...
 
Psicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãOPsicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãO
 
História da educação infantil no Brasil e no Mundo
História da educação infantil no Brasil e no MundoHistória da educação infantil no Brasil e no Mundo
História da educação infantil no Brasil e no Mundo
 
Revisitando teoricos Comenius e Rousseau
Revisitando teoricos Comenius e RousseauRevisitando teoricos Comenius e Rousseau
Revisitando teoricos Comenius e Rousseau
 
Mapa conceitual graca_santos
Mapa conceitual graca_santosMapa conceitual graca_santos
Mapa conceitual graca_santos
 
Decroly
DecrolyDecroly
Decroly
 
Tendências Pedagógicas
Tendências PedagógicasTendências Pedagógicas
Tendências Pedagógicas
 
Emilia ferreiro
Emilia ferreiroEmilia ferreiro
Emilia ferreiro
 
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento ProximalVygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
Vygotsky e a Teoria da Zona de Desenvolvimento Proximal
 
Fases do desenvolvimento - Piaget
Fases do desenvolvimento -  PiagetFases do desenvolvimento -  Piaget
Fases do desenvolvimento - Piaget
 
PESTALOZZI
PESTALOZZI PESTALOZZI
PESTALOZZI
 
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da PsicopedagogiaApresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
Apresentação: Fundamentos da Psicopedagogia
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação InfantilDiretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Infantil
 

Destaque

Pedagogia de Froebel por Priscila Puertas
Pedagogia de Froebel por Priscila PuertasPedagogia de Froebel por Priscila Puertas
Pedagogia de Froebel por Priscila Puertaspriscilapuertas123
 
Friedrich froebel y su legado
Friedrich froebel y su legadoFriedrich froebel y su legado
Friedrich froebel y su legadolissettesilvia
 
Biografia Froebel
Biografia FroebelBiografia Froebel
Biografia Froebellumisa2003
 
Fredrick froebel pp
Fredrick froebel ppFredrick froebel pp
Fredrick froebel pppinar19
 
Friedrich Froebel
Friedrich FroebelFriedrich Froebel
Friedrich Froebelgadmire
 
Curriculum Frobeliano
Curriculum FrobelianoCurriculum Frobeliano
Curriculum FrobelianoMrJerico
 
Friedrich froebel
Friedrich froebelFriedrich froebel
Friedrich froebeljenn0203
 
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando   uma forma divertida de ensinarAprender brincando   uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando uma forma divertida de ensinarmultimidiassemfronteiras
 
Celestin Freinet
Celestin FreinetCelestin Freinet
Celestin Freinetguest975e56
 
As propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freireAs propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freireKaio Maluf
 
power point de Froebel
power point de Froebelpower point de Froebel
power point de FroebelNatalia_104
 
Power point de Froebel
Power point de FroebelPower point de Froebel
Power point de Froebelmicagiraldis
 

Destaque (20)

Froebel
FroebelFroebel
Froebel
 
Friedrich froebel
Friedrich froebelFriedrich froebel
Friedrich froebel
 
Método frobeliano
Método frobelianoMétodo frobeliano
Método frobeliano
 
Pedagogia de Froebel por Priscila Puertas
Pedagogia de Froebel por Priscila PuertasPedagogia de Froebel por Priscila Puertas
Pedagogia de Froebel por Priscila Puertas
 
Friedrich froebel y su legado
Friedrich froebel y su legadoFriedrich froebel y su legado
Friedrich froebel y su legado
 
Biografia Froebel
Biografia FroebelBiografia Froebel
Biografia Froebel
 
Wilhelm friedrich froebel
Wilhelm friedrich froebelWilhelm friedrich froebel
Wilhelm friedrich froebel
 
Fredrick froebel pp
Fredrick froebel ppFredrick froebel pp
Fredrick froebel pp
 
Friedrich Froebel
Friedrich FroebelFriedrich Froebel
Friedrich Froebel
 
Curriculum Frobeliano
Curriculum FrobelianoCurriculum Frobeliano
Curriculum Frobeliano
 
Friedrich froebel
Friedrich froebelFriedrich froebel
Friedrich froebel
 
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando   uma forma divertida de ensinarAprender brincando   uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
 
Fredrich froebel.
Fredrich froebel.Fredrich froebel.
Fredrich froebel.
 
Celestin Freinet
Celestin FreinetCelestin Freinet
Celestin Freinet
 
As propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freireAs propostas de herbart, dewey e freire
As propostas de herbart, dewey e freire
 
Curso online educacao infantil fundamentos teoricos
Curso online educacao infantil fundamentos teoricosCurso online educacao infantil fundamentos teoricos
Curso online educacao infantil fundamentos teoricos
 
power point de Froebel
power point de Froebelpower point de Froebel
power point de Froebel
 
Frederick fröebel y su legado
Frederick fröebel y su legadoFrederick fröebel y su legado
Frederick fröebel y su legado
 
Exposición froebel
Exposición froebelExposición froebel
Exposición froebel
 
Power point de Froebel
Power point de FroebelPower point de Froebel
Power point de Froebel
 

Semelhante a Friedrich Froebel

Gestao de educacao_infantil_4
Gestao de educacao_infantil_4Gestao de educacao_infantil_4
Gestao de educacao_infantil_4Liberty Ensino
 
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...GluciaGarciaDaSilva
 
Escola Libertadora
Escola LibertadoraEscola Libertadora
Escola Libertadoramefurb
 
Alfabetização e Letramento V.2
Alfabetização e Letramento V.2Alfabetização e Letramento V.2
Alfabetização e Letramento V.2GleidsonNogeva1
 
História das idéias pedagógicas
História das idéias pedagógicasHistória das idéias pedagógicas
História das idéias pedagógicasCarla Melo
 
Paulo reglus neves freire
Paulo reglus neves freirePaulo reglus neves freire
Paulo reglus neves freireTatiana Souza
 
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃOA CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃOJusemara
 
A educação infantil na história e na atualidade
A educação infantil na história e na atualidadeA educação infantil na história e na atualidade
A educação infantil na história e na atualidadeGizelda Rodrigues de Araújo
 
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_416594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4Katia Cristina Brito
 
AD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxAD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxMnikaAbreu
 
AD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxAD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxAmanda872262
 

Semelhante a Friedrich Froebel (20)

4. slide pensadores introdução
4. slide pensadores introdução4. slide pensadores introdução
4. slide pensadores introdução
 
Escolarização
 Escolarização Escolarização
Escolarização
 
Gestao de educacao_infantil_4
Gestao de educacao_infantil_4Gestao de educacao_infantil_4
Gestao de educacao_infantil_4
 
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
Paulo Freire, o Patrono da Educaçao Brasileira, AD1 Glaucia, Kianny, Márith, ...
 
Artigo 005
Artigo 005Artigo 005
Artigo 005
 
Escola Libertadora
Escola LibertadoraEscola Libertadora
Escola Libertadora
 
167 530-1-pb
167 530-1-pb167 530-1-pb
167 530-1-pb
 
Alfabetização e Letramento V.2
Alfabetização e Letramento V.2Alfabetização e Letramento V.2
Alfabetização e Letramento V.2
 
História das idéias pedagógicas
História das idéias pedagógicasHistória das idéias pedagógicas
História das idéias pedagógicas
 
Paulo reglus neves freire
Paulo reglus neves freirePaulo reglus neves freire
Paulo reglus neves freire
 
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃOA CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
A CONTRIBUIÇÃO DOS CLÁSSICOS NO PROCESSO DE ALFABETIZAÇÃO
 
Aline ana suelen_viviany
Aline ana suelen_vivianyAline ana suelen_viviany
Aline ana suelen_viviany
 
A educação infantil na história e na atualidade
A educação infantil na história e na atualidadeA educação infantil na história e na atualidade
A educação infantil na história e na atualidade
 
Grandes pedagogos
Grandes pedagogosGrandes pedagogos
Grandes pedagogos
 
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_416594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4
16594614122012 historia da_educacao_brasileira_aula_4
 
UENFPAULOFREIREPEDAGOGIA.pptx
UENFPAULOFREIREPEDAGOGIA.pptxUENFPAULOFREIREPEDAGOGIA.pptx
UENFPAULOFREIREPEDAGOGIA.pptx
 
Paulo freire
Paulo freirePaulo freire
Paulo freire
 
Adolphe Ferrière
Adolphe FerrièreAdolphe Ferrière
Adolphe Ferrière
 
AD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxAD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptx
 
AD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptxAD1 - Didática.pptx
AD1 - Didática.pptx
 

Mais de Perseu Silva

A criação do mundo: da Pangéia à África
A criação do mundo: da Pangéia à ÁfricaA criação do mundo: da Pangéia à África
A criação do mundo: da Pangéia à ÁfricaPerseu Silva
 
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasBrinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasPerseu Silva
 
Surrealismo e René Magritte
Surrealismo e René MagritteSurrealismo e René Magritte
Surrealismo e René MagrittePerseu Silva
 
Mascotes das Copas
Mascotes das CopasMascotes das Copas
Mascotes das CopasPerseu Silva
 
Pensando o letramento - Grupo 5/2013
Pensando o letramento - Grupo 5/2013Pensando o letramento - Grupo 5/2013
Pensando o letramento - Grupo 5/2013Perseu Silva
 
Infâncias, multimídias e contemporaneidade
Infâncias, multimídias e contemporaneidadeInfâncias, multimídias e contemporaneidade
Infâncias, multimídias e contemporaneidadePerseu Silva
 
Impressionismo e cotidiano
Impressionismo e cotidianoImpressionismo e cotidiano
Impressionismo e cotidianoPerseu Silva
 
GestãO Educacional Fund. Casa De Rui Barbosa
GestãO Educacional   Fund. Casa De Rui BarbosaGestãO Educacional   Fund. Casa De Rui Barbosa
GestãO Educacional Fund. Casa De Rui BarbosaPerseu Silva
 
Semana EducaçãO 2009
Semana EducaçãO 2009Semana EducaçãO 2009
Semana EducaçãO 2009Perseu Silva
 
Caindo Nas Redes VI Redes
Caindo Nas Redes VI RedesCaindo Nas Redes VI Redes
Caindo Nas Redes VI RedesPerseu Silva
 

Mais de Perseu Silva (17)

Apartheid
ApartheidApartheid
Apartheid
 
A criação do mundo: da Pangéia à África
A criação do mundo: da Pangéia à ÁfricaA criação do mundo: da Pangéia à África
A criação do mundo: da Pangéia à África
 
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanasBrinquedos e brincadeiras de crianças africanas
Brinquedos e brincadeiras de crianças africanas
 
Surrealismo e René Magritte
Surrealismo e René MagritteSurrealismo e René Magritte
Surrealismo e René Magritte
 
Mascotes das Copas
Mascotes das CopasMascotes das Copas
Mascotes das Copas
 
Pensando o letramento - Grupo 5/2013
Pensando o letramento - Grupo 5/2013Pensando o letramento - Grupo 5/2013
Pensando o letramento - Grupo 5/2013
 
Infâncias, multimídias e contemporaneidade
Infâncias, multimídias e contemporaneidadeInfâncias, multimídias e contemporaneidade
Infâncias, multimídias e contemporaneidade
 
Impressionismo e cotidiano
Impressionismo e cotidianoImpressionismo e cotidiano
Impressionismo e cotidiano
 
Janusz Korczak
Janusz KorczakJanusz Korczak
Janusz Korczak
 
Alexander s neill
Alexander s neillAlexander s neill
Alexander s neill
 
Freinet
FreinetFreinet
Freinet
 
Estandartes
EstandartesEstandartes
Estandartes
 
GestãO Educacional Fund. Casa De Rui Barbosa
GestãO Educacional   Fund. Casa De Rui BarbosaGestãO Educacional   Fund. Casa De Rui Barbosa
GestãO Educacional Fund. Casa De Rui Barbosa
 
Semana EducaçãO 2009
Semana EducaçãO 2009Semana EducaçãO 2009
Semana EducaçãO 2009
 
Caindo Nas Redes VI Redes
Caindo Nas Redes VI RedesCaindo Nas Redes VI Redes
Caindo Nas Redes VI Redes
 
Semic Uerj 2008
Semic Uerj 2008Semic Uerj 2008
Semic Uerj 2008
 
Semic Uerj 2007
Semic Uerj 2007Semic Uerj 2007
Semic Uerj 2007
 

Último

Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOxogilo3990
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfkeiciany
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...excellenceeducaciona
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfkeiciany
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba InicialTeresaCosta92
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 

Último (20)

Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGOLUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
LUSSOCARS TRABAJO PARA LA CLASE QUE TENGO
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 7º ANO.pdf
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
CASO: Um determinado perito contábil, especialista em pericias trabalhistas e...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdfPLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
PLANO DE CURSO 2O24- ENSINO RELIGIOSO 8º ANO.pdf
 
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba InicialDomínio da Linguagem  Oral Classificação Sílaba Inicial
Domínio da Linguagem Oral Classificação Sílaba Inicial
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 

Friedrich Froebel

  • 1. Friedrich Froebel Elaborado pela Professora Alexandra Pena
  • 2. Biografia Nasceu na Alemanha em 21 de abril de 1782. Perdeu a mãe com pouco mais de um ano. Mudou-se para a casa de um tio e frequentou uma escola municipal. Foi aprendiz de guarda florestal por 3 anos. Foi aluno nos cursos de ciências, filosofia e mineralogia na Faculdade de Jena. Em 1805, vai para Frankfurt e se torna professor de uma escola-modelo de um discípulo de Pestalozzi.
  • 3. Contexto histórico, social e político Duas tendências históricas são essenciais para a compreensão da obra de Froebel: a valorização da infância e o individualismo burguês. Acontecimentos históricos: - Revolução Industrial (Séculos XVIII e XIX); - Revolução Francesa – séc. XVIII; - Iluminismo (Início do século XVIII). A educação passou a ser o único instrumento capaz de formar o cidadão para o modelo liberal burguês.
  • 4. A pedagogia romântica O período romântico produziu uma profunda renovação teórica, que ativou, por um lado, uma nova ideia de formação ligada a uma nova concepção do espírito humano; por outro lado, uma reafirmação da educação, da relação educativa, da escola e da família como momentos centrais de toda formação humana.
  • 5. A pedagogia Froebeliana É com Froebel que a pedagogia romântica atinge seu ápice. Ele é o pedagogo do romantismo. Depois de Rousseau, F. Foi o pedagogo que redefiniu a imagem da infância - como idade criativa e fantástica - e teorizou a da sua escola. Três aspectos de destaque no pensamento educativo de Froebel: 1. a concepção de infância; 2. a organização dos “jardins de infância”; 3. a didática para a primeira infância.
  • 6. A concepção de infância Partindo de um pressuposto religioso, F. acredita que a voz de Deus está depositada na infância, por isso, a educação deve apenas deixá-la se desenvolver. Necessidade de reforçar na criança a sua capacidade criativa, com o sentimento e com a arte. Assim, a atividade específica da criança é o jogo.
  • 7. Jardim de Infância 1837 – Froebel cria o primeiro “Jardim de Infância” (“kindergarten”) Froebel tinha convicção de que a chave para o sucesso do pleno desenvolvimento do homem estava nos primeiros anos de vida. Locais de espaços aparelhados para o jogo e o trabalho infantil, organizados por uma professora especializada que orienta as atividades
  • 8. “Pedagogia e rotinas no Jardim de Infância” Moysés Kuhlmann Jr. Refletir sobre aspectos históricos da rotina nas instituições de educação infantil; Análise das programações propostas para o Jardim de Infância Caetano de Campos em SP (criado em 1896), a partir da leitura sistemática dos dois volumes da Revista do Jardim da Infância; Articulação das concepções educacionais de Froebel com os processos históricos que levaram à difusão internacional dos jardins de infância na segunda metade do século XIX.
  • 9. Propostas pedagógicas da Caetano de Campos Prescrições da Revista do Jardim da Infância Preocupação com o planejamento das atividades Controle das crianças; vigilância dos adultos Divisão do tempo
  • 10. Rotina 1. Entrada: saudação, revisão, canto 2. Conversação ou linguagem 3.Atividade física 4. Repouso 5.Atividade dirigida: dons 6. Refeição na classe 7. Recreio ou recreio na jardim 8.Trabalhos manuais 9. Atividades dirigidas 10. Música 11. Brinquedos e jogos organizados 12. Desenho 13. Pensamentos, méritos e cantos de despedida
  • 12. A didática para a primeira infância As atividades cotidianas Linguagem Os brinquedos e os jogos organizados Os dons Atividades de expressão
  • 13. Discussões Aceitação generalizada do jardim de infância froebeliano como a instituição educacional a se adotar para a educação da criança de 3 a 6 anos. O que nesta pedagogia dava motivo a tão amplo consenso?
  • 14. Religião manifesta na formação moral; Formação dos bons hábitos, docilidade, vigilância por parte dos adultos; Educação moral em especial dos pobres; Assistencialismo; Obediência do corpo; Castigo e rigidez; Do simples e complexo; Repetição; Ritualização (reconhecimento da fantasia das crianças x caminho da moralidade) Receituário
  • 15. Reconhecimento da especificidade do atendimento educacional a uma criança em idade anterior à escolar; Contribuição para a renovação de um currículo próprio para essa faixa etária
  • 16. Referências bibliográficas CAMBI, Franco. Burguesia e povo: entre ideologias pedagógicas e conflitos educativos. IN: CAMBI, Franco. História da pedagogia. São Paulo. Editora UNESP. FILHO, Aristeo G. L. História da educação infantil – Heloísa Marinho: uma tradição esquecida. Petrópolis, RJ. De Petrus, 2011. KUHLMANN, Moysés Jr. Pedagogia e rotinas no jardim de infância. IN: KUHLMANN, Moysés Jr. Infância e educação infantil. Ed. Mediação, 1998.