Mole e Duro<br />Poesias de Luísa Ducla Soares<br />
Ai, que <br />mole<br />é a<br />não tem 		<br />nem tem <br />
esparguete<br />esparguete<br />esparguete<br />esparguete<br />Parece mesmo um<br />Depois de vir da cozinha<br />
Ai, que <br />mole<br />é a<br />até me faz <br />impressão.<br />
Mas ela é que não se importa,<br />é<br />mole<br />mas fura o chão.<br />
A casca da <br />é dura, duraa valer,<br />
parece uma pedra verde <br />onde ela se foi esconder.<br />
Não a arranha qualquer<br />não a trinca qualquer <br />
Como um escudo, duro, duro , <br />É a sua protecção.<br />
Trabalho realizado por:<br />Cláudia Pereira<br />Natália Costa<br />
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Powerpoint poesia

1.592 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia, Negócios
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Powerpoint poesia

  1. 1. Mole e Duro<br />Poesias de Luísa Ducla Soares<br />
  2. 2. Ai, que <br />mole<br />é a<br />não tem <br />nem tem <br />
  3. 3. esparguete<br />esparguete<br />esparguete<br />esparguete<br />Parece mesmo um<br />Depois de vir da cozinha<br />
  4. 4. Ai, que <br />mole<br />é a<br />até me faz <br />impressão.<br />
  5. 5. Mas ela é que não se importa,<br />é<br />mole<br />mas fura o chão.<br />
  6. 6. A casca da <br />é dura, duraa valer,<br />
  7. 7. parece uma pedra verde <br />onde ela se foi esconder.<br />
  8. 8. Não a arranha qualquer<br />não a trinca qualquer <br />
  9. 9. Como um escudo, duro, duro , <br />É a sua protecção.<br />
  10. 10. Trabalho realizado por:<br />Cláudia Pereira<br />Natália Costa<br />

×