C1421 tu es_pedro

142 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
142
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

C1421 tu es_pedro

  1. 1. Na 1ª Leitura, Isaías mostra como uma pessoa se tornava ministro da casa real através da entrega das chaves do palácio real. Eleaquim é aqui figura de Pedro a quem Jesus confiará o governo supremo do Povo de Deus. (Is 22,19-23) Essa imagem nos ajuda a entender melhor o Evangelho de hoje. A Liturgia nos propõe hoje dois temas fundamentais da fé cristã: CRISTO e a IGREJA.
  2. 2. A 2ª Leitura é um convite a contemplar a Riqueza, a Sabedoria e a Ciência de Deus, que realiza o seu projeto de Salvação do homem. (Rm 11,33-36) No Evangelho, vemos Jesus entregando a Pedro as chaves. (Mt 16,13-20) Da adesão a Jesus, como "o Messias, Filho de Deus", nasce a IGREJA: a comunidade dos discípulos de Jesus, convocada e organizada ao redor de Pedro. O texto tem duas partes: - A primeira, cristológica: Quem é Jesus Cristo? - A segunda, eclesiológica: Que é a Igreja?
  3. 3. 1. Jesus interroga os discípulos: O que as pessoas dizem dele e o que os discípulos pensam? - Para os "homens" Jesus é um homem extraordinário, bom e justo, como tantos outros homens antes dele. - Para Pedro e os discípulos, Jesus é muito mais: "Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo" .
  4. 4. 2. Jesus responde à confissão de fé A fé da comunidade dos discípulos, apresentada pela voz de Pedro, é o fundamento sobre o qual Jesus vai assentar a Igreja.
  5. 5. IGREJA: É a comunidade dos discípulos que reconhecem Jesus como "o Messias, o Filho de Deus". Ela existe para testemunhar Cristo e para levar a todos os homens a proposta de salvação que ele veio oferecer. Para isso, é confiado a Pedro e à Comunidade o "Poder das Chaves". Uma missão particular para manter a unidade da fé em Cristo. Lembra a nomeação do "Administrador do Palácio", de que fala a primeira leitura.
  6. 6. + QUEM É CRISTO Hoje? Apesar do secularismo cada vez mais difundido e de um abandono da prática e das tradições cristãs cada vez mais generalizado: é interessante notar como a pergunta continua atual: - Para os JOVENS, Jesus representa a novidade, a contestação de uma sociedade e de um sistema envelhecido, árido, privado de fantasia e criatividade... - Para as MASSAS OPRIMIDAS, Jesus aparece como o Libertador, o símbolo de uma esperança, que não está somente num futuro misterioso...
  7. 7. - Para os AGENTES sociais, Jesus é um revolucionário, que luta contra a injustiça, a opressão, a exploração do homem pelo homem... - Até as pinturas apresentam hoje Jesus Cristo em vestes extravagantes e coloridas de um Hippie, ou de um barbudo guerrilheiro "procurado". E NÓS também fazemos questão de ter uma IMAGEM de Cristo: de pedra, madeira, ferro, ouro, às vezes como peça preciosa de arte... Seu NOME é cantado em festas, em momentos de alegria e até de boemia, e é recordado nos momentos de apuros, como último recurso...
  8. 8. Tudo isso revela uma realidade positiva: O nosso mundo não pode prescindir de Cristo. Nossa História está tão marcada por ele, que não se pode ignorá-lo. + Quem é Cristo para mim? Para responder, não basta procurar na memória alguma fórmula que aprendemos no catecismo, ou ouvimos ou lemos nos livros. É preciso procurar no coração, em nossa fé vivida e testemunhada. Assim descobriremos o que Jesus representa, de fato, em nossa vida.
  9. 9. Cristo não é um personagem histórico morto do PASSADO. Ele ressuscitou e está vivo. - Ele vive ainda hoje no menor dos irmãos: vive no mendigo, no migrante, no bêbado, no revoltado, no pecador, no ladrão... - Ele vive dentro de nosso coração. Ele vive em seus familiares, em seus irmãos. Ele vive no coração de todos. - Ele nos fala ainda HOJE no seu Evangelho: que devemos conhecer com fidelidade, que devemos viver com autenticidade, que devemos anunciar com renovado ardor missionário...
  10. 10. + Lugares de encontro com Jesus Cristo (Doc. Ap. 6.1.2) : Na fé recebida e vivida na Igreja; na Sagrada Escritura; na Sagrada Liturgia (na celebração eucarística dominical); no Sacramento da Reconciliação; na Oração pessoal e comunitária; na Comunidade viva de fé e amor fraterno; nos pobres, enfermos... Descubra a felicidade de servir, de amar, de perdoar, e Cristo se encarnará em cada um de seus gestos, e se encarnará em cada rosto de pessoa humana que você encontrará ao longo de seu caminho.
  11. 11. Dia dos Ministérios Leigos: Nesse domingo, a Igreja recorda e louva a vocação de tantos homens e mulheres que se dedicam incansavelmente na construção do Reino de Deus. A eles a nossa gratidão. Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS - 24.08.2014
  12. 12. MEU DOMINGO Com a Palavra de Deus Meditada por: Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa CS Ilustração: Nelso Geraldo Ferronatto Música: Aleluia, Tu és Pedro Festa Liturgicas II - CNBB L e M: Pe. Amaury de Paula Solo: Marcos da Matta- Paulus Hoje: sábado, 23 de agosto de 2014 as 18:33:57 Você está convidado a visitar nosso site ou youtube e desfrutar de outras mensagens como estas Acesse o Endereço: http://www.buscandonovasaguas.com https://www.youtube.com/user/MeuDomingo/videos

×