Japão socioeconomios

1.898 visualizações

Publicada em

Aula Eduardo de Geografia

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.898
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
106
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Japão socioeconomios

  1. 1. JAPÃO: ASPECTOS SOCIO-ECONOMICOS Nome oficial:  Japão  Capital:  Tóquio  Divisão política:  47 províncias  Religião:  xintoísmo 83,9%, budismo 14,1%, cristianismo 2%  Natureza do Estado:  parlamentar, com monarquia constitucional  Área:  377.915 km²  População:  128.056.026 de habitantes Grupos étnicos:  japoneses 98,5%, coreanos 0,5%, chineses 0,4%, outros 0,6%  Economia:  terceira maior economia do mundo, seu PIB soma US$ 4,348 trilhões; Taxa de desemprego:  4,2% (em 2008)
  2. 2. Breve Histórico <ul><li>O Período Edo , também conhecido com Período Tokugawa, é uma divisão da história do Japão que vai de 1603 a 1867. Esse período marca o governo do Xogunato Tokugawa (ou Edo) que foi oficialmente estabelecido em 1603 pelo primeiro Xogun Tokugawa Ieyasu. O período terminou com a Restauração Meiji. </li></ul>Tokugawa Ieyasu (1543-1616)
  3. 6. Matsuo Bashô: Hai-kais Primavera não nos deixe pássaros choram lágrimas no olho do peixe
  4. 8. O Último Xogun e o Fim dos Samurais Tokugawa Yoshinobu, o último xogun
  5. 9. Era Meiji: <ul><li>Em 3 de fevereiro de 1867, Mutsuhito, com 15 anos de idade, sucedeu seu pai, o imperador Komei, e uma nova Era de Meiji (regime iluminado) foi proclamada. A restauração Meiji de 1868 terminou com o sistema feudal de 256 anos dos xogunatos Tokugawa </li></ul>
  6. 10. Kasato Maru (1908):
  7. 12. Imigrantes e Dekasseguis
  8. 13. 2ª Grande Guerra Hiroito
  9. 14. Japão : População <ul><li>População no Japão: 128 milhões de habitantes </li></ul><ul><li>Tóquio é a cidade mais densamente povoada do planeta </li></ul><ul><li>Em 1º de outubro de 2010, a população </li></ul><ul><li>japonesa somava 128.056.026 habitantes </li></ul><ul><li>ou 288 mil a mais que um censo feito há </li></ul><ul><li>cinco anos. A marca significa um aumento </li></ul><ul><li>de 0,2%. O número de residentes </li></ul><ul><li>estrangeiros cresceu. </li></ul><ul><li>O Japão tem um dos menores índices de </li></ul><ul><li>natalidade do mundo - 1,3 criança por mulher </li></ul><ul><li>e a expectativa de vida mais alta do planeta </li></ul><ul><li>83 anos de idade. É o país cuja população </li></ul><ul><li>mais rapidamente envelhece, estando 23% </li></ul><ul><li>dela acima dos 65 anos de idade. Essa </li></ul><ul><li>tendência deve se agravar a partir de 2012 </li></ul><ul><li>quando os nascidos após a guerra começarem a alcançar a idade da aposentadoria. </li></ul><ul><li>O número de famílias japonesas também aumentou para cerca de 50 milhões, mas o número de membros recuou para a média de 2,46. </li></ul>
  10. 15. Por 50 anos, após o fim da Segunda Guerra Mundial, a combinação do rápido crescimento da força de trabalho japonesa e a crescente produtividade de seus trabalhadores industriais criou um milagre do crescimento. Em duas gerações, o número de pessoas em idade de trabalho cresceu em 37 milhões e o Japão saiu das ruínas para se tornar a segunda maior economia do mundo. Nos próximos 40 anos, esse processo irá se reverter, e a população em idade de trabalho será reduzida tão rapidamente que em 2050 será menor do que era em 1950, e quatro em cada dez japoneses terão mais de 65 anos. A menos que a produtividade japonesa cresça mais rápido que o declínio de sua força de trabalho — o que é pouco provável — a economia nipônica irá entrar em declínio.
  11. 16. Sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011 População do Japão aumenta apenas 0,2% nos últimos 5 anos A população do Japão aumentou apenas 0,2% nos últimos cinco anos, o índice mais baixo de crescimento desde 1920. Os últimos dados do censo refletem uma mudança drástica na estrutura social da nação, uma baixa da natalidade, e um aumento do índice de mortalidade.Muitos jovens têm dúvidas sobre formar uma família, já que a consideram como um peso para sua carreira, e seu estilo de vida pessoal.
  12. 17. Industrialização As indústrias se concentram no litoral e a ilha de Honshu possui o maior parque industrial: Tóquio, Nagóia e Osaka formam uma imensa Megalópole. O Japão é extremamente dependente de matérias-primas estrangeiras(mais de 90%). Pequenas reservas de cobre, zinco, chumbo, e carvão mineral, pequenas quedas d'água, sua energia vem das usinas nucleares.
  13. 18. <ul><li>O Zaibatsus </li></ul><ul><li>Do mesmo modo como se deu a industrialização em alguns países da Europa e nos Estados Unidos, a expansão fabril do Japão, que tomou vulto entre 1870 e 1914, foi acompanhada de enorme concentração econômica e de renda. Os capitais reuniram-se em torno de alguns conglomerados nipônicos, ditos  zaibatsus , tidos como estratégicos ao desenvolvimento, tais como bancos, exploração mineral, industria bélica, têxteis e comércio exterior. </li></ul>
  14. 21. <ul><li>A Economia Japonesa e o Comércio Mundial </li></ul><ul><li>A economia japonesa sofreu, no último trimestre de 2008, a maior contração em mais de 30 anos. A queda vertiginosa sofrida pelo comércio mundial no final do ano teve efeitos catastróficos sobre economias muito sensíveis ao desempenho do setor externo, como é o caso do Japão, bastante dependente da exportação de automóveis, eletrônicos e bens de capital, assim como outros asiáticos. </li></ul>

×