Gerenciamento de projetos aula 13 (riscos)

8.133 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.133
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
843
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
333
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gerenciamento de projetos aula 13 (riscos)

  1. 1. Gestão de Projetos Paulo Alves Jr. www.pejota.net
  2. 2. GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOS
  3. 3. GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOSO risco é um evento ou uma condiçãoincerta que, se ocorrer, tem um efeitoem pelo menos um objetivo do projeto.O risco do projeto sempre é futuro.Um risco pode ter uma ou mais causase, se ocorrer, pode ter um ou maisimpactos.O risco do projeto tem origem naincerteza existente em todos osprojetos.
  4. 4. GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOSOs objetivos do gerenciamento dos riscos são aumentar aprobabilidade e o impacto dos eventos positivos e reduzir aprobabilidade e o impacto dos eventos negativos no projeto.O risco existe a partir do momento em que o projeto éconcebido.Avançar no projeto sem um foco proativo no gerenciamentodos riscos aumenta o impacto que um risco realizado podeter sobre o projeto e pode levar ao fracasso do projeto.
  5. 5. GERENCIAMENTO DE RISCOS EM PROJETOSGrupo de processos de gerenciamento dosriscos do projeto 11.1 – Planejar o 11.2 11.3 – Realizar a Gerenciamento de Identificar os riscos análise qualitativa Riscos dos riscos 11.4 – Realizar a 11.5 11.6 análise quantitativa Planejar as Monitorar e dos riscos respostas aos riscos Controlar os riscos Legenda Monitoramento e Planejamento Controle
  6. 6. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  7. 7. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS É o processo de definição de como conduzir as atividades de gerenciamento de riscos de um projeto. Deve começar na concepção do projeto e ser concluído nas fases iniciais do planejamento do projeto. É importante para garantir que o grau, o tipo e a visibilidade do gerenciamento dos riscos sejam proporcionais tanto aos riscos como à importância do projeto para a organização.
  8. 8. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  9. 9. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  10. 10. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS ENTRADAS: 1. Declaração do escopo do projeto 2. Plano de gerenciamento dos custos 3. Plano de gerenciamento do cronograma 4. Plano de gerenciamento das comunicações 5. Fatores ambientais da empresa 6. Ativos de processos organizacionais
  11. 11. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Reuniões de planejamento e análise
  12. 12. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS SAÍDAS: 1. Plano de gerenciamento de riscos  Metodologia  Papéis e responsabilidades  Orçamento  Prazos  Categorias de riscos  Definições de probabilidade e impacto  Matriz de probabilidade e impacto  Tolerância revisadas das partes interessadas  Formatos dos relatórios  Acompanhamento
  13. 13. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  14. 14. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  15. 15. 11. 1 – PLANEJAR O GERENCIAMENTO DE RISCOS
  16. 16. EXERCÍCIO 1
  17. 17. EXERCÍCIO 1 Plano de Gerenciamento de RiscosOBJETIVO: Elaborar um Plano deGerenciamento de riscos  Categorias de riscos  Definições de probabilidade e impacto  Matriz de probabilidade e impactoTEMPO: 20 minutos.
  18. 18. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS
  19. 19. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS É o processo de determinação dos riscos que podem afetar o projeto e de documentação de suas características. Identificar os riscos é um processo iterativo porque novos riscos podem surgir ou se tornar conhecidos durante o ciclo de vida do projeto. O processo deve envolver a equipe do projeto de modo que possa desenvolver e manter um sentido de propriedade e responsabilidade pelos riscos e pelas ações associadas de resposta a riscos.
  20. 20. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS
  21. 21. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS ENTRADAS: 1. Plano de gerenciamento dos riscos 2. Estimativas de custos das atividades 3. Estimativas de duração das atividades 4. Linha de base do escopo 5. Registro das partes interessadas
  22. 22. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS ENTRADAS: 6. Plano de gerenciamento dos custos 7. Plano de gerenciamento do cronograma 8. Plano de gerenciamento da qualidade 9. Documentos do projeto 10. Fatores ambientais da empresa 11. Atitudes em relação ao risco
  23. 23. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Revisões de documentação 2. Técnicas de coleta de informações • Brainstorming • Técnica Delphi • Entrevistas • Análise de causa-raiz 3. Análise de listas de verificação 4. Análise de premissas
  24. 24. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 5. Técnicas de diagramas • Causa e efeito • Sistema ou fluxogramas • Influência 6. Análise de forças, fraquezas, oportunidades e ameaças (SWOT) 7. Opinião especializada
  25. 25. 11.2 - IDENTIFICAR OS RISCOS SAÍDAS: 1. Registro dos riscos • Lista dos riscos identificados • Lista de respostas potenciais
  26. 26. EXERCÍCIO 2
  27. 27. EXERCÍCIO 2 Registro de riscosOBJETIVO: Identificar pelo menos 20 riscosdo projetos, sendo 5 positivos.TEMPO: 20 minutos.
  28. 28. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS
  29. 29. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS É o processo de priorização de riscos para análise ou ação adicional através da avaliação e combinação de sua probabilidade de ocorrência e impacto. Avalia a prioridade dos riscos identificados usando a sua relativa probabilidade ou plausibilidade de ocorrência, o impacto correspondente nos objetivos do projeto se os riscos ocorrerem, bem como outros fatores, como o intervalo de tempo para resposta e a tolerância a riscos da organização associada com as restrições de custo, cronograma, escopo e qualidade do projeto.
  30. 30. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS É um meio rápido e econômico de estabelecer as prioridades do processo de Planejar as respostas aos riscos e define a base para a realização da análise quantitativa dos riscos, se necessária. Deve ser revisto durante o ciclo de vida do projeto para ficar em dia com as mudanças nos riscos do projeto. Esse processo pode resultar na realização da análise quantitativa dos riscos ou diretamente no planejamento de respostas aos riscos.
  31. 31. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS
  32. 32. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS
  33. 33. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS ENTRADAS: 1. Registro dos riscos 2. Plano de gerenciamento dos riscos 3. Declaração do escopo do projeto 4. Ativos de processos organizacionais
  34. 34. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Avaliação de probabilidade e impacto dos riscos 2. Matriz de probabilidade e impacto 3. Avaliação de qualidade dos dados sobre riscos 4. Categorização de riscos 5. Avaliação da urgência dos riscos 6. Opinião especializada
  35. 35. 11.3 - REALIZAR A ANÁLISE QUALITATIVA DOS RISCOS SAÍDAS: 1. Atualização do Registro dos riscos • Classificação relativa ou lista de prioridades dos riscos do projeto • Riscos agrupados por categorias • Causa de riscos ou áreas do projeto que requerem atenção especial • Lista de riscos que requerem resposta a curto prazo • Lista de riscos para análise e resposta adicional • Lista de observação de riscos de baixa prioridade • Tendências nos resultados da análise qualitativa dos riscos
  36. 36. EXERCÍCIO 3
  37. 37. EXERCÍCIO 3 Análise Qualitativa de RiscosOBJETIVO: Fazer a Avaliação deprobabilidade e impacto dos riscosidentificados.TEMPO: 20 minutos.
  38. 38. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS
  39. 39. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS É o processo de analisar numericamento o efeito dos riscos identificados nos objetivos gerais do projeto. É realizada nos riscos que foram priorizados pela análise qualitativa dos riscos tendo impacto potencial e substancial nas demandas concorrentes do projeto. Geralmente segue o processo de análise qualitativa dos riscos.
  40. 40. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS
  41. 41. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS
  42. 42. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS ENTRADAS: 1. Registro dos riscos 2. Plano de gerenciamento dos riscos 3. Plano de gerenciamento dos custos 4. Plano de gerenciamento do cronograma 5. Ativos de processos organizacionais
  43. 43. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Técnicas de coleta e apresentação de dados 2. Técnicas de modelagem e análise quantitativa de riscos 3. Opinião especializada
  44. 44. 11.4 - REALIZAR A ANÁLISE QUANTITATIVA DOS RISCOS SAÍDAS: 1. Atualização do Registro dos riscos
  45. 45. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS
  46. 46. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS É o processo de desenvolvimento de opções e ações para aumentar as oportunidades e reduzir as ameaças aos objetivos do projeto. Aborda os riscos pela prioridade, inserindo recursos e atividades no orçamento, no cronograma e no plano de gerenciamento do projeto, conforme necessário. As respostas planejadas devem ser adequadas à relevância do risco, ter eficácia de custos para atender ao desafio, ser realistas dentro do contexto do projeto, acordadas por todas as partes envolvidas e ter um responsável designado.
  47. 47. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS
  48. 48. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS
  49. 49. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS ENTRADAS: 1. Registro dos riscos 2. Plano de gerenciamento dos riscos
  50. 50. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Estratégias para riscos negativos • Eliminar • Transferir • Mitigar • Aceitar 2. Estratégias para riscos positivos • Explorar • Compartilhar • Melhorar • Aceitar 3. Estratégia de respostas de contingência 4. Opinião especializada
  51. 51. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS SAÍDAS: 1. Atualização do Registro dos riscos • Riscos identificados, suas descrições, áreas do projeto afetadas, suas causas e como podem afetar os objetivos do projeto • Proprietários dos riscos e as responsabilidades • Lista priorizada de riscos do projeto • Estratégias de respostas acordadas • Ações específicas para implementar a estratégia • Gatilhos, sintomas e sinais de alerta de ocorrência • Orçamento e atividades do cronograma requeridas para implementar as respostas escolhidas • Planos de contingência e gatilhos que indiquem sua execução
  52. 52. 11.5 - PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOS SAÍDAS: 1. Atualização do Registro dos riscos • Planos alternativos para serem usados com uma reação a um risco que ocorreu e quando a principal resposta foi inadequada. • Riscos residuais que se espera que permaneçam depois que as resposta planejadas tiverem sido adotadas • Riscos secundários que surgem como resultado direto da implementação de uma resposta • Reservas para contingências que são calculadas com base na análise qualitativa dos riscos 2. Decisões contratuais relacionadas a riscos 3. Atualizações do plano de gerenciamento do projeto 4. Atualizações dos documentos do projeto
  53. 53. EXERCÍCIO 4
  54. 54. EXERCÍCIO 3PLANEJAR AS RESPOSTAS AOS RISCOSOBJETIVO: • Definir as estratégias a serem utilizadas nos riscos médio e alto. • Descrever as ações a serem tomadas para realizar a estratégia dos riscos de grau alto..TEMPO: 20 minutos.
  55. 55. GERENCIAMENTO DERISCOS EM PROJETOS 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS
  56. 56. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS É o processo de implementação dos planos de respostas aos riscos, acompanhamento dos riscos identificados, monitoramento dos riscos residuais, identificação de novos riscos e avaliação da eficácia do processo de riscos durante todo o projeto.
  57. 57. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS As respostas planejadas aos riscos que são incluídas no plano de gerenciamento do projeto são executadas durante o ciclo de vida do projeto, mas o trabalho do projeto dever ser continuamente monitorado em busca de riscos novos, modificados e desatualizados.
  58. 58. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS
  59. 59. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS
  60. 60. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS ENTRADAS: 1. Registro dos riscos 2. Plano de gerenciamento dos riscos 3. Informações sobre o desempenho do trabalho 4. Relatórios de desempenho
  61. 61. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS FERRAMENTAS E TÉCNICAS: 1. Reavaliação de riscos 2. Auditorias de riscos 3. Análises de variação e tendência 4. Medição de desempenho técnico 5. Análise de reservas 6. Reuniões de andamento
  62. 62. 11.6 - MONITORAR E CONTROLAR OS RISCOS SAÍDAS: 1. Atualização do Registro dos riscos 2. Atualizações dos ativos de processos organizacionais 3. Solicitações de mudança 4. Atualizações do plano de gerenciamento do projeto 5. Atualizações dos documentos do projeto

×