Geografia C
O aprofundamento da integração europeia
(politica, monetária, económica e social)

Outubro 2012

Inês Carrasco...
A razão desta escolha
O motivo que nos levou a escolher este tema prende-se
com a quantidade de notícias que vemos todos o...
A União Europeia encontra no presente desafios muito diferentes
dos de há 50 anos.
A globalização aponta-se como um dos pr...
Globalização
Obriga a que os países tenham que:
• Ser mais competitivos
• Estar mais protegidos
• Corrigir os desequilíbri...
Ser mais competitivo

Estar melhor protegido

Mão-de-obra barata

Terrorismo

Mão-de-obra qualificada

Defesa Internaciona...
Corrigir o capitalismo

ETN’s

Estado Social

Acordos inter-estatais

Proteccionismo

Tratados
Regular os mercados

Falhas de mercado

Instituições Internacionais

Fortalecer as democracias

Lobbies

Parlamento europe...
Mesmo após todos estes pressupostos terem
sido postos em prática
O resultado foi a…
Para nos defendermos de uma China que aproveita a
globalização e o livre-cambismo para impor os seus
produtos no mercado e...
Solução
Integração mais completa e imperativa

Federalização
Crescimento homogéneo

Poder soberano sobre os países
Vantagens da Federalização:
• Estabilidade Política
• Maior facilidade de corrigir desigualdades
geradas pela globalização...
Conclusão:
A federalização obriga a que os países tenham realmente
que se unir e pensar conjuntamente. Neste tipo de
integ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O aprofundamento da integração europeia

966 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
966
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O aprofundamento da integração europeia

  1. 1. Geografia C O aprofundamento da integração europeia (politica, monetária, económica e social) Outubro 2012 Inês Carrasco Pedro Tomé
  2. 2. A razão desta escolha O motivo que nos levou a escolher este tema prende-se com a quantidade de notícias que vemos todos os dias sobre as divergências europeias entre os países ricos (do Norte) e os países pobres (do sul). O principal motivo deste problema é, por um lado, o facto de existir integração, e ao mesmo tempo, o facto de não existir coesão económica e social entre os países, o que revela que a esta integração é ainda insuficiente. Vemos aqui a integração como um elemento negativo, mas ao mesmo como uma possível saída para a crise comunitária.
  3. 3. A União Europeia encontra no presente desafios muito diferentes dos de há 50 anos. A globalização aponta-se como um dos principais responsáveis desta mudança. A ideia de “aldeia global” obrigou a União Europeia a adaptar-se a uma nova dinâmica de comércio e comunicação. Uma integração mais profunda foi a solução encontrada para responder a este problema. Várias foram as esferas abrangidas nesta integração, tanto económica, como monetária, politica ou mesmo cultural. No entanto hoje percebe-se que isto não foi suficiente, pelo que surge a necessidade de um aprofundamento mais completo e imperativo.
  4. 4. Globalização Obriga a que os países tenham que: • Ser mais competitivos • Estar mais protegidos • Corrigir os desequilíbrios causados pelo capitalismo • Promover os acordos inter-estatais • Regular os mercados • Fortalecer as suas democracias
  5. 5. Ser mais competitivo Estar melhor protegido Mão-de-obra barata Terrorismo Mão-de-obra qualificada Defesa Internacional
  6. 6. Corrigir o capitalismo ETN’s Estado Social Acordos inter-estatais Proteccionismo Tratados
  7. 7. Regular os mercados Falhas de mercado Instituições Internacionais Fortalecer as democracias Lobbies Parlamento europeu
  8. 8. Mesmo após todos estes pressupostos terem sido postos em prática O resultado foi a…
  9. 9. Para nos defendermos de uma China que aproveita a globalização e o livre-cambismo para impor os seus produtos no mercado europeu a preços que não oferecem margem para concorrência e que para ainda agravar a situação recorre constantemente a instrumentos proteccionistas como o dumping, a europa terá que se unir, inevitavelmente, de uma forma igualitária e livre de interesses.
  10. 10. Solução Integração mais completa e imperativa Federalização Crescimento homogéneo Poder soberano sobre os países
  11. 11. Vantagens da Federalização: • Estabilidade Política • Maior facilidade de corrigir desigualdades geradas pela globalização • Maior facilidade de adaptação ao processo de globalização • Aumento da escala de produção – economias de escala • Alargamento do mercado • Maior poder político para fazer frente às ETN´s • Maior resistência a crises financeiras/ políticas
  12. 12. Conclusão: A federalização obriga a que os países tenham realmente que se unir e pensar conjuntamente. Neste tipo de integração, se um país não acompanha o crescimento/ desenvolvimento dos outros, estes serão levados a ter que ajudá-lo obrigatoriamente, dado que funcionam como um só. Desta forma, não existem mais decisões que favoreçam determinados países, nem países que se aproveitem das fragilidades de outros, porque no fundo o interesse de cada país irá ser o trabalho para um bem comum.

×