O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal - Jornadas FCCN 2016

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Confira estes a seguir

1 de 18 Anúncio

Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal - Jornadas FCCN 2016

Baixar para ler offline

Apresentação na reunião geral do RCAAP realizada nas Jornadas FCCN 2016 na Universidade do Algarve, apresentando as conclusões do Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal elaborado pelo Grupo de Trabalho das BAD das Bibliotecas de Ensino Superior.

Apresentação na reunião geral do RCAAP realizada nas Jornadas FCCN 2016 na Universidade do Algarve, apresentando as conclusões do Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal elaborado pelo Grupo de Trabalho das BAD das Bibliotecas de Ensino Superior.

Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal - Jornadas FCCN 2016 (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Estudo Prospectivo sobre a implementação do DOI em Portugal - Jornadas FCCN 2016

  1. 1. ESTUDO PROSPETIVO SOBRE IMPLEMENTAÇÃO DO DOI EM PORTUGAL aplicação nas atividades RCAAP Reunião de trabalho – RCAAP Pedro Príncipe, Diana Silva, Susana Lopes, José Carvalho Grupo de Trabalho @BAD das Bibliotecas de Ensino Superior pedroprincipe@gmail.com 20016-04-07
  2. 2. http://tinyurl.com/estudoPTdoi
  3. 3. Estrutura do estudo ENQUADRAMENTO  Conceito e quadro normativo  Modelo de funcionamento e organização do DOI VISÃO GERAL E ANÁLISE TÉCNICA DO SISTEMA DOI  Aplicação e atribuição de identificadores DOI  Agências registo DOI  Datacite  CrossRef ÂMBITO DA APLICAÇÃO EM PORTUGAL  Quadro das necessidades no contexto nacional  Aplicação ao caso RCAAP  Teses e Dissertações  Revistas científicas – SARC LINHAS DE AÇÃO E MODELOS DE IMPLEMENTAÇÃO  Proposta de plano de ação  Características e requisitos técnicos do sistema  Aplicação ao RCAAP (Teses e Dissertações, SARIs, SARC) 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 3 http://tinyurl.com/estudoPTdoi
  4. 4. Visão geral do estudo 27/04/2016 4 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal • Conceito e quadro normativo • Modelo de organização e funcionamento do DOI • Aplicação e atribuição de identificadores DOI • Agências registo DOI Sistema DOI • Quadro das necessidades no contexto nacional • Aplicação ao caso RCAAP • Teses e Dissertações • Revistas científicas – SARC Aplicação em Portugal • Proposta de plano de ação • Características e requisitos técnicos do sistema • Aplicação ao RCAAP Implementação no RCAAP
  5. 5. Objetivos e âmbito:  Propõe a definição dos meios para facilitar a generalização da atribuição de identificadores únicos e persistentes DOI (Digital Object Identifier) em Portugal.  Análise orientada:  Pelos desenvolvimentos no quadro legal para as teses e dissertações em implementação no RCAAP  Pelas diferentes aplicações no contexto nacional da publicação científica e académica, considerando ainda o Serviços de Alojamento de Revistas Científicas e de Repositórios do RCAAP. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 5
  6. 6. O estudo preconiza:  O registo generalizado de identificadores DOI confere maior robustez, interoperabilidade e escalabilidade aos serviços em desenvolvimento na infraestrutura RCAAP.  A utilização dos DOI no âmbito das necessidades da rede RCAAP configuram uma resposta adequada aos desafios estabelecidos no quadro normativo:  dos reptos que resultam do Decreto-Lei n.º 115/2013 de 7 de agosto, estabelecendo a obrigatoriedade de depósito de uma versão digital das teses e dissertações num repositório da rede RCAAP,  Da política de Acesso Aberto da FCT, requerendo o depósito em repositórios das publicações que resultem de projetos ou bolsas com financiamento da FCT. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 6
  7. 7. Agências de registo 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 7  O sistema DOI é operacionalizado por agências de registo que aplicam políticas e ferramentas comuns designadas pela International DOI Foundation.  Serviços das agências de registo:  criação de prefixos DOI,  registo dos identificadores,  implementação da infraestrutura para que os utilizadores mantenham os metadados de forma centralizada,  proporcionar outros serviços de valor acrescentado. Detalha os serviços de duas agências:  DataCite, enquanto agência focada no desenvolvimento da infraestrutura ligada aos dados científicos centrando a sua atividade na colaboração com organizações sem fins lucrativos.  CrossRef, agência oficial de registo DOI vocacionada para informação científica e académica em geral, especificamente artigos de revistas científicas, livros, e atas de conferências.
  8. 8. Aplicação no RCAAP Dados estatísticos que fundamentam a aplicação de atribuição de DOI nas 3 áreas de ação das atividades RCAAP: crescimento do nº de teses e dissertações e de artigos nas revistas SARC (exemplo: em 2010 o nº de teses foi 1666 e em 2013 de 2668; estimam-se 15.500 a 16.500 teses e dissertações anualmente; aproximadamente 4500 artigos no SARC). 27/04/2016 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal 8 Teses e dissertações SARC + REVISTAS SARI + REPOSITÓRIOS
  9. 9. O estudo recomenda: OBJETIVO: garantir na DataCite uma representação nacional, assegurando, como preconizado pela própria organização, pelo menos um representante (membro) em cada país. ADESÃO como membro da DataCite: - da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) - ou de outro órgão nacional competente ou instituição relevante no domínio da gestão de informação e repositórios digitais. RAZÕES: solução adequada técnica e financeiramente e que irá permitir de forma ágil o cumprimento do requisito de atribuir um identificador persistente e consistente a todas as teses de doutoramento e dissertações de mestrado realizadas em IES de PT. NOTA: Esta adesão não dispensa o necessário acompanhamento aos serviços disponibilizados pela agência CrossRef. 27/04/2016 9Jornadas 2016 @ UAlg No quadro de uma solução de âmbito nacional e de ação imediata seja realizada a adesão ao organismo internacional Datacite.
  10. 10. Adesão à DataCite irá permitir: Envolvimento numa organização internacional de matriz participativa COMUNIDADE focada no desenvolvimento da infraestrutura ligada aos resultados de investigação, com particular enfoque nos dados científicos DIVERSIDADE DE CONTEÚDOS Atividade centrada na colaboração com organizações sem fins lucrativos. REGISTO DE DOI 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 10
  11. 11. Proposta de ação: 1) Adesão à DataCite 2) Aplicação de atribuição de identificadores únicos e persistentes DOI em três domínios de intervenção no âmbito da rede RCAAP: • teses e dissertações, • serviço de alojamento de revistas • serviço de alojamento de repositórios. 3) A aplicação técnica e os desenvolvimentos decorrentes da utilização dos serviços da DataCite resultarão em soluções ágeis executadas nos sistemas RCAAP por via da integração da API da DataCite. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 11
  12. 12. Implementação: • Características e requisitos técnicos do sistema: – O registo de DOIs será executado nos sistemas RCAAP por via da integração da API da DataCite. • https://mds.datacite.org/static/apidoc • Aplicação ao RCAAP – definir implementações particulares para: • Teses e dissertações • Repositórios SARI • Revistas SARC 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 12
  13. 13. Implementação – Teses & Dissertações http://doi.org/10.6969/TID/1234567 (URL / prefixoDOI / prefixoTID / TIDnumerico) Nota: além de conter o identificador TID, o registo integra também os serviços DOI, podendo este substituir o handle dos repositórios. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 13 Considerando o depósito legal obrigatório e a atribuição de um identificador do trabalho aprovado, é possível fundir num só identificador o TID e o DOI através do uso de prefixos.
  14. 14. Implementação – Teses & Dissertações 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 14 Solução implementada recentemente pelo Australian National Data Service (ANDS)
  15. 15. Implementação – SARI • No contexto dos repositórios institucionais SARI, o processo de atribuição de DOI está já previsto na plataforma Dspace: – necessário configurar o prefixo associado à instituição e o “endpoint” para onde é registada a informação do DOI, que neste caso corresponde ao serviço DOI nacional. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 15
  16. 16. Implementação – SARC • As revistas científicas integradas no serviço SARC poderão também integrar o DOI nos seus trabalhos através da funcionalidade disponível no OJS. – Como nos Repositórios, as revistas podem ter associado um prefixo próprio que as caracteriza e identifica diretamente no DOI, tal como: http://doi.org/10.6969/motricidade.79 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 16
  17. 17. Solução integrada… Os modelos de aplicação ficam dependentes:  de opções estratégicas dos organismos competentes pela gestão da infraestrutura RCAAP,  da colaboração com outras instituições que compõem o ecossistema mais vasto da gestão da informação científica e académica de Portugal,  da adoção e desenvolvimentos funcionais e técnicos subsequentes. 27/04/2016 Jornadas 2016 @ UAlg 17
  18. 18. Obrigado! 27/04/2016 18 RCAAP - Repositório Cientifico de Acesso Aberto de Portugal http://tinyurl.com/estudoPTdoi

×