SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 41
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos ????
Evitar uma gravidez não desejada e
ou a transmissão de doenças/ infecções
sexualmente transmissíveis.
Quando ?
Ao iniciar a sua vida sexual
Escolha do método contraceptivo?
Existem vários métodos contraceptivos.
A escolha auxiliada por um médico.
Escolha baseada na idade, frequência de actividade
sexual, gostos, alergias …
Todos os parceiros devem estar e serTodos os parceiros devem estar e ser
conscientes das suas escolhas!conscientes das suas escolhas!
Fiabilidade / Segurança !
Tipos de métodos
Reversíveis – métodos que ao deixarem de ser
utilizados permitem uma gravidez.
Irreversíveis – Destinam-se essencialmente a casais
que não desejem ter mais filhos, uma vez que são
praticamente irreversíveis. A sua eficácia é
praticamente total. Exige uma intervenção cirúrgica
que pode envolver uma anestesia geral ou local.
Métodos naturais
 Baseiam-se no conhecimento do período fértil da mulher
(período durante o qual pode ocorrer a fecundação) e
 na abstenção de relações sexuais durante esse período. São
menos eficazes que os métodos não naturais.
Métodos não naturais
 são métodos que impedem a fecundação através da
 utilização de dispositivos adequados,
 no uso de substâncias.
Métodos reversíveis
Exercício 1
Seleccione a letra da frase correcta.
A – Os métodos contraceptivos podem ser renováveis ou não
renováveis.
B – Os métodos contraceptivos reversíveis implicam uma operação
cirúrgica.
C – Os métodos irreversíveis podem ser utilizados por adolescentes.
D – Os métodos reversíveis permitem que a mulher possa
engravidar quando deixar de os usar.
Métodos irreversíveis
Laqueação das trompas
(esterilização feminina)
Operação cirúrgica onde é feito um pequeno corte nas
trompas de Falópio para impedir o encontro entre os
espermatozóides e o oócito II.
Vasectomia
(esterilização masculina)
Operação cirúrgica onde é feito um pequeno corte nos
canais deferentes para evitar que o esperma expelido
contenha espermatozóides.
Exercício 2
Complete as frases seguintes com os termos correctos.
A laqueação de ____1____ é uma operação cirúrgica que
impede que a mulher fique ____2____.
A vasectomia consiste num corte ao nível dos canais
____3____ que impede a saída de ____4____ no esperma.
Exercício 3
Corrija a seguinte frase de modo a tornar-se verdadeira.
“Os métodos químicos impedem a divisão celular
através da utilização de diversos tipos de dispositivos,
bem como na utilização de substâncias químicas.”
Método do calendário ou de Ogino-Knauss
Tenta determinar o período fértil da mulher conhecendo a data
da próxima menstruação.
Método é relativamente eficaz se a mulher for regular.
Método da temperatura
Mediação da temperatura rectal que deve ser avaliada antes
de se levantar e em jejum (durante pelo menos seis meses),
(a temperatura sobre alguns décimos de grau imediatamente a seguir à ovulação e
que se mantém nesse patamar durante alguns dias)
 A baixa eficácia reside no facto das oscilações de temperatura
poderem ser outras que não a ovulação.
Método de Billings ou do muco cervical
Observação regular do muco cervical.
O muco cervical torna-se mais abundante, mais líquido e mais
transparente na altura da ovulação.
Devem evitar-se as relações sexuais desde o momento em
que o muco apresenta este aspecto, até ao momento em que
se torne mais espesso e de cor amarelada.
Coito interrompido
O homem retira o pénis da vagina antes da
ejaculação.
A baixa eficácia pode ocorrer pois nas gotas de líquido
pré-ejaculatório pode haver espermatozóides que
fiquem na vagina antes da interrupção da relação
sexual.
Exercício 4
Seleccione a letra do intruso:
 A – Método da temperatura
 B – Método do calendário
 C – Método da humidade
 D – Método do muco cervical
Exercício 5
Complete a frase com a palavra correcta.
“Na altura da ovulação, a temperatura rectal ...”
 A – diminui.
 B – aumenta.
 C – mantém-se constante.
Exercício 6
Complete a frase com o termo correcto.
“Na altura da ovulação, o muco cervical fica...”
 A – abundante, líquido e transparente.
 B – espesso e escuro.
 C – sólido e pouco abundante.
Exercício 7
Resolva o seguinte problema:
“Uma mulher terá o período dia 26 de Novembro.”
1 - Determine qual foi o dia da ovulação?
Resposta: 26 -14= 12 (A ovulação será dia 12)
2 – Determine qual o período fértil?
Resposta: Período fértil: cinco dias antes do dia 12 e dois
dias após o dia 12 (7,8,9,10,11,12,13,14)
Exercício 8
Complete a seguinte afirmação:
“O coito interrompido é pouco eficaz porque...”
 A – o esperma contém espermatozóides.
 B – o líquido pré-ejaculatório pode conter espermatozóides.
 C – o preservativo rompe.
Métodos não naturais ou artificiais
Químicos
 substâncias químicas utilizadas para evitar uma gravidez.
 Pílula,
 Adesivo contraceptivo,
 Injecção intramuscular,
 Anel vaginal,
 Espermicida
Mecânicos
 dispositivos que impedem a fecundação e a nidação.
 DIU
 Preservativo
 Diafragma
Pílula
Comprimido feito à base de hormonas sintéticas que são
similares às hormonas femininas produzidas naturalmente
Impede a ovulação e, consequentemente, uma gravidez.
Bastante eficaz desde que não existam esquecimentos, ingestão
de outros medicamentos que possam anular o seu efeito e à
ocorrência de episódios de vómitos ou diarreia.
Pílula do dia seguinte
Pílula especial TOMADAS nas 72 horas seguintes ao acto sexual
(duas tomas com um intervalo de 12 horas).
Quanto mais cedo for o início do tratamento, maiores serão as
probabilidades de sucesso.
Pode ter muitos e fortes efeitos secundários.
Não deve ser utilizada como método contraceptivo mas
apenas numa situação de emergência, por causa da elevada
concentração de hormonas.
Injecção & implante hormonal
Injecções hormonais – injecções constituídas por hormonas
que se vão libertando de modo contínuo durante determinado
tempo (geralmente são de três meses).
Implante hormonal - Pequena vareta do tamanho de um
fósforo que é colocada sob a pele, no lado interno da parte superior
do braço.
Liberta lentamente uma hormona que evita a libertação mensal de
oócitos II do ovário. Também evita que o esperma alcance o útero.
 Eficácia mantém-se por um período de três anos
Adesivo hormonal
Adesivo fino, bege, que pode ser usado em quatro
áreas do corpo:
 nas nádegas, peito (excluindo os seios), costas ou parte externa
do membro superior.
Contém hormonas que são rapidamente libertadas
através da pele para a corrente sanguínea durante
sete dias.
Cada adesivo deve ser mudado semanalmente
durante três semanas, seguido por uma semana “sem
adesivo”, quando aparece a menstruação.
Espermicidas
Produtos químicos que podem ser apresentados sob a
forma de espuma, creme ou óvulos.
Matam ou imobilizam os espermatozóides, inibindo a
sua passagem para o útero. O espermicida deve ser
introduzido na vagina antes das relações sexuais.
Usados sozinhos têm uma segurança baixa, mas se
forem usados em conjunto com o preservativo
oferecem uma protecção eficaz.
Exercício 9
Descubra a letra do intruso:
 A – Pílula
 B – Espermicida
 C – Adesivo
 D – Implante
Exercício 10
Complete a seguinte frase com o termo correcto:
“A pílula impede a ...”
 A – nidação.
 B – ovulação.
 C – produção de espermatozóides.
Exercício 11
Complete as frase com os termos correctos:
A – Os ___1___ podem ser geleias ou espumas
que são colocados na ___2___ e que matam os
___3___.
B – A pílula do dia seguinte contém ___4___ e
deve ser tomada nas primeiras ___5___ horas.
DIU (Dispositivo Intra Uterino)
Pequeno aparelho em metal e/ou plástico, que é
introduzido no útero e que aí permanecerá até
acabar a sua validade (3 a 5 anos).
 O DIU torna o muco da cavidade uterina menos
propício à presença dos espermatozóides e/ou impede
a nidação, ou seja, a implantação do embrião nas
paredes do útero.
Diafragma
Cúpula de borracha fina, montada sobre um anel de
metal flexível recoberto de borracha.
Introduzido na vagina, sobre o colo do útero, pela
mulher, antes da relação sexual.
Impede que os espermatozóides atinjam o útero e
cheguem às trompas de Falópio.
Preservativo
Preservativo feminino
Invólucro de borracha que se coloca no interior da
vagina.
Impedem que os espermatozóides possam chegar às
trompas de Falópio.
 Não se encontram à venda em Portugal.
Preservativo feminino
Preservativo masculino
 “Saco” de borracha muito fino (látex), descartável,
que é desenrolado sobre o pénis erecto, antes da
relação sexual.
 É um dos método contraceptivo que evita o contágio
das IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
Preservativo masculino
Como colocar um preservativo masculino?
PÍLULAPÍLULA IMPLANTEIMPLANTE DISPOSITIVOSDISPOSITIVOS
INTRA-UTERINOSINTRA-UTERINOS
CONTRACEPÇÃOCONTRACEPÇÃO
INJECTÁVELINJECTÁVEL
TIPO DE MÉTODO HORMONAL HORMONAL
Colocado sob a pele
Duração de 3 anos
Os DIU podem conter:
- Cobre
- Cobre e prata
- Levonorgestrel
HORMONAL
(Injecção
intramuscular)
Duração de 3 meses
EFICÁCIA Muito eficaz Muito eficaz Muito Eficaz Muito eficaz
VANTAGENS
- Períodos regulares
- Diminuição das dores
menstruais
- Menor risco do cancro
do ovário e endométrio
Útil a quem não pode
ou não quer tomar
estrogénios
- Pode amamentar-se
- Reversível
- Duração 3 anos
- Não depende da
mulher e da forma
como utiliza
- Não diminui a
fertilidade
- Longa duração e
reversível
- Eficácia e
segurança
- Melhora situações
de endometriose
DESVANTAGENS
- Não previne IST’s
- Compromisso diário
- Efeitos secundários
Efeitos desagradáveis
Não protege IST’s
- Não previne as IST’s
- DIU não hormonal
pode levar a períodos
mais prolongados
- Irregularidade
menstrual
- Demora no retorno
à fertilidade
- Não protege IST’s
- Aumento de peso
ACESSIBILIDADE
E
PREÇOS
Várias marcas nas
farmácias
Preço médio: 5€ (sem
receita médica)
Colocado por um
profissional de saúde
Custa cerca de 140€.
Colocado por técnicos
especializados
DIU hormonal 143€
Só em centros de
saúde e
maternidades
1ml=2,48€
ADESIVOADESIVO ANEL VAGINALANEL VAGINAL PRESERVATIVOSPRESERVATIVOS ABST.PERIÓDICA/ABST.PERIÓDICA/
AUTO-CONTROLOAUTO-CONTROLO
DA FERTILIDADEDA FERTILIDADE
TIPO DE MÉTODO HORMONAL
Sistema trasnsdérmico
Aplicação 3 semanas
seguidas /colocar ao fim
de 7dias
HORMONAL
Anel flexível de plástico de
textura suave
Colocado no 1º dia de
menstruação e permanece
na vagina por 3 semanas
Método de barreira que
evita o contacto directo
com fluídos corporais
Normalmente são feitos de
latex e têm vários
tamanhos, cores, formas,
etc.
Identificar fértilidade:
-- Calendário
-- Temperatura
- - Muco
- - Sintotérmico
EFICÁCIA Eficácia acima dos 98% Eficácia similar à da pílula
combinada
Eficácia de 5 a 10 % Depende do uso
consistente do método
VANTAGENS
- Fácil utilização
- Menstruaçãomais
regulares, curtas e menos
dolorosas
- Método reversível
- Fácil de colocar
- SEm compromisso diário
- Método reversível
Mais eficaz contra IST´s e
gravidez
- Sem riscos para a
saúde e efeitos
secundários
DESVANTAGENS
-Efeitos secundários são
similares aos da pílula
- Não protege IST’s
- Difícil de utilizar para
mulheres que tenham
dificuldade em tocar-se
- Não previne as IST’s
- Tem de estar disponível
no momento da relação
sexual
Pode requerer longos
períodos de abstinência
- Observação rigorosa
do funcionamento do
corpo da mulher
- Não protege IST’s
ACESSIBILIDADE
E
PREÇOS
- Custa cerca de 13€ - Venda na farmácia
- Custa cerca 11€
- Muito acessível
- Preço por unidade: 1€
Grátis depende só do
casal
ESPERMICIDASESPERMICIDAS LAQUEAÇÃO DELAQUEAÇÃO DE
TROMPASTROMPAS
VASECTOMIAVASECTOMIA
TIPO DE MÉTODO Podem apresentar-se sob
a forma de creme, de
espuma, esponja, cones
ou comprimidos vaginais
-Método cirúrgico
As trompas de Falópio são
cortadas, de modo a
impedir a passagem de
espermatozóides
-Procedimento cirúrgico
Consiste em cortar o canal
deferente que liga o
testículo ao pénis. Feito
normalmente com
anestesia local
EFICÁCIA Eficácia de cerca de 25 % Muito Eficaz Muito eficaz
VANTAGENS
- Fácil utilização
- Pode aumentar a
lubrificação vaginal
- Método muito eficaz e
seguro na contracepção
- Não tem efeitos ou riscos
para a saúde a longo
prazo
- Método seguro, eficaz e
definitivo
- Mais eficaz que simples
que a laqueação
- Sem efeitos ou riscos
para a saúde
DESVANTAGENS
- Baixa eficácia
- Pode interferir com a
relação sexual
- Requer procedimentos
cirúrgicos
- É caro e difícil reverter o
método
- Pode ter complicações a
curto prazo
- É muito difícil e caro
reverter o método
- Não é imediatamente
eficaz
ACESSIBILIDADE
E
PREÇOS
Os espermicidas estão á
venda em farmácias e
sexshops
- Exige recorrer a serviços
de saúde
- Exige recorrer a serviços
de saúde
Métodos anticoncepcionais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Promoção da Saúde no Climatério
Promoção da Saúde no ClimatérioPromoção da Saúde no Climatério
Promoção da Saúde no Climatério
 
Planejamento familiar
Planejamento familiarPlanejamento familiar
Planejamento familiar
 
Aula_Anestesia.pdf
Aula_Anestesia.pdfAula_Anestesia.pdf
Aula_Anestesia.pdf
 
Saúde da Mulher
Saúde da MulherSaúde da Mulher
Saúde da Mulher
 
Aleitamento materno slide
Aleitamento materno slideAleitamento materno slide
Aleitamento materno slide
 
Anestesias
AnestesiasAnestesias
Anestesias
 
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e EspermicidaMetodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
Metodos Contraceptivos - Diafragma e Espermicida
 
Colostomia apresentação
Colostomia apresentaçãoColostomia apresentação
Colostomia apresentação
 
Tipos de anestesia
Tipos de anestesiaTipos de anestesia
Tipos de anestesia
 
Anestesiologia
Anestesiologia Anestesiologia
Anestesiologia
 
Aula do centro cirurgico
Aula do centro cirurgicoAula do centro cirurgico
Aula do centro cirurgico
 
Enfermagem ObstéTrica Parte 1
Enfermagem ObstéTrica Parte 1Enfermagem ObstéTrica Parte 1
Enfermagem ObstéTrica Parte 1
 
Planjamento familiar
Planjamento familiarPlanjamento familiar
Planjamento familiar
 
Transformações na gestação
Transformações na gestaçãoTransformações na gestação
Transformações na gestação
 
Paciente Critico 1.ppt
Paciente Critico 1.pptPaciente Critico 1.ppt
Paciente Critico 1.ppt
 
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
PAISM - PROGRAMA DE ATENÇÃO INTEGRAL A SAÚDE DA MULHER
 
Complicações na gestação
Complicações na gestaçãoComplicações na gestação
Complicações na gestação
 
Suporte bã¡sico de vida em pediatria
Suporte bã¡sico de vida em pediatriaSuporte bã¡sico de vida em pediatria
Suporte bã¡sico de vida em pediatria
 
AIDIPI Criança
AIDIPI CriançaAIDIPI Criança
AIDIPI Criança
 
Educação Permanente em Enfermagem
Educação Permanente em EnfermagemEducação Permanente em Enfermagem
Educação Permanente em Enfermagem
 

Semelhante a Métodos anticoncepcionais

Fecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosFecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosluizinhovlr
 
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]gggg7777
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivosguest44df534
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivosvitorjbf
 
Mtodos contraceptivos
Mtodos contraceptivosMtodos contraceptivos
Mtodos contraceptivosmiguelpim
 
Fecundação e métodos contraceptivos
Fecundação e métodos contraceptivosFecundação e métodos contraceptivos
Fecundação e métodos contraceptivosOsmar Felipe
 
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOSMÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOSgmmma
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoNTE RJ14/SEEDUC RJ
 
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodosprofessoraludmila
 
Métodos Contraceptivos Química
Métodos Contraceptivos QuímicaMétodos Contraceptivos Química
Métodos Contraceptivos QuímicaBruno
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivosIsabel Lopes
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiarZaara Miranda
 
Planejamento familiar trabalho
Planejamento familiar trabalhoPlanejamento familiar trabalho
Planejamento familiar trabalhoVania Ribeiro
 
Métodos contaceptivos
Métodos contaceptivosMétodos contaceptivos
Métodos contaceptivosURCA
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Angela Boucinha
 

Semelhante a Métodos anticoncepcionais (20)

Fecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivosFecundação e métodos contracetivos
Fecundação e métodos contracetivos
 
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]
Metodos Contraceptivos [Guardado Automaticamente]
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Métodos Contraceptivos
Métodos ContraceptivosMétodos Contraceptivos
Métodos Contraceptivos
 
Mtodos contraceptivos
Mtodos contraceptivosMtodos contraceptivos
Mtodos contraceptivos
 
Fecundação e métodos contraceptivos
Fecundação e métodos contraceptivosFecundação e métodos contraceptivos
Fecundação e métodos contraceptivos
 
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOSMÉTODOS CONTRACEPTIVOS
MÉTODOS CONTRACEPTIVOS
 
Metodos contraceptivos
Metodos contraceptivosMetodos contraceptivos
Metodos contraceptivos
 
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 anoSeminário métodos contraceptivos 8 ano
Seminário métodos contraceptivos 8 ano
 
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
 
Métodos Contraceptivos Química
Métodos Contraceptivos QuímicaMétodos Contraceptivos Química
Métodos Contraceptivos Química
 
Métodos anticoncepcionais
Métodos anticoncepcionaisMétodos anticoncepcionais
Métodos anticoncepcionais
 
Métodos contraceptivos
Métodos contraceptivosMétodos contraceptivos
Métodos contraceptivos
 
Planeamento familiar
Planeamento familiarPlaneamento familiar
Planeamento familiar
 
Planejamento familiar trabalho
Planejamento familiar trabalhoPlanejamento familiar trabalho
Planejamento familiar trabalho
 
Métodos 8°b
Métodos 8°bMétodos 8°b
Métodos 8°b
 
Métodos 8°b
Métodos 8°bMétodos 8°b
Métodos 8°b
 
Métodos contaceptivos
Métodos contaceptivosMétodos contaceptivos
Métodos contaceptivos
 
Apresenta..(1)
Apresenta..(1)Apresenta..(1)
Apresenta..(1)
 
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
Helena reis 333 novo apresenta+º+úo do microsoft power_point (2)
 

Mais de pedropereiraeu (12)

Reproducao
ReproducaoReproducao
Reproducao
 
Sistema Digestivo
Sistema DigestivoSistema Digestivo
Sistema Digestivo
 
Puberdade
PuberdadePuberdade
Puberdade
 
Apr cn8 factores abióticos luz
Apr cn8 factores abióticos luzApr cn8 factores abióticos luz
Apr cn8 factores abióticos luz
 
Factores abióticos temperatura
Factores abióticos temperaturaFactores abióticos temperatura
Factores abióticos temperatura
 
Saude
SaudeSaude
Saude
 
Tempo Geológico
Tempo GeológicoTempo Geológico
Tempo Geológico
 
Fosseis
FosseisFosseis
Fosseis
 
B.I Dos Planetas
B.I Dos PlanetasB.I Dos Planetas
B.I Dos Planetas
 
PoluiçãO
PoluiçãOPoluiçãO
PoluiçãO
 
Recursos Naturais
Recursos NaturaisRecursos Naturais
Recursos Naturais
 
Conhece A Be
Conhece A BeConhece A Be
Conhece A Be
 

Último

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalSilvana Silva
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAlexandreFrana33
 

Último (20)

QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mentalADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
ADJETIVO para 8 ano. Ensino funda.mental
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptxAs Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
As Viagens Missionária do Apostolo Paulo.pptx
 

Métodos anticoncepcionais

  • 2. Métodos contraceptivos ???? Evitar uma gravidez não desejada e ou a transmissão de doenças/ infecções sexualmente transmissíveis. Quando ? Ao iniciar a sua vida sexual
  • 3. Escolha do método contraceptivo? Existem vários métodos contraceptivos. A escolha auxiliada por um médico. Escolha baseada na idade, frequência de actividade sexual, gostos, alergias … Todos os parceiros devem estar e serTodos os parceiros devem estar e ser conscientes das suas escolhas!conscientes das suas escolhas!
  • 4.
  • 6. Tipos de métodos Reversíveis – métodos que ao deixarem de ser utilizados permitem uma gravidez. Irreversíveis – Destinam-se essencialmente a casais que não desejem ter mais filhos, uma vez que são praticamente irreversíveis. A sua eficácia é praticamente total. Exige uma intervenção cirúrgica que pode envolver uma anestesia geral ou local.
  • 7. Métodos naturais  Baseiam-se no conhecimento do período fértil da mulher (período durante o qual pode ocorrer a fecundação) e  na abstenção de relações sexuais durante esse período. São menos eficazes que os métodos não naturais. Métodos não naturais  são métodos que impedem a fecundação através da  utilização de dispositivos adequados,  no uso de substâncias. Métodos reversíveis
  • 8. Exercício 1 Seleccione a letra da frase correcta. A – Os métodos contraceptivos podem ser renováveis ou não renováveis. B – Os métodos contraceptivos reversíveis implicam uma operação cirúrgica. C – Os métodos irreversíveis podem ser utilizados por adolescentes. D – Os métodos reversíveis permitem que a mulher possa engravidar quando deixar de os usar.
  • 9. Métodos irreversíveis Laqueação das trompas (esterilização feminina) Operação cirúrgica onde é feito um pequeno corte nas trompas de Falópio para impedir o encontro entre os espermatozóides e o oócito II. Vasectomia (esterilização masculina) Operação cirúrgica onde é feito um pequeno corte nos canais deferentes para evitar que o esperma expelido contenha espermatozóides.
  • 10. Exercício 2 Complete as frases seguintes com os termos correctos. A laqueação de ____1____ é uma operação cirúrgica que impede que a mulher fique ____2____. A vasectomia consiste num corte ao nível dos canais ____3____ que impede a saída de ____4____ no esperma.
  • 11. Exercício 3 Corrija a seguinte frase de modo a tornar-se verdadeira. “Os métodos químicos impedem a divisão celular através da utilização de diversos tipos de dispositivos, bem como na utilização de substâncias químicas.”
  • 12. Método do calendário ou de Ogino-Knauss Tenta determinar o período fértil da mulher conhecendo a data da próxima menstruação. Método é relativamente eficaz se a mulher for regular.
  • 13. Método da temperatura Mediação da temperatura rectal que deve ser avaliada antes de se levantar e em jejum (durante pelo menos seis meses), (a temperatura sobre alguns décimos de grau imediatamente a seguir à ovulação e que se mantém nesse patamar durante alguns dias)  A baixa eficácia reside no facto das oscilações de temperatura poderem ser outras que não a ovulação.
  • 14. Método de Billings ou do muco cervical Observação regular do muco cervical. O muco cervical torna-se mais abundante, mais líquido e mais transparente na altura da ovulação. Devem evitar-se as relações sexuais desde o momento em que o muco apresenta este aspecto, até ao momento em que se torne mais espesso e de cor amarelada.
  • 15. Coito interrompido O homem retira o pénis da vagina antes da ejaculação. A baixa eficácia pode ocorrer pois nas gotas de líquido pré-ejaculatório pode haver espermatozóides que fiquem na vagina antes da interrupção da relação sexual.
  • 16. Exercício 4 Seleccione a letra do intruso:  A – Método da temperatura  B – Método do calendário  C – Método da humidade  D – Método do muco cervical
  • 17. Exercício 5 Complete a frase com a palavra correcta. “Na altura da ovulação, a temperatura rectal ...”  A – diminui.  B – aumenta.  C – mantém-se constante.
  • 18. Exercício 6 Complete a frase com o termo correcto. “Na altura da ovulação, o muco cervical fica...”  A – abundante, líquido e transparente.  B – espesso e escuro.  C – sólido e pouco abundante.
  • 19. Exercício 7 Resolva o seguinte problema: “Uma mulher terá o período dia 26 de Novembro.” 1 - Determine qual foi o dia da ovulação? Resposta: 26 -14= 12 (A ovulação será dia 12) 2 – Determine qual o período fértil? Resposta: Período fértil: cinco dias antes do dia 12 e dois dias após o dia 12 (7,8,9,10,11,12,13,14)
  • 20. Exercício 8 Complete a seguinte afirmação: “O coito interrompido é pouco eficaz porque...”  A – o esperma contém espermatozóides.  B – o líquido pré-ejaculatório pode conter espermatozóides.  C – o preservativo rompe.
  • 21. Métodos não naturais ou artificiais Químicos  substâncias químicas utilizadas para evitar uma gravidez.  Pílula,  Adesivo contraceptivo,  Injecção intramuscular,  Anel vaginal,  Espermicida Mecânicos  dispositivos que impedem a fecundação e a nidação.  DIU  Preservativo  Diafragma
  • 22. Pílula Comprimido feito à base de hormonas sintéticas que são similares às hormonas femininas produzidas naturalmente Impede a ovulação e, consequentemente, uma gravidez. Bastante eficaz desde que não existam esquecimentos, ingestão de outros medicamentos que possam anular o seu efeito e à ocorrência de episódios de vómitos ou diarreia.
  • 23. Pílula do dia seguinte Pílula especial TOMADAS nas 72 horas seguintes ao acto sexual (duas tomas com um intervalo de 12 horas). Quanto mais cedo for o início do tratamento, maiores serão as probabilidades de sucesso. Pode ter muitos e fortes efeitos secundários. Não deve ser utilizada como método contraceptivo mas apenas numa situação de emergência, por causa da elevada concentração de hormonas.
  • 24. Injecção & implante hormonal Injecções hormonais – injecções constituídas por hormonas que se vão libertando de modo contínuo durante determinado tempo (geralmente são de três meses). Implante hormonal - Pequena vareta do tamanho de um fósforo que é colocada sob a pele, no lado interno da parte superior do braço. Liberta lentamente uma hormona que evita a libertação mensal de oócitos II do ovário. Também evita que o esperma alcance o útero.  Eficácia mantém-se por um período de três anos
  • 25. Adesivo hormonal Adesivo fino, bege, que pode ser usado em quatro áreas do corpo:  nas nádegas, peito (excluindo os seios), costas ou parte externa do membro superior. Contém hormonas que são rapidamente libertadas através da pele para a corrente sanguínea durante sete dias. Cada adesivo deve ser mudado semanalmente durante três semanas, seguido por uma semana “sem adesivo”, quando aparece a menstruação.
  • 26. Espermicidas Produtos químicos que podem ser apresentados sob a forma de espuma, creme ou óvulos. Matam ou imobilizam os espermatozóides, inibindo a sua passagem para o útero. O espermicida deve ser introduzido na vagina antes das relações sexuais. Usados sozinhos têm uma segurança baixa, mas se forem usados em conjunto com o preservativo oferecem uma protecção eficaz.
  • 27. Exercício 9 Descubra a letra do intruso:  A – Pílula  B – Espermicida  C – Adesivo  D – Implante
  • 28. Exercício 10 Complete a seguinte frase com o termo correcto: “A pílula impede a ...”  A – nidação.  B – ovulação.  C – produção de espermatozóides.
  • 29. Exercício 11 Complete as frase com os termos correctos: A – Os ___1___ podem ser geleias ou espumas que são colocados na ___2___ e que matam os ___3___. B – A pílula do dia seguinte contém ___4___ e deve ser tomada nas primeiras ___5___ horas.
  • 30. DIU (Dispositivo Intra Uterino) Pequeno aparelho em metal e/ou plástico, que é introduzido no útero e que aí permanecerá até acabar a sua validade (3 a 5 anos).  O DIU torna o muco da cavidade uterina menos propício à presença dos espermatozóides e/ou impede a nidação, ou seja, a implantação do embrião nas paredes do útero.
  • 31. Diafragma Cúpula de borracha fina, montada sobre um anel de metal flexível recoberto de borracha. Introduzido na vagina, sobre o colo do útero, pela mulher, antes da relação sexual. Impede que os espermatozóides atinjam o útero e cheguem às trompas de Falópio.
  • 33. Preservativo feminino Invólucro de borracha que se coloca no interior da vagina. Impedem que os espermatozóides possam chegar às trompas de Falópio.  Não se encontram à venda em Portugal.
  • 35. Preservativo masculino  “Saco” de borracha muito fino (látex), descartável, que é desenrolado sobre o pénis erecto, antes da relação sexual.  É um dos método contraceptivo que evita o contágio das IST (Infecções Sexualmente Transmissíveis)
  • 37. Como colocar um preservativo masculino?
  • 38. PÍLULAPÍLULA IMPLANTEIMPLANTE DISPOSITIVOSDISPOSITIVOS INTRA-UTERINOSINTRA-UTERINOS CONTRACEPÇÃOCONTRACEPÇÃO INJECTÁVELINJECTÁVEL TIPO DE MÉTODO HORMONAL HORMONAL Colocado sob a pele Duração de 3 anos Os DIU podem conter: - Cobre - Cobre e prata - Levonorgestrel HORMONAL (Injecção intramuscular) Duração de 3 meses EFICÁCIA Muito eficaz Muito eficaz Muito Eficaz Muito eficaz VANTAGENS - Períodos regulares - Diminuição das dores menstruais - Menor risco do cancro do ovário e endométrio Útil a quem não pode ou não quer tomar estrogénios - Pode amamentar-se - Reversível - Duração 3 anos - Não depende da mulher e da forma como utiliza - Não diminui a fertilidade - Longa duração e reversível - Eficácia e segurança - Melhora situações de endometriose DESVANTAGENS - Não previne IST’s - Compromisso diário - Efeitos secundários Efeitos desagradáveis Não protege IST’s - Não previne as IST’s - DIU não hormonal pode levar a períodos mais prolongados - Irregularidade menstrual - Demora no retorno à fertilidade - Não protege IST’s - Aumento de peso ACESSIBILIDADE E PREÇOS Várias marcas nas farmácias Preço médio: 5€ (sem receita médica) Colocado por um profissional de saúde Custa cerca de 140€. Colocado por técnicos especializados DIU hormonal 143€ Só em centros de saúde e maternidades 1ml=2,48€
  • 39. ADESIVOADESIVO ANEL VAGINALANEL VAGINAL PRESERVATIVOSPRESERVATIVOS ABST.PERIÓDICA/ABST.PERIÓDICA/ AUTO-CONTROLOAUTO-CONTROLO DA FERTILIDADEDA FERTILIDADE TIPO DE MÉTODO HORMONAL Sistema trasnsdérmico Aplicação 3 semanas seguidas /colocar ao fim de 7dias HORMONAL Anel flexível de plástico de textura suave Colocado no 1º dia de menstruação e permanece na vagina por 3 semanas Método de barreira que evita o contacto directo com fluídos corporais Normalmente são feitos de latex e têm vários tamanhos, cores, formas, etc. Identificar fértilidade: -- Calendário -- Temperatura - - Muco - - Sintotérmico EFICÁCIA Eficácia acima dos 98% Eficácia similar à da pílula combinada Eficácia de 5 a 10 % Depende do uso consistente do método VANTAGENS - Fácil utilização - Menstruaçãomais regulares, curtas e menos dolorosas - Método reversível - Fácil de colocar - SEm compromisso diário - Método reversível Mais eficaz contra IST´s e gravidez - Sem riscos para a saúde e efeitos secundários DESVANTAGENS -Efeitos secundários são similares aos da pílula - Não protege IST’s - Difícil de utilizar para mulheres que tenham dificuldade em tocar-se - Não previne as IST’s - Tem de estar disponível no momento da relação sexual Pode requerer longos períodos de abstinência - Observação rigorosa do funcionamento do corpo da mulher - Não protege IST’s ACESSIBILIDADE E PREÇOS - Custa cerca de 13€ - Venda na farmácia - Custa cerca 11€ - Muito acessível - Preço por unidade: 1€ Grátis depende só do casal
  • 40. ESPERMICIDASESPERMICIDAS LAQUEAÇÃO DELAQUEAÇÃO DE TROMPASTROMPAS VASECTOMIAVASECTOMIA TIPO DE MÉTODO Podem apresentar-se sob a forma de creme, de espuma, esponja, cones ou comprimidos vaginais -Método cirúrgico As trompas de Falópio são cortadas, de modo a impedir a passagem de espermatozóides -Procedimento cirúrgico Consiste em cortar o canal deferente que liga o testículo ao pénis. Feito normalmente com anestesia local EFICÁCIA Eficácia de cerca de 25 % Muito Eficaz Muito eficaz VANTAGENS - Fácil utilização - Pode aumentar a lubrificação vaginal - Método muito eficaz e seguro na contracepção - Não tem efeitos ou riscos para a saúde a longo prazo - Método seguro, eficaz e definitivo - Mais eficaz que simples que a laqueação - Sem efeitos ou riscos para a saúde DESVANTAGENS - Baixa eficácia - Pode interferir com a relação sexual - Requer procedimentos cirúrgicos - É caro e difícil reverter o método - Pode ter complicações a curto prazo - É muito difícil e caro reverter o método - Não é imediatamente eficaz ACESSIBILIDADE E PREÇOS Os espermicidas estão á venda em farmácias e sexshops - Exige recorrer a serviços de saúde - Exige recorrer a serviços de saúde