Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012Exmo. Sr. Presidente da Mesa do PlenárioRestantes Elementos da Mesa do Plená...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        Para eles e para todos quantos desde esse Maio de 75 e atéhoje passa...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        A JSD tem estado atenta. Sabemos das dificuldades eentendemos a dete...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        O Plano Estratégico “Impulso Jovem” atua nos dois lados domercado de...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        Qualquer jovem empreendedor que envereda pela saga decriar o seu pos...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        E porque o “Impulso Jovem” dá, como atrás já referi, especialrelevo ...
Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012        São iniciativas e projectos como este, que me orgulham deser um jove...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Discurso plenário psd maia - 27 julho2012

456 visualizações

Publicada em

Discurso proferido no Plenário de Secção do Partido Social Democrata da Maia em 27 de Julho de 2012.

Publicada em: Notícias e política
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Discurso plenário psd maia - 27 julho2012

  1. 1. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012Exmo. Sr. Presidente da Mesa do PlenárioRestantes Elementos da Mesa do PlenárioExmo. Sr. Presidente da CPS do PSD MaiaRestantes Elementos da CPS Maia do PSDExmo. Sr. Presidente da CPC Maia da JSDCaros Presidentes de Núcleo do PSD e da JSD aqui presentes,Caras companheiras e caros companheiros Em junho de 1974, cerca de trinta jovens sob a liderança deAntónio Rebelo de Sousa, formavam o que na altura chamaram de“Núcleo de Jovens do Partido Popular Democrático”. Poucos dias depois, o que nasceu como um núcleo do PPD,dava origem a uma estrutura política de juventude, a JSD, sendo osseus estatutos oficialmente aprovados em Plenário Nacionalorganizado em Novembro do mesmo ano. A 31 de Maio de 1975,a JSD realiza em Lisboa o seu ICongresso Nacional, de onde sai democraticamente eleita aprimeira Comissão Política Nacional deste organismo partidário. António Rebelo de Sousa, foi assim o seu primeiro Presidente,a que se seguiram Lacerda de Queiroz, Pedro Pinto, Carlos Coelho,Pedro Passos Coelho, Jorge Moreira da Silva, Pedro Duarte, JorgeNuno Sá, Daniel Fangueiro, Pedro Rodrigues e actualmente DuarteMarques, figuras que ao longo dos últimos 38 anos deram vida àJSD, fazendo dela a maior, a mais activa e responsável juventudemilitante do nosso país. 1 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  2. 2. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 Para eles e para todos quantos desde esse Maio de 75 e atéhoje passaram pelas diversas estruturas territoriais da JSD, emparticular aqui na nossa Maia, expresso o meu reconhecimento erespeito pelo trabalho que desenvolveram, pelo legado que nosdeixaram, confiando que enquanto actual dirigente destaorganização, eu seja capaz de cumprir devidamente com os ideaisdaqueles que com alguma irreverência, fundaram a JuventudeSocial Democrata. Nos últimos meses, a JSD tem demonstrado com o seuempenho e excelente trabalho, que sabe nas horas difíceis, estar aolado da razão e da verdade, achando-se através dos deputadoseleitos pela JSD, entre os quais está o companheiro e amigoPresidente da Regional do Porto, Simão Ribeiro, na primeira linhade auxílio ao governo, naquilo que é a condução do nosso país,mas também na primeira linha de crítica construtiva, sempre queassim nos move os princípios que advogamos, a defesa da socialdemocracia e dos valores dum Estado de Direito. Neste primeiro ano de governo, caras companheiras e caroscompanheiros, muitos têm sido os motivos de desagrado e de lutapor parte dos jovens portugueses, como o desemprego, a educaçãoou o sentir desmoronar do estado social. 2 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  3. 3. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 A JSD tem estado atenta. Sabemos das dificuldades eentendemos a determinação do Presidente do nosso Partido emmanter o rumo inicialmente traçado. Porque acreditamos no esforçodo Governo na construção dum amanhã melhor, um amanhã comfuturo, com justiça, com oportunidades, não enveredamos por falsasdemagogias e espectáculos mediáticos, de concentrações eprotestos a troco de tudo e de nada, arregimentados nas redessociais, sabe-se lá por quem e a troco de quê. Não “embandeiramos em arco”, mas não podemos deixar dereferenciar com aplauso, o que de válido este Governo tem feito emprol dos jovens portugueses. E vou reportar-me apenas a um, pela importância e peloalcance das medidas essencialmente direccionadas ao combate dodesemprego jovem, um dos principais desafios com que Portugal seconfronta actualmente. Refiro-me exactamente ao Plano Estratégico de Iniciativas àEmpregabilidade Jovem e de Apoio às PME’s, conhecido como o“Impulso Jovem”. Trata-se de um plano que revela bem o sentido estratégicodo Governo, no que toca ao desemprego jovem, um programa ondepodemos encontrar um vasto conjunto de medidas, que levam àcriação efectiva de postos de trabalho da população mais jovem,apoiando a contratação, a formação e qualificação e incentivando acriação do próprio emprego. 3 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  4. 4. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 O Plano Estratégico “Impulso Jovem” atua nos dois lados domercado de trabalho e cria as condições para que as empresasproduzam postos de trabalho qualificados e duradouros,ultrapassando as atuais restrições ao financiamento que enfrentam,e simultaneamente ajustando o seu padrão produtivo ao novoparadigma de modelo económico sustentável ambicionado. Tem como propósito criar oportunidades de ingresso nomercado de trabalho para os jovens portugueses, oferecendo-lhesformação certificada ou formação no posto de trabalho, sempre como objetivo de uma posterior relação laboral duradoura, invertendo atendência instalada de aumento do desemprego estrutural entreesta franja da população activa. O “Impulso Jovem” lança o apoio à contratação de jovensdesempregados de longa duração com uma diminuição da cargafiscal associada à contratação a termo e uma redução significativana diferença entre o custo suportado pelo empregador e o benefíciorecebido pelo trabalhador. Este programa é também um real impulso aos jovensempreendedores, sendo criado os programas “Coop Jovem”, quefinancia directamente cada cooperante com idade compreendidaentre 18 aos 30 anos e que tenham pelo menos o 9º ano deescolaridade, o “Passaporte para o Empreendedorismo” e o“Portugal Empreendedor”, abrangendo com estes um conjunto demedidas, no sentido do apoio e financiamento aos projectos dejovens empreendedores, incentivando a criação do seu próprioemprego e com ele, a criação de valor para o país. 4 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  5. 5. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 Qualquer jovem empreendedor que envereda pela saga decriar o seu posto de trabalho, precisa para essa 1ª fase,essencialmente de dinheiro para o desenvolvimento dos seusprojectos e consequente criação da sua empresa. E comosabemos, o acesso a financiamento é no momento extremamentedifícil e quase vedado aos jovens e ás denominadas startups. E éaqui também que o “Impulso Jovem” desenvolve o ProgramaNacional de Microcrédito, programa que não sendo limitado ajovens desempregados, dá prioridade aos casos em que obeneficiário ou o contratado tenha idade compreendida entre os 16e os 34 anos e seja um desempregado inscrito num centro deemprego, há pelo menos, quatro meses. Todo este programa será monitorizado por uma comissão quereunirá mensalmente para avaliação da execução do mesmo,permitindo desta forma redefinir as medidas e fazer adaptação àrealidade se necessário, o que me leva a acreditar que serárealmente um verdadeiro estímulo para os jovens. Não é umdocumento descrito como um manual de boas práticas, compalavras bonitas como outrora foi apanágio dos nossos governos egovernantes, mais sim uma vontade política, marcando assimpositivamente a actuação deste governo. 5 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  6. 6. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 E porque o “Impulso Jovem” dá, como atrás já referi, especialrelevo ao empreendedorismo, apoiando e financiando as boasideias e a criação do próprio emprego, aqui chegado carascompanheiras e caros companheiros, não posso deixar dereferenciar o Programa MaiaFinicia, em boa hora lançado peloVereador do Pelouro da Juventude, Hernâni Ribeiro e prontamenteacarinhado por todos os elementos da nossa Câmara Municipal. A constituição deste Fundo no valor de 500mE, que envolve aCâmara Municipal, a Tecmaia, o IAPMEI, o BES e a Norgarante,revelou-se, segundo as informações que o senhor Vereador nosprestou, na reunião que com ele tivemos, num importanteinstrumento de financiamento para as micro e pequenas empresasdo Concelho. Tratando-se de um financiamento a projectos de investimento,é composto em 80% por Financiamento Bancário com uma taxa dejuro preferencial, com garantia Autónoma prestada por umaSociedade de Garantia Mútua e em 20% por subsídio reembolsávelsem juros, subsídio este concedido pela própria Câmara Municipal. Segundo a mesma informação, 70% das empresasfinanciadas foram exactamente startups, ou seja, empresas quenasceram com este próprio instrumento de financiamento. Num totalde 13 empresas financiadas, totalizavam à data que apresentarama sua candidatura 32 colaboradores nos seus Quadros e têm hoje67 colaboradores, o que representa um aumento de 109%. 6 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216
  7. 7. Discruso Plenário PSD Maia 27 de Julho de 2012 São iniciativas e projectos como este, que me orgulham deser um jovem maiato, que me orgulham dos companheiros do PSDque temos a gerir os destinos da nossa Câmara Municipal. Por tudo isto e porque sabemos também que o valor desteFundo está praticamente esgotado, peço ao senhor Presidente daCâmara, que não deixe terminar este importante instrumento deapoio. Agora, mais que nunca, ele será de primordial importânciapara o desenvolvimento empresarial do Concelho e muitoparticularmente, para que os jovens empreendedores agarrem esteincentivo e promovam a criação do seu próprio emprego. Termino caras e caros companheiros, com uma frase deFrancisco Sá Carneiro, “Saber estar e romper a tempo, correr osriscos da adesão e da renúncia, pôr a sinceridade das posiçõesacima dos interesses pessoais, isto é a política que vale a pena”. Este governo tem sabido estar, vamos ver se saberá romper atempo e por as posições acima dos interesses pessoais, para que apolítica valha, cada vez mais a pena. Viva a JSD, Viva o PSD, Viva a Maia, Viva sempre Portugal. (Pedro Miguel Carvalho) Militante Nº180216 7 Pedro Miguel Sousa Carvalho| Militante Nº: 180216

×