Apresentação amucf 12 abr2014_v.1.1

161 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
161
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação amucf 12 abr2014_v.1.1

  1. 1. > Objectivos da Associação; > Implantação da Urbanização Cerrado e Fontainhas; > População Residente na Freguesia de Arruda dos Vinhos; > Distribuição da população; > Implantação do Comercio e Serviços; > Apresentação geral da urbanização; > Presença na Internet; > Resumo;
  2. 2. > Promoção social; > Promoção cultural; > Promoção recreativa e desportiva; > Apoio na resolução de problemas; > Fomentar o espírito de solidariedade e civismo; > Fomentar recuperação e manutenção de todo o espaço edificado; > Fomentar a criação e melhoramento de infra-estruturas; > Cooperação com as diversas entidades públicas e oficiais.
  3. 3. Urbanização Cerrado e Fontaínhas – Área de implantação 81.398m2 Considerando as áreas identificadas como espaços verdes, o somatório das mesmas: 2.351m2 corresponde a 2,88% de toda a área Urbanizada. Não existem espaços verdes públicos. Fonte: Google Earth Altitude de visualização: 710 m - Parque Infantil - EFT 1 .196 m2 Parque Infantil + Zona Ajardinada 1.155 m2
  4. 4. 18% Percentagem de População Residente na Freguesia de Arruda dos Vinhos Urbanização Cerrado e Fontaínhas 1020 Habitantes 4.815 Habitantes Total de População Residente na Freguesia de Arruda dos Vinhos – 5.835 Habitantes Fonte: Site Oficial da Câmara Municipal de Arruda dos Vinhos
  5. 5. 76% 24% População Residente na Urbanização Cerrado e Fontaínhas Prédios Moradias 300 Habitantes 720 Habitantes Valores estimados por defeito, considerando núcleos populacionais constituídos por 3 habitantes residentes por fogo nos prédios, e de 4 habitantes residentes nas moradias.
  6. 6. 61% 39% Distribuição da População na Urbanização Cerrado e Fontaínhas População Activa Crianças/Jovens 628 Habitantes 392 Habitantes Os valores apresentados são estimados por defeito, uma vez que apenas foi contabilizado 1 criança ou jovem por fogo nos prédios, tendo o número aumentado para 2 no caso das moradias. Tratando-se de uma população extremamente jovem, a percentagem a atribuir aos habitantes menos novos, não tem valor percentual expressivo. Daí a sua não inclusão.
  7. 7. 55%45% Percentagem de Lojas Serviços/Comércio na Urbanização Cerrado e Fontaínhas Lojas com Actividade Aberta Lojas sem Actividade Aberta 15 lojas Universo Total de 33 lojas existentes em toda a Urbanização 18 lojas
  8. 8. >SITUAÇÕES DE RISCO; >ESPAÇOS VERDES; >RIBEIRA; >ESCOLA FIXA DE TRANSITO; >ARRUAMENTOS ESTACIONAMENTOS E PASSEIOS; >PASSAGEM AEREA DE CABLAGENS; >OBRAS GERAIS; PREOCUPAÇÕES DESTA AMUCF
  9. 9. >CURVA DE MOIXENT; >PASSEIO ENVOLVENTE DA CURVA DE MOIXENT; SITUAÇÕES DE RISCO
  10. 10. SITUAÇÕES DE RISCO CURVA DE MOIXENT 2009 2013 2014 2013
  11. 11. ESPAÇOS VERDES Em 2009 os espaços verdes existentes eram muito poucos ou reduzidos. Em 2013 os espaços verdes continuam escassos e a aplicação de herbicidas transformou-os de verdes em amarelos
  12. 12. ESPAÇOS VERDES Existe um grande sentimento de abandono, por parte dos moradores, visto que em pequenas áreas nem uma limpeza adequada é feita… Na zona envolvente da EFT existe um grande potencial para se criar um Parque Urbano…
  13. 13. ESPAÇOS VERDES
  14. 14. ESPAÇOS VERDES RIBEIRA A Ribeira, tem sido alvo de algumas intervenções de limpeza mas nenhuma delas em definitivo. A limpeza é feita uma vez por ano e de seguida continuamos com uma imagem que não é de todo agradável.
  15. 15. ESPAÇOS VERDES RIBEIRA Todas as intervenções realizadas foram somente de limpeza, mais preocupante são os deslizamentos de terras que já criaram vários estragos na estrutura do edifício da EFT, bem como na própria EFT.
  16. 16. >EDIFICIO; >ESTRUTURA DA ESCOLA FIXA DE TRANSITO; ESCOLA FIXA DE TRÂNSITO
  17. 17. >EDIFICIO; •Existe preocupação por parte da AMUCF sobre o seu futuro, visto que se encontra junto a uma linha de água onde as terras não se mostram seguras, e por outro lado a que fim se destina. ESCOLA FIXA DE TRANSITO
  18. 18. > ESTRUTURA DA ESCOLA FIXA DE TRANSITO; • Do antecedente executivo municipal houve o compromisso de abrir a estrutura à população, ação esta que foi do agrado dos moradores, que assim, vêm um local de diversão para os seu filhos em segurança. • No entanto faltam sombras para que durante os dias mais soalheiros as crianças, possam brincar mais abrigadas. ESCOLA FIXA DE TRANSITO
  19. 19. >ARRUAMENTOS; • Existem grandes deficiências estruturais a nível da rede viária. • Deficiências essas que a AMUCF, tem a noção da dificuldade da autarquia em as solucionar. • Estas dificuldades prendem-se essencialmente com fatores financeiros. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  20. 20. >ARRUAMENTOS; •Apesar das dificuldades financeiras não devemos descurar este problema, mas olhá-lo sempre na perspetiva de que existe sempre uma solução, por mais pequena que seja… ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  21. 21. >PASSEIOS; • Desde a construção da Urbanização que os passeios têm sofrido as consequências das intempéries e do passar dos anos. • Toda a urbanização deve ser repensada numa ótica de reestruturação ou reconstrução dos passeios. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  22. 22. >PASSEIOS; •O antecedente executivo municipal deu inicio a um projeto de reestruturação de todos os passeios, onde se incluem também as escadarias. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  23. 23. >PASSEIO/ESTACIONAMENTO DE SERVIÇO GAS GALP; •O abastecimento de gás da Urbanização é efetuado através do depósito localizado na Estrada de S. Sebastião (entrada da Urbanização). ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  24. 24. >PASSEIO/ESTACIONAMENTO DE SERVIÇO GAS GALP; •Devido à inexistência de local próprio para parquear a viatura que efectua o abastecimento de gás, a mesma estaciona onde pode, o que provoca danos graves nas estruturas existentes. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  25. 25. >PASSEIO/ESTACIONAMENTO DE SERVIÇO GAS GALP; •Além do perigo existente durante o abastecimento, pois a viatura fica a ocupar uma parte da faixa de rodagem, impede ainda a passagem dos peões, tendo estes de circular pela estrada. Deveria ser criado um local próprio para o efeito, devidamente sinalizado. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  26. 26. >ESTACIONAMENTOS •Neste momento não existe organização de estacionamento. ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  27. 27. >ESTACIONAMENTOS •Existem estacionamentos que precisam de ser repensados ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  28. 28. >ESTACIONAMENTOS •Para uma melhor organização e imagem, as marcações no chão dos lugares de estacionamento seriam uma parte da solução… ARRUAMENTOS, PASSEIOS E ESTACIONAMENTOS
  29. 29. >Na era das tecnologias sem fio, wireless, fibra óptica…, porquê é que ainda existem “estendais”? >Visto que algumas cablagens existentes eventualmente já não estarem a ser utilizadas, poderiam as respetivas empresas retirar as mesmas? PASSAGEM AÉREA DE CABLAGENS
  30. 30. > Continuam por acabar algumas obras: • Guardas para escadarias; • Guardas para Zonas superiores; • Zona adequada (posto de recolha) de Ecoponto; • Limpeza de lixos de restos de obras terminadas; • Substituição de colectores de lixo danificados; OBRAS GERAIS QUE FICARAM POR TERMINAR
  31. 31. PRESENÇA NA INTERNET HTTP://WWW.AMUCF.ORG FACEBOOK
  32. 32. > "No futuro, recordemos obra feita, e não o que ficou por fazer ..." > "É perfeitamente possível fazer muito, bem e por pouco ..." > "Fica aqui lançado o desafio para os próximos tempos ..." Órgãos Sociais AMUCF

×