SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
SIMULADO 5
1
D4 ––––––––– QUESTÃO 01 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
D15 ––––––––– QUESTÃO 03 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
Texto I
Os cerrados
Essas terras planas do planalto central
escondem muitos riachos, rios e cachoeiras.
Na verdade, o cerrado é o berço das águas.
Essas águas brotam das nascentes de brejos ou
despencam de paredões de pedra. Em várias
partes do cerrado brasileiro existem canyons com
cachoeiras de mais de cem metros de altura!
SALDANHA, P. Os cerrados . Rio de
Janeiro: Ediouro, 2000.
Texto II
Os Pantanais
O passageiro vai iniciar a viagem
(A) à noite.
(B) à tarde.
(C) de madrugada.
(D) pela manhã.
D6 ––––––––– QUESTÃO 02 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
O texto trata de uma menina que:
(A) brincava de amarelinha.
(B) gostava de festas.
(C) subia e descia escadas.
(D) tinha medo de tudo.
O homem pantaneiro é muito ligado à terra
em que vive. Muitos moradores não pretendem
sair da região. E não é pra menos: além das
paisagens e do mais lindo pôr-dosol do Brasil
Central, o Pantanal é um santuário de animais
selvagens. Um morador do Pantanal do rio
Cuiabá, olhando para um bando de aves, voando
sobre veados e capivaras, exclamou: “O Pantanal
parece com o mundo no primeiro dia da criação.”
SALDANHA, P. Os pantanais. Rio de
Janeiro: Ediouro, 1995.
Os dois textos descrevem:
(A) belezas naturais do Brasil Central.
(B) animais que habitam os pantanais.
(C) problemas que afetam os cerrados.
(D) rios e cachoeiras de duas regiões.
D ––––––––– QUESTÃO 04 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
O espetáculo inédito do Circo Doce Mel vai iniciar:
(A) pela manhã;
(B) à noite;
(C) à tarde.
(D) de madrugada.
D7 ––––––––– QUESTÃO 05 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
O rato do mato e o rato da cidade
Um ratinho da cidade foi uma vez convidado
para ir à casa de um rato do campo. Vendo que
seu companheiro vivia pobremente de raízes e
ervas, o rato da cidade convidou-o a ir morar com
ele:
— Tenho muita pena da pobreza em que
você vive — disse.
— Venha morar comigo na cidade e você
verá como lá a vida é mais fácil.
Lá se foram os dois para a cidade, onde se
acomodaram numa casa rica e bonita.
Foram logo à despensa e estavam muito
bem, se empanturrando de comidas fartas e
gostosas, quando entrou uma pessoa com dois
gatos, que pareceram enormes ao ratinho do
campo.
Os dois ratos correram espavoridos para se
esconder.
— Eu vou para o meu campo — disse o rato
do campo quando o perigo passou.
— Prefiro minhas raízes e ervas na calma,
às suas comidas gostosas com todo esse susto.
Mais vale magro no mato que gordo na boca
do gato.
Alfabetização: livro do aluno 2ª ed. rev. e atual. / Ana
Rosa Abreu... [et al.]Brasília: FUNDESCOLA/SEF-
MEC, 2001. 4v. : p. 60 v. 3
O problema do rato do mato terminou quando ele:
(A) descobriu a despensa da casa.
(B) se empanturrou de comida.
(C) se escondeu dos ratos.
(D) decidiu voltar para o mato.
D8 ––––––––– QUESTÃO 06 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
A raposa e as uvas
Uma raposa passou por baixo de uma
parreira carregada de lindas uvas. Ficou logo com
muita vontade de apanhar as uvas para comer.
Deu muitos saltos, tentou subir na parreira, mas
não conseguiu.
Depois de muito tentar foi-se embora, dizendo:
— Eu nem estou ligando para as uvas. Elas estão
verdes mesmo...
ROCHA, Ruth. Fábula de Esopo. São Paulo, FTD, 1992.
O motivo por que a raposa não conseguiu apanhar
as uvas foi que:
(A) as uvas ainda estavam verdes.
(B) a parreira era muito alta.
(C) a raposa não quis subir na parreira.
(D) as uvas eram poucas.
D ––––––––– QUESTÃO 07 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
Receita de espantar a tristeza
Faça uma careta
E mande a tristeza
Pra longe, pro outro lado
Do mar ou da lua
Vá para o meio da rua
E plante bananeira
Faça alguma besteira
Depois estique os braços
Apanhe a primeira estrela
E procure o melhor amigo
Para um longo e apertado abraço
Roseana Murray. Receitas de olhar. São Paulo: FTD, 1997.
Os versos do poema que expressam o significado
da expressão “espantar a tristeza”, presente no
título do texto, é
(A) “Vá para o meio da rua
E plante bananeira”
(B) “Depois estique os braços
Apanhe a primeira estrela”
(C) “E mande a tristeza
Pra longe, pro outro lado”
(D) “E procure o melhor amigo
Para um longo e apertado abraço”
D ––––––––– QUESTÃO 08 ––––––––––
O texto abaixo é:
(A) uma poesia.
(B) Uma receita.
(C) um cartum.
(D) uma música.
D ––––––––– QUESTÃO 09 ––––––––––
Leia a tirinha abaixo e marque o certo:
Chico Bento diz que está plantando uma árvore
de esperança. Por quê?
(A) na natureza existem muitas árvores.
(B) Esperança é planta que cresce rápido.
(C) Tem esperança de resolver o problema
do desmatamento;
(D) Há muitas árvores ele quer plantar mais
uma.
D ––––––––– QUESTÃO 10 ––––––––––
Leia o texto abaixo.
Receita de Pão de queijo.
Ingredientes
1 prato de queijo curado ralado
1 kg de polvilho doce
8 ovos
2 copos (cada copo de aprox. 200 ml) de leite
1 colher de margarina
1 copo de óleo
2 colheres de chá de sal.
Modo de preparo
Coloque o polvilho em uma tigela e misture
o sal. Reserve, ferve o leite, com a margarina e
o óleo. Adicione a mistura fervente ao polvilho.
Misture bem e deixe esfriar. Quando a massa
estiver fria acrescente os ovos gradativamente.
Amasse bem. Adicione o queijo e amasse até
que a massa se tome homogênea. Unte suas
mãos com óleo e faça bolinhas. Coloque-as em
uma forma e leve ao forno. Sirva o pão de queijo
preferencialmente quente.
Os itens da lista abaixo são ingredientes da
receita de pão de queijo. Exceto:
(A) Leite.
(B) Queijo.
(C) Ovos.
(D) forno.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 13 (port. 5º ano)
Simulado 13 (port. 5º ano)Simulado 13 (port. 5º ano)
Simulado 13 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 01 l.p. 5º ano
Simulado 01 l.p. 5º anoSimulado 01 l.p. 5º ano
Simulado 01 l.p. 5º ano
Cidinha Paulo
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-7
Simulado 5c2ba-ano-lp-7Simulado 5c2ba-ano-lp-7
Simulado 5c2ba-ano-lp-7
Cidinha Paulo
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
Mara Sueli
 
Simulado 11 (port. 5º ano)
Simulado 11 (port. 5º ano)Simulado 11 (port. 5º ano)
Simulado 11 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 

Mais procurados (20)

D3 (5º ano l.p.)
D3 (5º ano   l.p.)D3 (5º ano   l.p.)
D3 (5º ano l.p.)
 
D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)D1 (descritores port. 5º ano)
D1 (descritores port. 5º ano)
 
Simulado 13 (port. 5º ano)
Simulado 13 (port. 5º ano)Simulado 13 (port. 5º ano)
Simulado 13 (port. 5º ano)
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTREAVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA - 5º ANO - 3º BIMESTRE
 
D2 (5º ano l.p.)
D2 (5º ano   l.p.)D2 (5º ano   l.p.)
D2 (5º ano l.p.)
 
Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)Simulado 7 (port. 5º ano)
Simulado 7 (port. 5º ano)
 
D12 (5º ano l.p.)
D12 (5º ano   l.p.)D12 (5º ano   l.p.)
D12 (5º ano l.p.)
 
Simulado 01 l.p. 5º ano
Simulado 01 l.p. 5º anoSimulado 01 l.p. 5º ano
Simulado 01 l.p. 5º ano
 
Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)Simulado 12 (port. 5º ano)
Simulado 12 (port. 5º ano)
 
Simulado de português 5º ano spaece 2014
Simulado de português 5º ano  spaece 2014Simulado de português 5º ano  spaece 2014
Simulado de português 5º ano spaece 2014
 
Simulado 27 (l. p 3º ano) - blog do prof. warles (1)
Simulado 27 (l. p   3º ano) - blog do prof. warles (1)Simulado 27 (l. p   3º ano) - blog do prof. warles (1)
Simulado 27 (l. p 3º ano) - blog do prof. warles (1)
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-7
Simulado 5c2ba-ano-lp-7Simulado 5c2ba-ano-lp-7
Simulado 5c2ba-ano-lp-7
 
D13 (5º ano l.p.)
D13 (5º ano   l.p.)D13 (5º ano   l.p.)
D13 (5º ano l.p.)
 
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)Simulado 1 (port. 5º ano   blog do prof. Warles)
Simulado 1 (port. 5º ano blog do prof. Warles)
 
D4 (5º ano l.p.)
D4 (5º ano   l.p.)D4 (5º ano   l.p.)
D4 (5º ano l.p.)
 
8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp8. diagnostico _5ano_lp
8. diagnostico _5ano_lp
 
A sopa de pedras e A chata ou as baratas
A sopa de pedras e A chata ou as baratasA sopa de pedras e A chata ou as baratas
A sopa de pedras e A chata ou as baratas
 
interpretacao-de-texto-piadas
 interpretacao-de-texto-piadas interpretacao-de-texto-piadas
interpretacao-de-texto-piadas
 
Simulado 11 (port. 5º ano)
Simulado 11 (port. 5º ano)Simulado 11 (port. 5º ano)
Simulado 11 (port. 5º ano)
 
Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)Simulado 22 (port. 5º ano)
Simulado 22 (port. 5º ano)
 

Semelhante a Simulado A para o 4º e 5º ano

Simulado 5c2ba-ano-lp-5
Simulado 5c2ba-ano-lp-5Simulado 5c2ba-ano-lp-5
Simulado 5c2ba-ano-lp-5
Cidinha Paulo
 
Simulado 5 (port. 5º ano)
Simulado 5 (port. 5º ano)Simulado 5 (port. 5º ano)
Simulado 5 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Cidinha Paulo
 
Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 23 (port. 5º ano)
Simulado 23 (port. 5º ano)Simulado 23 (port. 5º ano)
Simulado 23 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )
Cidinha Paulo
 
3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.
Cida Carvalho
 
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
marcos carlos
 
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesa
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesaCaderno do aluno 4º ano língua portuguesa
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesa
Silvânia Silveira
 
Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)
Cidinha Paulo
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Abgail Vital Duarte
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Abgail Vital Duarte
 

Semelhante a Simulado A para o 4º e 5º ano (20)

Simulado 5c2ba-ano-lp-5
Simulado 5c2ba-ano-lp-5Simulado 5c2ba-ano-lp-5
Simulado 5c2ba-ano-lp-5
 
Simulado 5 (port. 5º ano)
Simulado 5 (port. 5º ano)Simulado 5 (port. 5º ano)
Simulado 5 (port. 5º ano)
 
D8 (5º ano l.p.)
D8 (5º ano   l.p.)D8 (5º ano   l.p.)
D8 (5º ano l.p.)
 
Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)Simulado 2 (port. 5º ano)
Simulado 2 (port. 5º ano)
 
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO I CICLO - ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO I CICLO - ENSINO FUNDAMENTAL 1AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO I CICLO - ENSINO FUNDAMENTAL 1
AVALIAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA: 3º ANO DO I CICLO - ENSINO FUNDAMENTAL 1
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
 
Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)Simulado 8 (port. 5º ano)
Simulado 8 (port. 5º ano)
 
Simulado 23 (port. 5º ano)
Simulado 23 (port. 5º ano)Simulado 23 (port. 5º ano)
Simulado 23 (port. 5º ano)
 
Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )Simulado 08 (port. 5º ano )
Simulado 08 (port. 5º ano )
 
3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.3º ano aval. diag. port.
3º ano aval. diag. port.
 
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
Cadernodoaluno4anolnguaportuguesa Paic .
 
Cadernodoaluno 4 ano
Cadernodoaluno 4 anoCadernodoaluno 4 ano
Cadernodoaluno 4 ano
 
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesa
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesaCaderno do aluno 4º ano língua portuguesa
Caderno do aluno 4º ano língua portuguesa
 
Descritor 3
Descritor 3Descritor 3
Descritor 3
 
Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)Simulado 16 (port. 5º ano)
Simulado 16 (port. 5º ano)
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
 
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
Simuladocomdescritores 130627120046-phpapp01
 
Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016Simulado de português 5ºano 2016
Simulado de português 5ºano 2016
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
 
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8Simulado 5c2ba-ano-lp-8
Simulado 5c2ba-ano-lp-8
 

Mais de pedagogicosjdelrei

11 itens uso social 2008 a 2013
11 itens uso social 2008 a 201311 itens uso social 2008 a 2013
11 itens uso social 2008 a 2013
pedagogicosjdelrei
 
14 final folheto estudo da provinha brasil
14 final folheto estudo da provinha brasil14 final folheto estudo da provinha brasil
14 final folheto estudo da provinha brasil
pedagogicosjdelrei
 
6 ítens informação explicita 2008 a 2013
6 ítens informação explicita 2008 a 20136 ítens informação explicita 2008 a 2013
6 ítens informação explicita 2008 a 2013
pedagogicosjdelrei
 
10 itens informação implicita 2008 a 2013 2
10 itens informação implicita 2008 a 2013 210 itens informação implicita 2008 a 2013 2
10 itens informação implicita 2008 a 2013 2
pedagogicosjdelrei
 
8 itens finalidade 2008 a 2013
8 itens finalidade 2008 a 20138 itens finalidade 2008 a 2013
8 itens finalidade 2008 a 2013
pedagogicosjdelrei
 
9 itens coesão textual 2008 a 2013
9 itens coesão textual 2008 a 20139 itens coesão textual 2008 a 2013
9 itens coesão textual 2008 a 2013
pedagogicosjdelrei
 
Slide proeti resolução conflitos
Slide proeti resolução conflitosSlide proeti resolução conflitos
Slide proeti resolução conflitos
pedagogicosjdelrei
 
Slide proeti habitos saudáveis
Slide proeti habitos saudáveisSlide proeti habitos saudáveis
Slide proeti habitos saudáveis
pedagogicosjdelrei
 
Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1
pedagogicosjdelrei
 

Mais de pedagogicosjdelrei (20)

Oficina matematica 5o ano
Oficina matematica 5o anoOficina matematica 5o ano
Oficina matematica 5o ano
 
13 comandos pb
13 comandos pb13 comandos pb
13 comandos pb
 
12 estudo quant dos itens
12 estudo quant dos itens12 estudo quant dos itens
12 estudo quant dos itens
 
11 itens uso social 2008 a 2013
11 itens uso social 2008 a 201311 itens uso social 2008 a 2013
11 itens uso social 2008 a 2013
 
14 final folheto estudo da provinha brasil
14 final folheto estudo da provinha brasil14 final folheto estudo da provinha brasil
14 final folheto estudo da provinha brasil
 
6 ítens informação explicita 2008 a 2013
6 ítens informação explicita 2008 a 20136 ítens informação explicita 2008 a 2013
6 ítens informação explicita 2008 a 2013
 
10 itens informação implicita 2008 a 2013 2
10 itens informação implicita 2008 a 2013 210 itens informação implicita 2008 a 2013 2
10 itens informação implicita 2008 a 2013 2
 
8 itens finalidade 2008 a 2013
8 itens finalidade 2008 a 20138 itens finalidade 2008 a 2013
8 itens finalidade 2008 a 2013
 
7 itens assunto 2008 a 2013
7 itens assunto 2008 a 20137 itens assunto 2008 a 2013
7 itens assunto 2008 a 2013
 
9 itens coesão textual 2008 a 2013
9 itens coesão textual 2008 a 20139 itens coesão textual 2008 a 2013
9 itens coesão textual 2008 a 2013
 
4 itens palavras 2008 a 2013
4 itens palavras 2008 a 20134 itens palavras 2008 a 2013
4 itens palavras 2008 a 2013
 
3 itens sílabas 2008 a 2013
3 itens sílabas 2008 a 20133 itens sílabas 2008 a 2013
3 itens sílabas 2008 a 2013
 
5 itens frases 2008 a 2013
5 itens frases 2008 a 20135 itens frases 2008 a 2013
5 itens frases 2008 a 2013
 
2 itens fonemas 2008 a 2013
2 itens fonemas 2008 a 20132 itens fonemas 2008 a 2013
2 itens fonemas 2008 a 2013
 
1 itens alfabeto 2008 a 2013
1 itens alfabeto 2008 a 20131 itens alfabeto 2008 a 2013
1 itens alfabeto 2008 a 2013
 
Slide proeti resolução conflitos
Slide proeti resolução conflitosSlide proeti resolução conflitos
Slide proeti resolução conflitos
 
Linha pobreza
Linha pobrezaLinha pobreza
Linha pobreza
 
Slide proeti habitos saudáveis
Slide proeti habitos saudáveisSlide proeti habitos saudáveis
Slide proeti habitos saudáveis
 
Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1Apresentação auto estima grupo 1
Apresentação auto estima grupo 1
 
Texto autoestima
Texto autoestimaTexto autoestima
Texto autoestima
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 

Último (20)

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
[2.3.3] 100%_CN7_CAP_[FichaAvaliacao3].docx
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 

Simulado A para o 4º e 5º ano

  • 1. SIMULADO 5 1 D4 ––––––––– QUESTÃO 01 –––––––––– Leia o texto abaixo. D15 ––––––––– QUESTÃO 03 –––––––––– Leia o texto abaixo. Texto I Os cerrados Essas terras planas do planalto central escondem muitos riachos, rios e cachoeiras. Na verdade, o cerrado é o berço das águas. Essas águas brotam das nascentes de brejos ou despencam de paredões de pedra. Em várias partes do cerrado brasileiro existem canyons com cachoeiras de mais de cem metros de altura! SALDANHA, P. Os cerrados . Rio de Janeiro: Ediouro, 2000. Texto II Os Pantanais O passageiro vai iniciar a viagem (A) à noite. (B) à tarde. (C) de madrugada. (D) pela manhã. D6 ––––––––– QUESTÃO 02 –––––––––– Leia o texto abaixo. O texto trata de uma menina que: (A) brincava de amarelinha. (B) gostava de festas. (C) subia e descia escadas. (D) tinha medo de tudo. O homem pantaneiro é muito ligado à terra em que vive. Muitos moradores não pretendem sair da região. E não é pra menos: além das paisagens e do mais lindo pôr-dosol do Brasil Central, o Pantanal é um santuário de animais selvagens. Um morador do Pantanal do rio Cuiabá, olhando para um bando de aves, voando sobre veados e capivaras, exclamou: “O Pantanal parece com o mundo no primeiro dia da criação.” SALDANHA, P. Os pantanais. Rio de Janeiro: Ediouro, 1995. Os dois textos descrevem: (A) belezas naturais do Brasil Central. (B) animais que habitam os pantanais. (C) problemas que afetam os cerrados. (D) rios e cachoeiras de duas regiões. D ––––––––– QUESTÃO 04 –––––––––– Leia o texto abaixo. O espetáculo inédito do Circo Doce Mel vai iniciar: (A) pela manhã; (B) à noite; (C) à tarde. (D) de madrugada. D7 ––––––––– QUESTÃO 05 –––––––––– Leia o texto abaixo.
  • 2. O rato do mato e o rato da cidade Um ratinho da cidade foi uma vez convidado para ir à casa de um rato do campo. Vendo que seu companheiro vivia pobremente de raízes e ervas, o rato da cidade convidou-o a ir morar com ele: — Tenho muita pena da pobreza em que você vive — disse. — Venha morar comigo na cidade e você verá como lá a vida é mais fácil. Lá se foram os dois para a cidade, onde se acomodaram numa casa rica e bonita. Foram logo à despensa e estavam muito bem, se empanturrando de comidas fartas e gostosas, quando entrou uma pessoa com dois gatos, que pareceram enormes ao ratinho do campo. Os dois ratos correram espavoridos para se esconder. — Eu vou para o meu campo — disse o rato do campo quando o perigo passou. — Prefiro minhas raízes e ervas na calma, às suas comidas gostosas com todo esse susto. Mais vale magro no mato que gordo na boca do gato. Alfabetização: livro do aluno 2ª ed. rev. e atual. / Ana Rosa Abreu... [et al.]Brasília: FUNDESCOLA/SEF- MEC, 2001. 4v. : p. 60 v. 3 O problema do rato do mato terminou quando ele: (A) descobriu a despensa da casa. (B) se empanturrou de comida. (C) se escondeu dos ratos. (D) decidiu voltar para o mato. D8 ––––––––– QUESTÃO 06 –––––––––– Leia o texto abaixo. A raposa e as uvas Uma raposa passou por baixo de uma parreira carregada de lindas uvas. Ficou logo com muita vontade de apanhar as uvas para comer. Deu muitos saltos, tentou subir na parreira, mas não conseguiu. Depois de muito tentar foi-se embora, dizendo: — Eu nem estou ligando para as uvas. Elas estão verdes mesmo... ROCHA, Ruth. Fábula de Esopo. São Paulo, FTD, 1992. O motivo por que a raposa não conseguiu apanhar as uvas foi que: (A) as uvas ainda estavam verdes. (B) a parreira era muito alta. (C) a raposa não quis subir na parreira. (D) as uvas eram poucas. D ––––––––– QUESTÃO 07 –––––––––– Leia o texto abaixo. Receita de espantar a tristeza Faça uma careta E mande a tristeza Pra longe, pro outro lado Do mar ou da lua Vá para o meio da rua E plante bananeira Faça alguma besteira Depois estique os braços Apanhe a primeira estrela E procure o melhor amigo Para um longo e apertado abraço Roseana Murray. Receitas de olhar. São Paulo: FTD, 1997. Os versos do poema que expressam o significado da expressão “espantar a tristeza”, presente no título do texto, é (A) “Vá para o meio da rua E plante bananeira” (B) “Depois estique os braços Apanhe a primeira estrela” (C) “E mande a tristeza Pra longe, pro outro lado” (D) “E procure o melhor amigo Para um longo e apertado abraço” D ––––––––– QUESTÃO 08 –––––––––– O texto abaixo é: (A) uma poesia. (B) Uma receita. (C) um cartum. (D) uma música.
  • 3. D ––––––––– QUESTÃO 09 –––––––––– Leia a tirinha abaixo e marque o certo: Chico Bento diz que está plantando uma árvore de esperança. Por quê? (A) na natureza existem muitas árvores. (B) Esperança é planta que cresce rápido. (C) Tem esperança de resolver o problema do desmatamento; (D) Há muitas árvores ele quer plantar mais uma. D ––––––––– QUESTÃO 10 –––––––––– Leia o texto abaixo. Receita de Pão de queijo. Ingredientes 1 prato de queijo curado ralado 1 kg de polvilho doce 8 ovos 2 copos (cada copo de aprox. 200 ml) de leite 1 colher de margarina 1 copo de óleo 2 colheres de chá de sal. Modo de preparo Coloque o polvilho em uma tigela e misture o sal. Reserve, ferve o leite, com a margarina e o óleo. Adicione a mistura fervente ao polvilho. Misture bem e deixe esfriar. Quando a massa estiver fria acrescente os ovos gradativamente. Amasse bem. Adicione o queijo e amasse até que a massa se tome homogênea. Unte suas mãos com óleo e faça bolinhas. Coloque-as em uma forma e leve ao forno. Sirva o pão de queijo preferencialmente quente. Os itens da lista abaixo são ingredientes da receita de pão de queijo. Exceto: (A) Leite. (B) Queijo. (C) Ovos. (D) forno.