Apresentação auto estima grupo 1

1.676 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.676
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
448
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
31
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação auto estima grupo 1

  1. 1. AUTOESTIMA
  2. 2. AUTOESTIMA Autoestima é a apreciação que uma pessoa faz de si mesma em relação à sua autoconfiança, autorespeito. Através da autoestima podemos enfrentar desafios e defender nossos interesses. Um dos segredos da autoestima é respeitar a si próprio. A autoestima é a opinião, o conceito e o sentimento que cada pessoa tem por si mesma e pelo seu eu interior.
  3. 3. AUTOESTIMA influencia tudo que fazemos pois é o resultado de tudo que acreditamos ser, por isso, o autoconhecimento é de fundamental importância para aumentar a autoestima. ACREDITARna sua voz interior, respeitar seus limites, reconhecer seus valores.
  4. 4. FORMAÇÃO DA AUTOESTIMA É formada na infância, a partir de como as crianças são tratadas, especialmente pelos pais. Aí se forma a capacidade de lidar com os desafios da vida. A autoestima elevada é a condição vivida por pessoas que são elogiadas, apoiadas, autoconfiantes, que têm amor próprio, não se sentem inseguras nem ansiosas. A baixa autoestima é o sentimento que se manifesta em pessoas inseguras, indecisas, depressivas, criticadas.
  5. 5. Baixa AutoEstima Sente-se Abandonado CriaDependência Necessita Reconhecimento Requer Necessidade de Aprovação PossuiCarência Permanece nas Rejeição
  6. 6. Para elevara autoestima é necessário:  Autoconhecimento.  Manter-se em boa forma física (gostar de sua imagem refletida no espelho).  Identificar as qualidades.  Aprender com experiências passadas.  Tratar-se com amor e carinho.  Ouvir a intuição (aumentar a autoconfiança).  Acreditar que merece ser amado(a) e é especial. Fazer todo dia algo que o deixe feliz como: dançar, ler, descansar, caminhar, ouvir música etc.
  7. 7. A U T O E S T I M A ELEVADA Sucesso é atribuído a causas internas. Competência e trabalho. O fracasso é atribuído a causas externas. Falta de sorte. Motivação mais alta. Satisfação no trabalho. Melhor desempenho. Sucesso na carreira.
  8. 8. VIVEMOSVÁRIOSENFOQUESNO MUNDO: Sermos analisados por nós mesmos. Sermos analisados pelo mundo. Sermos analisados pelo outro. A visão do próprio eu pode ser distorcida por vários fatores:  Estresse.  Forte autocrítica.  Complexo de inferioridade e outros.  Como sou visto pelos amigos.  Pelo meu chefe.  Pelo meu diretor, pelo namorado, marido, filhos etc.  Todo ser humano tem o desejo de ser aceito e apreciado pelo outro.
  9. 9. COMPETÊNCIA PROFISSIONAL E AUTOESTIMA “SER EDUCADOR É SER PROMOTOR DE AUTOESTIMA.”  Educar a emoção e a autoestima.  Elogiar alivia feridas profundas da alma.  Elogiar é encorajar, é realçar características positivas.  O elogio estimula o prazer e o prazer abre as “janelas da memória”.  Há pais e professores que nunca elogiaram seus filhos e alunos. Elogie o aluno tímido, fraco, obeso, discriminado, agressivo, hiperativo, revoltado e outros.
  10. 10.  Ensinar a gerenciar pensamentos e emoções.  Acreditar que este gerenciamento é o ponto central da educação.  Prevenir conflitos.  Promover a segurança.  Proteger a emoção nos focos de tensão. O PROFESSOR PRECISA
  11. 11. COMO AJUDAR A CRIANÇA A CONSTRUIR SUA AUTOESTIMA A opinião que a criança tem de si mesma está intimamente relacionada à sua capacidade para o aprendizado.
  12. 12.  Auxiliar a criança a criar bons sentimentos.  Elogiar no cumprimento de tarefas, por mais simples que possam ser. Adequar tarefas próprias a cada idade, permitindo à criança a chance de tentar quantas vezes que se fizerem necessárias como: colocar o suco no copo, vestir a roupa e etc.  Ensinar com paciência e tolerância.  Estabelecer metas adequadas à idade da criança.  No desenvolvimento da autoestima infantil, permita-se orientá- lo sem superprotegê-lo ou pressioná-lo.  Nunca procure compará-la com outras crianças.  Experimentar uma aceitação de seus pensamentos, sentimentos AJUDANDO A CRIANÇA A CONSTRUIR SUA AUTOESTIMA
  13. 13. Pais e educadores atuam como espelhos que refletem determinadas imagens à criança. É através dessa interação afetiva que desenvolvemos todos os nossos sentimentos de forma positiva ou negativa. E, assim, a criança começa a construir sua autoimagem. Uma criança de oito anos de idade recebe mais ou menos 100.000 NÃOS.  Não corra  Não chore  Não faça isto  Não faça aquilo Limitaaautoestima.
  14. 14. CARACTERÍSTICAS DA BAIXA AUTOESTIMA INFANTIL  Insegurança  Medo  Abandono  Dúvidas constantes  Carência  Vergonha  Choros diários Estabelecer uma comunicação efetiva com a criança, reservando sempre tempo para conversar . Deixar a criança participar de decisões familiares, respeitando suas opiniões são atitudes que levam a criança a adquirir confiança. Não menosprezar as preocupações infantis é de suma importância.
  15. 15. É papel do educador ajudar a criança a criar bons sentimentos. A interação afetiva desenvolve sentimentos de forma positiva. A opinião que a criança tem de si mesma está relacionada à sua capacidade de aprender. Palavra-chave: autoestima, autoconceito, conflito, emoção, lideran- ça do eu, perda e frustração e elogios. Garantir a autoestima é garantir a qualidade de vida e promover equilíbrio emocional. PROMOVENDO A SEGURANÇA INFANTIL “A tarefa mais importante da educação é transformar o ser humano em lider de si mesmo, líder dos seus pensqamentos e emoções
  16. 16. O QUE É VERDADEIRAMENTE IMORAL É TER DESISTIDO DE SI MESMO. ClariceLispector

×