(3) diret..[1]

288.709 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
288.709
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
287.122
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

(3) diret..[1]

  1. 1. POLÍTICAS PÚBLICAS PARA INFÂNCIADIRETRIZES CURRICULARES NACIONAISPARA EDUCAÇÃO INFANTILINDICADORES DE QUALIDADE PARA AEDUCAÇÃO INFANTILProfª. Drª. Ordália Alves Almeidaordaliaalmeida@terra.com.brEQUIPE PROINFANTIL-UFMSCurso de Especialização em Educação Infantil
  2. 2. Há um lugar, um pequeno lugar, tão pequenoComo a pedra de açúcar que a mosca leva paraseus filhinhos partirem e fazem espelho, disse acriança.É lá que eu guardei a minha mãe.Esta criança morreu, disse o medidor de crianças.Há um lugar, um pequeno lugar, tão pequenoComo a bolha de sumo dentro do gomo datangerina, disse a criança.É lá que eu me guardei e comi-o e passou paradentrodo dentro do mais pequeno dos buracos do meucoração.Esta criança acabou, disse o medidor de crianças.É preciso fazer outra.(Costa, Maria Velho. “O lugar comum”, Desescrita)
  3. 3. DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAISPARA AEDUCAÇÃO INFANTILRESOLUÇÃO Nº. 5 - 17/12/2009
  4. 4. Há um lugar, um pequeno lugar, tão pequenocomo uma casinha de vidro na floresta em cima doalfinete, disse a criança.É lá que eu guardei a minha pena da cara de todos.Esta criança vai deixar de sorrir, disse o medidor decrianças(...)Há um lugar, um pequeno lugar, tão pequenoComo o ovo azul do bicho da seda, disse a criança.É lá que eu guardei o meu amigo.Esta criança vai deixar de falar, disse o medidor decrianças(...)
  5. 5. PRINCÍPIOS - FUNDAMENTOS - PROCEDIMENTOS:CEB/CNEOrientar políticas públicas na área e a elaboração,planejamento, organização, execução e avaliação depropostas pedagógicas e curriculares (art. 1º e 2º)
  6. 6. CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO INFANTIL (art. 3º,)PROMOÇÃO DO DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DE CRIANÇAS DE 0 A 5ANOS
  7. 7. PROPOSTA PEDAGÓGICA (ART. 6)
  8. 8. PROPOSTA PEDAGÓGICA (ART. 8º.)
  9. 9.  Conhecimento de si e do mundo (experiências, sensoriais,expressivas, corporais); Imersão das crianças nas diferentes linguagens e o domínio devários gêneros e formas de expressão: gestual. Verbal, plástica,dramática e musical;Experiências de narrativas, de apreciação e interação com alinguagem oral e escrita e o convívio com diferentes suportes egêneros textuais orais e escritos, Contextos significativos para relações quantitativas, medidas,formas e orientações espaço-temporais;
  10. 10. Ampliação e confiança das cças - Ativ. individuais ecoletivas; Situações de aprendizagem. Autonomia, nas ações decuidado pessoal, auto-organização, saúde e bem estar; Vivências éticas e estéticas com outras cças e gruposculturais;Incentivo à curiosidade, a exploração, o encantamento, oquestionamento, indagação e o conhecimento do mundo físicoe social, ao tempo e à natureza; Interação , o cuidado, a preservação e o conhecimento dabiodiversidade e da sustentabilidade da vida e da terra.
  11. 11. Práticas pedagógicas que valorizem as manifestaçõese tradições culturais brasileiras (art. 9º. XI)
  12. 12. Práticas pedagógicas: possibilitar a utilização derecursos midiáticos (art. 9º. XII)
  13. 13. INSTITUIÇÕES DE EDUCAÇÃO INFANTIL: criação deprocedimentos para acompanhamento do trabalhopedagógico (art. 10)
  14. 14. PROPOSTA PEDAGÓGICA: TRANSIÇÃO PARA O ENSINO FUNDAMENTAL(art. 11)

×