Resumo japão 1ºano hist

5.859 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.859
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.665
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resumo japão 1ºano hist

  1. 1. COLÉGIO MILITAR DE CAMPO GRANDE DISCIPLINA DE HISTÓRIA 8º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL ASSUNTO: JAPÃO NA ANTIGUIDADE1. LOCALIZAÇÃO E MEIO FÍSICO: o Japão é um arquipélago formado por quatroilhas principais: Hokkaido, Honshu, Shikoku e Kyushu e mais de mil ilhas menores. Localizadono Sudeste da Ásia, está separado do continente por um braço de mar, o Mar do Japão, dolado oposto acha-se o Pacifico. Esta separação colocou barreiras em torno do país, mantendo o Japão isolado dainfluência dos povos e das culturas do continente. Pode-se dizer, portanto, que o mar e ooceano participaram também na formação étnica e cultural do povo nipônico, pois foram elesque o conservaram até os fins do século XIX, sem que nenhum povo viesse violar a suaformação todo especial. Além disso, o mar e o oceano contribuíram decisivamente naalimentação dos habitantes do arquipélago, suprindo-os, até hoje, com os seus produtos.Deve-se também àquelas barreiras marítimas o desenvolvimento atual da construção naval,em que o Japão é a primeira potência do mundo.O território nipônico mede, aproximadamente, 370 mil quilômetros quadrados de superfície,porém apenas um quinto desse total é plano. Uma série de cordilheiras estende-se de norte asul, ao longo do território estreito como uma espinha dorsal, sendo o seu ponto culminante ofamoso Monte Fuji, que mede 3.776 metros. Isso se deve ao fato do Japão ser um paísvulcânico, existem 192 vulcões, 58 dos quais em atividade. Além de ser acidentado, oterritório nipônico também é estreito. Por isso, seus rios, que são numerosos, apresentam umpercurso curto e de correnteza rápida, que contribuiu para o cultivo do arroz. Atualmente essesrios geram uma fonte inestimável de riqueza: a energia elétrica. O clima do Japão é ameno e as quatro estações são bem distintas. A primavera é odesabrochar das flores, entre as quais a cerejeira, símbolo da nação. O verão, quente e úmidocomeça após uma temporada de chuvas contínuas, em meados de junho. O outono é a estaçãomais agradável e o inverno, rigorosíssimo ao norte do território, é acompanhado de nevascasviolentas; porém, nas regiões sulinas, é mais suave e muitas vezes, agradável.2. POVOAMENTO:Pesquisas arqueológicas indicam que o Japão já era ocupado por seres humanos primitivosdesde o período paleolítico. Durante as eras glaciais, o Japão esteve conectado ao continenteasiático, o que facilitou a migração para o arquipélago japonês.O Japão começa a contar a sua história a partir do ano 8000 AC, época hoje conhecida como oPeríodo Jomon, ou o período dos potes de argila. Neste período, os japoneses viviam empequenas vilas, trabalhando com poteria e desenvolvendo técnicas agrícolas para asobrevivência. Nessa época, na China, a escrita foi desenvolvida, juntamente com outras artese técnicas que foram então exportadas para outros agrupamentos e tribos ao redor docontinente asiático. Com a importação de técnicas agrícolas desenvolvidas pelos chineses, oJapão inicia a cultura do arroz irrigado, utilizando muitas técnicas de produção e ferramentascom madeira e ferro.3. O ESTADO:. No século IV a.C. o clã Yamato unifica os vários estados do país sob umimperador. A família imperial japonesa mantem-se de forma contínua no trono desde oprincípio do período monárquico, no século VI a.C.. Os imperadores traçam sua ancestralidadeaté o mítico reinado de deuses sobre a terra, dos quais seriam descendentes. O ImperadorJimmu é o primeiro mortal da linhagem imperial e reinou de 660 a.C. a 585 a.C.. De acordocom a tradição xintoísta, Jinmu é considereado um descendente direto da deusa do sol,Amaterasu.
  2. 2. No século VI, o Japão invadiu a Coréia, que vivia sob forte influência chinesa, assimilandomuito de sua cultura. Apesar disso, o país manteve-se relativamente isolado do exterior e temuma das sociedades mais homogêneas do mundo em termos culturais e étnicos.FEUDALISMO: no século XII, a aristocracia militar (os samurais) assumiu o poder e o paíspassou a ser dominado pelos xoguns, lideres militar e uma espécie de senhoresfeudais,permanecendo no poder até o século XIX. A monarquia coexistiu com o xogunato.UNIFICAÇÃO: no século XVI ainda perdurava a desordem e a desfragmentação no Japão, quechegou a ter, de 1335 a 1392, duas cortes imperiais. Mas, ao final do século XVI, alcançousubstancial unificação, ou pelo menos a pacificação. Isso foi obra de três grandes generais:Oda Nobunaga, Toyotomi Hideyohi e Tokugawa Ieyasu. Homens de grande capacidade militarque ouberam criar uma base estável para o exercíto da administração Tokugawa, que durouaté 1867.Do século XVII ao século XIX, o Japão permaneceu isolado do resto do mundo. O país passavapor uma política de isolamento chamada Sakoku ("País fechado")(Parecido grosseiramente coma Coréia do Norte de hoje, "ninguém saía, ninguém entrava"). Durante esse tempo foigovernado pelo clã Tokugawa. Devido a esse isolamento, o Japão não se industrializou juntocom o resto do mundo e permaneceu na sociedade feudal do regime de XogunatoMODERNIZAÇÃO: O ingresso do país na Era Moderna ocorreu na segunda metade do séculoXIX, com a abertura dos portos ao comércio com o Ocidente. Em 1868 começou a Era Meiji:assume o imperador Mutsuhito, que aboliu definitivamente o feudalismo.No final do século XIX,tendo resistido ao imperialismo ocidental, deu início à sua própria expansão.4. PERIODOS DA HISTORIA POLITICA: dividida de acordo com o Clã reinante, sendo asprincipais: Era Jomon- Era Yayoi -Era Asuka -Era Muromachi - Era Edo - Eras Taisho, Aisho eHeisei- Era Kofun - Era Nara - Era Kamakura - Era Azuchi Momoyama - Era Meiji –5. RELIGIÁO: A religião no Japão registra um longo processo de influência mútua entrediferentes tradições religiosas. Diferentemente do que ocorreu na Europa, onde o cristianismotomou o lugar das tradições pagãs locais, a religião nativa do Japão, conhecida como xintoísmo(shintô), continuou presente na vida cotidiana, desde os primeiros dias do Estado japonêsorganizado até a atualidade.Xintoísmo: O xintoísmo é a religião que vem do naturalismo e do animismo dominantes entreos japoneses primitivos que viam a divindade em todos os fenômenos impressionantes danatureza bem como nos espíritos dos mortos. "Xinto" significa "o caminho das divindades" etornou-se uma religião da comunidade com santuários e deuses guardiões locais.O povo japonês, até hoje, costuma ter na sua casa um altar com nome dos seus antepassadosque são cultuados diariamente, oferecendo alimentos simbólicos e o culto propriamente ditocom rezas para purificar os espíritos que já se foram e aos que ainda estão vivos.Muitos japoneses consideram-se tanto xintoístas quanto budistas, pois nos sentimentosreligiosos da maioria dos japonesas, o Xintoísmo e o Budismo coexistem pacificamente. Para amaioria da população, filiação religiosa não significa freqüência e adoração regulares. A maioriadas pessoas visitam os santuários xintoístas (jinja) e templos budistas (oterá) como parte doseventos anuais e rituais de passagem dos indivíduos.Não tem um correspondente exato para o conceito ocidental de Deus, embora geralmente setraduza "Kami" por "Deuses". Neste sentido, o xintoísmo é comumente classificado como umareligião politeísta e animista. O Xinto não se propagou de forma significativa para fora do
  3. 3. território japonês, talvez porque é uma religião nacionalista por excelência. No entanto,influenciou fortemente praticamente todas as religiões que já chegaram ao Japão.Ao visitar um templo, distingui-se pelas cores. O templo dos xintoístas tem sempre um Torii, oportal logo na entrada e as cores predominantes são vermelha e dourada. O templo budistapredomina com a cor preta, violeta e dourada. No altar sempre está presente o grande Buda,originário da Índia.Budismo: Por outro lado, a religião budista é originária da Índia, chegando ao Japão atravésda China e da Coréia em 593 DC, no século 6 na época do regente Shoutaku Taishi.Confucionismo:Confucionismo tem sido considerado no Japão, mais um código de preceitosmorais do que como uma religião. O confucionismo foi introduzido no Japão no início do séculoVI e exerceu influência marcante sobre o pensamento e o comportamento dos japoneses até ofim da segunda guerra mundial quando começou o seu declínio.6. ARTES:AA base A característica essencial, desde os tempos mais remotos, é configurar um mundo deperfeita harmonia e serenidade. Nessa busca desenvolveram: ikebana:a arte japonesa de arranjos florais; origami, é a arte japonesa de dobrar o papel. ukiyoe, pinturas feitas com blocos de madeira usados para impressão e geralmenterepresentava temas teatrais. bonecas de porcela, objetos lacados, cerâmica, bonsai Teatro, kabuki,com cenario colorido e roupas tradi;ionais, o noh,com mascarassimbólicas e o Kabuki, com marionetes. Música: Sankyoku,Joruri Tradições: cerimônia do chá Culinária: sushi, yakimeshi, tofu, frango xadrez, pratos com frutos do mar, sobas. ARQUITETURA, pagode em madeira e o rikyu, para realização da cerimônia do chá.Trata-se de uma vivenda onde o volume e a simplicidade de formas são os personagens principais. Osmateriais utilizados são madeira e argila, e em alguns casos também o cobre e junco, principalmentenos telhados. LITERATURA Os mais antigos escritos são o Kojiki, uma coleção de contos descrevendoa criação do universo, bem como relatos de natureza histórica, como a fundação da nação japonesa, e oNihon Shoki (Crônicas do Japão, 720 d.C). Sem dúvida uma literatura oral surgiu antes desses livros,mas só depois que os japoneses dominaram a escrita chinesa, introduzida pela primeira vez no Japão noséculo seis depois de Cristo, é que os poemas tradicionais e lendas puderam ser preservados. ESCULTURA, produziam em bronze e madeira criando objetos laqueados, geralmenterepresentavam a natureza.. PINTURA, influenciada pela caligrafia e depois com temas religiosos.O Japão atual é um dos maiores exportadores do mundo de cultura popular. Os desenhos animados(anime), banda desenhada (mangá), tokusatsu, filmes, literatura, pornografia e música japonesesconquistaram popularidade em todo o mundo, e especialmente nos outros países asiáticos.7. CLASSES SOCIAIS, se formaram quando começaram a plantar arroz irrigado e iniciando aapropriação da terra.-familia imperial-proprietarios de terra-não proprietrários8. ECONOMIA-Agricultura formada pelas pequenas propriedades e plantavam principalmente arroz.-Artesanato e comercio, possuíam especializa;ao por oficio e formavam organizações corporativas.

×