Papel da geo oe esp mundial

3.603 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
664
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Papel da geo oe esp mundial

  1. 1. O PAPEL DA GEOGRAFIAPROCESSOS DE PRODUÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL Profª NILZA M. P. ALONSO
  2. 2. Objetivos:descrever o papel dageografia naorganização do espaçomundial explicar a Geografia Política como um importante instrumento para o entendimento do Mundo Contemporâneo
  3. 3. A Geografia se volta para oestudo das diferentesFORMAS e PROCESSOS deORGANIZAÇÃO DOESPAÇO.O espaço se organiza a partirda apropriação de uma dadaparcela do espaço terrestre: oTERRITÓRIO que dispõe deum conjunto de fatores econdições naturais quepermitem à sociedadeorganizar as RELAÇÕES DEPRODUÇÃO, CIRCULAÇÃOE CONSUMO
  4. 4. TERRITÓRIO, PAÍS E NAÇÃO são conceitos relacionados àorganização socioespacial e identificam as várias divisões doespaço mundial, formando PAÍSES e ESTADOS NACIONAIS
  5. 5. A consolidação dos ESTADOS NACIONAIS é resultado de processos históricos que deram origem a PAÍSES eCENTROS DE PODER que atuam (ou atuaram) sobre seus próprios territórios e sobre suas áreas de influência.
  6. 6. QUANTO À ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL ELA SE ESTRUTURA EM FASES OU ETAPAS QUE SE RELACIONAM À EXPANSÃO CAPITALISTA 1. ORDEM EUROCÊNTRICA FOI MARCADA PELA HEGEMONIA DOS PAÍSES EUROPEUS QUE ORGANIZAM O ESPAÇO MUNDIAL PARA ATENDER SEUS INTERESSES. CORRESPONDE ÀS FASES MERCANTIL E INDUSTRIAL DO CAPITALISMO
  7. 7. As rivalidades entre aspotênciaseuropeias serãoresponsáveis por umasucessão de crises(como a de 1929) e pelaeclosão das DUASGRANDES GUERRASque resultaram nareorganização do espaçomundial: inicialmentecom a BIPOLARIDADE e hoje,com a chamada NOVAORDEM MUNDIAL.
  8. 8. 2. ORDEM BIPOLAR A transição da“VELHA ORDEM” (aeuropeia) para a “NOVAORDEM” (globalização)foi precedida peladivisão do mundo emdois blocos antagônicos,que se consolida a partir Essa divisãodo final da Segunda caracterizava a BIPOLARIDADE:Guerra Mundial (1939 – duas potências,1945). dois mundos...
  9. 9. um bloco liderado pelos ESTADOS UNIDOS, CAPITALISTA, com suas democracias pluripartidárias, com a hegemonia da propriedade privada e da livre iniciativa, uma sociedade de consumo rica com elevados índices de produtividade e competitividade;o outro, liderado pela ex-URSS, SOCIALISTA com aditadura do partido único, a exclusividade dapropriedade estatal e da planificação centralizada,o consumo limitado e baixos índices deprodutividade e competitividade.O “limite” entre esses dois mundos erarepresentado pelo MURO DE BERLIM, que servianão só para dividir as Alemanhas, como todos ospaíses mundo.
  10. 10. CAPITALISMO SOCIALISMO I. Características EconômicasPropriedade privada dos meios de produção Propriedade coletiva e estatizadaOs meios de produção pertencem aos capitalistas, Os meios de produção pertencem ao Estado, queempresas ou pessoas representa a sociedade como um todoEconomia de mercado, onde impera a livre Economia central planificada, obedece a um planoconcorrência e a livre iniciativa definido pelo EstadoEconomia descentralizada: as decisões são privadas Economia é centralizada: as decisões são tomadas pore levam em conta a concorrência e a conquista de órgãos estataisnovos mercadosCada empresa decide o que produzir, como e quanto O Estado decide o que produzir, como e quanto seráserá produzido, definindo suas próprias estratégias produzido, além de se encarregar da distribuição final dade ação produção segundo metas definidas nos planos.A produção está condicionada às oscilações do A produção é estabelecida pelo plano, que define o que émercado consumidor ( oferta/ procura) e seu objetivo essencial ou prioritário , de acordo com as metasfinal é o lucro, essencial para que o sistema se estabelecidas anteriormente.reproduzaA concorrência é acentuada, o que permite melhorar Não há concorrência, o Estado estabelece as normas dea qualidade dos produtos , e criar „novas qualidade e fixa os preços dos produtos em função denecessidades‟ e definir preços sua essencialidadeAs empresas fracas ou mal administradas são As empresas fracas ou mal geridas não podem sereliminadas eliminadas porque teoricamente atendem aos interesses de toda a sociedade e do Estado que a representaO comércio é livre e uma atividade de grande A comercialização é regulamentada pelo Estadoimportância II. Características SociaisDividida em classes sociais, identificadas em função Teoricamente não possui classes sociais.do nível de renda III. Características CulturaisÉ chamada de sociedade de consumo ou sociedade É uma sociedade burocratizadade massas IV. Características PolíticasDemocracias Ocidentais Democracias PopularesPluripartidária (muitos partidos políticos) Partido único (Partido Comunista)
  11. 11. A “VELHA ORDEM MUNDIAL” (eurocêntrica) cede lugar à BIPOLARIDADE (1945 a 1989-1991)ANTECEDENTES MUNDO BIPOLAR CRISE DO CAPITALISMO CAPITALISTA X SOCIALISTA LIBERAL ECONOMIA DE MERCADO ECONOMIA Primeira guerra CENTRAL PLANIFICADA mundial EUA URSS GUERRA FRIACRACK DA BOLSA KEYNISIANISMODE NOVA YORK - ESTADO PLANIFICADOR 1929 CORRIDA NEW DEALSEGUNDA GUERRA Exploração do 3º ARMAMENTISTA CONTROLE DOS MEIOS DE MUNDIAL 1939-1945 Mundo E ESPACIAL PRODUÇÃOFordismo e o Welfare State MILITARISMO
  12. 12. No MUNDO BIPOLAR o Muro de Berlim funcionava como um limite, que alémde dividir as Alemanhas, dividia o mundo em dois sistemas antagônicos ediferenciados, controlados pelos EUA e a ex-URSS www.geografiaparatodos.com.br
  13. 13. Em 1989 cai o Muro de Berlim e em 1991 a União Soviética deixa de existir.Esses eventos marcam o fim da bipolaridade e da Guerra Fria e a consolidação da hegemonia dos EUA
  14. 14. Com o fim da Guerra Fria e da ex-URSS, os Estados Unidos passam aser a potência hegemônica, emfunção de seu poderio econômico emilitar, o que lhes assegura o papelde centro das decisões mundiais e“comandantes” da NOVA ORDEMINTERNACIONAL .
  15. 15. 3. A NOVA ORDEM - a GLOBALIZAÇÃOOs VENTOS DA MUDANÇA: dos anos de 1970 a 1989-1991 Crises do CRISE do Capitalismo SOCIALISMO NEOLIBERALISMO PERESTROIKA e GLASNOST O FIM DA Crise do HISTÓRIA QUEDA do MURO de BERLIM -1989 Welfare State (Fukuyama) acaba a Choques do petróleo 1973, 1975, 1979 GUERRA FIM do SOCIALISMO REAL FRIA a reconversão ao Guerra do capitalismo Vietnã HEGEMONIA NORTE-AMERICANA Multilateralismo econômico e unipolarismo militar
  16. 16. A partir do final dos anos de 1990 há um RECRUDESCIMENTO DAS CRISES: Crise da dívida nos países periféricos - FMI Crise do welfare state: programa de reformas (administrativa e fiscal)  Corte dos gastos públicos – busca do equilíbrio fiscal Privatização – desoneração do capital Flexibilização das relações de trabalho
  17. 17. A NOVA ORDEM INTERNACIONAL GLOBALIZAÇÃO ECONÔMICA NIC’S e aTRANSNACIONALIZAÇÃO BLOCOS ECONÔMICOSda ECONOMIA MUNDIAL BRICS UNIÃO EUROPEIA MERCOSUL TIGRES NAFTA ASIÁTICOS ASCENSÃO DA CHINA REPRODUÇÃO AMPLIADA DO CAPITAL
  18. 18. Sene & Moreira Com a hegemonia capitalista, as principais potências exercem sua influência em todas as demais áreas. Os três grandesgrupos de poder são Estados Unidos, Japão e Europa Ocidental, chamados de TRÍADE.
  19. 19. A NOVA ORDEM é marcada por diferenças e desigualdades e há diferentes tipos deorganizações internacionais tanto de ordem econômica, como política e militar.
  20. 20. Na NOVA ORDEM proliferam diferentes INSTITUIÇÕES, entre elas* ONU – Organização das NaçõesUnidas e seus principais órgãos (FAO, OIT, OMC, UNESCO...) * OTAN – organização militar do Ocidente ambas criadas no pós-Segunda Guerra Mundial , em pleno clima da Guerra Fria, e os chamadosBLOCOS ECONÔMICOS, criados em função de interesses de determinados países, como é o caso da OPEP
  21. 21. Estrutura geral e principais órgãos da ONU
  22. 22. PRINCIPAISORGANIZAÇÕESINTERNACIONAIS
  23. 23. A NOVA ORDEM é marcada pela disseminação de grandes empresas capitalistas dos países centrais o que alterou as relações entre os países centrais e os periféricos e acarretou transformações no nível de emprego e no grau de dependência.Ela se caracteriza também pela REPRODUÇÃO AMPLIADA DO CAPITAL que beneficia os países capitalistas centrais
  24. 24. Do ponto de vista político, a NOVA ORDEM se caracteriza pela formação de BLOCOS , cujadivisão leva em conta interesses econômicos e estratégicos comuns
  25. 25. Como as diferençassocioeconômicas entre ospaíses são acentuadas, hávárias divisões possíveis,sendo a DIVISÃO NORTE-SUL uma das maisutilizadas.
  26. 26. Os BLOCOS ECONÔMICOS foram criados para atender interesses dos países membros, e são vistoscomo uma forma de “barrar”/contrapor os interesses norte-americanos
  27. 27. Os principais blocos econômicos
  28. 28. O principal BLOCOECONÔMICO é a UNIÃOEUROPEIA, que hoje contacom 27 países–membros.É o mais antigo (começou ase formar logo após a IIGuerra Mundial, visando areconstrução dos paísesarrasados pela guerra e,gradativamente foi-seconsolidando e seampliando).É o único bloco econômicoque se estrutura como umESTADO SUPRANACIONAL. Tem Parlamento, BancoCentral e uma moedacomum – o euro.
  29. 29. A partir dos anos de 1990, Argentina,Brasil, Paraguai e Uruguai, assinaramo TRATADO de ASSUNCIÓN quevisava estabelecer um MERCADOCOMUM, que seria seguido por umaunião aduaneira.A conjuntura internacionalenfraqueceu o bloco que mantêm umasérie de acordos.Composição atual do MERCOSUL: países membros e associados
  30. 30. “O espaço geográfico implica em um jogo entre oordenamento e o desordenamento dos territórios. Envolvetrabalhar com os territórios tradicionais, como o Estado-Nação[...] e com as novas formas de reformulação do espaço, como osdos territórios-rede (que caracterizam a globalização) e os dosespaços mais instáveis (onde se desenrolam diferentes tipos de conflitos: étnicos, religio- sos, ideológicos). “Tradicionalmente, o tema da “ordem” mundial de poder (diz respeito) às relações internacionais, a partir da recomposição da relação entre Estados-Nações hegemônicos e suasrespectivas periferias de influência, conformando assimespécies de blocos internacionais de poder. [...] Ela sereestrutura periodicamente e o jogo de poder entre os Estadostambém se altera [...] Assim, cada grande momento da história[...] produziu sua própria “ordem” geopolítica”. (Haesbaert, Rogério, Uma nova des-ordem mundial, in Geografia, conhecimento prático, Escala Educacional, agosto 2010, com adaptações
  31. 31. A ORGANIZAÇÃO DO ESPAÇO MUNDIAL nosdias de hoje representa, de um lado a herança das transformações e mudanças que ocorreram ao longo doséculo XX e, de outro, as novas transformações geradas pela dinâmicada expansão capitalista e da reprodução ampliada do capital.
  32. 32. Nela assiste-se à perda relativa de poder de grandes potências, como nocaso do Japão e das velhas potências europeias (Grã Bretanha, Itália,França e Alemanha)organizados no G7 e a ascensãoeconômica de novas potências como é o caso da China
  33. 33. Na “era das crises” a hegemonia norte-americana vem sendo arranhada com a desvalorização do dólar, com o aumento de suas dívidas e a dificuldade de honrar seus compromissos internacionais. O mesmo ocorre com relação aos países europeus, que afetados pela crise, colocam em cheque a própria existência da União Europeia.
  34. 34. A dinâmica das mudanças define constantementenovas configurações, novos rearranjos que criam novasdivisões e novos reordenamentos definidores daschamadas ORDENS INTERNACIONAIS.

×