O Diagnostico Socioambiental como Instrumento de Leitura da Realidade

2.759 visualizações

Publicada em

Slides de apoio para o curso "O Diagnostico Socioambiental como Instrumento de Leitura da Realidade", realizado em fevereiro/2012, por Carmen Farias, na Secretaria de Educação de Santa Cruz do Capibaribe/PE, para os professores e coordenadores da rede de ensino das escolas da região.

Este curso faz parte dos seminários do Programa Capivara - Educação Socioambiental na bacia do Capibaribe:
www.programacapivara.org
www.facebook.com/programacapivara

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.759
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Diagnostico Socioambiental como Instrumento de Leitura da Realidade

  1. 1. Carmen Farias DB/UFRPE E-mail: crofarias@gmail.comRealização Apoio
  2. 2. O DIAGNÓSTICOSOCIOAMBIENTAL COMOINSTRUMENTO DE LEITURA DAREALIDADE
  3. 3. Pesquisa Quando se fala em pesquisa surge um conjuntoamplo de significadosPesquisa acadêmicaPesquisa escolarPesquisa sobre a prática profissionalPesquisa como ferramenta para a ação educativa
  4. 4. Pesquisa como ação educativa A pesquisa como instrumento de ação educativa visa atender às necessidades do ensino e de aprendizagem, a partir de uma perspectiva educativa contextualizada e construtiva Visa ao engajamento dos participantes na construção de conhecimentos, habilidades, valores e atitudes
  5. 5. Pesquisa e projetoNo sentido que estamos empregando o termo“pesquisa” ou “investigação” associado à açãoeducativa, a pesquisa pode inserir-se em umametodologia de projetoA metodologia de projeto busca organizar as açõesno sentido da inovação e da mudança, embasadano conhecimento que se tem da realidade
  6. 6. PROJETO E DIAGNÓSTICOUma situação pode ser objeto de um conjuntovastíssimo de projetosO diagnóstico insere-se no contexto de um projetopossível e representa a fase em que se analisaminuciosamente uma determinada situação
  7. 7. A análise no diagnóstico, em seus aspectos maisobjetivos, revela-se essencial: visa descobrir os pontosfortes da situação, os seus aspectos positivos, ao ladode suas disfunções, carências e insuficiências Boutinet, 1990
  8. 8. O DIAGNÓSTICO SOCIOAMBIENTAL PARA UMA“LEITURA” INTERDISCIPLINAR DA REALIDADE
  9. 9. “Ler” o ambiente“Para que a compreensão do meio ambiente leve a açõestransformadoras é muito importante uma certa capacidadede “ler”, isto é, de compreender o que se passa nele.”“Não basta observar passivamente em volta. É precisoparticipar de forma ativa perguntando, buscando osdiferentes pontos de vista, formulando respostas,hipóteses...” Carvalho, 1998
  10. 10. Uma realidade complexa“ler” o meio ambiente é apreender um conjunto derelações sociais e de processos naturais, captandoas dinâmicas de interação entre as dimensõesculturais, sociais e naturais, na configuração de umadada realidade socioambiental
  11. 11. O que é um diagnóstico socioambiental? Uma ferramenta para o conhecimento dos componentes ambientais de uma determinada área (país, estado, bacia hidrográfica, município) para a caracterização da sua qualidade ambiental. E para interpretar a situação ambiental problemática de uma área, a partir da interação e da dinâmica de seus componentes, quer relacionados aos elementos físicos e biológicos, quer aos fatores socioculturais.
  12. 12. Diagnóstico e Educação ambientalAproxima-se dos denominados “estudos domeio”Na educação ambiental esses estudosrenovam-se para incorporar ainterdisciplinaridade, a complexidade e osentido de uma formação cidadã
  13. 13. Tipos de diagnósticos socioambientais Diagnóstico socioambiental de uma região Diagnósticos de conflitos socioambientais Diagnósticos para resolução de problemas Diagnóstico socioambiental participativo Diagnóstico socio-cultural-ambiental da escola e de seu entorno (DISCA)
  14. 14. Ponto de partida... O diagnóstico socioambiental deve ser visto como ponto de partida para a elaboração de atividades que podem estimular os grupos a perceberem as relações socioambientais que constituem uma certa realidade Porém, a própria realização de um diagnóstico socioambiental implica produzir e organizar conhecimentos
  15. 15. Por que fazer um na escola? Um diagnóstico socioambiental da escola e de seu entorno pode envolver professores, alunos, funcionários e comunidade Pode ajudar a buscar soluções para problemas socioambientais locais a partir do conhecimento da realidade e articulação com outras esferas sociais
  16. 16. Pode ser uma oportunidade para envolver os alunos ematividades de pesquisa que contribuam paradesconstrução e superação do senso comum sobre opesquisador, a atividade de pesquisa e a realidadesocial, cultural e ambiental em que está inserido.
  17. 17. Procedimentos Metodológicos de um DISCA(i) análise documental - levantamento de informações em órgãos públicos, instituições de pesquisa, ONGs, internet etc.(ii) questionários e realização de entrevistas junto à comunidade do entorno, professores, funcionários e alunos(iii) entrevistas com antigos moradores (história de vida), visando entender “como era e como está hoje o local” e identificar lideranças comunitárias(iv) observação atenta da realidade(v) Medições e outras formas de aferição da qualidade ambiental
  18. 18. Organização dos conhecimentos Organizar “os dados” Interpretar e discutir os resultados Expor e socializar os achados
  19. 19. ROTEIRO BÁSICO DE DIAGNÓSTICOSOCIOAMBIENTAL subsídio simplificado para o planejamento de um diagnóstico socioambiental em contextos educativos
  20. 20. Espaço, história e cultura Qual é o local que queremos diagnosticar? Qual a história de ocupação neste território? Quais os traços culturais da população?
  21. 21. Bacia hidrográfica e ecossistemas Em que bacia hidrográfica se situa o lugar em estudo? Que ecossistemas estão presentes? De onde vem a água utilizada pela população? Qual a situação atual dos ecossistemas? Quais as principais causas e consequências? Onde estão as áreas remanescentes do Bioma original, menos modificadas? Como se caracteriza a relação da população local com estes remanescentes?
  22. 22. Base populacional e socioeconomia Quais as características etárias e socioeconômicas da população local? Que tipos de atividades econômicas sustentam os habitantes deste lugar? Como esta população está distribuída no território?
  23. 23. Conflitos e atores Há disputas e conflitos entre interesses opostos? Quais são seus temas, espaços e objetos? Quem são os atores? Com têm sido resolvido os conflitos?
  24. 24. Estruturas de apoio Que tipo de estruturas/ instituições/ movimentos sociais existem? Há grupos produzindo inovações? Quais?
  25. 25. Vamos planejar uma ação? O que desejamos conhecer? Como podemos conhecer? A quem pode interessar?

×