Marvel Heroes - Transmídia e Adapatação Multimídia

1.393 visualizações

Publicada em

O maior caso de sucesso de todos os tempos.

Correção: 'Vem' concorda com o singular; 'Vêm' é no plural. Abraço .'.

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.393
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
225
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
26
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Marvel Heroes - Transmídia e Adapatação Multimídia

  1. 1. Um dos maiores casos de sucesso de todos os tempos TRANSMÍDIA OU ADAPTAÇÃO ?
  2. 2. NARRATIVA TRANSMÍDIA : Refere-se a conteúdos que circulam em múltiplas plataformas, quando há interação, vínculo dos temas, uma espécie de conexão ou continuidade da trama. ADAPTAÇÃO : Ocorre quando produtos, oriundos de um formato de mídia, são adaptados a outro formato. Sem necessidade de interação entre eles.
  3. 3. No início eram apenas quadrinhos Tudo começou com a Marvel Comics na década de 1930
  4. 4. Dentre os quais, podemos citar: livros, desenhos animados, filmes, brinquedos, roupas, cartas, games eletrônicos e muito mais. O sucesso dos quadrinhos Originou inúmeros outros produtos
  5. 5. De onde vêm nosso interesse por super-heróis ? Tudo se inicia na infância. Geralmente temos, nos pais, as primeiras referências. Quando adultos, continuamos sendo influenciados por aqueles que temos como exemplos. Exemplos de seres humanos. Ídolos do esporte e da música. Casos de sucesso no mundo profissional. E, sobretudo, os mitos. O mito dos super-heróis é uma espécie de sincretismo. Uma recriação fantasiosa dos mitos ancestrais. Dotado, por vezes, de subjetividade.
  6. 6. A trama dos super-heróis é uma adaptação avançada da ‘jornada do herói’ de Joseph Campbell Com algumas diferenças e muitas semelhanças entre os heróis humanos e os super-heróis. Contudo, o mito dos super-heróis se aproxima mais da figura do Super-homem de Friedrich Nietzsche. O Mito dos Super-Heróis
  7. 7. Passo 1 - Mundo Comum. (Apresentação do herói em seu cotidiano) Passo 2 - Chamado à aventura Passo 3 - Recusa ao chamado Passo 4 - Encontro com o Mentor Passo 5 - Travessia do Umbral/ Limiar (Decisão de ingressar em um novo mundo) Passo 6 – Testes, aliados e inimigos. (Maior parte da trama. O herói é testado. Enfrenta inimigos. Recebe ajuda esperada ou inesperada) Passo 7 – Aproximação do objetivo (Alto nível de tensão) Passo 8 – Provação máxima Passo 9 – Conquista da recompensa Passo 10 – Caminho de volta (Retorno ao mundo anterior) Passo 11 – Depuração (enfrentamento de uma trama secundária) Passo 12 – Retorno transformado (O herói não é mais o mesmo) Jornada do Herói - Os 12 passos de Campbel
  8. 8. Conforme Nitzsche, o Super-homem é um homem que inventa a si mesmo ao invés de aceitar um modelo preestabelecido. Um homem que tem coragem de lidar, a cada segundo de sua vida, com o conflito. E que não atribui isso nem a Deus, nem à moral estabelecida, nem a qualquer outro tipo de influência. Um homem que se supera. Tem a capacidade de ler a si mesmo, rever a si mesmo, construir a si mesmo e configurar este ’homem forte’. O Super Homem
  9. 9. É esta relação de proximidade, que os homens fazem com os mitos modernos, ou digamos, com os super-heróis, que nos causa interesse em consumir as estórias destes personagens. Os jogos eletrônicos nos permitem a possibilidade de ir além dos quadrinhos, filmes e cartoons. Nos jogos podemos assumir a identidade do super-herói. Sendo responsáveis pelo sucesso da jornada. Outros modos de interação (mais aproximada) são as redes temáticas ou comunidades de fãs. Onde podemos destacar a figura dos colsplays.
  10. 10. O universo dos games possibilitou a interação entre mundos distintos. Como exemplo, podemos citar o game de luta ‘Marvel vs. Capcom’
  11. 11. Os canais de vídeos, com dicas de games, fazem parte de um contexto de transmídia. Uma vez que tais plataformas estão interconectadas entre si e há uma relação de continuidade entre narrativas. Principalmente dos canais em relação às novas fases e missões que são incorporadas nos games. Canais de Vídeo
  12. 12. Fanpages e Grupos no Facebook As páginas temáticas do Facebook, relativas aos Heróis Marvel, tanto de games quanto de filmes, proporcionam uma relação de proximidade dos fãs entre si e com ‘o personagem’. Proporcionando interação e continuidade de narrativa pós-game e pós-filme. Narrativas que alimentam a construção de novos produtos e episódios.
  13. 13. A adaptação invade o mercado da pornografia. Através das Paródias Pornôs e dos Hentais Paródias Pornôs e Hentais
  14. 14. Há um espécie de sincretismo entre o mundo dos homens, o mundo dos deuses e o mundo dos super-heróis. O ciberespaço e as plataformas multimídia são o ambiente onde podemos cultuá-los e Incorporá-los. Trazendo às nossas vidas, como influência real, o caráter ético e moral implícito na subjetividade de cada personagem. Certamente, na realidade e no imaginário, continuaremos sendo movidos pelos mitos. Sejam deuses ou heróis. Na Mitologia e na Ficção
  15. 15. Aguarde o próximo Episódio ! Juliano Paz Dornelles Mestrando em Comunicação www.pazdornelles.com

×