ROCAMBOLE APAZIGUADOR DE CAJÚ
Autor: Paulo Zornitta
Ingredientes:
8 Cajús Grandes
6 Ovos
1 kg Farinha de Trigo Dna. Maria
5 Colheres de Sopa de Manteiga ou Margarina
3 ½ Xica...
Massa:
Coloque num recipiente de vidro ou plástico (bol) apropriado para a mistura da massa a
Farinha de Trigo (1kg, sem f...
Aplique sobre a superfície dos Rocamboles uma camada da Clara dos Ovos (item 1 da
Cobertura) e um fio Massa da Castanha do...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Rocambole Apaziguador de Cajú

104 visualizações

Publicada em

Receita de Doce em Forma de Rocambole com aproveitamento integral do Cajú, seu Fruto e sua Castanha de Cajú - Na proposição do autor trazendo para a realidade, no estágio de arte culinária, uma criação artística na imagem do sabor integral do Cajú, e no conceito que respeita o que a natureza produz com extrema perfeição - o que poderá motivar as nossas pequenas, mas significativa iniciativas e ações, nesta mesma sintonia do ser humano com seus semelhantes e com a natureza ao seu redor e assim contextualizando esta intenção: “Num mundo conturbado, acelerado pela tecnologia das comunicações atuais, um doce, entre outros doces - nas refeições que são preparadas com capricho e arte - pode inspirar à pequena diferença entre a PAZ almejada e a PAZ necessária; que pode começar na mesa, na união da família em harmonia, e culminar na PAZ da sociedade local e planetária que queremos!”
Como nas sementes, das idéias para as ações, a grande diferença encontra-se nos detalhes!...Assim como é no interior é no exterior!...A intenção gera a ação em igual sintonia e valor.
Seja na cozinha, na governança de um país, ou qualquer atividade humana - tudo o que é bem feito é uma obra de arte! Paulo Zornitta
...Como bem disse Herbert Marcuse: ” A arte pode não mudar o mundo, mas pode mudar o homem que pode mudar o mundo!”

Publicada em: Design
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
104
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rocambole Apaziguador de Cajú

  1. 1. ROCAMBOLE APAZIGUADOR DE CAJÚ Autor: Paulo Zornitta
  2. 2. Ingredientes: 8 Cajús Grandes 6 Ovos 1 kg Farinha de Trigo Dna. Maria 5 Colheres de Sopa de Manteiga ou Margarina 3 ½ Xicaras de Açúcar Demerara 200 g Creme de Leite 200 g Leite Condensado 2 ½ Xícaras de Farinha da Castanha do Cajú 1 Dose de Conhaque 30 g Gengibre 25 Cravos aprox. 30 g Canela em casca *A presente receita é composta de massa, recheio e cobertura. Cobertura: A cobertura é composta de: Uma camada Clara de Ovo levemente adocicada (preparado conforme item 1, que é aposta sobre o Rocambole já assado – este cobre toda a superfície do mesmo. No centro, em toda extensão e sobre a camada da Clara de Ovo depositar um fio de 2 cm da Massa da Castanha do Cajú (conforme item 2); O Creme de Cajú, do item 3, é preparado para espalhar sobre as fatias do Rocambole, na hora de serem servidas. 1) Claras: Bata as 3 as claras dos Ovos que foram separadas adicionando 3 colheres de sopa de Açúcar Demerara; 2) Massa da Castanha do Cajú: Misture numa panela em fogo brando 1 xícara de Farinha da Castanha do Cajú com ½ xícara de Açúcar Demerara, mexendo sempre por 3 min., coloque 150 g de Leite Condensado misturando-o bem com a farinha e o açúcar, uns 2 min. mais e acrescente 50 g de Creme de Leite para soltar um pouco a massa; 3) Creme de Cajú: Num bol pequeno de vidro, para servir, misture bem: 150 g de Creme de Leite, ½ xícara da Massa da Castanha do Cajú (do ítem 2 acima), 50 g de Leite Condensado e 1 xícara da Clara batida;
  3. 3. Massa: Coloque num recipiente de vidro ou plástico (bol) apropriado para a mistura da massa a Farinha de Trigo (1kg, sem fermento), 2 xícaras da Farinha da Castanha do Cajú, 1 ½ xícara de Açúcar Demerara, 10 g de Fermento Biológico instantâneo, 3 Ovos inteiros e mais 3 gemas – separando as 3 claras para o preparo da cobertura. Acrescentar 5 colheres de sopa de Manteiga ou Margarina, adicione os 2 copos do suco concentrado do Cajú – que foram separados no preparo do recheio e misture com as mãos – como uma massa para pão. Deixe descansar por 1 hora. Recheio: Inicie a receita preparando o recheio da seguinte forma: 1) Coloque 8 Frutas do Cajú no liquidificador, na função pulsar com 2 copos de água mineral; 2) Esprema a polpa no coador e retire 2 copos do suco, separando para a massa do rocambole; 3) Coloque em fogo brando para cozinhar a polpa do Cajú e o suco restante, durante, após 20 min. acrescente a canela em casca (30g), o cravo (25 unidades) e o gengibre bem picado (30g) mexendo bem e cozinhando por mais 10 min. Decorridos 30 min, no total, acrescentar 1 ½ xícara de Açúcar Demerara e uma dose de Conhaque (se desejar) mexendo bem novamente, para continuar o cozimento por mais 10 a 15 minutos e, estará pronto o recheio do rocambole. Preparo Geral: Após descansar divida a Massa em 2 partes e estique sobre Papel Alumínio na forma retangular de 30 x 20 cm; Com uma colher de sopa ou concha vá colocando o Recheio sobre a Massa e vá enrolando, deixando 1 cm sem recheio no final para fechar. Envolva o Rocambole no Papel Alumínio com uma volta e sem pressionar, dobrando as extremidades (durante o cozimento a Massa irá expandir, abrindo naturalmente o Papel Alumínio); Repita com a outra metade da Massa; Numa travessa retangular coloque lado a lado os dois Rocamboles com espaçamento de 10 cm entre eles; Coloque no Forno aquecido a 180 graus por 40 min; Apague o Forno deixando ao menos 10 min. dentro, retire a travessa e o Papel Alumínio que envolve os dois Rocamboles;
  4. 4. Aplique sobre a superfície dos Rocamboles uma camada da Clara dos Ovos (item 1 da Cobertura) e um fio Massa da Castanha do Cajú (item 2); Volte ao Forno por 10 minutos. Opcionalmente a superfície do Rocambole Apaziguador de Cajú pode ser queimado com um maçarico, tostando-se a cobertura dessa forma, e dando um acabamento visual diferenciado no conjunto da obra; Para servir: Numa travessa retangular de cerâmica, ao centro do Rocambole Apaziguador de Cajú um legítimo Cajú vermelho (como tivesse sido colhido na hora), castanhas ao redor. O bol do creme, ao lado e uma colher para levar o creme às fatias que forem sendo servidas. Nas entrelinhas do preparo: “Num mundo conturbado, acelerado pela tecnologia das comunicações atuais, um doce, entre outros doces - nas refeições que são preparadas com capricho e arte - pode inspirar à pequena diferença entre a PAZ almejada e a PAZ necessária; que pode começar na mesa, na união da família em harmonia, e culminar na PAZ da sociedade local e planetária que queremos!” Como nas sementes, das idéias para as ações, a grande diferença encontra-se nos detalhes!...Assim como é no interior é no exterior!...A intenção gera a ação em igual sintonia e valor. Seja na cozinha, na governança de um país, ou qualquer atividade humana - tudo o que é bem feito é uma obra de arte! Paulo Zornitta ...Como bem disse Herbert Marcuse: ” A arte pode não mudar o mundo, mas pode mudar o homem que pode mudar o mundo!”

×