Philippa foot 11_a

749 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
749
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Philippa foot 11_a

  1. 1. Trabalho Elaborado por: 11ºA Ana Velêz Nº2 Daniela Feijoca Nº7 Mariana Ramalho Nº21 Ricardo Pestana Nº24
  2. 2. <ul><li>Nasceu em: 1920 </li></ul><ul><li>Actualmente: tem 90 e mora no Reino Unido onde sempre viveu. </li></ul><ul><li>Carreira: iniciou a sua carreira filosófica como estudante e posteriormente professora em Oxford. O seu trabalho pretendeu demonstrar-nos que a teoria aristotélica é adaptável ao mundo contemporâneo mas ainda assim foi contraposta variadas vezes. </li></ul><ul><li>Vida Pessoal: Casada com um historiador britânico, Michael Richard Daniell Foot, desconhecendo-se a existência de descendentes. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Philippa Foot é conhecida pelos seus trabalhos sobre a ética. A sua obra mais recente pode ser vista como uma tentativa de modernizar a teoria ética aristotélica, para mostrar que essa mesma teoria pode ser adaptada ao mundo actual. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Philippa concentrou a maioria dos seus estudos a tentar responder à pergunta “Porque devemos ser morais?” , assim como discutindo acerca da ética (nota-se, por exemplo, os seus trabalhos sobre a eutanásia). </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Philippa Foot (1985). Utilitarismo e as Virtudes </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1983). Realismo Moral e Dilema Moral </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1983). Peacocke em Wittgenstein e Experiência </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1977). Eutanásia. Filosofia e Assuntos Públicos. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>Philippa Foot (1972). Moralidade como um sistema de imperativos hipotéticos </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1963). Hart e Honoré: Causa da Lei </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1958). Argumentos Morais </li></ul><ul><li>Philippa Foot (1957). Livre Arbítrio e o Determinismo </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Philippa Foot foi uma das fundadoras da Ética das Virtudes Contemporânea . Neste campo, os seus trabalhos podem ser considerados como uma tentativa de modernizar a teoria aristoteliana referente à ética das virtudes, para, deste modo, fazer frente a outras teorias bastante populares sobre o pensamento ético, tais como a Ética Deontológica e o Utilitarismo. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Na Ética das Virtudes , é dado ênfase ao carácter do agente moral, e não às regras ou consequências da acção. Assim sendo, o carácter (isto é, a personalidade, mais concretamente o temperamento) é o elemento-chave do pensamento ético. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Ao longo da sua vida, Philippa Foot publicou vários trabalhos de sua autoria sobre a racionalidade da moralidade, em que procurou dar a conhecer e desenvolver as várias hipóteses de resposta à pergunta “ Porquê agir moralmente? ”. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>“ ... a vida merece ser vivida mesmo quando abundam experiências negativas, e as boas são tão escassas que não conseguem compensar por si só as primeiras. O reforço positivo acrescido deve surgir da experiência em si e não do seu conteúdo, seja ele qual for .” </li></ul><ul><li>“ Gostaria de perpetuar as minhas observações respeitantes à ausência de suicídios no contexto de condições de sobrevivência extremas e rigorosas dos nossos campos de concentração. Quanto mais desesperante a vida se tornava, mais o prisioneiro parecia determinado a lutar por ela .” </li></ul>

×