Material twi j metodo fev14

1.460 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios, Carreiras
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.460
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
82
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Material twi j metodo fev14

  1. 1. Programa Desenvolvimento Gerencial TWI – Método(JM) Training Withing Industry “Se o trabalhador não aprendeu, o instrutor não ensinou” Prof. Paulo Antônio Alves de Almeida 2014 1
  2. 2. Método Ensinar aos supervisores e líderes como continuar melhorando a maneira de fazer o trabalho 2
  3. 3. OBJETIVO AJUDAR A VOCÊ A PRODUZIR GRANDES QUANTIDADES E QUALIDADES DE PRODUTOS EM MENOR TEMPO FAZENDO O MELHOR USO DE : PESSOAS; MÁQUINAS E MATERIAIS
  4. 4. Americanos X Japoneses 4
  5. 5. 5
  6. 6. O Ford Torino é um carro de tamanho médio produzido para o mercado dos Estados Unidos da América entre 1968 e 1976. Em 1971 o nome Fairlane foi retirado e todos os carros médios passaram a se chamar Torino que é a principal cidade italiana no que se refere a carros, sendo considerada a Detroit da Itália. 6
  7. 7. Tarefas prioritárias São aquelas que: 1. Se houver um pequeno erro, afetam fortemente a qualidade do produto. 2. Já ocorreram acidentes no passado 3. Ocorreram problemas na visão dos supervisores e na sua. 7
  8. 8. Regra 1: Todo trabalho deve ser altamente especificado em relação ao conteúdo, seqüência, tempo e resultado desejado.     O procedimento é pré-definido (em termos de conteúdo, seqüência, tempo e resultado desejado) O operador está capacitado para realizar a tarefa e é capaz de diagnosticar se o trabalho está de acordo com os procedimentos estabelecidos, O trabalho é testado imediatamente após a sua conclusão, O operador pede ajuda imediatamente quando um problema é detectado. 8
  9. 9. Perguntas básicas: 1) Como você faz esta atividade? 2) Como você sabe se está fazendo corretamente? 3) Como você sabe se o resultado não tem defeito? 4) O que você faz quando encontra um problema? 9
  10. 10. Oito Desperdícios/Tipos De Perdas Sem Valor Agregado  1. Superprodução: produzir itens mais cedo, ou mais rápido ou em maiores quantidades do que o cliente necessita, ou do requerimento do processo seguinte.  2. Espera (tempo à disposição) : trabalhadores esperando por falta de estoque, atrasos de processamento, paralisação do equipamento e gargalos de capacidade.  3.Transporte ou transferência: Movimentação de trabalho em processo de um local para outro.  4.Superprocessamento ou processamento incorreto: realização de atividades/tarefas desnecessárias para processar as peças  5.Excesso de estoque: excesso de matéria prima, obsolescência, produtos danificados, custos com transporte, armazenagem e atrasos. O estoque extra oculta problemas , tais como desequilíbrio da produção, entregas em atraso por parte dos fornecedores, defeitos, paralização de equipamentos e longos períodos de preparação do equipamento (set up).
  11. 11. Oito Desperdícios/Tipos De Perdas Sem Valor Agregado  6. Deslocamentos desnecessários: qualquer movimento que o funcionário tem que fazer dentro do local de trabalho que não agregue valor à peça: ex: localizar, procurar ou empilhar peças, ferramentas etc.  7.Defeitos: produção ou correção de peças defeituosas  8.Não utilização da criatividade dos funcionários: perda de tempo, ideias, habilidades , melhorias e oportunidades de aprendizagem por não envolver ou escutar os funcionários.
  12. 12. Exemplo de um Procedimento Operacional Padrão Restaurante Padrão LTDA Procedimento Operacional Padrão NOME DA TAREFA: Preparo do Café RESPONSÁVEL: ajudante de cozinha Padrão Nª RP - 03 Estabelecido: em 24.03.08 Revisado: em 25.04.08 Número da Revisão: Primeira MATERIAL NECESSÁRIO CHALEIRA FILTRO DE PAPEL E PORTA FILTRO CAFÉ EM PÓ CONECTOR MEDIDOR DE CAFÉ XÍCARA PADRÃO GARRAFA TÉRMICA LUVA TÉRMICA 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. PASSOS CRITICOS Verificar quantas pessoas tomarão café Colocar água para ferver na chaleira (1 xícara padrão por pessoa) Colocar pó de café no filtro (1 medidor de café por pessoa) Lavar a garrafa térmica Assentar o filtro sobre a garrafa através do conector Quando a água começar a ferver, colocar um pouco sobre o pó de tal maneira a molhar todo o pó Após trinta segundos, colocar o resto da água no filtro Assim que todo o café estiver coado, retirar o filtro e fechar a garrafa térmica MANUSEIO DO MATERIAL 1. Após cada coação, lavar todo o material,secar e guardar 2. O pó de café deve ser mantido sempre na lata fechada RESULTADOS ESPERADOS 1. Café sempre novo (no máximo até 1 hora após coado) 2. Café na medida (nem tão fraco nem tão forte) AÇÕES CORRETIVAS CASO HAJA RECLAMAÇÕES DE QUE O CAFÉ ESTÁ FRACO OU FORTE, VERIFICAR SE FOI UTILIZADA A QUANTIDADE CERTA DE ÁGUA, A QUANTIDADE CERTA DE PÓ OU SE HOUVE MUDANÇA NA QUALIDADE DO PÓ. EM DÚVIDA, CONSULTE A CHEFIA APROVAÇÃO:______________ EXECUTOR ________________ EXECUTOR __________________ __________________ __________________ EXECUTOR EXECUTOR CHEFIA
  13. 13. 13
  14. 14. 14
  15. 15. DIAGRAMA DE CAUSA E EFEITO 15
  16. 16. Ferramentas da Qualidade - Tipos Diagrama de ISHIKAWA - “causa e efeito” - “5M” / “6M”/ “7M” “Espinha de Peixe” - (Identificar os Problemas) MEDIDA MATERIAL MÁQUINA MÉTODO PROBLEMA EM ESTUDO MANUTENÇÃO MÃO-DE-OBRA MEIO AMBIENTE 16
  17. 17. 17
  18. 18. “6M” 18
  19. 19. TWI 19
  20. 20. 4 PASSOS - JM Dividir o trabalho em partes 2. Questionar cada detalhe 3. Desenvolver o novo método 4. Aplicar o novo método 1.
  21. 21. Passo 1 Passo 1.: Dividir o trabalho em partes 1. A chave para a divisão do trabalho é reduzir o trabalho nos seus melhores detalhes 2. O que é um detalhe? 1. Um detalhe é todo movimento simples que é executado. Isto inclui manuseio de material; trabalho da máquina; trabalho manual; assim como revisão e atrasos
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24. 24
  25. 25. Passo 2: 2. Questionar cada detalhe ajudar a gerar ideias de melhorias 1. 2. 3. 4. 5. WHY ? Por que isto é necessário? WHAT? Qual é o seu propósito? WHERE? Onde deve ser feito? WHEN? Quando deve ser feito? WHO? Quem é o mais qualificado para fazer isto? 6. HOW? Como é a melhor maneira para fazer isto?
  26. 26. Passo 2: 2. Questionar cada detalhe Por exemplo, a segmentação de serviço de montagem que tem esses dois detalhes; "Alcançar a caixa no chão" e "Pegar um parafuso". O primeiro passo no processo de questionamento é perguntar "Por que isso é necessário?" Se você perguntar "Por que é necessário alcançar a caixa no chão?" a resposta provavelmente seria "para conseguir pegar o parafuso". Se você se limitar ao verbo e disser "Por que é necessário alcançar o chão?", você imediatamente será conduzido a considerar a possibilidade de que a caixa de parafusos deve ter estado sobre toda a bancada de trabalho.
  27. 27. Passo 2: 2. Questionar cada detalhe A melhoria não é alcançada através do aumento da velocidade, mas sim através da eliminação dos detalhes desnecessários.
  28. 28. Passo 2: WHY: por que este detalhe é necessário? 1. 2. Precisamos separar detalhes necessários e detalhes desnecessários Esta é a mais importante questão porque ela lidera as principais melhorias WHAT? é a questão para verificar o por que? quando é difícil determinar a necessidade para garantir, se serve para ser uma proposta útil ou adicionar qualidade
  29. 29. Passo 2: WHERE? Onde deve ser feito?  Encontrar o melhor lugar para fazer cada detalhe. Em qual departamento, em qual máquina? WHEN? Quando deve ser feito?  Descobrir o melhor tempo para fazer cada detalhe WHO? Quem é o melhor qualificado para fazer?  Encontrar a melhor pessoa para fazer o trabalho, baseado na habilidade, experiência, força física etc HOW? Como é a melhor maneira de fazer ?  Procurar a melhor maneira
  30. 30. Quando questionar os detalhes, também questionar ao mesmo tempo: materiais, máquinas, equipamentos, ferramentas, design do produto, formato do local de trabalho, movimentos, segurança e limpeza.
  31. 31. Passo 3: Desenvolva o novo método Utilize as ideias geradas no passo 2 1. 2. 3. 4. 5. 6. WHY ? WHAT? WHERE? WHEN? WHO? HOW? Eliminar Combinar Rearranjar Simplificar
  32. 32. Passo 3: Desenvolva o novo método Utilize as ideias geradas no passo 2 1. Eliminar detalhes desnecessários 2. Combinar detalhes quando práticos 3. Rearranjar para melhor sequencia 4. Simplificar todos os detalhes necessários
  33. 33. Passo 3: Desenvolva o novo método Utilize as ideias geradas no passo 2     "As respostas para Por que? e O Que? Identifique detalhes desnecessários para serem eliminados." "As respostas para Onde?, Quando? e Quem? Crie ligações entre combinar e rearranjar." "As respostas para Como? A fonte conduz para o desenvolvimento do "único melhor caminho" hoje através da simplificação." "Trabalhe suas ideias com os outros."
  34. 34. Perguntas: Materiais 1. 2. 3. 4. 5. Pode ser melhor, menos caro ou menos escasso ? Os materiais podem ser substituídos? A sucata deste trabalho pode ser utilizada para outro produto? Os defeitos e a sucata foram reduzidos a um mínimo? As especificações de materiais estão inteiramente claras e definidas?
  35. 35. Perguntas: disposição do espaço 1. Existe um mínimo de espaço? 2. O número de manejos e as distâncias foram mínimas? 3. Todo o espaço disponível está sendo usado? 4. Os corredores são grandes o suficiente?
  36. 36. Perguntas: máquinas 1. Cada uma está operando em sua capacidade máxima? 2. Cada uma em boas condições de funcionamento? 3. É a melhor máquina para esta operação? 4. Um operador faz todos os setups? 5. O operador está inativo?
  37. 37. Perguntas: local de trabalho 1. Está tudo adequado na área de trabalho? 2. Podem ser usadas rampas? 3. São as duas mãos fazendo um trabalho útil? 4. Tem toda a mão-holding foi eliminada?
  38. 38. Perguntas: segurança 1. O método é o mais seguro, bem como o mais fácil? 2. O operador entende toda a segurança regras e precauções? 3. Foi fornecido o equipamento de segurança adequado? 4. Lembre-se, os acidentes causam desperdício de energia, máquinas e materiais!
  39. 39. Perguntas: equipamentos e ferramentas 1. 2. 3. Os equipamentos e ferramentas adequadas foram fornecidos aos operadores? E sobre calibres, gabaritos e dispositivos elétricos? Os equipamentos, ferramentas, foram devidamente préposicionados para permitir um trabalho eficaz?
  40. 40. Perguntas: limpeza 1. 2. 3. 4. Estão trabalhando em áreas de armazenamento limpas e ordenadas? Tem lixo ocupando espaço que poderia ser usado para operadores adicionais, máquinas, bancos e operações? Acabar com tudo o que é desnecessário. Certifique-se de coisas necessárias estão nos lugares certos.
  41. 41. Perguntas: desenho do produto 1. 2. 3. Poderia ser de qualidade melhorada por uma alteração no projeto ou das especificações? Será que uma ligeira alteração no projeto economizaria muito tempo ou materiais? O acabamento é necessário?
  42. 42. Passo 3: Desenvolva o novo método Utilize as ideias geradas no passo 2 1. 2. 3. Faça o trabalho ficar mais fácil e seguro Posicione antes material, ferramentas e equipamentos nos melhores lugares e em áreas apropriadas Deixe as duas mãos livres para usar no trabalho
  43. 43. 46
  44. 44. 47
  45. 45. Passo 4: Aplicar o novo método 1. 2. 3. 4. 5. Vender a mudança para os outros Obtenha aprovações necessárias Coloque o novo método para ser usado imediatamente Dê créditos aos envolvidos Continue a melhorar o novo método
  46. 46. Passo 4: Aplicar o novo método 1. 2. 3. Escreva sua proposta Venda sua proposta: explicar as vantagens do novo método e como vai ser operado Consiga as aprovações: 1. 2. 4. 5. certifique que todos os interessados serão consultados Verificar segurança, qualidade, quantidade e custo Coloque o método em uso: utilize até um melhor novo método Dê crédito as pessoas que ofereceram sugestões, e outras pessoas que o ajudaram
  47. 47. Passo 4: Aplicar o novo método 1. Dê motivos e vantagens. 2. Entenda os princípios. 3. Selecione um problema e trabalhe nele em conjunto com o operário. 4. Peça a ele que trabalhe com outro problema sozinho. 5. Dê crédito a ele por bons resultados e bom esforço.
  48. 48. Obrigado!  @psipauloalmeida  F/psicologopauloalmeida  31 86170253 52

×