Carreira&sucesso

1.561 visualizações

Publicada em

Palestra Carreira & Sucesso

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.561
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Carreira&sucesso

  1. 1. 1 Carreira & Sucesso 2013Prof. Paulo Antônio Alves de Almeida “O homem não é a criatura das circunstâncias; as circunstâncias é que são criaturas do homem.” - BENJAMIN DISRAELI UNA
  2. 2. • No mercado atual já está havendo profunda mudança no conceito de emprego. Ele não vai desaparecer completamente, mas na certa tende a ser, cada vez mais, diferente daquilo que é hoje. (Chiavenato 2002)
  3. 3. • O conhecimento das pessoas sobre suas preferências profissionais habilita-as a fazer opções mais conscientes. É nesse momento que começam a direcionar-se com maior clareza sua trajetória de carreira. Quando se tem um objetivo a ser focado, fica mais fácil para definir aonde quer chegar e o que quer buscar. Schein 1978
  4. 4. • os empregos atualmente disponíveis estão exigindo das pessoas um crescente grau de escolaridade e de conhecimento e um cabedal de novas e diferentes habilidades e competências em virtude do uso intensivo da tecnologia e, sobretudo, da informatização dos processos empresariais. (Chiavenato,2002)
  5. 5. • Segundo Chiavenato 2002, as empresas estão exigindo um novo perfil de funcionário, privilegiando fortemente aspectos como maior capacitação e atualização profissional, competências estratégicas, responsabilidade, lealdade e autonomia, fazendo do espírito empreendedor e do trabalho em equipe as principais características da atividade de seus funcionários. Lozange Borba
  6. 6. • Segundo Hall 1976, carreira é uma sequencia de atitudes e comportamentos, associada com experiências e atividades relacionada ao trabalho, durante o período de vida de uma pessoa. Carreira é algo planejado, que vai constituído aos poucos, durante muito tempo, ou num espaço curto de tempo
  7. 7. • Segundo (Schein, 1978) a questão da carreira é um processo de desenvolvimento da pessoa como um ser integral. É mesmo muito importante refletirmos que as pessoas têm suas necessidades e também suas características, que não são ligadas apenas a vida. Pode se falar que é um conjunto de procedimentos que permitem à empresa identificar as pessoas mais competentes, mas também conhecer um pouco mais sobre a vida pessoal de seu colaborador.
  8. 8. “Não há essa coisa chamada fracasso. Há somente resultados”.A Robbins
  9. 9. 9 PENSO SINTO FAÇO OBSERVO GOSTARIA QUE FOSSE _______________________ ____________________ _______ _______________________ ____________________ _______ _______________________ ____________________ _______ _______________________ ____________________ _______ _______________________ ____________________ _______ Auto Conhecimento
  10. 10. Deixe-me compartilhar com vocês a história da vida de alguém. Era um homem que: · Faliu nos negócios com 31 anos de idade. · Foi derrotado numa eleição para o Legislativo com 32 anos. · Faliu outra vez nos negócios aos 34 anos. · Superou a morte de sua namorada aos 35. · Teve um colapso nervoso quando tinha 36 anos. · Perdeu uma eleição com a idade de 38. · Perdeu nas eleições para o Congresso aos 43, 46 e 48. · Perdeu uma disputa para o Senado com a idade de 55. · Fracassou na tentativa de tornar-se vice-presidente aos 56 anos. · Perdeu uma disputa senatorial aos 58 anos. · Foi eleito presidente dos Estados Unidos aos 60 anos. O nome do homem era Abraham Lincoln.
  11. 11. ZIGGY. Copyright, 1985, Universal Press
  12. 12. INTELIGÊNCIA EMOCIONAL 13 Prazer Ódio TristezaMedo Fúria,revolta,ressentimento, raiva,indignação,hostilidade,irritabilidad e, aborrecimento sofrimento,mágoa,desânimo, culpa, desalento,autopiedade,solidão, desamparo e depressão ansiedade,apreensão,espanto, Choque, preocupação,pavor,susto, fobia e pânico Felicidade,alívio,contentamento,diversão, orgulho,satisfação, bom humor, euforia. Amor, amizade, confiança, paixão desprezo, nojo,antipatia, aversão, repulsa
  13. 13. 14 Valores  Atraentes • Amor • Sucesso • Liberdade • Intimidade • Segurança • Aventura • Poder • Paixão  Repelentes • Rejeição • Raiva • Frustração • Solidão • Depressão • Fracasso • Humilhação • Culpa 14 As pessoas farão mais para evitar a dor do que para alcançar o prazer "Aquele que realizou mais, ainda tem todo o futuro para ser realizado." – Lao-Tse, Tao Te-King
  14. 14. 15 Valores  Atraentes • Os valores que eu tenho estão me ajudando? • Que outros valores preciso acrescentar? • Que valores devo eliminar? • Em que ordem meus valores precisam estar para que eu alcance resultados excepcionais? • Quais emoções deveria evitar? 15 As pessoas farão mais para evitar a dor do que para alcançar o prazer
  15. 15. Cada vez que experimentamos uma quantidade significativa de dor ou prazer, o cérebro procura pela causa e a registra no sistema nervoso, para permitir-nos tomar melhores decisões sobre o que fazer no futuro.
  16. 16. I. CRISE PROBLEMAS URGENTES II. DEFINIÇÃO DE VALORES PLANEJAMENTO III Interrupções Ligações telefônicas IV. TRABALHO SEM IMPORTÂNCIA
  17. 17. SEGUNDO QUADRANTE • Melhorar a comunicação com as pessoas • Melhorar a preparação • Melhor planejamento e organização • Mais cuidado consigo mesmo • Procura de novas oportunidades • Desenvolvimento pessoal • Empoderamento
  18. 18. • O Coaching é um poderoso processo de aceleração de metas e objetivos. É um convite para você se permitir ir além. José R. Marques IBC
  19. 19. • De acordo com Chiavenato (2002), não é uma tarefa fácil ir à busca de um novo emprego, ou começar no primeiro emprego. As pessoas ficam muito frágeis, com o emocional a flor da pele, e com a autoestima baixa. As pessoas devem estar preparadas e com um objetivo focado no que realmente querem buscar. Também podem estar pesquisando o mercado, se preparar melhor para uma nova jornada. Um processo de seleção exige do candidato uma boa preparação em geral para passar por uma serie de testes e avaliações de todo o tipo As pessoas tem que ter confiança e autoestima para cuidar da vida pessoal da família e dos amigos. Sem isso a vida perde o sentido e tudo fica mais difícil. (Milta Rocha, 2012)
  20. 20. • Coaching é fruto de um conjunto de elementos oriundos da psicologia, administração,sociologia, pedagogia e filosofia . Vikki G. Brook
  21. 21. • Coaching é uma relação de parceria que revela/liberta o potencial das pessoas de forma a maximizar o seu desempenho.Timothy Gallwey
  22. 22. Pressupostos O mapa não é o território Apoiar os recursos das pessoas As perguntas são as respostas Reforço positivo As percepções dos eventos é nos afetam Não existem fracassos, apenas resultados
  23. 23. Princípios Suspender o julgamento Foco no Estado desejado Ação (tarefas) Confiabilidade (ética)
  24. 24. Afirmações poderosas Permissão para ir além Resultados impressionantes Efetivo Incrivel Patrocínio positivo Ser o melhor Processos duradouros
  25. 25. Princípios • Nós não controlamos nossas vidas , os princípios é que as controlam. • Mais importante que a velocidade com que está se locomovendo, é a direção que você está tomando.
  26. 26. Necessidades humanas • Viver = físico • Amar = social • Aprender =mental • legado =espiritual
  27. 27. Como? • Como detectar sua missão e criar uma visão de futuro energizante, capaz de lhe dar significado e propósito – o DNA de sua vida? • Como criar um equilíbrio e sinergia entre os diversos papéis que desempenha? • Como definir e alcançar metas baseadas em princípios capazes de produzir qualidade de vida?
  28. 28. O PODER ESTÁ NOS PRINCÍPIOS PRINCÍPIOS PRODUZEM PAZ INTERIOR E RESULTADOS SIGNIFICATIVOS
  29. 29. O Poder da Visão Victor Frankl - Ghandi
  30. 30. Os sonhos são a linguagem de Deus. Quando ele fala a linguagem do mundo , eu posso interpretar. Mas se ele falar a linguagem de sua alma, só você pode entender. O Alquimista -Paulo Coelho
  31. 31. A possibilidade de realizar um sonho é que torna a vida interessante O Alquimista -Paulo Coelho
  32. 32. • Indo eles pelo caminho, entraram em um certo povoado. E certa mulher, chamada Marta, hospedou-o em sua casa. • Tinha ela uma irmã, chamada Maria, que sentou-se aos pés do Senhor, e ficou ouvindo seus ensinamentos. • Marta agitava-se de um lado para o outro, ocupada em muitos serviços. Então aproximou-se de Jesus e disse: – Senhor! Não te importas de que eu fique a servir sozinha? Ordena a minha irmã que venha ajudar-me! – Respondeu-lhe o Senhor: – Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas com muitas coisas. – “Maria, entretanto, escolheu a melhor parte, e esta não lhe será tirada.” Lucas, 10;38-42 O Alquimista -Paulo Coelho
  33. 33. O Alquimista -Paulo Coelho
  34. 34. Nunca desista dos seus sonhos Siga os sinais O Alquimista -Paulo Coelho
  35. 35. E quando você quer alguma coisa, todo o Universo conspira para que você realize seu desejo. O Alquimista -Paulo Coelho
  36. 36. Quando buscamos ser melhor do que somos , tudo em volta se torna melhor também O Alquimista -Paulo Coelho
  37. 37. O amor é a força que transforma e melhora a alma do mundo O Alquimista -Paulo Coelho
  38. 38. Choro por Narciso porque todas as vezes que ele se deitava sobre minhas margens eu podia ver, no fundo dos seus olhos, minha própria beleza refletida. O Alquimista -Paulo Coelho
  39. 39. • Pesquisas realizadas no Brasil, Índia, Europa e EUA indicam que empresas que apresentam resultados excepcionais e sustentáveis observa-se um propósito claro no fazer. • O que diferencia é a existência de uma causa que traz significado para a vida das pessoas. Betânia Tanure - FDC
  40. 40. Como chegar a um significado • Ouça o seu coração, a sua alma e invista tempo na modelagem, na construção, no pensar. • Alquimia de elementos distintos, presentes no sonho e na realidade, gerando uma combinação que entusiasma e mobiliza. Betânia Tanure - FDC
  41. 41. "Minhas raízes são aéreas" A travessia de uma psicóloga sem fronteiras que escolheu ver o lado B do mundo No dia 16 de abril, a gaúcha Debora Noal botou nas costas uma mochila que nunca passa dos 10 quilos. Dentro dela, uma lanterna de cabeça, como as que os mineiros usam, adaptadores de todos os tipos para computador, um gel para lavar as mãos, lenços umedecidos para o banho, um kit de colher, garfo e faca, um canivete, duas camisetas da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF), duas calças jeans, um lenço cor-de-rosa para usar na cabeça em regiões muçulmanas, uma jaqueta térmica, um par de havaianas e outro de tênis, um laptop e um dicionário de português/francês/inglês. Levou ainda uma velha boneca da Magali, personagem do criador Maurício de Sousa, que troca de cara (feliz, triste, zangada, etc), para ajudá-la no atendimento a crianças nos lugares mais remotos e perigosos do mundo. Aos 30 anos, a psicóloga Débora partiu para sua décima missão na MSF. Depois de uma preparação de alguns dias em Genebra, hoje ela está no Quirguistão.
  42. 42. • "Minhas raízes são aéreas" • A travessia de uma psicóloga sem fronteiras que escolheu ver o lado B do mundo • Consignas são os códigos que ele está te passando de sofrimento. E que, normalmente, não são transmitidos pela fala. Porque são comunidades e sociedades muito pouco trabalhadas no sentido material, tendo como parâmetro uma estrutura social ocidental como a nossa, com educação, escola... São pessoas que normalmente falam muito pouco, mas que corporalmente são muito expressivas. Só que cada comunidade se expressa de uma forma
  43. 43. Você tem uma causa? Está disposto a construí-la?
  44. 44. Inteligência Espacial: noção de espaço e direção. Inteligência Musical: capacidade de organizar sons de maneira criativa. Inteligência Interpessoal: habilidade de compreender os outros; a maneira de como aceitar e conviver com o outro. Inteligência Intrapessoal: capacidade de relacionamento consigo mesmo, autoconhecimento. Habilidade de administrar seus sentimentos e emoções a favor de seus projetos. É a inteligência da auto-estima. INTELIGÊNCIA Múltipla
  45. 45. Empatia = capacidade de saber como o outro se sente INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
  46. 46. “A verdade emocional está mais no como se diz alguma coisa do que no que se diz.” INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
  47. 47. SINTONIA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL
  48. 48. • Imitamos as emoções que vemos exibidas por outra pessoa, através de uma mímica motora inconsciente de sua expressão facial, gestos, tom de voz e outros marcadores não verbais de emoção. • Só ver alguém manifestar uma emoção já evoca esse estado de espírito, quer percebamos que estamos imitando a expressão facial ou não. • “Ele os tinha na palma da mão.” O arrasto emocional é o coração da influência. CONTÁGIO EMOCIONAL
  49. 49. • Como modificar Paradigmas Identifique as suas Crenças e pergunte-se: – o que esta crença está fazendo por mim? – O que faz pela minha saúde? – Pelo meu sucesso no futuro? – Pelos meus objetivos? – Pelos meus relacionamentos? – Ela me ajuda (Crença Capacitante) ou me limita (Crença Limitante)? – Que benefícios ocultos (secundários) ela me traz de bom, mesmo que me limite em alguma coisa? CRENÇAS LIMITANTES "O homem é o que ele acredita. " – Anton Tchecóv
  50. 50. Freud demonstrou que as pessoas, sem se dar conta destas crenças inconscientes, as deixam transparecer por inferência de seu comportamento, por exemplo, no caso clássico dos lápsos de linguagem, ou dos atos compulsivos, dentre tantos outros. Um outro caso clássico, visível na psicoterapia e na educação, é a crença inconsciente na própria inferioridade ou incompetência, mesmo que, conscientemente, se diga o contrário. E, assim, estas pessoas acabam por promover ações e ocorrências que lhes indicam a sua incongruência íntima. CRENÇAS LIMITANTES
  51. 51. • Assim, valores mais humanos, como irmandade, cooperação, comunidade, união e partilha de bens e informações soam estranhas, ultrapassadas ou sem um sentido de mercado utilitarista/pragmático dentro deste universo de entendimento/comportamento competitivo atual. CRENÇAS LIMITANTES
  52. 52. • Para ajudar, liste para você algumas Crenças que podem ser muito eficazes: o meu corpo é naturalmente saudável. o meu estado básico é flexível de acordo com as situações de vida. eu aprendo com cada experiência. não existem erros, existem explorações de caminhos de vida. corpo e mente são um único sistema. a minha criatividade se expressa nas minhas ações, emoções, pensamentos e intuições. sintomas de doenças são alertas para a busca do reequilibro. CRENÇAS LIMITANTES
  53. 53. Eu só existo pelo que faço no meu trabalho... Sou feio, estúpido, burro... Ninguém gosta de mim! Eu não mereço... Se demonstrar minhas emoções, fico vulnerável... Se não for o melhor em tudo, sou um fracasso... Só relaxo quando tudo sai perfeito... Sou o centro do mundo... O mundo é uma luta, uma selva! Só vale à pena se tiver que se esforçar muito para conseguir... Quem quer faz. Quem não quer, manda. Vem fácil, vai fácil. Sempre quis fazer, mas... Eu não consigo.... Não sou bom nisso...Acho muito difícil...Gostaria de saber...Um dia ainda irei...Eu nasci assim... Sou desse jeito mesmo... CRENÇAS LIMITANTES
  54. 54. Crenças limitantes são fatos ou afirmações assumidas como verdades absolutas as quais nos impedem de olhar com determinação e autoconfiança para nossos horizontes. Levam a não aprender com os acontecimentos com os quais nos envolvemos no nosso dia a dia, pois estaremos tentando a todo momento defender nossos pontos de vista, nossas crenças. CRENÇAS LIMITANTES
  55. 55. - Tomar leite com manga faz mal. - Tomar banho após se alimentar causa congestão. - Não consigo aprender computação. - Sempre fiz dessa maneira e sempre deu certo - Em time que está ganhando não se mexe. CRENÇAS LIMITANTES
  56. 56. • A palavra paradigma significa, portanto, um modelo ou um conjunto das formas básicas e dominantes do modo de se compreender o mundo e o modo de uma sociedade ou mesmo de uma civilização - do modo de se perceber, pensar, acreditar, avaliar, comentar e agir de acordo com uma visão particular de mundo, numa descrição mais aceita, culturalmente repassada pela educação, do que seja a nossa realidade, numa bem sucedida maneira de ver, se ver, nos vermos o/ou o mundo e que é culturalmente transmitida às novas gerações PARADIGMAS
  57. 57. 61 TIPOS PSICOLÓGICOS CARL JUNG • INTROVERSÃO: – Indivíduo orientado para o seu interior. • EXTROVERSÃO: – Indivíduo voltado para os eu exterior.  FUNÇÕES PSÍQUICAS  Pensamento  Sensação  Intuição  Sentimento Jung identificou quatro funções psicológicas que chamou de fundamentais: pensamento, sentimento, sensação e intuição. E cada uma dessas funções pode ser experienciada tanto de maneira introvertida quanto extrovertida.
  58. 58. 62 TIPOS PSICOLÓGICOS DE JUNG • “Para Jung, todos os indivíduos podem ser enquadrados em dois tipos de temperamento - os extrovertidos e os introvertidos, conforme a disposição de cada um perante o meio que o cerca. Esses grupos, por sua vez, se subdividem segundo a maneira de captar as informações e de tomar as decisões. São as chamadas funções psíquicas - sensação, intuição, pensamento e sentimento. Todas elas estão presentes em cada indivíduo, em maior ou menor grau. Ninguém escolhe ser uma coisa ou outra. De acordo com a teoria de Jung, ao nascer você já carrega os traços essenciais que o acompanharão o tempo todo. “ Fonte: Revista Emoção e Inteligência
  59. 59. 63 Extrovertidos Introvertidos Externa Interna Confiança externa Força interior Fala o que pensa Guarda para si Amplitude Profundidade Envolvido com pessoas Trabalha com idéias Interação Concentração Orientação da EnergiaMBTI ®
  60. 60. 64 Sensação Intuição Cinco sentidos Sexto sentido Prático Teórico Presente Futuro Utilidade Inovação Passo a passo Faz de tudo Fatos Visões Internas Percepção Fonte: Revista Emoção e Inteligência MBTI ®
  61. 61. 65 Julgamento Percepção Planejado Espontâneo Controlar Fluir Determinado Experimental Organizado Flexível Determina objetivos Coleta informações Decidido Aberto Orientação em Relação ao Mundo ExteriorMBTI ®
  62. 62. 66 Pensamento Sentimento Cabeça Coração Objetivo Subjetivo Justiça Piedade Princípios Harmonia Razão Empatia Firmeza Compaixão Decisões Fonte: Revista Emoção e Inteligência MBTI ®
  63. 63. 67 7 hábitos das pessoas muito eficazes Interdependência Independência Dependência Vitória Em Público 1. Ser pró ativo 2. Começar com o objetivo na mente 3.Primeiro o mais importante 4.Pense em vencer/vencer 6. Sinergizar 5. Procurar primeiro compreender depois ser compreendido
  64. 64. 68 “Cada relacionamento tem uma conta corrente emocional. Quando nos comprometemos e não atendemos, fazemos um saque nesta conta corrente, e quando cumprimos impecavelmente o acertado fazemos um depósito na mesma conta. Enquanto a conta tiver saldo positivo estamos dentro de um relacionamento de confiança, o que nos permite esperar maior colaboração entre as partes.” Stephen Covey, CONFIABILIDADE
  65. 65. Tomada de Decisão 69
  66. 66. 70 Herbert SIMON • Psicólogo e Economista • Em 1978 ganhou o Prêmio Nobel de Economia pela teoria da Tomada de Decisão, desenvolvida durante o seu doutorado. 1916 - 2001
  67. 67. 71 CONCEITOS  RACIONALIDADE LIMITADA  A idéia central da racionalidade limitada é a de que embora o homem, no contexto organizacional, seja pretensamente racional, suas ações são restringidas por capacidades cognitivas limitadas e falta de informações completas
  68. 68. 72 CONCEITOS Racionalidade Limitada Conscientização Limitada Evento Focal e Ilusão Focal Atenção Seletiva Querer x Dever Teoria dos EUs Múltiplos
  69. 69. 73 CONCEITOS  Decisões satisfatórias, mas não “ótimas”;  Impossibilidade material de obter todas as informações, dados os problemas de tempo e de custo;  Limitação do ser humano em ter acesso e processar cognitivamente todas as opções;  Pressões afetivas, culturais e jogos de poder influenciam o conteúdo das decisões;  As alternativas e as consequências são descobertas gradualmente, por meio de processos de busca;  Considera a otimização de decisões uma ficção.
  70. 70. 74 CONCEITOS  Toda a racionalidade baseia-se em previsões – crenças e expectativas sobre a probabilidade de fatos incertos ou consequências que ainda não aconteceram;  Princípios:  Representatividade – semelhança com estereótipos;  Disponibilidade – experiências passadas;  Ancoragem e ajuste – estimativas razoáveis.
  71. 71. 75 CONCEITOS  A percepção não é inclusiva, mas seletiva;  As pessoas processam a informação de uma maneira predominantemente sequencial;  Capacidade de memória limitada.
  72. 72. Anatomia da decisão 1. Definir o Problema 2. Identificar os critérios 3. Ponderar os critérios 4. Gerar Alternativas 5. Classificar cada alternativa segundo cada critério 6. Identificar a solução ideal 76
  73. 73. 77 HEURÍSTICAS Regras práticas para tomar decisões
  74. 74. 78 Problema Imagine que o Brasil esteja se preparando para o aparecimento de uma doença asiática incomum, que espera-se que matará 600 pessoas. Qual seria o melhor: Programa A: Se for adotado, 200 pessoas serão salvas. Programa B: um terço de probabilidade de que 600 pessoas sejam salvas e dois terços de que nenhuma pessoa seja salva.
  75. 75. 79 QUESTÕES 1. O uso da maconha está relacionado à deliquência? 2. Os casais que se casam com menos de 25 anos tem mais chances de terem famílias grandes do que os que se casam com mais idade?
  76. 76. 80 Análise–4 grupos 1. maconha: usuários de maconha que são delinquentes; usuários que não são deliquentes; deliquentes que não usam maconha e não delinquentes que não usam maconha 2. casais: casais que se casaram jovens e tem famílias grandes, casais que se casaram jovens e tem famílias pequenas; casais que se casaram mais velhos e tem famílias grandes e casais que se casaram mais velhos e tem famílias pequenas.
  77. 77. 81 Vieses comuns Boeing American Express China Petroleum & Chemical Intel Home Depot China Construction Microsoft Petrobrás AT&T Credit Agricole Royal Bank of Scotland Wal Mart Stores Bank of America Mizunho Financial Societé Genérale Group E.ON ENI AXA Group Verizon Communications HBOS IBM Procter & Gamble Barclays Banco Santander BNP Paribas ExxonMobil GE a. Existem mais empresas na lista que são sediadas nos EUA; b. Mais empresas na lista que são sediadas fora dos EUA
  78. 78. 82 Columbia
  79. 79. 83 Vieses comuns Classifique a ordem das seguintes causas de morte nos EUA em 1990 e 2000, colocando 1 ao lado da causa mais comum e assim por diante: ___Tabaco ___Dieta pobre e inatividade física ___Acidentes com veículos a motor ___Armas de fogo ___Uso ilícito de drogas
  80. 80. 84 Vieses comuns Classifique a ordem das seguintes causas de morte nos EUA em 1990 e 2000, colocando 1 ao lado da causa mais comum e assim por diante: 1ª Tabaco = 435.000 2ª Dieta pobre e inatividade física = 400.000 3ª Acidentes com veículos a motor = 43.000 4ª Armas de fogo = 29.000 5ª Uso ilícito de drogas = 17.000
  81. 81. 85 Estratégias de correção 1. Usar ferramentas de análise de decisão 2. Experiência e conhecimento técnico 3. Livrar-se dos vieses de julgamento 4. Raciocinar analogicamente 5. Tomar a visão do agente externo 6. Entender vieses nos outros 7.Foco nos benefícios e custos futuros das suas escolhas
  82. 82. 86 Atitude de Design 1. Difícil projetar uma alternativa impressionante 2. Ambiguidades e incertezas 3. Atitude de explorar e prototipar múltiplas possibilidades 4. Pesquisas de mercado, análises, protótipos, geração de idéias 5. Menos linear .
  83. 83. 87 MODELO CONFRONTOS DECISIVOS Qual problema? Histórias CPR Segurança Plano Foco e Flexibilidade Problema Original Dar segurança
  84. 84. Onde estiver seu tesouro, ali estará também seu coração. O Alquimista -Paulo Coelho
  85. 85. 89 MUITO OBRIGADO! paulo.almeida@prof.una.br (31)8617 0253 https://www.facebook.com/psicologopauloalmeida

×