SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
EM FAMÍLIA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A CANÇÃO DOS TAMANQUINHOS Troc...troc...troc...troc... Ligeirinhos, ligeirinhos,  Troc...troc...troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... Madrugada. Troc...troc... Pelas portas dos vizinhos Vão batendo, troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... Chove. Troc...troc...troc... No silêncio dos caminhos Alagados, troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... E até mesmo, troc...troc... Os que têm sedas e arminhos, Sonham – troc...troc...troc... Com seu par de tamanquinhos... MEIRELES, Cecília.  Criança meu amor .
IMPROVISO “ Bico, bico, surumbico Quem te deu tamanho bico?” Baco, baco, surumbaco, quem fez cócegas no sovaco? Béco, béco, surumbéco, quem toca reco-reco? Bico, bico, surumbico,  quem tem cara de penico? Bóco, bóco, surumbóco, quem desfila nesse bloco? Buco, buco, surumbuco, quem partiu pra Pernambuco? JOSÉ, Elias.  Segredinhos de amor .
CHUVA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
BALANÇO Corda de guitarra faz dlim corda de baixo faz dom corda de relógio faz tic corda de carinho é bom. Corda de balanço sobe & desce corda de tristeza vai & vem vamos todos pra praça que o amor chegou de trem. DUARTE, Osvaldo.  Abri, Abriste, Abreu.
A ESTRADA E O CAVALINHO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
A VACA E O BOI A vaca falou pro boi: - Onde foi que você foi? O boi mugiu sorridente que estava com dor de dente. A vaca disse: - É mentira! (e quase perdeu a linha) - Eu já sei que você anda namorando com a vizinha, aquela vaca bandida, aquela coisa holandesa, aquela praga horrorosa, que se julga uma princesa! Ouvindo aquele berreiro, o boi saiu de fininho. A vaca tinha ciúme, mas o boi era solteiro... AZEVEDO, Ricardo.  Dezenove poemas desengonçados.
RESPOSTAS - Vá plantar batata. - Depois você descasca? - Vá lamber sabão. - Pois não. Mas me empresta a sua língua que a minha já está limpa. - Vá ver se eu estou na esquina. - Fui e nada vi: o bobo estava aqui. - Vá caçar sapo. - Cacei, aqui está: mande logo pro papo. PAES, José Paulo.  Poemas para brincar .
PAPO DE ANJO - São Damião era um são damiinho ou Santo Agostinho era um santo agostão? - São Sebastião era um são sebastinho ou São Valentim era um são valentão? - São Salomão era um são salaminho ou São Balalão era um são balãozinho? - São pelos São Paulos que os santos santinhos ou são pelos São Pedros que os santos sáo sãos? BARRETO, Antônio.  Brincadeiras de Anjo .
Sentado em seu trono o rei penico nono todo dia um novo decreto cria. Ontem mesmo proibiu qualquer um de fazer “pum” e o povo obediente  agora só faz: “ pom”, “pim”, “pente”. O decreto de hoje é ainda mais severo ninguém pode fazer cocô nos penicos do castelo. CORREIA, Almir.  Poemas malandrinhos .
SEU LOBO Seu Lobo, por que esses olhos tão grandes? Pra te ver, Chapeuzinho. Seu Lobo, pra que essas pernas tão grandes? Pra correr atrás de ti, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que esses braços tão fortes? Pra te pegar, Chapeuzinho. Seu Lobo, pra que essas patas tão grandes? Pra te apertar, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que esse nariz tão grande? Pra te cheirar, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que essa boca tão grande?  Ah, deixa de ser enjoada, Chapeuzinho! CAPARELLI, Sérgio.  111 poemas para crianças.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das CrônicasProjeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das CrônicasNecy
 
Adivinhas com animais
Adivinhas com animaisAdivinhas com animais
Adivinhas com animaisJosé Martins
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...orientadoresdeestudopaic
 
Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos Jairtes Lima
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoCláudia Borges
 
Frases e tipos de frases
Frases e tipos de frasesFrases e tipos de frases
Frases e tipos de frasesSilmara Robles
 
Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010Isabel DA COSTA
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da músicaMary Alvarenga
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Adriana Mello
 
Eu sou assim e vou te mostrar
 Eu sou assim e vou te mostrar Eu sou assim e vou te mostrar
Eu sou assim e vou te mostrarmeloand
 
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria Machado
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria MachadoLivro - Uma história de páscoa - Ana Maria Machado
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria MachadoRenata Grechia
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variadosIsa ...
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros Mary Alvarenga
 

Mais procurados (20)

Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das CrônicasProjeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
Projeto 5º Ano Viajando no Mundo das Crônicas
 
Historia da Menina bonita do laço de fita
Historia da Menina  bonita do laço de fitaHistoria da Menina  bonita do laço de fita
Historia da Menina bonita do laço de fita
 
POESIA INFANTIL
POESIA INFANTIL POESIA INFANTIL
POESIA INFANTIL
 
Pronomes Possessivos atividade portugues PLE
Pronomes Possessivos atividade portugues PLEPronomes Possessivos atividade portugues PLE
Pronomes Possessivos atividade portugues PLE
 
Adivinhas com animais
Adivinhas com animaisAdivinhas com animais
Adivinhas com animais
 
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
LINGUA PORTUGUESA CADERNO DE PRODUÇÃO TEXTUAL 5º ANO_1º_e_2º_BIMESTRE-PAIC+ A...
 
Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos Atividades encontros-vocálicos
Atividades encontros-vocálicos
 
Frases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinhoFrases para ordenar menino maluquinho
Frases para ordenar menino maluquinho
 
Frases e tipos de frases
Frases e tipos de frasesFrases e tipos de frases
Frases e tipos de frases
 
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um FuturoTexto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
 
Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010Faça Lá Um Poema! 2010
Faça Lá Um Poema! 2010
 
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da músicaO Caderno  de Toquinho - Análise e entendimento da música
O Caderno de Toquinho - Análise e entendimento da música
 
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011Apostila do 1° ano 5° ano 2011
Apostila do 1° ano 5° ano 2011
 
Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1Livro projeto gato xadrez 1
Livro projeto gato xadrez 1
 
Cartas enigmáticas
Cartas enigmáticasCartas enigmáticas
Cartas enigmáticas
 
Eu sou assim e vou te mostrar
 Eu sou assim e vou te mostrar Eu sou assim e vou te mostrar
Eu sou assim e vou te mostrar
 
Casamento caipira
Casamento caipiraCasamento caipira
Casamento caipira
 
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria Machado
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria MachadoLivro - Uma história de páscoa - Ana Maria Machado
Livro - Uma história de páscoa - Ana Maria Machado
 
Apostila para trabalhar textos variados
Apostila para trabalhar  textos variadosApostila para trabalhar  textos variados
Apostila para trabalhar textos variados
 
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros Atividade ortográfica - Caçada aos erros
Atividade ortográfica - Caçada aos erros
 

Semelhante a Ensino em casa

Cancioneiro infantil
Cancioneiro infantilCancioneiro infantil
Cancioneiro infantilMekinho20
 
Caderno de leitura poesias
Caderno de leitura poesias Caderno de leitura poesias
Caderno de leitura poesias Lakalondres
 
Portefólio da linguagem
Portefólio da linguagemPortefólio da linguagem
Portefólio da linguagemDiana Sousa
 
Alguma poesia carlos drummond de andrade
Alguma poesia carlos drummond de andradeAlguma poesia carlos drummond de andrade
Alguma poesia carlos drummond de andrademariliarosa
 
Poemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtroPoemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtrocenlf
 
Poemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtroPoemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtrocenlf
 
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdf
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdfA-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdf
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdfaraujomanoell23
 
Livro de musicas_infantis
Livro de musicas_infantisLivro de musicas_infantis
Livro de musicas_infantisDulce Silva
 
Quem Canta Seus Males Espanta
Quem Canta Seus Males EspantaQuem Canta Seus Males Espanta
Quem Canta Seus Males EspantaEdu.contab
 
Texto brincadeiras cantadas
Texto brincadeiras cantadasTexto brincadeiras cantadas
Texto brincadeiras cantadasgiseleedf
 

Semelhante a Ensino em casa (20)

Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
Fichas De Poesia
Fichas De PoesiaFichas De Poesia
Fichas De Poesia
 
Cancioneiro infantil
Cancioneiro infantilCancioneiro infantil
Cancioneiro infantil
 
Ciganos pontos
Ciganos pontosCiganos pontos
Ciganos pontos
 
Fungaga letras
Fungaga letrasFungaga letras
Fungaga letras
 
Caderno de leitura
Caderno de leituraCaderno de leitura
Caderno de leitura
 
Poesia
PoesiaPoesia
Poesia
 
Caderno de leitura poesias
Caderno de leitura poesias Caderno de leitura poesias
Caderno de leitura poesias
 
PROJETO POESIA
PROJETO POESIAPROJETO POESIA
PROJETO POESIA
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
 
Portefólio da linguagem
Portefólio da linguagemPortefólio da linguagem
Portefólio da linguagem
 
Alguma poesia carlos drummond de andrade
Alguma poesia carlos drummond de andradeAlguma poesia carlos drummond de andrade
Alguma poesia carlos drummond de andrade
 
Poesias
PoesiasPoesias
Poesias
 
Poemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtroPoemas xx en galego sen filtro
Poemas xx en galego sen filtro
 
Poemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtroPoemas XX en galego sen filtro
Poemas XX en galego sen filtro
 
Veice
VeiceVeice
Veice
 
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdf
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdfA-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdf
A-arca-de-Noé-Vinícius-de-Moraes-alguns-poemas.pdf
 
Livro de musicas_infantis
Livro de musicas_infantisLivro de musicas_infantis
Livro de musicas_infantis
 
Quem Canta Seus Males Espanta
Quem Canta Seus Males EspantaQuem Canta Seus Males Espanta
Quem Canta Seus Males Espanta
 
Texto brincadeiras cantadas
Texto brincadeiras cantadasTexto brincadeiras cantadas
Texto brincadeiras cantadas
 

Mais de Paulo Fochi

Cuco a linguagem dos bebês no teatro
Cuco a linguagem dos bebês no teatroCuco a linguagem dos bebês no teatro
Cuco a linguagem dos bebês no teatroPaulo Fochi
 
Alfabetizar com ou sem receita
Alfabetizar com ou sem receitaAlfabetizar com ou sem receita
Alfabetizar com ou sem receitaPaulo Fochi
 
Nuvem é dragão
Nuvem é dragãoNuvem é dragão
Nuvem é dragãoPaulo Fochi
 
Folclore Infantil
Folclore InfantilFolclore Infantil
Folclore InfantilPaulo Fochi
 
Os Desenhos Das Crianças
Os Desenhos Das CriançasOs Desenhos Das Crianças
Os Desenhos Das CriançasPaulo Fochi
 
Grafismo Infantil - Marita Redin
Grafismo Infantil - Marita RedinGrafismo Infantil - Marita Redin
Grafismo Infantil - Marita RedinPaulo Fochi
 
Espaços Da Educação Infantil
Espaços Da Educação InfantilEspaços Da Educação Infantil
Espaços Da Educação InfantilPaulo Fochi
 

Mais de Paulo Fochi (7)

Cuco a linguagem dos bebês no teatro
Cuco a linguagem dos bebês no teatroCuco a linguagem dos bebês no teatro
Cuco a linguagem dos bebês no teatro
 
Alfabetizar com ou sem receita
Alfabetizar com ou sem receitaAlfabetizar com ou sem receita
Alfabetizar com ou sem receita
 
Nuvem é dragão
Nuvem é dragãoNuvem é dragão
Nuvem é dragão
 
Folclore Infantil
Folclore InfantilFolclore Infantil
Folclore Infantil
 
Os Desenhos Das Crianças
Os Desenhos Das CriançasOs Desenhos Das Crianças
Os Desenhos Das Crianças
 
Grafismo Infantil - Marita Redin
Grafismo Infantil - Marita RedinGrafismo Infantil - Marita Redin
Grafismo Infantil - Marita Redin
 
Espaços Da Educação Infantil
Espaços Da Educação InfantilEspaços Da Educação Infantil
Espaços Da Educação Infantil
 

Último

TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024GleyceMoreiraXWeslle
 

Último (20)

TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Terceira Série (Primeiro Trimestre)
 
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
Apresentação sobre o Combate a Dengue 2024
 

Ensino em casa

  • 1.
  • 2. A CANÇÃO DOS TAMANQUINHOS Troc...troc...troc...troc... Ligeirinhos, ligeirinhos, Troc...troc...troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... Madrugada. Troc...troc... Pelas portas dos vizinhos Vão batendo, troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... Chove. Troc...troc...troc... No silêncio dos caminhos Alagados, troc...troc... Vão cantando os tamanquinhos... E até mesmo, troc...troc... Os que têm sedas e arminhos, Sonham – troc...troc...troc... Com seu par de tamanquinhos... MEIRELES, Cecília. Criança meu amor .
  • 3. IMPROVISO “ Bico, bico, surumbico Quem te deu tamanho bico?” Baco, baco, surumbaco, quem fez cócegas no sovaco? Béco, béco, surumbéco, quem toca reco-reco? Bico, bico, surumbico, quem tem cara de penico? Bóco, bóco, surumbóco, quem desfila nesse bloco? Buco, buco, surumbuco, quem partiu pra Pernambuco? JOSÉ, Elias. Segredinhos de amor .
  • 4.
  • 5. BALANÇO Corda de guitarra faz dlim corda de baixo faz dom corda de relógio faz tic corda de carinho é bom. Corda de balanço sobe & desce corda de tristeza vai & vem vamos todos pra praça que o amor chegou de trem. DUARTE, Osvaldo. Abri, Abriste, Abreu.
  • 6.
  • 7. A VACA E O BOI A vaca falou pro boi: - Onde foi que você foi? O boi mugiu sorridente que estava com dor de dente. A vaca disse: - É mentira! (e quase perdeu a linha) - Eu já sei que você anda namorando com a vizinha, aquela vaca bandida, aquela coisa holandesa, aquela praga horrorosa, que se julga uma princesa! Ouvindo aquele berreiro, o boi saiu de fininho. A vaca tinha ciúme, mas o boi era solteiro... AZEVEDO, Ricardo. Dezenove poemas desengonçados.
  • 8. RESPOSTAS - Vá plantar batata. - Depois você descasca? - Vá lamber sabão. - Pois não. Mas me empresta a sua língua que a minha já está limpa. - Vá ver se eu estou na esquina. - Fui e nada vi: o bobo estava aqui. - Vá caçar sapo. - Cacei, aqui está: mande logo pro papo. PAES, José Paulo. Poemas para brincar .
  • 9. PAPO DE ANJO - São Damião era um são damiinho ou Santo Agostinho era um santo agostão? - São Sebastião era um são sebastinho ou São Valentim era um são valentão? - São Salomão era um são salaminho ou São Balalão era um são balãozinho? - São pelos São Paulos que os santos santinhos ou são pelos São Pedros que os santos sáo sãos? BARRETO, Antônio. Brincadeiras de Anjo .
  • 10. Sentado em seu trono o rei penico nono todo dia um novo decreto cria. Ontem mesmo proibiu qualquer um de fazer “pum” e o povo obediente agora só faz: “ pom”, “pim”, “pente”. O decreto de hoje é ainda mais severo ninguém pode fazer cocô nos penicos do castelo. CORREIA, Almir. Poemas malandrinhos .
  • 11. SEU LOBO Seu Lobo, por que esses olhos tão grandes? Pra te ver, Chapeuzinho. Seu Lobo, pra que essas pernas tão grandes? Pra correr atrás de ti, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que esses braços tão fortes? Pra te pegar, Chapeuzinho. Seu Lobo, pra que essas patas tão grandes? Pra te apertar, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que esse nariz tão grande? Pra te cheirar, Chapeuzinho. Seu Lobo, por que essa boca tão grande? Ah, deixa de ser enjoada, Chapeuzinho! CAPARELLI, Sérgio. 111 poemas para crianças.