SlideShare uma empresa Scribd logo
REVISÃO
NEUROANATOMIA
Profa Maria Fernanda
SISTEMA NERVOSO
CENTRAL
SISTEMA NERVOSO
PERIFÉRICO
Encéfalo
Medula Espinhal
Cérebro
Cerebelo
Tronco
Encefálico
Mesencéfalo
Ponte
Bulbo
Nervos
Gânglios
Terminações Nervosas
Espinhais
Cranianos
Organização do Sistema Nervoso
Processamento
e Integração
de Informações
Condução de Informações entre
órgãos receptores de estímulos
O SNC e órgãos efetores
(músculo, glândulas)
TECIDO NERVOSO
Células
Neurônios Neurogliais
• receber
• processar
• enviar informações
• sustentação
•modulação da
atividade neuronal
•revestimento
• defesa
1. Astrocitos
2. Oligodendrócitos
3. Células
ependimárias
4. Microglia
Função
Astrocito Sustentação e nutrição dos neurônios
Oligodentrocito Sintetiza mielina a nivel do sistema
nervoso central.
Microglia Fagocitose, é o macrófago do
sistema nervoso central.
Célula
ependimaria
Reveste cavidades que contém
líquido cefalorraquidiano
Célula de
Schwann
Sintetiza mielina no sistema nervoso
periférico.
Dendritos
(múltiplos)
Corpo Celular
(Pericário)
Axônio (único)
Neurônio
Neurônio
O percurso do impulso nervoso no neurônio é
sempre no sentido dendrito --> corpo celular -
-> axônio.
NEURONIO SENSITIVOMOTOR
• Substância branca fibras nervosas mielínicas e
neuróglia,
• Substância cinzenta corpos de neurônios, fibras
amielínicas, neuróglia,
• Fibras nervosas no SNC reúnem-se em feixes
tractos ou fascículos,
• Fibras nervosas no SNP reúnem-se em feixes
nervos.
MOTOR
SENSITIVO
Medula Espinhal
MEDULA ESPINHAL
• SUBSTÂNCIA CINZENTA POR DENTRO DA BRANCA
• FORMA DE UM “H “.
• CONSTITUÍDA DE UM AGLOMERADO DE NÚCLEOS
(corpos celulares, células gliais e vasos sanguíneos)
MEDULA ESPINHAL
• SUBSTÂNCIA BRANCA:
• FIBRAS MIELÍNICAS , AGRUPADAS EM 3
FUNÍCULOS (CORDÕES), SOBEM E DESCEM PELA
MEDULA.
MEDULA ESPINHAL
NERVO
Filamentos radiculares (radículas)
Raiz ventral Raiz dorsal + Gânglio
sensitivo
NERVOS ESPINHAIS
MEDULA ESPINHAL
• 31 PARES DE NERVOS ESPINHAIS:
 8 CERVICAIS
 12 TORÁCICOS
 5 LOMBARES
 5 SACRAIS
 1 COCCÍGEO
DERMÁTOMOS
1. T4 – mamilo
2. T10- cicatriz
umbilical
3. T12- crista iliaca
Vias de sensibilidade
• Constituídas de 3 neuronios
• O segundo neuronio cruza a linha mediana
SUPERFICIAL
(cruzamento na
medula)
PROFUNDA
(cruzamento
no bulbo)
• DOR e TEMPERATURA
(trato espininotalâmico
lateral)
• TATO PROTOPÁTICO E
PRESSÃO (trato
espinotalâmico
anterior)
• PROPRIOCEPÇÃO
• SENSIBILIDADE VIBRATÓRIA
• TATO DISCRIMINATIVO (EPICRÍTICO)
1. Discriminação de 2 pontos
2. Grafoestesia
3. Estereognosia
FASCÍCULO GRÁCIL E CUNEIFORME
ANTERO – LATERAL
(Espino-talamico)
Tato protopático
Dor e Temperatura
Fasciculo grácil e
cuneiforme
Tato epicrítico, Proprioceçâo,
Vibração
Cruzamento
na MEDULA
Cruzamento
no BULBO
Vias somestésicas
Sensibilidade: ipsilateral Sensibilidade: contralateral
Profunda
superficial
SENSIBILIDADE
SUPERFICIAL => Tratos
espinotalâmico
anterior e lateral
Lesão do trato espinotalâmico lateral
Anestesia térmica e dolorosa da região do corpo
abaixo e contra lateralmente à lesão
FASCÍCULO GRÁCIL E CUNEIFORME
(sensibilidade profunda)
• SECÇÃO MEDULAR
abaixo da lesão
anestesia para todas as
formas de sensibilidade
• HEMISECÇÃO DA
MEDULA (SÍNDROME
DE BROWN SEQUARD)
abaixo da lesão:
 abolição da
sensibilidade profunda
do mesmo lado da
lesão,
anestesia térmica e
dolorosa do lado oposto
da lesão.
Sistema Piramidal (Motricidade)
•1º neurônio motor (neuronio motor
superior)
•Via piramidal
•2º neurônio motor (neuronio motor
inferior)
•Via periférica
Neuronios motores
• Neurônio motor superior (NMS)corpo celular no
córtex motor primário=>giro pré-central do lobo
frontal
• Neurônios motor inferior (NMI) =>encontrados na
coluna anterior da medula espinal ou em núcleos de
nervos cranianos motores do tronco encefálico
• Axônios dos neurônios motores saem pelas raízes
ventrais ou pelos nervos cranianos para suprir
músculos esqueléticos,
• Sinapses NMI com fibras musculares formam junções
neuromusculares e liberam o neurotransmissor
acetilcolina (Ach)
NÚCLEOS DOS NERVOS CRANIANOS MOTORES NO
TRONCO ENCEFÁLICO
Vias descendentes (motoras)
• Trato piramidal ou córtico-espinhal – destino 
núcleos motores espinhais (une o córtex aos
neurônios motores)
• Trato córtico-bulbar ou córtico-nuclear : destino
 núcleos motores do tronco.
Trato corticospinal
Cortex motor primário
Células piramidais
Controle dos olhos,
mandíbula, faringe
Piramidal
• Após sairem do córtex (área 4 ) :
os axônios do trato piramidal descem pela corona
radiada,
para atingir a perna posterior da cápsula interna,
 base do pedúnculo cerebral,
 base da ponte e
pirâmide bulbar.
Trato cortico espinhal lateral
• Ao nível do bulbo forma um só feixe , a pirâmide
bulbar (piramidal),
• No 1/3 caudal as fibras cruzam pela decussação
piramidal,
• 90% das fibras passam dorsolateralmente para
formar o trato córtico-espinhal lateral (mais
importante),
• Ocupa funículo lateral.
Copyright © 2009 Allyn & Bacon
Homúnculo
motor (Penfield)
Trato cortico espinhal anterior
• fibras não cruzadas.
• fibras ocupam o funículo anterior,
• Terminam com relação aos neurônios motores
contralaterais, cruzam comissura branca
Trato cortico nuclear
• Fibras do córtex motor aos núcleos dos
nervos cranianos motores
• Mesencéfalo – III e IV pares cranianos
• Ponte – V, VI e VII pares cranianos
• Bulbo – IX, X, XI e XII pares cranianos
Neuroanatomia 20
Neuroanatomia 20

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Anatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periféricoAnatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periférico
Caio Maximino
 
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Hamilton Nobrega
 
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Claudio Pereira
 
Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11
Williams Pinto Williamsc.Pinto
 
Articulacoes cinesiologia
Articulacoes  cinesiologiaArticulacoes  cinesiologia
Articulacoes cinesiologia
Laine Costa
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Herbert Santana
 
Nucleos da base
Nucleos da baseNucleos da base
Nucleos da base
Natha Fisioterapia
 
Tecido nervoso aula 2
Tecido nervoso   aula 2Tecido nervoso   aula 2
Tecido nervoso aula 2
Janderson Physios
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
pauloalambert
 
Sensibilidade 14
Sensibilidade 14Sensibilidade 14
Sensibilidade 14
pauloalambert
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Hamilton Nobrega
 
Fisiopatologia do córtex cerebral
Fisiopatologia do córtex cerebralFisiopatologia do córtex cerebral
Fisiopatologia do córtex cerebral
Marcus César Petindá Fonseca
 
Histologia do tecido nervoso
Histologia do tecido nervosoHistologia do tecido nervoso
Histologia do tecido nervoso
Caio Maximino
 
Tronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNCTronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNC
Adriana Mércia
 
Ventrículos - Neuroanatomia
Ventrículos - NeuroanatomiaVentrículos - Neuroanatomia
Ventrículos - Neuroanatomia
Margarida Fernandes
 
Introdução à neuroanatomia
Introdução à neuroanatomiaIntrodução à neuroanatomia
Introdução à neuroanatomia
Caio Maximino
 
Funções corticais
Funções corticais Funções corticais
Funções corticais
Paulo Alambert
 
Medula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos EspinhaisMedula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos Espinhais
Vânia Caldeira
 
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso AutônomoAula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Mauro Cunha Xavier Pinto
 
T4 formacao reticular
T4 formacao reticularT4 formacao reticular
T4 formacao reticular
Vinicius Nascimento
 

Mais procurados (20)

Anatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periféricoAnatomia do sistema nervoso periférico
Anatomia do sistema nervoso periférico
 
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..Aula 04   anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
Aula 04 anatomia e fisiologia do sistema ósseo e articular..
 
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotoveloCinesiologia e biomecanica do cotovelo
Cinesiologia e biomecanica do cotovelo
 
Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11Nervos e terminações nervosas cp 11
Nervos e terminações nervosas cp 11
 
Articulacoes cinesiologia
Articulacoes  cinesiologiaArticulacoes  cinesiologia
Articulacoes cinesiologia
 
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema CardiovascularFisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
Fisiologia Humana 5 - Sistema Cardiovascular
 
Nucleos da base
Nucleos da baseNucleos da base
Nucleos da base
 
Tecido nervoso aula 2
Tecido nervoso   aula 2Tecido nervoso   aula 2
Tecido nervoso aula 2
 
Reflexos
ReflexosReflexos
Reflexos
 
Sensibilidade 14
Sensibilidade 14Sensibilidade 14
Sensibilidade 14
 
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologiaAula 06   sistema nervoso - anatomia e fisiologia
Aula 06 sistema nervoso - anatomia e fisiologia
 
Fisiopatologia do córtex cerebral
Fisiopatologia do córtex cerebralFisiopatologia do córtex cerebral
Fisiopatologia do córtex cerebral
 
Histologia do tecido nervoso
Histologia do tecido nervosoHistologia do tecido nervoso
Histologia do tecido nervoso
 
Tronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNCTronco encefálico - SNC
Tronco encefálico - SNC
 
Ventrículos - Neuroanatomia
Ventrículos - NeuroanatomiaVentrículos - Neuroanatomia
Ventrículos - Neuroanatomia
 
Introdução à neuroanatomia
Introdução à neuroanatomiaIntrodução à neuroanatomia
Introdução à neuroanatomia
 
Funções corticais
Funções corticais Funções corticais
Funções corticais
 
Medula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos EspinhaisMedula e Nervos Espinhais
Medula e Nervos Espinhais
 
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso AutônomoAula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
Aula - SNA - Introdução ao Sistema Nervoso Autônomo
 
T4 formacao reticular
T4 formacao reticularT4 formacao reticular
T4 formacao reticular
 

Semelhante a Neuroanatomia 20

Revisão neuroanatomia 17
Revisão neuroanatomia 17 Revisão neuroanatomia 17
Revisão neuroanatomia 17
Paulo Alambert
 
Revisão de Neuroanatomia
Revisão de NeuroanatomiaRevisão de Neuroanatomia
Revisão de Neuroanatomia
pauloalambert
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomiaRevisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
pauloalambert
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
VaneSilva20
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
Simone Alvarenga
 
Filogenese do Sistema Nervoso
Filogenese do Sistema NervosoFilogenese do Sistema Nervoso
Filogenese do Sistema Nervoso
Liga de neurociências
 
Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano
Rosana Cunha Bueno
 
Anatomia do sistema nervoso i
Anatomia do sistema nervoso iAnatomia do sistema nervoso i
Anatomia do sistema nervoso i
Kárita Botelho
 
Sistema nervoso.pptx
Sistema nervoso.pptxSistema nervoso.pptx
Sistema nervoso.pptx
AlvaroMansano
 
rmacao Aula de formação reticular
rmacao Aula de formação reticularrmacao Aula de formação reticular
rmacao Aula de formação reticular
André Mahmoud
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
SamuelXavier27
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
Colégios particulares
 
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
Natha Fisioterapia
 
Desenvolvimento do sistema nervoso
Desenvolvimento do sistema nervosoDesenvolvimento do sistema nervoso
Desenvolvimento do sistema nervoso
Natha Fisioterapia
 
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
Joao Luiz Macedo
 
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
Ussene5
 
693153
693153693153
CóPia De Sn Central MóDulo 15
CóPia De Sn Central  MóDulo 15CóPia De Sn Central  MóDulo 15
CóPia De Sn Central MóDulo 15
Antonio Luis Sanfim
 
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃOSISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
NEUROCIÊNCIAS DESCOMPLICADA
 
Introdução Neuroanatomia
Introdução NeuroanatomiaIntrodução Neuroanatomia
Introdução Neuroanatomia
Olavo Valente
 

Semelhante a Neuroanatomia 20 (20)

Revisão neuroanatomia 17
Revisão neuroanatomia 17 Revisão neuroanatomia 17
Revisão neuroanatomia 17
 
Revisão de Neuroanatomia
Revisão de NeuroanatomiaRevisão de Neuroanatomia
Revisão de Neuroanatomia
 
Revisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomiaRevisão neuroanatomia
Revisão neuroanatomia
 
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdfSistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
Sistema+Nervoso+-+parte+I 2.pdf
 
11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso11 ¬ aula slides sistema nervoso
11 ¬ aula slides sistema nervoso
 
Filogenese do Sistema Nervoso
Filogenese do Sistema NervosoFilogenese do Sistema Nervoso
Filogenese do Sistema Nervoso
 
Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano Sistema nervoso 9º ano
Sistema nervoso 9º ano
 
Anatomia do sistema nervoso i
Anatomia do sistema nervoso iAnatomia do sistema nervoso i
Anatomia do sistema nervoso i
 
Sistema nervoso.pptx
Sistema nervoso.pptxSistema nervoso.pptx
Sistema nervoso.pptx
 
rmacao Aula de formação reticular
rmacao Aula de formação reticularrmacao Aula de formação reticular
rmacao Aula de formação reticular
 
Sistema Nervoso
Sistema NervosoSistema Nervoso
Sistema Nervoso
 
Sistema nervoso
Sistema nervosoSistema nervoso
Sistema nervoso
 
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
Desenvolvimento do sistema nervoso (1)
 
Desenvolvimento do sistema nervoso
Desenvolvimento do sistema nervosoDesenvolvimento do sistema nervoso
Desenvolvimento do sistema nervoso
 
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
04 EMBRIOLOGIA SN.ppt
 
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
#Sistema Nervoso Central - Dr. Eduardo.pdf
 
693153
693153693153
693153
 
CóPia De Sn Central MóDulo 15
CóPia De Sn Central  MóDulo 15CóPia De Sn Central  MóDulo 15
CóPia De Sn Central MóDulo 15
 
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃOSISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
SISTEMA NERVOSO: EVOLUÇÃO E ORGANIZAÇÃO
 
Introdução Neuroanatomia
Introdução NeuroanatomiaIntrodução Neuroanatomia
Introdução Neuroanatomia
 

Mais de pauloalambert

Dtp 16 21 sp
Dtp 16 21 spDtp 16 21 sp
Dtp 16 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 15 21 sp
Dtp 15 21 spDtp 15 21 sp
Dtp 15 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 14 21 sp
Dtp 14 21 spDtp 14 21 sp
Dtp 14 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 13 21 sp
Dtp 13 21 spDtp 13 21 sp
Dtp 13 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 12 21 sp
Dtp 12 21 spDtp 12 21 sp
Dtp 12 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 11 21 sp
Dtp 11 21 spDtp 11 21 sp
Dtp 11 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 10 21 sp
Dtp 10 21 spDtp 10 21 sp
Dtp 10 21 sp
pauloalambert
 
Dtp 09 21 sp
Dtp 09 21 spDtp 09 21 sp
Dtp 09 21 sp
pauloalambert
 
DTP 08 21 SP
DTP 08 21 SPDTP 08 21 SP
DTP 08 21 SP
pauloalambert
 
DTP 07 21
DTP 07 21DTP 07 21
DTP 07 21
pauloalambert
 
DTP 06 21 SP
DTP 06 21 SPDTP 06 21 SP
DTP 06 21 SP
pauloalambert
 
DTP 05 21 sp
DTP 05 21 spDTP 05 21 sp
DTP 05 21 sp
pauloalambert
 
DTP 0421
DTP 0421DTP 0421
DTP 0421
pauloalambert
 
DTP0321 SP
DTP0321 SPDTP0321 SP
DTP0321 SP
pauloalambert
 
DTP 0221
DTP 0221DTP 0221
DTP 0221
pauloalambert
 
DTP 0221
DTP 0221DTP 0221
DTP 0221
pauloalambert
 
DTP 0121 SP
DTP 0121 SPDTP 0121 SP
DTP 0121 SP
pauloalambert
 
Folha Cornell
Folha CornellFolha Cornell
Folha Cornell
pauloalambert
 
Sinais meningeos 20
Sinais meningeos 20Sinais meningeos 20
Sinais meningeos 20
pauloalambert
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
pauloalambert
 

Mais de pauloalambert (20)

Dtp 16 21 sp
Dtp 16 21 spDtp 16 21 sp
Dtp 16 21 sp
 
Dtp 15 21 sp
Dtp 15 21 spDtp 15 21 sp
Dtp 15 21 sp
 
Dtp 14 21 sp
Dtp 14 21 spDtp 14 21 sp
Dtp 14 21 sp
 
Dtp 13 21 sp
Dtp 13 21 spDtp 13 21 sp
Dtp 13 21 sp
 
Dtp 12 21 sp
Dtp 12 21 spDtp 12 21 sp
Dtp 12 21 sp
 
Dtp 11 21 sp
Dtp 11 21 spDtp 11 21 sp
Dtp 11 21 sp
 
Dtp 10 21 sp
Dtp 10 21 spDtp 10 21 sp
Dtp 10 21 sp
 
Dtp 09 21 sp
Dtp 09 21 spDtp 09 21 sp
Dtp 09 21 sp
 
DTP 08 21 SP
DTP 08 21 SPDTP 08 21 SP
DTP 08 21 SP
 
DTP 07 21
DTP 07 21DTP 07 21
DTP 07 21
 
DTP 06 21 SP
DTP 06 21 SPDTP 06 21 SP
DTP 06 21 SP
 
DTP 05 21 sp
DTP 05 21 spDTP 05 21 sp
DTP 05 21 sp
 
DTP 0421
DTP 0421DTP 0421
DTP 0421
 
DTP0321 SP
DTP0321 SPDTP0321 SP
DTP0321 SP
 
DTP 0221
DTP 0221DTP 0221
DTP 0221
 
DTP 0221
DTP 0221DTP 0221
DTP 0221
 
DTP 0121 SP
DTP 0121 SPDTP 0121 SP
DTP 0121 SP
 
Folha Cornell
Folha CornellFolha Cornell
Folha Cornell
 
Sinais meningeos 20
Sinais meningeos 20Sinais meningeos 20
Sinais meningeos 20
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAISANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
ANTI-INFLAMATÓRIOS NÃO ESTEROIDAIS
 

Último

Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
rickriordan
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
sula31
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
DelcioVumbuca
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
AmaroAlmeidaChimbala
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
marjoguedes1
 

Último (6)

Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdfVacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
Vacina, conceito, tipos, produção, aplicaçãopdf
 
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
Programa de Saúde do Adolescente( PROSAD)
 
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
Livro do Instituto da Saúde: amplia visões e direitos no ciclo gravídico-puer...
 
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de suturaTipos de pontos e suturas técnicas de sutura
Tipos de pontos e suturas técnicas de sutura
 
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
5. SISTEMA ENDOCRINO-- (2).pptx florentino
 
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptxSíndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
Síndrome do Desconforto Respiratório do Recém-Nascido (SDR).pptx
 

Neuroanatomia 20

  • 2. SISTEMA NERVOSO CENTRAL SISTEMA NERVOSO PERIFÉRICO Encéfalo Medula Espinhal Cérebro Cerebelo Tronco Encefálico Mesencéfalo Ponte Bulbo Nervos Gânglios Terminações Nervosas Espinhais Cranianos Organização do Sistema Nervoso Processamento e Integração de Informações Condução de Informações entre órgãos receptores de estímulos O SNC e órgãos efetores (músculo, glândulas)
  • 3.
  • 4. TECIDO NERVOSO Células Neurônios Neurogliais • receber • processar • enviar informações • sustentação •modulação da atividade neuronal •revestimento • defesa 1. Astrocitos 2. Oligodendrócitos 3. Células ependimárias 4. Microglia
  • 5. Função Astrocito Sustentação e nutrição dos neurônios Oligodentrocito Sintetiza mielina a nivel do sistema nervoso central. Microglia Fagocitose, é o macrófago do sistema nervoso central. Célula ependimaria Reveste cavidades que contém líquido cefalorraquidiano Célula de Schwann Sintetiza mielina no sistema nervoso periférico.
  • 7. Neurônio O percurso do impulso nervoso no neurônio é sempre no sentido dendrito --> corpo celular - -> axônio.
  • 9.
  • 10. • Substância branca fibras nervosas mielínicas e neuróglia, • Substância cinzenta corpos de neurônios, fibras amielínicas, neuróglia, • Fibras nervosas no SNC reúnem-se em feixes tractos ou fascículos, • Fibras nervosas no SNP reúnem-se em feixes nervos.
  • 13. MEDULA ESPINHAL • SUBSTÂNCIA CINZENTA POR DENTRO DA BRANCA • FORMA DE UM “H “. • CONSTITUÍDA DE UM AGLOMERADO DE NÚCLEOS (corpos celulares, células gliais e vasos sanguíneos)
  • 14. MEDULA ESPINHAL • SUBSTÂNCIA BRANCA: • FIBRAS MIELÍNICAS , AGRUPADAS EM 3 FUNÍCULOS (CORDÕES), SOBEM E DESCEM PELA MEDULA.
  • 16. NERVO Filamentos radiculares (radículas) Raiz ventral Raiz dorsal + Gânglio sensitivo NERVOS ESPINHAIS
  • 17.
  • 18. MEDULA ESPINHAL • 31 PARES DE NERVOS ESPINHAIS:  8 CERVICAIS  12 TORÁCICOS  5 LOMBARES  5 SACRAIS  1 COCCÍGEO
  • 19.
  • 20. DERMÁTOMOS 1. T4 – mamilo 2. T10- cicatriz umbilical 3. T12- crista iliaca
  • 21. Vias de sensibilidade • Constituídas de 3 neuronios • O segundo neuronio cruza a linha mediana SUPERFICIAL (cruzamento na medula) PROFUNDA (cruzamento no bulbo) • DOR e TEMPERATURA (trato espininotalâmico lateral) • TATO PROTOPÁTICO E PRESSÃO (trato espinotalâmico anterior) • PROPRIOCEPÇÃO • SENSIBILIDADE VIBRATÓRIA • TATO DISCRIMINATIVO (EPICRÍTICO) 1. Discriminação de 2 pontos 2. Grafoestesia 3. Estereognosia FASCÍCULO GRÁCIL E CUNEIFORME
  • 22. ANTERO – LATERAL (Espino-talamico) Tato protopático Dor e Temperatura Fasciculo grácil e cuneiforme Tato epicrítico, Proprioceçâo, Vibração Cruzamento na MEDULA Cruzamento no BULBO Vias somestésicas Sensibilidade: ipsilateral Sensibilidade: contralateral
  • 25. Lesão do trato espinotalâmico lateral Anestesia térmica e dolorosa da região do corpo abaixo e contra lateralmente à lesão
  • 26. FASCÍCULO GRÁCIL E CUNEIFORME (sensibilidade profunda)
  • 27. • SECÇÃO MEDULAR abaixo da lesão anestesia para todas as formas de sensibilidade • HEMISECÇÃO DA MEDULA (SÍNDROME DE BROWN SEQUARD) abaixo da lesão:  abolição da sensibilidade profunda do mesmo lado da lesão, anestesia térmica e dolorosa do lado oposto da lesão.
  • 28. Sistema Piramidal (Motricidade) •1º neurônio motor (neuronio motor superior) •Via piramidal •2º neurônio motor (neuronio motor inferior) •Via periférica
  • 29. Neuronios motores • Neurônio motor superior (NMS)corpo celular no córtex motor primário=>giro pré-central do lobo frontal • Neurônios motor inferior (NMI) =>encontrados na coluna anterior da medula espinal ou em núcleos de nervos cranianos motores do tronco encefálico • Axônios dos neurônios motores saem pelas raízes ventrais ou pelos nervos cranianos para suprir músculos esqueléticos, • Sinapses NMI com fibras musculares formam junções neuromusculares e liberam o neurotransmissor acetilcolina (Ach)
  • 30. NÚCLEOS DOS NERVOS CRANIANOS MOTORES NO TRONCO ENCEFÁLICO
  • 31. Vias descendentes (motoras) • Trato piramidal ou córtico-espinhal – destino  núcleos motores espinhais (une o córtex aos neurônios motores) • Trato córtico-bulbar ou córtico-nuclear : destino  núcleos motores do tronco.
  • 32. Trato corticospinal Cortex motor primário Células piramidais Controle dos olhos, mandíbula, faringe
  • 33. Piramidal • Após sairem do córtex (área 4 ) : os axônios do trato piramidal descem pela corona radiada, para atingir a perna posterior da cápsula interna,  base do pedúnculo cerebral,  base da ponte e pirâmide bulbar.
  • 34. Trato cortico espinhal lateral • Ao nível do bulbo forma um só feixe , a pirâmide bulbar (piramidal), • No 1/3 caudal as fibras cruzam pela decussação piramidal, • 90% das fibras passam dorsolateralmente para formar o trato córtico-espinhal lateral (mais importante), • Ocupa funículo lateral.
  • 35.
  • 36.
  • 37. Copyright © 2009 Allyn & Bacon Homúnculo motor (Penfield)
  • 38.
  • 39. Trato cortico espinhal anterior • fibras não cruzadas. • fibras ocupam o funículo anterior, • Terminam com relação aos neurônios motores contralaterais, cruzam comissura branca
  • 40. Trato cortico nuclear • Fibras do córtex motor aos núcleos dos nervos cranianos motores • Mesencéfalo – III e IV pares cranianos • Ponte – V, VI e VII pares cranianos • Bulbo – IX, X, XI e XII pares cranianos