Dc270313 unilus

159 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
159
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dc270313 unilus

  1. 1. FFM, 34 anos, branca, casada, natural de São Paulo, jornalista.QP: Dor no corpo e nas articulaçõesHDA: Há 6 meses apresenta fadiga importante e poliartralgia em tornozelos,joelhos, quadril E, e ombros, além de lombalgia e cervicalgia, de ritmoinflamatório, e de forma intermitente e recidivante. Piora progressiva nosúltimos dois meses, limitando a deambulação. Apresenta ainda episódios deelevação de temperatura vespertina (Tax max: 37,6*C), aumento do número delinfonodos cervicais, axilar e inguinal, além de episódios de hipotensão arterial, esíncope. Relata alguns episódios de tremor, sudorese fria e lipotimia, quemelhoram após ingestão de alimentos.Há 3 meses diagnosticado fibromialgia e está em tratamento com duoloxetina60mg sem controle do quadro álgico. Há 1 ano e meio atrás esteve internada por fadiga, diarreia crônica eemagrecimento de 30Kg desde o parto de sua filha, hoje com 2,5 anos. Realizadocolonoscopia durante a internação que evidenciou mucosa friável e presença demúltiplas úlceras rasas em toda mucosa. Desde então em uso de mesalazina1g/dia, com redução do número de diarreia.HPP: Alergia a Sulfa. Nega cirurgias ou outras internações prévias. Nefrolitíaseem 2009.Gesta II para II. Apresentou diabetes gestacional na última gestação. Negaalteração menstrual.H. Social: tabagista 10 maços-ano. Nega etilismo ou uso de drogas ilícitas.H. Familiar: Nada digno de nota
  2. 2. Ao Exame: Paciente chorosa, emagrecida, em regular estado geral, corada,hidratada, eupneica. FC:65bpm PA: 90x60mmhg em decúbito dorsalPA:70x40mmHg em ortostatismo, SO2: 98%., Peso: 60Kg Altura: 1,70. Sem lesõescutâneas.Polimicroadenopatia cervical, axilar, inguinal, indolor, móveis, consistênciaelástica, <1cm. Tireoide normopalpável.MVUA s/ RARCR, BNF s/ soprosAbdome flácido, doloroso difusamente a palpação sem descompressão dolorosaou visceromegalias.MMII sem edema.Exame do aparelho musculo esquelético: Força grau V nos 4 membros; dor àcompressão de 1 e 7 articulação costocondral bilateral; dor a palpação de IFPs,MCFs, punhos, ombro D, sem sinovite. FABERE positivo à E. Dor a movimentaçãopassiva e ativa de joelhos. Squeeze positivo em pés; Fasciite plantar bilateral edor à palpação na inserção do aquileu bilateral. Dor à palpação de colunavertebral e articulação sacroliliacas bilateralmente. Limitação de rotaçãoocervical (70* bilateral) e de flexão de tronco (teste de Schober: 4cm).Exame neurológico: nada digno de nota.
  3. 3. Exames complementares: Hb: 13 PCR:0,6 Ur:20 GGT:56 CPK:40Leuco:5700 TSH:3,5 Cr:0,9 FA:76 HLA-B27 negativo Pq:230 FAN negativo TGO:13 DHL:270 G: 80 VHS:13 FR negativo TGP:15 Eletroforese de proteína normalRX de tórax sem alteraçãoEcocardiograma normalTC de tórax: linfonodos mediastinais e axilares aumentados em número, detamanho <1cmTC de abdome e pelve: linfonodos aumentados em numero de aspecto reacional,<1cm. Litiase renal à D.Cintilografia óssea: normalPET scan: linfonodos aumentados em número, com metabolismo normal.Sugestivo de linfonodo reacionalSorologias virais: HIV, hepatite A, B, C negativos, Rubéola, CMV, EBV IgGpositivo/ IgM negativo.
  4. 4. Nome:1- Liste os problemas relacionados ao caso:2- Liste os diagnósticos sindrômicos:3- Qual (s) especialista (s) você chamaria para avaliar este paciente durante a internação?4- Liste os diagnósticos diferenciais (5):5- Em ordem de probabilidade, justifique os 3 principais diagnósticos possíveis:6- Que exames adicionais você solicitaria?7- Programe o plano terapêutico:8- Descreva os principais efeitos adversos das medicações escolhidas:

×