Feiras de negocios em 2020

316 visualizações

Publicada em

Esta palestra foi desenvolvida por mim e serviu como base para a palestra de Rodrigo Brunet, da Proevento, realizada em Portugal agora em Agosto/14. A ideia é discutir os avanços tecnológicos nas feiras comerciais e eventos em geral e seu impacto na experiência entre expositores e potenciais clientes.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Feiras de negocios em 2020

  1. 1. Feiras de negócios em 2020 TECNOLOGIAS EMERGENTES E A EXPERIÊNCIA NOS PAVILHÕES E CONGRESSOS
  2. 2. A Sociedade conectada!  No Brasil, 200 milhões de dispositivos móveis  35 milhões de smartphones  120 milhões de conexões em banda larga
  3. 3. Os Eventos presenciais vão desaparecer?
  4. 4. Crescimento dos Eventos Fonte: ICCA Report 2013 (se refere a congressos e não inclui feiras comerciais)
  5. 5. FUTURO:
  6. 6. A TECNOLOGIA:  Vai tornar desnecessário o contato físico?  O cliente não precisará mais ver pessoalmente o produto para adquiri-lo?  Os negócios poderão um dia ser totalmente virtuais?  O expositor pode demonstrar seu produto inteiramente on-line?
  7. 7. Ou
  8. 8. A TECNOLOGIA:  Pode simplificar o fechamento de negócios durante o evento?  Vai facilitar a coleta de informações sobre o produto?  Vai facilitar a coleta de informações sobre o visitante?  Pode ajudar no deslocamento do visitante dentro da feira?
  9. 9. FEIRAS COMERCIAIS: Quais são os desafios?  DESAFIO:  Melhorar a troca de informação entre expositor e cliente (Quais os pontos fortes do produto, Quais os pontos fortes do expositor, Qual o perfil do cliente, Quais são seus interesses etc.)  SOLUÇÕES:  Sistemas Identificação rápida do cliente e seu perfil  Recursos audiovisuais para fixação dos pontos fortes do produto e do expositor  Aplicativos para coleta de dados relevantes sobre o produto de forma rápida e eficiente  Rastreamento do visitante, suas preferências e necessidades  Sistema de interação capazes de aproximar cliente e expositor
  10. 10. FEIRAS COMERCIAIS: Quais são os desafios?  DESAFIO:  Melhorar a confiabilidade das informações coletadas (As informações fornecidas estão corretas, o que outros visitantes compartilharam, o que já foi testado etc.)  SOLUÇÕES:  Sistemas conectados a redes sociais  Conteúdo gerado pelo visitante  Possibilidade de ações diretas aos visitantes presentes (SMS, pesquisas em tempo real etc.)  Ferramentas de gerenciamento de conteúdo relevante em tempo real durante o evento
  11. 11. FEIRAS COMERCIAIS: Quais são os desafios?  DESAFIO:  Dificuldade de se localizar dentro do pavilhão (Onde estou? Já passei por aqui? Onde fica tal expositor?)  SOLUÇÃO:  Aplicativos de auto localização in- door  Sistemas de agendamento  Sistemas de orientação
  12. 12. FEIRAS COMERCIAIS: Quais são os desafios?  DESAFIO: COLETA DE INFORMAÇÃO  Material quase sempre impresso, gerando uma grande quantidade de material a ser carreada  Dificuldade de triagem da informação  SOLUÇÃO:  Aplicativos de coleta no smartphone, evitando a necessidade de coletar impressos  Redes sociais capazes de compartilhamento de comentários, avaliação e sugestões, simplificando e agilizando a troca de informações
  13. 13. Como superar esses desafios?
  14. 14. Soluções possíveis  Coletores de dados baseados no código presente no crachá do visitante  Sistema de coleta RFID em pontos estratégicos do evento  QR CODES (NFC, bluetooth ou similar) nos estandes/produtos para que o próprio visitante colete a informação desejada
  15. 15. Coletores de dados a partir dos crachás Prós  Agilidade na coleta  Custo médio contras  Necessário pedir permissão ao visitante  Investimento em hardware (coletor)  Informações não estão disponíveis em tempo real  Não mostra as preferências do visitante, apenas seus dados cadastrados
  16. 16. Sistema de coleta RFID em pontos estratégicos do evento Prós  Agilidade na coleta  Não necessita autorização do visitante  Informações em tempo real contras  Custo alto tanto no chip por visitante quanto nos coletores do pavilhão e nos estandes  Método impessoal (não depende de ação do visitante)  Mostra apenas a presença e movimentação do visitante, não suas preferências ou informações que ele coleta  Apenas rastreia a movimentação do visitante, não mostra as coletas feitas por ele ou seu interesse
  17. 17. Sistema de distribuição de informações (QR CODE, NFC, Bluetooth etc.) Prós  Agilidade na coleta  Custo médio  Ação feita pelo usuário  Mostra o comportamento do usuário, permitindo traçar com precisão seu perfil de interesse  Baixo investimento em hardware (utiliza o próprio smartphone do visitante)  Informações em tempo real contras  Necessário smartphone com conexão ou baixar aplicativo antes de ir à feira
  18. 18. TENDÊNCIAS NOS PRÓXIMOS 5 ANOS
  19. 19. Aumento dos recursos nos dispositivos móveis Cada vez mais, o visitante vai se tornar protagonista das ações nos evento
  20. 20. E hoje são dispositivos móveis
  21. 21. Mas logo se tornarão dispositivos vestíveis
  22. 22. E, depois, não será mais necessários dispositivos, ou quase nenhum
  23. 23. E a identificação não precisará de nenhum Apenas para a coleta o visitante precisará de dispositivos
  24. 24. O importante é que toda essa tecnologia...  Vai aproximar as pessoas  Dar confiabilidade às informações  Agilizar os negócios
  25. 25. OBRIGADO! PAULO ADDAIR www.virtualbag.com.br

×