Antonio Lira

237 visualizações

Publicada em

Poema

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
237
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Antonio Lira

  1. 1. Saibam todos quantosacessam este blog culturalque Itapetim foi o segundonúcleo populacional do AltoPajeú,depois de Flores; estaurbe,que,quandodistrito,chamara-se Floresda Ribeira doPajau,começou a povoar-sem em 11 de setembro de1783.Nossa cidade,que devido auma lei de 1758,adistribuição de terras noSertão do Pajeú foi
  2. 2. fragmentada em pequenaspropriedades,devendohaver uma faixa de umalégua entre estas terras,afim de usá-las para utilidadepública,já era habitada porcentenas de autóctones. E atribo Babicos não deve serramificação de nenhumaoutra,mas devia ter seuspróprios rituais e dialetos.Uma glória,que mereceprofunda pesquisa!Dessas terrasdevolutas,nascia,em 1788,o
  3. 3. Patrimônio de São Pedrodas Lages,nosso amadorincão. Quando meu bisavôpaterno,AmâncioPereira,vindo de paragensparaibanas,ondenascera,chegou ao AltoSertão do Pajeú,com a idéiafixa de fundar o nossomunicípio,àépoca,Umburanas,hojeItapetim,o qual logrou êxitono ano de 1885,o Brasil eraum Império,o chamado
  4. 4. Brasil Monárquico,faziaparte do período Regencial(1831-1840),regido peloImperador D. Pedro II,Pedrode Alcântara,aclamado aocinco anos de idade paradar continuidade ao regimemonárquico.Segundo o site do IBGE,oSr.Amâncio Pereira deuinício a construção daprimeira residência dealvenaria,onde seencontra,atualmente,aBoate Casarão. Graças ao
  5. 5. seu esforço e espíritoprogressista organizou-seuma feira e a primeira casade comércio,que marcou aevolução do povoado. Imagino a persistência debravura indômita de nossoancestral,pois,escreveuAndré Raboni,Bacharel emHistória pelaUFPE,"desbravar as terrasde dentro (Sertões) não eratarefa fácil: diversosdesafios se impuseram aosque se aventuraram nessas
  6. 6. jornadas. Outrospersonagens compunhamesta história. A Naturezasempre esteve presentejunto ao Homem: osxiquexiques,as juremas e osanimais,a água e a terra têmsua participação naconstrução desse mundosertanejo”.Ainda de acordo com Dr.Raboni:“(...) não era tão simplesassim viajar até aquelaregião. Os Homens dos
  7. 7. séculos passados nãodispunham de meiosseguros para realizar essepercurso. Além deperigosa,a viagem era longae cheia de surpresas. Oisolamento da regiãodificultava as comunicaçõese o transporte. O Sertão foiaos poucos revelado.Missionários e bandeirantesinvestiram nas regiões maisremotas do territóriobrasileiro. Os acessos erampoucos e problemáticos. Osrios eram as principaisestradas que conduziam àsterras de dentro”.

×