A-MILK

1.200 visualizações

Publicada em

A-MILK: Angolan Milk Industries Lobito Korporation

Publicada em: Negócios, Tecnologia

A-MILK

  1. 2. INDÍCE
  2. 3. <ul><li>Num país em reconstrução, onde diversas infra-estruturas e industrias voltam a funcionar e consequentemente a dar trabalho ao povo angolano, a necessidade de obter diversos materiais e produtos é cada vez maior. </li></ul><ul><li>Esta necessidade resulta numa importação de tal forma que os diversos portos de Angola já dão sinais de ruptura. </li></ul><ul><li>Leite, é considerado um dos elementos nutricionais mais importantes para o ser humano, tanto no desenvolvimento em tenra idade como na protecção para os idosos. </li></ul><ul><li>Esta apresentação pretende criar as bases para o desenvolvimento sustentável de um projecto industrial de instalações fabris de uma Leitaria em Angola e respectiva infra-estruturas. </li></ul>INTRODUÇÃO
  3. 4. MISSÃO & ESTRATÉGIA <ul><li>A A-MILK tem como missão: </li></ul><ul><li>Acrescentar valor e qualidade ao leite . </li></ul><ul><li>Iremos fazer isto por investir em innovação específica e optimizar a eficiência em todo ao processo da cadeia de produção de lacticínios. </li></ul><ul><li>Trabalhar com uma equipa liderado por especialistas, que obdece aos pilares de rigor, profissionalismo e ética. </li></ul><ul><li>A estratégia da A-MILK assenta em cinco pontos fulcrais, nomeadamente: </li></ul><ul><ul><li>Crescimento (modular e faseada); </li></ul></ul><ul><ul><li>Innovação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Eficiência; </li></ul></ul><ul><ul><li>Harmonização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualidade.  </li></ul></ul>
  4. 5. PORQUE LEITE?
  5. 6. PORQUE LEITE? <ul><li>&quot;As crianças desenvolvem os seus hábitos alimentares em tenra idade e, frequentemente, esses hábitos serão factores decisivos para a sua saúde ao longo de toda a vida. </li></ul><ul><li>Em diversos países o regime de distribuição de leite para as crianças nas escolas tem por objectivo promover a saúde actual e futura, através do apoio prestado às escolas para que forneçam produtos lácteos e os incentivem a adoptar um regime saudável. </li></ul><ul><li>Pôr alimentos e bebidas saudáveis à disposição da população angolanas é uma etapa positiva e necessária. Trata-se de uma abordagem integrada da aplicação de medidas que promovem sistematicamente uma alimentação saudável (e actividades físicas), em domínios que incluem o sector alimentar, a agricultura, o consumo, o desporto, a educação e os transportes. </li></ul><ul><li>As pessoas enfrentam actualmente problemas relacionados com maus hábitos alimentares e da falta de actividade física, que podem, mais tarde, aumentar os riscos de doenças cardíacas, diabetes, acidentes vasculares cerebrais, osteopatia e outros problemas de saúde. </li></ul><ul><li>Neste contexto, na UE, EUA e em muitos países é considerado prioritário o apoio ao desenvolvimento de bons hábitos alimentares e nutricionais. </li></ul><ul><li>E em Angola? </li></ul>
  6. 7. PORQUE A LEITARIA ANGOLA? <ul><li>Produção nacional; </li></ul><ul><li>Incremento da qualidade do leite produzido; </li></ul><ul><li>Reduzir a dependência da importação; </li></ul><ul><li>Desenvolvimento da Angola Industrial; </li></ul><ul><li>Criação de postos de emprego, sendo 60 directos e 400 indirectos; </li></ul><ul><li>Abastecimento de supermercados e mercearias; </li></ul><ul><li>Fazer face a procura futura; </li></ul><ul><li>Redução de custos; </li></ul><ul><li>Porque faz bem a saúde! </li></ul>
  7. 8. ANGOLA , ACTUALMENTE E FUTURO? <ul><li>População corrente: 14.000.000 habitantes (2002); </li></ul><ul><li>População futura: 16.000.000 habitantes (2010); </li></ul><ul><li>Somente existe uma leitaria em angola; </li></ul><ul><li>Produção nacional de leite e produtos ou derivados lacteos é muito reduzido; </li></ul><ul><li>A criação desta estrutura vem no seguimento de que o nosso parceiro já coloca os seus produtos no mercado angolano e desde já demonstrou a sua vontade em participar neste projecto de importância nacional. </li></ul><ul><li>O facto que já temos produtos colocados no mercado angolano, garante o canal de distribuição e elimina muitos factores de risco. </li></ul><ul><li>Este projecto faz parte da IDIAS e tem como um dos seus clientes princípais a própria rede de supermercados. </li></ul>
  8. 9. LOCALIZAÇÃO E ACCESSIBILIDADES <ul><li>A A-MILK pretende localizar-se numa área que deverá obdecer a quatro critérios: </li></ul><ul><li>Excellente acessibilidade pela importação numa primeira fase da matéria prima, que deverá chegar por cargueiro; </li></ul><ul><li>Junto dos produtores locais de leite; </li></ul><ul><li>As melhores infra-estruturas e accessibilidades para distribuir os produtos finais para os nossos clientes. </li></ul><ul><li>Acesso abundante a agua. </li></ul><ul><li>As nossas análises indicam que a zona de Lobito será a mais indicada para a implantação da unidade fabril. </li></ul>
  9. 10. ÁREAS DE INFLUÊNCIA <ul><li>Como área de infuência da A-MILK prevê-se numa primeira fase o território angolano, sendo fornecido os grossistas e cadeias de supermercados, incluinda a cadeia própria da IDIAS . </li></ul><ul><li>No entanto não se descura a hipótese de expansão modular da unidade fabril e iniciar uma fase de crescimento com exportações para países limitrofes. </li></ul>
  10. 11. INSTALAÇÕES FABRIS <ul><li>O projecto para as instalações fabris da A-MILK é elaborado e seguidamente construído por especialistas da área, havendo desde já um entendimento com consultores “Dairy instalations” e sempre apoiado e supervisionado por nós e o nosso parceiro holandês. </li></ul>
  11. 12. PRIMEIRA E FUTURAS FASES <ul><li>1ª fase: </li></ul><ul><ul><li>ANIP; </li></ul></ul><ul><ul><li>Projecto; </li></ul></ul><ul><ul><li>Construção; </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Exploração. </li></ul></ul><ul><ul><li>2ª fase e seguintes: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Produção local com gado leiteiro </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Crescimento modular. </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Exportação. </li></ul></ul></ul>
  12. 13. CONSÓRCIO “A-MILK” <ul><li>Parte intergrante da holding IDIAS Industria e IDIAS AGRI ; </li></ul><ul><li>O nosso parceiro é uma das maiores produtoras de lacticínios a nível global. Escusado será dizer que por esta via, o nosso empreedorismo e parceiros/consultores especialhistas escolhidos com base num “track record” de excellência, estamos perante um projecto profissional e de rigor num mercado com um potencial crescente. </li></ul><ul><li>Isto reflecte a ambição e a motivação de todos as partes envolvidas que operam sob o nome de A-MILK e conjuntamente possuam uma experiência e know-how invejável que eliminará quase por completo qualquer factor de risco associado a um projecto desta dimensão. </li></ul><ul><li>Com operações e exportações para cinco continentes, o nosso parceiro já comercializa alguns dos seus produtos para o mercado Angolano, sendo portanto desde já detentora de canais de distribuição e de dados locais. </li></ul>

×