Florestas tropicais Aleandra

441 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
441
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Florestas tropicais Aleandra

  1. 1. FOGO• Incêndios florestais naturais ocorrem em florestas tropicais, apesar da sua natureza húmida.• Geralmente, quando arde em pequenos incêndios florestais, a vegetação terrestre, arbustos, mudas, e pequenas árvores são queimados.• As espécies maiores das copas das árvores são poupadas.• O fogo tem o efeito de limpar o chão florestal e árvores mais fracas, permitindo assim novo crescimento. Uma floresta, perturbada pela seca ou algum outro fator, está mais suscetível ao fogo, geralmente provocada pelo raio ou pequenos incêndios humanos que escapam queimando fora de controle as zonas agrícolas vizinha por limpadores de terra que puseram fogo nas florestas e ao redor das florestas que foram fortemente degradadas pela exploração madeireira sob as condições de seca do el Niño.• A investigação recentemente descobriu que mais da metade da floresta Amazônica está em risco de incêndio durante a seca extrema, como a que atingiu de Julho a Novembro de 2005. •
  2. 2. • A seca pode afetar florestas pelo enfraquecimento do sistema até ao ponto em que é mais vulnerável a outros eventos, como incêndios e doenças. Seca é frequentemente parcialmente induzida por atividades humanas como o desmatamento, mas também é uma ocorrência natural, como o El Niño, que provoca seca periodicamente nas florestas tropicais asiáticas e americanas. El Niño é usualmente chamado como uma das influências por causa do grande incêndio de Bornéu de 1982-1983 e 1997-1998. Seca inicialmente enfraquece as plantas do dossel através da redução de umidade e precipitação local. Se a seca é longa o suficiente, as folhas se secam, matam os decompositores e reduzir a eficácia da reciclagem dos nutrientes dentro do sistema como um todo. Seca pode trazer benefícios para a floresta. Estudos têm demonstrado que o El Niño pode aumentar a produção de frutas em florestas afetadas pelas diferenças sazonais de precipitação. El Niño produz anos de ensolaradas secas na América Central, norte da América do Sul, na Amazônia, Malesia (Indonésia e Malásia), Nova Guiné, partes do Equatorial da África Oeste, e na Índia. A reduzida nebulosidade é benéfico para a produção de frutas, em que níveis mais elevados de radiação fotossinteticamente ativa (PAR) chegam às plantas. El Niño e elevados níveis de PAR tem sido associados como o mastro da frutificação.
  3. 3. • No entanto, é um outro caso nos anos seguintes da seca no El Niño, ensolarado El Niño tendem a se alternar com molhado, anos nublados nos trópicos. Além disso, a alta produção de frutos que consome reservas armazenadas para as plantas, limitando o próximo evento reprodutivo. Alguns cientistas estão preocupados que as alterações climáticas poderão agravar as secas na Amazônia. Em 2005, a acumulação de águas quentes do Atlântico tropical ajudou a encher um recorde de temporada de furacão enquanto reduz a disponibilidade de umidade para a bacia amazônica. Estas condições poderão piorar, já que a temperatura globa aumenta cada vez mais. Uma Pesquisa publicada em dezembro de 2005 sugere que temperaturas mais quentes do mar no Atlântico tropical são susceptíveis de se tornarem cada vez mais prevalente como correntes normalmente transportando águas mornas de regiões equatoriais para enfraquecer o Ártico. Uma simulação por pesquisadores da Universidade de Illinois, Urbana-Champaign, constatou que 45 por cento de chance da água existente de correntes do Atlântico Norte poderiam se encerrar até ao fim do século, se nada for feito para abrandar os gases com efeito de estufa. Tal colapso do chamado "Cinturão do Atlântico transportador de calor" poderia mergulhar em partes da Europa em invernos significativamente frios, enquanto exacerbando as condições de seca na África equatorial. De volta à Amazônia, a floresta tropical úmida normalmente poderia tornar-se mais vulnerável à secas e incêndios florestais.
  4. 4. Seca
  5. 5. FORMA DE PROTEÇÃO
  6. 6. Prevenção dos incêndioA prevenção dos incêndios florestais envolve, na realidade, dois níveis de atividades, a reduçãodas causas (através de campanhas educativas, legislação específica e medidas de controle) e aredução do risco de propagação, que consiste em dificultar ao máximo a propagação dosincêndios que não forem possíveis de evitar. Pode ser feito através da construção de aceiros, daredução do material combustível e da adoção de técnicas apropriadas de silvicultura preventiva.

×