• KDE – o Gestor de Janelas
• XFree86 ou X.org – o Servidor de X Windows
• Responsável pela administração do Ambiente de Trabalho gráfico;
• Gestor de Janelas gere a operação “ copy & past” entre...
Linux Caixa Mágica – Desktop 8.0 Linux Caixa Mágica – Desktop 8.1
Standard
1 2 3 4 5
O dispositivo encontra-se desmontado
O dispositivo encontra-se montado
• free: mostra a quantidade de memória RAM disponível;
• halt: desliga o computador;
• history: mostra os últimos comandos...
• lpq: mostra o status da fila de impressão;
• lprm: remove ficheiros da fila de impressão;
• lynx: abre o navegador de in...
1. O primeiro passo na análise do disco é
baixar os algoritmos necessários. Abra
uma janela do Terminal e digite o
seguint...
3. De seguida é preciso tornar este ficheiro PL num executável. Para isso, digite o seguinte comando:
$ chmod +x defragmen...
www.youtube.com/watch?v=-lAi80sazcw
A formatação de um PC através do SO Linux, tal como com qualquer outro, requer um
conj...
Ruben carvalho 10o_h
Ruben carvalho 10o_h
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ruben carvalho 10o_h

625 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
625
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
404
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ruben carvalho 10o_h

  1. 1. • KDE – o Gestor de Janelas • XFree86 ou X.org – o Servidor de X Windows
  2. 2. • Responsável pela administração do Ambiente de Trabalho gráfico; • Gestor de Janelas gere a operação “ copy & past” entre janelas; • O Gestor de Janelas separado do Servidor de X Windows possibilita-nos escolher o Gestor de Janelas que melhor se adequar.
  3. 3. Linux Caixa Mágica – Desktop 8.0 Linux Caixa Mágica – Desktop 8.1 Standard
  4. 4. 1 2 3 4 5
  5. 5. O dispositivo encontra-se desmontado O dispositivo encontra-se montado
  6. 6. • free: mostra a quantidade de memória RAM disponível; • halt: desliga o computador; • history: mostra os últimos comandos inseridos; • id user: mostra qual o número de identificação do utilizador especificado no sistema; • kill: encerra processos em andamento. • ls: lista os arquivos e diretórios da pasta atual; • lpr arquivo: imprime o arquivo especifico;
  7. 7. • lpq: mostra o status da fila de impressão; • lprm: remove ficheiros da fila de impressão; • lynx: abre o navegador de internet; • passwd: altera a senha do utilizador. • ps: mostra os processamentos em execução • pwd: mostra o diretório em que o utilizador está; • reboot: reinicia o sistema imediatamente.
  8. 8. 1. O primeiro passo na análise do disco é baixar os algoritmos necessários. Abra uma janela do Terminal e digite o seguinte comando: $ gedit defragmentation.pl & 2. Uma janela do editor de texto padrão do Linux será exibida. Copie e cole o seguinte código para dentro do arquivo criado. Guarde as alterações feitas e feche a janela.
  9. 9. 3. De seguida é preciso tornar este ficheiro PL num executável. Para isso, digite o seguinte comando: $ chmod +x defragmentation.pl 4. Para executar o ficheiro e verificar como está a fragmentação da sua pasta, utilize o comando: $ sudo ./fragmentation.pl /home/UTILIZADOR* *Substitua UTILIZADOR pelo seu nome de utilizador no sistema. 5. O resultado da análise é exibido, como mostra a imagem abaixo.
  10. 10. www.youtube.com/watch?v=-lAi80sazcw A formatação de um PC através do SO Linux, tal como com qualquer outro, requer um conjunto de tarefas que podem ser visionadas acedendo ao vídeo cujo link indico abaixo:

×