Aula - Teoria Construtivista

14.800 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.800
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
435
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
162
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula - Teoria Construtivista

  1. 1. Planificação de projecto e aula de TIC segundo a aprendizagem cooperativa Disciplina: Psicopedagogia Docente: Professora Doutora Clara P. F. da Costa Alunos: Artur, Joel e Paula
  2. 2.  Intencionalidade e reciprocidade  Estruturar as situações de aprendizagem;  Organizar estímulos;  Manter atmosfera de aprendizagem;  Provocar interesse;  Ouvir atentamente as dúvidas;  Sentir prazer quando os alunos progridem. 2
  3. 3.  Significação  Não deixar o aluno “pendurado” na exploração das tarefas;  Fornecer feedbacks positivos;  Explicitar a importância e valores dos conteúdos. 3
  4. 4.  O conhecimento é activamente construído a partir da experiência do aluno.  A aprendizagem é um processo de índole social, e não apenas cognitivo e individual, pelo qual o aluno constrói o seu próprio conhecimento e é influenciado pela cultura e pela interacção da base de conhecimentos do aluno com as novas experiências de aprendizagem. 4
  5. 5.  A construção de significados pelos alunos implica o seu envolvimento em actividades de aprendizagem relevantes.  Esses significados não podem ser transmitidos pelos professores aos alunos mas têm que ser construídos (aprendidos) pelos alunos. 5
  6. 6.  Permitir que o aluno se aproprie do processo que conduz a uma solução  O papel do professor é o de desafiar o pensamento do aluno e não o de ditar esse pensamento. 6
  7. 7.  Negociar com os alunos – não impor.  Mas o aluno ser o construtor do seu próprio conhecimento não significa que o aluno aprenda sozinho.  Papel mediatizador / facilitador da aprendizagem do professor.  Deve proporcionar experiência significativas, moderadamente desafiantes. 7
  8. 8.  O Construtivismo nas TIC  Valorizar ideias dos alunos;  Aluno ser visto como um cientista;  Criar experiências desafiantes de aprendizagem;  Provocar insatisfação e desequilíbrio cognitivo – só assim o aluno evolui. 8
  9. 9.  Impõe-se uma avaliação fundamentada no desempenho em projectos e que compreende o: saber investigar, saber organizar, saber analisar, saber fazer, enfatizando o trabalho cooperativo e espírito crítico revelado pelo aluno. 9
  10. 10.  O sujeito não é apenas activo, mas também interactivo, porque constrói os seus conhecimentos na base das relações que estabelece com os outros (interpessoais) e consigo próprio (intrapessoais).  Assim, a aprendizagem cooperativa pressupõe uma troca com os outros para que cada um desenvolva os seus conhecimentos. 10
  11. 11.  Conjunto de métodos, técnicas e estratégias para:  Utilizar em grupos estruturados;  Atingir o desenvolvimento de competências mistas ao nível: ▪ Da aprendizagem ▪ Do desenvolvimento pessoal ▪ Do desenvolvimento social 11
  12. 12.  Característica importante da aprendizagem cooperativa:  Cada elemento do grupo é responsável tanto pela sua aprendizagem como da aprendizagem dos restantes elementos do grupo 12
  13. 13.  Vai muito para além da aprendizagem de conteúdos e competências.  Os métodos utilizados:  Envolvem os estudantes na pesquisa de problemas importantes;  Permitem desenvolver hábitos democráticos de trabalho.  Reflexos positivos na sociedade 13
  14. 14.  Envolve um conhecimento prático e contextualizado  Promove a interacção entre todos os intervenientes no processo  Visa a:  Colaboração;  Comunicação;  Construção de conhecimento. 14
  15. 15.  Estudos no âmbito da psicologia social têm concluído que este tipo de aprendizagem contribui para:  A aprendizagem dos alunos;  A melhoria das relações interpessoais;  O espírito de cooperação;  A entreajuda;  O desenvolvimento do pensamento crítico;  O aumento do interesse dos alunos. 15
  16. 16.  Características da aprendizagem cooperativa:  Trabalho de grupo;  Heterogeneidade dos grupos (sexo, nacionalidade, etnia, cor, cultura, capacidades, etc.);  Sistemas de recompensa para o grupo (não individuais). 16
  17. 17.  Principais objectivos da aprendizagem cooperativa:  Realização escolar;  Compreensão mútua / melhoria das relações entre as pessoas;  Aquisição de competências sociais de cooperação e colaboração. 17
  18. 18.  A experiência tem papel de relevo neste tipo de aprendizagem, mas os alunos não devem ficar à deriva neste processo  Necessita de ser “acompanhada por uma análise e reflexão sistemáticas” (Arends, 1995, p.366)  Assim, cabe ao professor a tarefa de fomentar:  A eficácia dos alunos;  O raciocínio lógico;  As competências comunicativas. 18
  19. 19.  Turma do 9º ano  Carácter interdisciplinar e transdisciplinar  TIC  Geografia  História  Objectivo: estudo dos problemas económicos e sociais de países em vias de desenvolvimento  Planif_construtivista.doc 19

×