Blockbusters x indies

449 visualizações

Publicada em

Apresentação de slides suporte para a defesa da minha monografia.

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
449
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Blockbusters x indies

  1. 2. O trailer de cinema é “um breve texto fílmico que geralmente exibe imagens de um determinado filme ao mesmo tempo em que destaca a excelência da película, e que é criado com o propósito de [...] promover o lançamento de um filme”. (KERNAN, 2004, p. 1) DEFINIÇÃO DEFINIÇÃO
  2. 3. <ul><li>1912: primeiro trailer </li></ul><ul><li>“ As aventuras de Kathlyn” </li></ul><ul><li>Rye Beach, Nova Iorque </li></ul>HISTÓRIA HISTÓRIA
  3. 4. <ul><li>Era clássica (1926-1948) </li></ul><ul><li>Era de transição (1949-1974) </li></ul><ul><li>Era contemporânea (1975-hoje) </li></ul>HISTÓRIA HISTÓRIA
  4. 5. <ul><li>Harry Potter e a Ordem da Fênix (2007) </li></ul><ul><li>Chicago (2002) </li></ul><ul><li>Pequena Miss Sunshine (2006) </li></ul><ul><li>Dançando no Escuro (2000) </li></ul>TRAILERS ANALISADOS TRAILERS ANALISADOS
  5. 6. Trailers de filmes independentes X Trailers de filmes blockbusters TEMA TEMA
  6. 7. <ul><li>Temática de Tomachevski </li></ul><ul><li>Análise do texto </li></ul><ul><li>Não considera elementos extratextuais </li></ul>METODOLOGIA METODOLOGIA
  7. 8. <ul><li>Todo o trailer é publicidade </li></ul><ul><li>Visa vender o produto </li></ul>CONCLUSÕES DA ANÁLISE CONCLUSÕES DA ANÁLISE
  8. 9. <ul><li>Trailers analisados: </li></ul><ul><li>ressaltam a categoria do filme </li></ul><ul><li>(blockbuster ou independente) </li></ul>CONCLUSÕES DA ANÁLISE CONCLUSÕES DA ANÁLISE
  9. 10. <ul><li>Não apresenta suas estrelas </li></ul><ul><li>Baseado em livros muito conhecidos </li></ul>HARRY POTTER HARRY POTTER
  10. 11. <ul><li>Trailer da era clássica reconfigurado </li></ul><ul><li>Fortes influências : </li></ul><ul><ul><li>TV </li></ul></ul><ul><ul><li>Videoclipes </li></ul></ul>CHICAGO CHICAGO
  11. 12. Chicago
  12. 13. <ul><li>Cenas do início do filme </li></ul><ul><li>Clima e ritmo fiéis </li></ul>PEQUENA MISS SUNSHINE PEQUENA MISS SUNSHINE
  13. 14. <ul><li>Cenas da segunda metade do filme </li></ul><ul><li>Nos instiga a assistir ao filme : </li></ul><ul><ul><li>para saber seu final </li></ul></ul><ul><ul><li>para conhecer seu início </li></ul></ul><ul><li>Ironia </li></ul>DANÇANDO NO ESCURO DANÇANDO NO ESCURO
  14. 15. <ul><li>Grandes </li></ul><ul><li>Espetaculares </li></ul><ul><li>Ressaltam a primazia técnica </li></ul>FILMES BLOCKBUSTERS FILMES BLOCKBUSTERS
  15. 16. <ul><li>Ritmo rápido </li></ul><ul><li>Trilha sonora: marcada e impactante </li></ul><ul><li>Seguem a fórmulas consagradas </li></ul>FILMES BLOCKBUSTERS FILMES BLOCKBUSTERS
  16. 17. Harry Potter e a Ordem da Fênix
  17. 18. <ul><li>Ênfase ao diálogo </li></ul><ul><li>Ritmo mais lento </li></ul><ul><li>Reproduzem o clima do filme </li></ul>FILMES INDEPENDENTES FILMES INDEPENDENTES
  18. 19. <ul><li>Citações da crítica e premiações </li></ul><ul><li>Estrelas </li></ul><ul><li>Gerar prestígio </li></ul>FILMES INDEPENDENTES FILMES INDEPENDENTES
  19. 20. Pequena Miss Sunshine
  20. 21. Dançando no escuro
  21. 22. O TRAILER, ao convidar o público a retornar às salas de cinema, LEGITIMA e PERPETUA a ARTE CINEMATOGRÁFICA. O TRAILER, ao convidar o público a retornar às salas de cinema, LEGITIMA e PERPETUA a ARTE CINEMATOGRÁFICA.

×