SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Agricultura Biológica • Conceito • Vantagens • Desvantagens
«A Agricultura Biológica é um sistema de produção holístico, que promove e melhora a saúde do ecossistema agrícola, ao fomentar a biodiversidade, os ciclos biológicos e a actividade biológica do solo. Privilegia o uso de boas práticas de gestão da exploração agrícola, em lugar do recurso a factores de produção externos, tendo em conta que os sistemas de produção devem ser adaptados às condições regionais. Isto é conseguido, sempre que possível, através do uso de métodos culturais, biológicos e mecânicos em detrimento da utilização de materiais sintéticos.» Codex Alimentarius Comission, FAO/WHO, 1999   A Agricultura Biológica  – é um tipo de agricultura que não recorre ao uso de fertilizantes químicos e pesticidas.
A agricultura Biológica caracteriza-se por ter uma base: Ecológica  Baseia-se no funcionamento do ecossistema agrário e recorre a práticas – como  rotações culturais, adubos verdes, luta biológica contra pragas e doenças  - que  fomentam o seu equilíbrio e biodiversidade . Holística  Baseia-se na interacção  dinâmica entre o solo, as plantas, os animais e os humanos , considerados como uma  cadeia indissociável , em que cada elo afecta os restantes.
Sustentável  Visa:          - Manter e  melhorar a fertilidade do solo  a longo prazo,  preservando os recursos naturais do solo, água e ar  e minimizar todas as formas de poluição que possam resultar de práticas agrícolas.         -  Reciclar restos de origem vegetal ou animal  de forma a devolver  nutrientes à terra , minimizando deste modo o uso de recursos não-renováveis.
A agricultura biológica traz benefícios significativos:  Preserva o ambiente, uma vez que não polui o ar, os solos e a água ;   A   melhor valorização dos produtos agrícolas , através de um mercado em franco crescimento; Protege a saúde, ao não recorrer a pesticidas químicos e adubos químicos; Produz alimentos de qualidade , através de um método que é benéfico para a saúde dos consumidores; e para a preservação do solo, da água, e da biodiversidade de espécies animais e vegetais;  Produção de alimentos com elevado teor nutritivo, sabor e odor.  
Mas também há  desvantagens... Os preços dos produtos biológicos são mais elevados   que na agricultura de mercado; Os produtos biológicos são menos “aliciantes aos olhos” do consumidor; A produtividade é menor. Será então a Agricultura biológica uma prática a seguir?
Em Março de 2000 a Comissão Europeia criou um símbolo com a menção "Agricultura Biológica    A  BIOCOOP é uma cooperativa de consumidores vocacionada para a comercialização e divulgação dos produtos provenientes de agricultura biológica. ASSOCIAÇÃO REGIONAL DE AGRICULTORES BIOLÓGICOS DA BEIRA INTERIOR

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais27889847 areas-rurais
27889847 areas-ruraisprofcarladias
 
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas Organização funcional e morfológica das áreas urbanas
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas Paula Melo
 
As áreas rurais - geografia 11ºano
As áreas rurais - geografia 11ºanoAs áreas rurais - geografia 11ºano
As áreas rurais - geografia 11ºanoRita Pontes
 
A organização das áreas urbanas
A organização das áreas urbanasA organização das áreas urbanas
A organização das áreas urbanasIlda Bicacro
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoDavide Ferreira
 
Londres centro da economia mundo
Londres   centro da economia mundoLondres   centro da economia mundo
Londres centro da economia mundoEconomicSintese
 
Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícolaMaria Adelaide
 
Áreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte IÁreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte Iabarros
 
Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária Miguel Sargento
 
A pac e a agric em portugal
A pac e a agric em portugalA pac e a agric em portugal
A pac e a agric em portugalHelena Maria
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Idalina Leite
 
Agricultura Biológica vs Agricultura convencional
Agricultura Biológica vs Agricultura convencionalAgricultura Biológica vs Agricultura convencional
Agricultura Biológica vs Agricultura convencionalGeEc
 
Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medievalcattonia
 
Indústria e desenvolvimento rural 11-6
Indústria e desenvolvimento rural 11-6Indústria e desenvolvimento rural 11-6
Indústria e desenvolvimento rural 11-6Joao Paulo Curto
 

Mais procurados (20)

27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais27889847 areas-rurais
27889847 areas-rurais
 
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas Organização funcional e morfológica das áreas urbanas
Organização funcional e morfológica das áreas urbanas
 
Características da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesaCaracterísticas da agricultura portuguesa
Características da agricultura portuguesa
 
As áreas rurais - geografia 11ºano
As áreas rurais - geografia 11ºanoAs áreas rurais - geografia 11ºano
As áreas rurais - geografia 11ºano
 
A organização das áreas urbanas
A organização das áreas urbanasA organização das áreas urbanas
A organização das áreas urbanas
 
Ppt4
Ppt4Ppt4
Ppt4
 
Produção agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- AlentejoProdução agrícola nacional- Alentejo
Produção agrícola nacional- Alentejo
 
Problemas urbanos
Problemas urbanosProblemas urbanos
Problemas urbanos
 
Londres centro da economia mundo
Londres   centro da economia mundoLondres   centro da economia mundo
Londres centro da economia mundo
 
Características da população agrícola
Características da população agrícolaCaracterísticas da população agrícola
Características da população agrícola
 
Áreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte IÁreas Rurais - Parte I
Áreas Rurais - Parte I
 
FunçãO Residenciial
FunçãO ResidenciialFunçãO Residenciial
FunçãO Residenciial
 
Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária Algarve - Região Agrária
Algarve - Região Agrária
 
A pac e a agric em portugal
A pac e a agric em portugalA pac e a agric em portugal
A pac e a agric em portugal
 
Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1Paisagens agrarias 1
Paisagens agrarias 1
 
Agricultura Biológica vs Agricultura convencional
Agricultura Biológica vs Agricultura convencionalAgricultura Biológica vs Agricultura convencional
Agricultura Biológica vs Agricultura convencional
 
Pac
PacPac
Pac
 
Portugal medieval
Portugal medievalPortugal medieval
Portugal medieval
 
A Agricultura
A AgriculturaA Agricultura
A Agricultura
 
Indústria e desenvolvimento rural 11-6
Indústria e desenvolvimento rural 11-6Indústria e desenvolvimento rural 11-6
Indústria e desenvolvimento rural 11-6
 

Destaque

Agricultura Biológica
Agricultura BiológicaAgricultura Biológica
Agricultura Biológicanikita72
 
Agricultura biologica
Agricultura biologicaAgricultura biologica
Agricultura biologicaNuno Lemos
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológicaclaudialopes
 
Jornal biosfera
Jornal biosferaJornal biosfera
Jornal biosferaCadriolo
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológicaPaula Tomaz
 
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2alcidessf
 
Aula 6 (slides) primeira revolução agrícola moderna
Aula 6 (slides)   primeira revolução agrícola modernaAula 6 (slides)   primeira revolução agrícola moderna
Aula 6 (slides) primeira revolução agrícola modernaLarissa Santos
 
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_Gonçalo Simões
 
Slides aula 11 modelo agrário agrícola
Slides aula 11   modelo agrário agrícolaSlides aula 11   modelo agrário agrícola
Slides aula 11 modelo agrário agrícolaLarissa Santos
 
Agricultura e Profissões
Agricultura e ProfissõesAgricultura e Profissões
Agricultura e Profissõesrolando7
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrárioAlmir
 

Destaque (14)

Scones
SconesScones
Scones
 
Agricultura Biológica
Agricultura BiológicaAgricultura Biológica
Agricultura Biológica
 
Agricultura biologica
Agricultura biologicaAgricultura biologica
Agricultura biologica
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
Jornal biosfera
Jornal biosferaJornal biosfera
Jornal biosfera
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2
QuestõEs Comentadas De Geografia De RondôNia 2
 
Aula 6 (slides) primeira revolução agrícola moderna
Aula 6 (slides)   primeira revolução agrícola modernaAula 6 (slides)   primeira revolução agrícola moderna
Aula 6 (slides) primeira revolução agrícola moderna
 
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
3.caracteristicas dos tipos_de_agricultura_fil_eminimizer_
 
Agrário
AgrárioAgrário
Agrário
 
Slides aula 11 modelo agrário agrícola
Slides aula 11   modelo agrário agrícolaSlides aula 11   modelo agrário agrícola
Slides aula 11 modelo agrário agrícola
 
Agricultura e Profissões
Agricultura e ProfissõesAgricultura e Profissões
Agricultura e Profissões
 
Agricultura
AgriculturaAgricultura
Agricultura
 
Espaço agrário
Espaço agrárioEspaço agrário
Espaço agrário
 

Semelhante a Agricultura biológica (20)

biologica
biologicabiologica
biologica
 
biológica
biológicabiológica
biológica
 
A agricultura biológica
A agricultura biológicaA agricultura biológica
A agricultura biológica
 
mpb
mpbmpb
mpb
 
mpb
mpbmpb
mpb
 
Tecnicas mpb
Tecnicas mpbTecnicas mpb
Tecnicas mpb
 
I.1.pptx
I.1.pptxI.1.pptx
I.1.pptx
 
Alimentos biológicos
Alimentos biológicosAlimentos biológicos
Alimentos biológicos
 
Alimentos Biológicos
Alimentos BiológicosAlimentos Biológicos
Alimentos Biológicos
 
Mod I moodle
Mod I moodleMod I moodle
Mod I moodle
 
I.4 Agricultura Biologica.pptx
I.4 Agricultura Biologica.pptxI.4 Agricultura Biologica.pptx
I.4 Agricultura Biologica.pptx
 
I.4 Agricultura Biologica.pptxclllappaaa
I.4 Agricultura Biologica.pptxclllappaaaI.4 Agricultura Biologica.pptxclllappaaa
I.4 Agricultura Biologica.pptxclllappaaa
 
Agricultura Biológica: O que é?
Agricultura Biológica: O que é?Agricultura Biológica: O que é?
Agricultura Biológica: O que é?
 
Agricultura biologica
Agricultura biologicaAgricultura biologica
Agricultura biologica
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 
Agricultura orgânica 24 9 guarda
Agricultura orgânica 24 9 guardaAgricultura orgânica 24 9 guarda
Agricultura orgânica 24 9 guarda
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
 
Agricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticasAgricultura caraterísticas
Agricultura caraterísticas
 
Agricultura orgânica
Agricultura orgânicaAgricultura orgânica
Agricultura orgânica
 
Agricultura biológica
Agricultura biológicaAgricultura biológica
Agricultura biológica
 

Mais de Paula Tomaz

Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade culturalPaula Tomaz
 
áReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoáReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoPaula Tomaz
 
Proposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoProposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoPaula Tomaz
 
Semana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogSemana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogPaula Tomaz
 
Localizacao relativa
Localizacao relativaLocalizacao relativa
Localizacao relativaPaula Tomaz
 
Dinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasDinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasPaula Tomaz
 
Elementos do mapa
Elementos do mapaElementos do mapa
Elementos do mapaPaula Tomaz
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestrePaula Tomaz
 
Geografia e paisagem
Geografia e paisagemGeografia e paisagem
Geografia e paisagemPaula Tomaz
 
Sectores actividade económica
Sectores actividade económicaSectores actividade económica
Sectores actividade económicaPaula Tomaz
 
Sectores actividade económica
Sectores actividade económicaSectores actividade económica
Sectores actividade económicaPaula Tomaz
 
Blocos EconóMicos
Blocos EconóMicosBlocos EconóMicos
Blocos EconóMicosPaula Tomaz
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosPaula Tomaz
 

Mais de Paula Tomaz (18)

unidade 1
unidade 1unidade 1
unidade 1
 
Sachertorte
SachertorteSachertorte
Sachertorte
 
Bolo inglês
Bolo inglêsBolo inglês
Bolo inglês
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
áReas de fixação da população
áReas de fixação da populaçãoáReas de fixação da população
áReas de fixação da população
 
Proposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupoProposta de trabalho de grupo
Proposta de trabalho de grupo
 
Semana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blogSemana da europa propostas de trabalhos blog
Semana da europa propostas de trabalhos blog
 
Localizacao relativa
Localizacao relativaLocalizacao relativa
Localizacao relativa
 
Dinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficasDinâmica das bacias hidrográficas
Dinâmica das bacias hidrográficas
 
Pesca
PescaPesca
Pesca
 
Elementos do mapa
Elementos do mapaElementos do mapa
Elementos do mapa
 
Formas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestreFormas de representação da superfície terrestre
Formas de representação da superfície terrestre
 
Geografia e paisagem
Geografia e paisagemGeografia e paisagem
Geografia e paisagem
 
Relevo mundial
Relevo mundialRelevo mundial
Relevo mundial
 
Sectores actividade económica
Sectores actividade económicaSectores actividade económica
Sectores actividade económica
 
Sectores actividade económica
Sectores actividade económicaSectores actividade económica
Sectores actividade económica
 
Blocos EconóMicos
Blocos EconóMicosBlocos EconóMicos
Blocos EconóMicos
 
Comportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicosComportamentos DemográFicos
Comportamentos DemográFicos
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdflbgsouza
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfManuais Formação
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

Agricultura biológica

  • 1. Agricultura Biológica • Conceito • Vantagens • Desvantagens
  • 2. «A Agricultura Biológica é um sistema de produção holístico, que promove e melhora a saúde do ecossistema agrícola, ao fomentar a biodiversidade, os ciclos biológicos e a actividade biológica do solo. Privilegia o uso de boas práticas de gestão da exploração agrícola, em lugar do recurso a factores de produção externos, tendo em conta que os sistemas de produção devem ser adaptados às condições regionais. Isto é conseguido, sempre que possível, através do uso de métodos culturais, biológicos e mecânicos em detrimento da utilização de materiais sintéticos.» Codex Alimentarius Comission, FAO/WHO, 1999 A Agricultura Biológica – é um tipo de agricultura que não recorre ao uso de fertilizantes químicos e pesticidas.
  • 3. A agricultura Biológica caracteriza-se por ter uma base: Ecológica Baseia-se no funcionamento do ecossistema agrário e recorre a práticas – como rotações culturais, adubos verdes, luta biológica contra pragas e doenças - que fomentam o seu equilíbrio e biodiversidade . Holística Baseia-se na interacção dinâmica entre o solo, as plantas, os animais e os humanos , considerados como uma cadeia indissociável , em que cada elo afecta os restantes.
  • 4. Sustentável Visa:         - Manter e melhorar a fertilidade do solo a longo prazo, preservando os recursos naturais do solo, água e ar e minimizar todas as formas de poluição que possam resultar de práticas agrícolas.         - Reciclar restos de origem vegetal ou animal de forma a devolver nutrientes à terra , minimizando deste modo o uso de recursos não-renováveis.
  • 5. A agricultura biológica traz benefícios significativos: Preserva o ambiente, uma vez que não polui o ar, os solos e a água ; A melhor valorização dos produtos agrícolas , através de um mercado em franco crescimento; Protege a saúde, ao não recorrer a pesticidas químicos e adubos químicos; Produz alimentos de qualidade , através de um método que é benéfico para a saúde dos consumidores; e para a preservação do solo, da água, e da biodiversidade de espécies animais e vegetais; Produção de alimentos com elevado teor nutritivo, sabor e odor.  
  • 6. Mas também há desvantagens... Os preços dos produtos biológicos são mais elevados que na agricultura de mercado; Os produtos biológicos são menos “aliciantes aos olhos” do consumidor; A produtividade é menor. Será então a Agricultura biológica uma prática a seguir?
  • 7. Em Março de 2000 a Comissão Europeia criou um símbolo com a menção "Agricultura Biológica   A BIOCOOP é uma cooperativa de consumidores vocacionada para a comercialização e divulgação dos produtos provenientes de agricultura biológica. ASSOCIAÇÃO REGIONAL DE AGRICULTORES BIOLÓGICOS DA BEIRA INTERIOR