O CIRCO<br />ENQUADRAMENTO HISTÓRICO<br />
“ O circo é, antes de tudo, um espectáculo visual. O palhaço faz tudo com seriedade. Ele não precisa de falar, mas sim faz...
Em Portugal<br />As raízes do circo remontam a Maio de 1596. <br />Nessa altura, estiveram em Lisboa arlequins, acrobatas ...
…E no resto do Mundo?<br />
China<br />Aqui surgiram as artes circenses, tendo sido descobertas pinturas de <br />quase 5000 anos em que aparecem acro...
Itália<br />Em Pompéia, no ano 70 a.C., existia um anfiteatro destinado a exibições <br />de habilidades incomuns.<br />Po...
Londres<br />O primeiro circo europeu moderno, o Astley´sAmphitheatre, apareceu em<br />Londres por volta do ano de 1770, ...
Egipto, Índia e Grécia<br />Nas pirâmides do Egipto existem pinturas de malabaristas.<br />Nos desfiles militares dos fara...
Show MustGoOn<br />
Hoje em dia…<br />Mesmo com o advento das <br />novas tecnologias, o circo <br />continua a preservar a atenção<br />das m...
Informação retirada de:<br />[http://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/historia-do-circo.htm, <br />acedido em Abril...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ppt circo

595 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
595
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt circo

  1. 1. O CIRCO<br />ENQUADRAMENTO HISTÓRICO<br />
  2. 2. “ O circo é, antes de tudo, um espectáculo visual. O palhaço faz tudo com seriedade. Ele não precisa de falar, mas sim fazer trejeitos graciosos.A sua mímica ingénua consegue sempre fazer rir." <br />Leonid G. Engibarov<br />
  3. 3. Em Portugal<br />As raízes do circo remontam a Maio de 1596. <br />Nessa altura, estiveram em Lisboa arlequins, acrobatas e volatins, a<br />representar no pátio da casa do conde de Monsanto D.António de<br />Castro.<br />Em 1782, instala-se o primeiro circo num teatro, em Lisboa. A partir<br />daí, o número de espectáculos foi crescendo.<br />Muitos dos circos que actuaram, e actuam, em Portugal estão<br />associados a famílias que preservam esta tradição (Cardinali e Chen,<br />por exemplo). <br />
  4. 4. …E no resto do Mundo?<br />
  5. 5. China<br />Aqui surgiram as artes circenses, tendo sido descobertas pinturas de <br />quase 5000 anos em que aparecem acrobatas, contorcionistas<br />e equilibristas.<br />Em 108 a.C. , a visita de visitantes estrangeiros era presenteada com <br />apresentações acrobáticas surpreendentes. A partir daí, o imperador<br />decidiu que todos os anos seriam realizados espectáculos do género, <br />durante o Festival da Primeira Lua. <br />Ainda hoje, o malabarismo com espigas de milho é uma prática<br />comum entre os habitantes das aldeias. <br />
  6. 6. Itália<br />Em Pompéia, no ano 70 a.C., existia um anfiteatro destinado a exibições <br />de habilidades incomuns.<br />Pouco depois aparece o Circo Máximo de Roma, que acaba destruído num<br />incêndio. <br />Em 40 a.C., ergue-se o Coliseu. Aqui eram apresentadas excentricidades, <br />como homens louros nórdicos, animais exóticos, engolidores de fogo e<br />gladiadores. <br />Entre 54 e 68 d.C., as arenas passaram a ser ocupadas por espectáculos <br />sangrentos, o que diminuiu o interesse pelas artes circenses. <br />Os artistas passaram a improvisar as suas apresentações em praças públicas,<br />feiras e entradas de igrejas. <br />
  7. 7. Londres<br />O primeiro circo europeu moderno, o Astley´sAmphitheatre, apareceu em<br />Londres por volta do ano de 1770, pela mão de um oficial da cavalaria<br />Britânica, PhilipAstley.<br />Astley organizou um espectáculo equestre, ao qual juntou saltimbancos,<br />equilibristas, saltadores e palhaços.<br />Ao longo dos anos, PhilipAstley acrescentou saltos acrobáticos, dança <br />com laços e malabarismo.<br />O seu espectáculo foi visto por pessoas de vários países, já que Londres<br />era uma cidade muito visitada. Em 50 anos, houve um rápido <br />desenvolvimento do circo em todo o mundo.<br />
  8. 8. Egipto, Índia e Grécia<br />Nas pirâmides do Egipto existem pinturas de malabaristas.<br />Nos desfiles militares dos faraós eram exibidos os animais das terras<br />conquistadas, caracterizando assim, os primeiros domadores.<br />Na índia, os números de contorcionismo e saltos faziam parte dos<br />espectáculos milenares, assim como a dança, a música e o canto.<br />Na Grécia, o equilíbrio mão a mão, os números de força e o<br />contorcionismo constituíam modalidades olímpicas. Por sua vez, os <br />sátiros faziam o povo rir, dando continuidade à linhagem dos palhaços.<br />
  9. 9. Show MustGoOn<br />
  10. 10. Hoje em dia…<br />Mesmo com o advento das <br />novas tecnologias, o circo <br />continua a preservar a atenção<br />das multidões. <br />Reinventando novas tradições <br />e criando novos números, os<br />circos espalhados pelo mundo<br />são a prova de que a <br /> criatividade artística do Homem<br />nunca estará subordinada às<br />máquinas.<br />
  11. 11. Informação retirada de:<br />[http://www.historiadomundo.com.br/curiosidades/historia-do-circo.htm, <br />acedido em Abril de 2010];<br />[http://www.brasilcult.pro.br/estudos/circo/circo01.htm, <br />acedido em Abril de 2010];<br />[http://www.arcadovelho.com.br/Circo/HISTORIA%20DO%20CIRCO.htm,<br />acedido em Abril de 2010];<br />[http://www.mundoportugues.com/artman/publish/filatelia/article_00044.shtml,<br />acedido em Abril de 2010].<br />

×