Kanban Aplicado ao Setor Operacional do Serpro

326 visualizações

Publicada em

Apresentação direcionada para o setor de operações do Serpro.

Publicada em: Tecnologia
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
326
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Kanban Aplicado ao Setor Operacional do Serpro

  1. 1. Kanban – SERPRO Patrick Silva – SUPOP/OPSOI 26/11/2015 Informação Corporativa Kanban não é um quadro na parede. Kanban é um sistema de gestão!
  2. 2. Sumário ➢ Definição ➢ Vantagens ➢ Exemplo de Kanban ➢ Mapa de Cadeia ➢ Kanban Web ➢ Estrutura do Kanban ➢ Padronização do Post-its
  3. 3. Kanban é uma palavra japonesa que significa apenas “sinal visual”. Kanban (segundo Léxico Lean – Lean Institute): é um dispositivo sinalizador que autoriza e dá instruções para a produção ou para retirada de itens em um sistema puxado. Foi desenvolvido no Japão depois da 2ª Guerra mundial por Taiichi Ohno na Toyota Motor Company. Definição
  4. 4. Muitos confundem Kanban como sendo apenas um quadro na parede lotado de post-its (Gestão Visual). Na verdade, Kanban é um conjunto de práticas simples que promovem o DNA evolucionário dentro de uma organização. A realidade é o que ela é, comece com o que você faz hoje e melhore sempre” – esse é o mantra Kanban. Definição
  5. 5. Vantagens Kanbané Visibilidade do fluxo de trabalho Acompanhamento das entregas Integração entre times Fácil implantação *menos prescritivo Kanbanpermite Mudança incremental Oportunidade de melhoria Métricas para gestão Foco em times Equilibrar o trabalho Vantagens
  6. 6. Exemplo de Kanban
  7. 7. Mapa de Cadeia Neste diagrama são mapeadas todas as atividades necessárias para a conclusão de um acionamento referente a contratação de um circuito.
  8. 8. Kanban Web Ferramenta utilizada para realizar a simulação do kanban
  9. 9. Estrutura do Kanban Backlog Prioridade Execução Finalizado A1 A2 A3 A4
  10. 10. Estrutura do Kanban Backlog: São todas as atividades que deverão ser tratadas. Prioridade: É a definição do que vai ser tratado primeiramente dentro das atividades do seu backlog. Execução: São as atividades que estão sendo tratadas em questão. Finalizado: São as atividades que foram tratadas com sucesso.
  11. 11. Padronização do Post-its Tipos de Post-its ● Post-its Maior: Utilizado para tarefas ● Post-its Menor: Utilizado para subtarefas ● Post-its Maior Crítico: Utilizado para tarefas críticas. ● Post-its Menor Crítico: Utilizado para subtarefas críticas
  12. 12. Padronização do Post-its Padronização do Post-its ● Responsável: Nome do funcionário que esta tratando o backlog. Deverá ficar na parte superior do post-its. ● Assunto: Nome da atividade que está sendo tratada. Deverá ficar na parte central do post-its. ● Data de entrada: Data em que se iniciou o tratamento da atividade. Deverá ficar na parte inferior esquerda do post-its. ● Data de finalização: Data em que se finalizou o tratamento da atividade. Deverá ficar na parte inferior direita do post-its.
  13. 13. Padronização do Post-its Padronização do Post-its Responsavel: Patrick Assunto: Contratação de Circuito Data de Entrada: 01/11/2015 Data de Finalização 30/11/2015
  14. 14. Aplicar o ágil não é uma tarefa fácil. Exige determinação e disciplina. É UMA MUDANÇA DE COMPORTAMENTO. Fim

×