Aula09 elementosgeraisdouniverso-130418192550-phpapp01

138 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
15
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula09 elementosgeraisdouniverso-130418192550-phpapp01

  1. 1. ELEMENTOS GERAIS DO UNIVERSO ffff
  2. 2. FLUÍDO CÓSMICO “Fluído Cósmico é o plasma divino, hausto do Criador ou força nervosa do Todo- Sábio. Nesse elemento primordial vibram e vivem constelações e sóis, mundos e seres, como peixes no oceano.” (Evolução em dois Mundos) O sub produto do Fluído Cósmico Universal é o princípio vital - ou fluído magnético ou fluído elétrico animalizado – que é encontrado em todos os corpos vivos da natureza
  3. 3. O Fluído Cósmico, entendido como sendo o princípio elementar do Universo, demostra possuir propriedades <<sui generis>>assumindo dois estados distintos:- Eterização ou imponderabilidade – pode ser considerado o estado normal primitivo; materialização ou ponderabilidade - que é, de certa forma consecutivo do seu estado normal primitivo. O ponto de intermédio é o da transformação do fluido em matéria tangível.
  4. 4. MATÉRIA 22 – L.E. – Define-se matéria como sendo o que tem extensão, impressiona os nossos sentidos e é impenetrável. São exatas estas definições? “Do vosso ponto de vista essas definições são exatas, porque não falais senão do que conheceis. Mas a matéria existe em estados que vos são desconhecidos. Pode Ser, por exemplo, tão etérea e sutil que nenhuma impressão vos cause aos sentidos; entretanto, é sempre matéria, embora para vós não o seja.” - Que definição podeis dar da matéria? “A matéria é o laço que retém o espírito; é o instrumento de que ele se serve e , ao mesmo tempo, sobre o qual exerce sua ação.”
  5. 5. Cerca de ¼ de milhão de substâncias da terra, que podem ser reduzidas, são originárias de noventa elementos naturais da tabela periódica.
  6. 6. ESPÍRITO 23 – L.E. – Que é espírito? “O princípio inteligente do Universo.” -Qual a natureza íntima do espírito? “O espírito, com linguagem humana, não é fácil de ser analisado. Porque o espírito não é uma coisa palpável.” 24 – L.E. – O espírito é sinônimo de inteligência? “A inteligência é um atributo essencial do espírito. Todavia, como ambos se confundem num princípio comum, para vós são a mesma coisa.” 25 – L.E. – O Espírito é independente da matéria ou não é mais que uma propriedade desta, como as cores são propriedades da luz e o som uma propriedade do ar?
  7. 7. “Ambos são distintos; mas é necessária a união do espírito e da matéria para dar inteligência à matéria.” 26 – L.E. – Pode-se conceber o espírito sem a matéria e a matéria sem o espírito? “Pode-se , sem dúvida, pelo pensamento.” 27 – L.E. – Haveria assim, dois elementos gerais do Universo: a matéria e o espírito? “Sim, e acima de tudo Deus, o criador, o pai de todas as coisas; essas três cosias são o princípio de tudo o que existe, a trindade universal. Mas, ao elemento material e preciso juntar o fluído universal, que desempenha papel intermediário entre o espírito e a matéria propriamente dita, muito grosseira para que o espírito possa ter uma ação sobre ela.”
  8. 8. CONCLUSÃO - A formação do planeta Terra, bem como os seres que nela habitam, são exatamente iguais, salvo suas necessidades de auto proteção, de alimentação e de bem estar. - A nossa condição evolutiva, ou seja o Reino da Natureza ao qual fazemos parte, mostrará nossas diferenças orgânicas, em momento algum diferenças morais. - O que nos faz diferente dos animais irracionais é nossa razão e nosso livre- arbítrio. O mesmo cálcio que compõe a matéria orgânica no animal, também compõe a nossa; o mesmo composto sanguíneo que corre nas veias do negro, do indígena ou do japonês também corre em nossas veias.
  9. 9. “Há Diferentes Moradas na casa de meu Pai”
  10. 10. “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém chega ao Pai,
  11. 11. BIBLIOGRAFIA

×