Bastidores

566 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
566
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Bastidores

  1. 1. BASTIDORES Trabalho realizado por: Patrícia Morais T3E
  2. 2. Índice • Bastidores Outdoor simples (modelos); • Tabela de dimensões; • Bastidores Outdoor duplos (modelos); • Tabela de dimensões; • Bastidores Outdoor triplos (modelos); • Tabela de dimensões; • Características gerais de construção; • Vantagens; • Proteção IP56;
  3. 3. Bastidores outdoor simples (modelos) • Com uma porta frontal:
  4. 4. Bastidores outdoor simples (modelos) • Com uma porta frontal e mochila de ar-condicionado:
  5. 5. Bastidores outdoor simples (modelos) • Com duas portas:
  6. 6. Tabela de dimensões
  7. 7. Bastidores outdoor duplos (modelos) • Com acesso individualizado frontal e lateral:
  8. 8. Bastidores outdoor duplos (modelos) • Com duas portas frontais:
  9. 9. Bastidores outdoor duplos (modelos) • Com duas portas laterais:
  10. 10. Bastidores outdoor duplos (modelos) • Com duas portas frontais e laterais e caixa de baterias em profundidade:
  11. 11. Tabela de dimensões
  12. 12. Bastidores outdoor triplos • Com acesso frontal, posterior e lateral e mochila opcional para adaptação de ar-condicionado ou kit repartidor:
  13. 13. Bastidores outdoor triplos (modelos) • Com acesso frontal, posterior e lateral:
  14. 14. Bastidores outdoor triplos (modelos) • De grandes dimensões com acesso frontal, posterior e lateral:
  15. 15. Tabela de dimensões
  16. 16. Características gerais de construção • Os Bastidores Outdoor, foram concebidos para albergar equipamentos instalados em redes exteriores e expostos às influências ambientais (agentes atmosféricos, agentes poluidores, etc.), assegurando também a proteção dos equipamentos a pessoas não qualificadas protegendo-os de atos de vandalismo. Estão assim adaptados para um bom funcionamento em condições extremas de temperatura e ambientes salinos.
  17. 17. Características gerais de construção • Para fazer face a esses condicionalismos revelou-se fundamental, em primeira instância, apurar matérias-primas adequadas que permitissem garantir a proteção dos sistemas instalados no seu interior. Nesse contexto estes armários foram projetados em alumínio criteriosamente selecionado e previamente submetido a um tratamento de superfície de cromatação conferindo-lhe assim a proteção anti corrosão desejada sem afetar as suas propriedades de condutividade.
  18. 18. Características gerais de construção • Na estrutura, painéis e portas, é posteriormente aplicada tinta em pó por um processo eletrostático. • As peças em aço que compõem o interior do armário (base, perfis verticais e horizontais de rack 19”, entre outros) são zincadas e passivadas a cor amarela.
  19. 19. Características gerais de construção • A tampa da base do armário é em chapa de aço macio, por forma a poder suportar pesos, nomeadamente as baterias do sistema de alimentação.
  20. 20. Características gerais de construção • De uma forma generalista, os bastidores são constituídos de duas partes distintas: a estrutura (painéis, portas, teto e base), e a um pedestal em inox que varia nas suas dimensões em função do modelo, sobre o qual assenta um habitáculo. Este último serve de base para o armário propriamente dito, proporcionando-lhe assim uma elevação que lhe confere uma melhor base de trabalho. O pedestal dispõe ainda de características próprias para a passagem de cabos que irão alimentar os equipamentos no seu interior.
  21. 21. Características gerais de construção • O pedestal prevê a possibilidade de fixações laterais ou posteriores por intermédio de esquadros (fornecimento opcional) a paredes laterais devido a não ser possível em situações de cobertura de prédios a sua fixação ao chão as quais poderiam motivar infiltrações nos andares imediatamente abaixo. Este pedestal tem uma altura máxima de 100 mm.
  22. 22. Vantagens • Modularidade e Acessibilidade:  De forma a poder responder ao objetivo claro das características de modularidade e flexibilidade pretendidas para o nosso armário, este foi delineado por uma estrutura formada de perfis de alumínio onde assenta um teto, também ele com funções bem definidas. O esqueleto tem ainda por incumbência servir de sustento aos diversos painéis e portas que formam a cobertura do bastidor, os quais irão proporcionar o acesso às diversas áreas interiores que o equipamento oferece. A esquematização do bastidor através de painéis e portas facilmente amovíveis, confere-lhe métodos de montagem e desmontagem rápida e de grande funcionalidade, complementando-se com uma boa acessibilidade, quer nas operações de instalação, quer no alcance para opções de manutenção e/ou reparação de equipamentos instalados no seu interior.
  23. 23. Vantagens • Modularidade e Acessibilidade (continuação): Para permitir a entrada de cabos no interior do armário, a tampa da base tem no mínimo quatro furos. Estes furos são providos de tampas em borracha por forma a vedar a base do armário. Junto aos furos destinados à entrada dos cabos, existe uma estrutura para amarração dos cabos que entram no seu interior.
  24. 24. Vantagens • Modularidade e Acessibilidade (continuação): A parte frontal da estrutura de fixação fica situada no mínimo a 80 mm da parte interior da porta, de modo a permitir enfichamentos frontais. Por outro lado, em caso de impacto contra a porta existe uma distância de segurança de modo a não danificar o equipamento instalado. A estrutura de fixação pode ser regulável em profundidade, permitindo variar as distâncias em passos de 25 mm.
  25. 25. Vantagens • Eficiência térmica: O armário foi concebido para que no seu interior as temperaturas se mantenham entre -5ºC e +50ºC com convecção natural, admitindo uma potência máxima a dissipar no interior do armário de 250 W. Por forma a minorar a influência das condições exteriores no interior do armário, este foi concebido com painéis e portas com paredes duplas de alumínio que formam uma caixa-de-ar (A) com 35 mm de espaçamento interior entre faces, proporcionando desta forma, uma livre propagação do ar.
  26. 26. Vantagens • Eficiência térmica: As persianas colocadas nas áreas inferiores e superiores dos ditos painéis e portas, para além de permitirem a entrada de ar no interior do armário , proporcionam respetivamente a entrada e a saída do ar que circula por convecção natural nos painéis e portas. Este mecanismo permite renovar o ar nos painéis e portas, contribuindo para manter em equilíbrio a temperatura interior do armário. Por sua vez o teto é formado por paredes duplas de alumínio com inclinação para as suas extremidades, levando à dissipação do ar interior aquecido pelos equipamentos através de uma superfície coberta de furos em seu redor.
  27. 27. Vantagens • Eficiência térmica: Os diversos elementos que compõem o bastidor são submetidos numa primeira fase, a um tratamento de superfície por cromatação (alodine 1200), após o qual é aplicado um revestimento de pintura a pó eletrostático texturado (RAL7035), o qual tem por principais propriedades, uma elevada proteção aos UV’s (ultra violetas), e uma alta resistência mecânica. A cor em questão, na sua tonalidade clara, dá também o seu contributo á uma redução significativa de efeito de estufa no interior do armário.
  28. 28. Vantagens • Eficiência térmica:  A aptidão do equipamento em matéria de eficiência térmica foi devidamente testada e comprovada através de testes realizados e monitorizados em estufa de atmosfera controlada. O objetivo consistiu na leitura das temperaturas obtidas em função da potência a dissipar no interior de um bastidor e da respetiva temperatura ambiente. Estando esta última a variar entre 25º e 50ºC e sendo a potência interior a dissipar calculada entre 250W e 1000W a uma temperatura máxima desejada de 40ºC no interior do armário (termóstato regulado para 40ºC, o termóstato coloca em funcionamento a gaveta de ventilação acima desta temperatura) as leituras verificadas foram efetuadas após a estabilização da temperatura nas condições de potência interior a dissipar.
  29. 29. Vantagens • Eficiência térmica: É de referir que nas condições predefinidas para o teste efetuados, as temperaturas no interior do armário não ultrapassam os 55ºC, valor acima do qual alguns componentes eletrónicos, dependendo do regime de funcionamento, poderiam entrar em envelhecimento precoce.
  30. 30. Vantagens • Eficiência térmica: Em situações particulares, o teto é munido de ventiladores que poderão ser montados no teto falso, que são acionados por um termóstato a partir de uma temperatura previamente programada, forçando a saída do ar quente pelos orifícios da base do teto.
  31. 31. Vantagens • Eficácia térmica:  Caso seja necessário, ao armário pode ser aplicado um aparelho de ar condicionado por remoção de um painel lateral ou posterior e colocação de um outro preparado para o efeito. O aparelho de ar condicionado é do tipo mochila, sendo fixo pelo exterior através de painel próprio à estrutura e pelas aberturas para troca de ar entre o interior e o exterior. De referir que, qualquer elemento de aperto, só é acedido a partir do interior do armário, quer isto dizer, que só abrindo a porta é possível retirar o aparelho de ar condicionado.
  32. 32. Vantagens • Ausência de condensação no interior do bastidor: Conforme já descrito anteriormente, e por associação direta à eficácia térmica do bastidor, o método de conceção dos painéis, portas e teto, através de paredes duplas de alumínio, atua de forma a que a circulação de ar, no interior dos referidos elementos, impeça a formação de condensação interna. Com as diferenças de temperatura que se geram entre o interior do armário e o ambiente exterior, a condensação formada fica restrita ao espaço interior dos painéis e portas de parede dupla.
  33. 33. Vantagens • Ausência de condensação no interior do bastidor:  As gotículas de água criadas pela condensação são posteriormente escoadas pelos furos existentes na base inferior de cada painel ou porta. Processo semelhante ocorre no teto. A água formada pela condensação que se gera entre os dois painéis, pela inclinação dos mesmos, é encaminhada para as extremidades do teto, sendo escoada pelos orifícios aí existentes.
  34. 34. Proteção IP56 • A norma CEI 60529 indica os degraus de proteção dos habitáculos contra a penetração de água e de poeiras, assim como o grau de proteção das pessoas contra contactos acidentais. O índice de proteção é constituído de dois algarismos. O primeiro refere-se ao grau de proteção contra corpos estranhos, o qual poderá ir de um simples contacto com o dedo até à penetração de poeiras. O segundo reflete o grau de proteção relativo à penetração de água.

×