Ano I - Edição 199                         Informação, Cultura      e   N e g ó ci o s                            R$ 1,50 ...
2/                                                                          Informação, Cultura e Negócios                ...
Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012                           Informação, Cultura e Negócios  ...
4/                                                                            Informação, Cultura e Negócios              ...
Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012                          Informação, Cultura e Negócios   ...
6/                                                                   Informação, Cultura e Negócios                       ...
Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012                           Informação, Cultura e Negócios  ...
8/                                                                       Informação, Cultura e Negócios                   ...
Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012                          Informação, Cultura e Negócios   ...
10/                                                               Informação, Cultura e Negócios                          ...
Jornal Sobral News 26.10
Jornal Sobral News 26.10
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornal Sobral News 26.10

756 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Jornal Sobral News 26.10

  1. 1. Ano I - Edição 199 Informação, Cultura e N e g ó ci o s R$ 1,50 Fundado em 09 de janeiro de 2012 - O primeiro jornal diário de SobralSobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Foto: DivulgaçãoCinema:Cine Sesc exibe“Os Três Zuretas” O Cine Sesc exibe hoje, 26, às 19h, “Os Três Zuretas”, de Cecilio Neto. O filmetraz uma comovente e engraçada história sobre a amizade de três garotos esuas peripécias numa pequena cidade do interior. Pág/07Apagão Culturano NordesteNa madrugada de hoje, 26, um incên-dio em um equipamento entre as su-bestações de Colinas (TO) e Imperatriz(MA) foi a causa do desabastecimentode energia ocorrido em parte do Nortee na Região Nordeste do país. Por estemotivo, a edição de hoje do Jornal So-bral News chega às ruas com atraso.A cobertura sobre o apagão você con-fere na edição da próxima segunda--feira, 29 de outubro.Sobral:Estudantesde ZootecniadesenvolvemPesquisas sobretécnicas deApicultura naregião Ary Sherlock e Antonieta Noronha integram o elenco do espetáculo Pág/08 “Na Corda Bamba” que será encenado nos dias 27 e 28, às 20h. Pág/ 06Artigo Política Educação Regional O Retrato - Fortaleza em UVA realiza Apostadores Final chamas II premiação de Viçosa Por Natércia (ou “a hora da do I Concurso de aguardam Rocha verdade”) Fotografia “segundo raio” Pág/02 Pág/03 Pág/04 Pág/05
  2. 2. 2/ Informação, Cultura e Negócios Ano I - Edição 199 Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012Editorial Dia do trabalhador na Opinião Viollência nas Escolas construção civil Vem causando espécie, no seio da socieda- H de em geral, e gerando apreensão nos meios oje, dia 26 de outubro, é co- construção, que tradicionalmen- da construção, quando o merca- educacionais e estudantis, o surgimento de re- memorado em todo o Bra- te era composto apenas por ho- do desponta com boas oportuni- petidos casos de cenas de violência nas escolas, sil o Dia do Trabalhador na mens, conta cada vez mais com a dades, melhoria nas condições de principalmente nas escolas públicas. Como se Construção Civil. Aproveitamos participação das mulheres no seu trabalho e aumento da escolarida- sabe, a violência na escola não é um assunto esta data comemorativa para co- dia a dia, embora mais acentuada- de dos funcionários, sendo incen- novo, mas hoje o problema se apresenta com mentar o cenário que a construção mente, como mestres de obra e no tivados pelos próprios emprega- nova visibilidade. Para observadores, há um civil vive hoje no Brasil. setor da engenharia e arquitetura. dores. Prova desse crescimento é De acordo com estudos do IBGE Sobral também está inserida que a cada esquina se veem novos contexto favorável à ocorrência dessas situa- e do Ministério do Trabalho, mes- nesses índices de incrementos do empreendimentos sendo iniciados ções. Por uma série de fatores de ordem econô- mo com a crise econômica vivida setor de vez que esses estudos es- e novas licenças sendo requeridas. mica, social e cultural, boa parte dos alunos não nos últimos 20 meses, o setor da tatísticos contemplam, além das Já é visível, também, o escassea- quer ir à escola, não espera nada da escola e há construção civil continua crescen- capitais, também as cidades bra- mento de mão de obra para o se- alunos que se vão para lá é porque são forçados do. No último ano, o avanço do sileiras de médio porte. E nesse tor. Então, aqui também pode-se a isso. número de trabalhadores da cons- sentido Sobral é uma das áreas dizer que são diversos os motivos Há um clima incontrolável que encontra aco- trução foi de 8,1% contra 3,4% do urbanas que mais cresce e mais para comemorar a data que home- lhimento nos contextos sociais e está na base da mercado de trabalho brasileiro em se expande. Estamos vivendo um nageia o trabalhador na constru- indisciplina. Os alunos muitas vezes dizem que a geral. Além disso, o mercado da momento muito positivo no ramo ção civil! escola é boa, as aulas é que são um saco. Esta distinção prova que o tempo de ócio é cada vez mais significativo na vida da escola e a apetên- cia para estudar é menor. Acresce ainda que, com o desemprego e a ameaça de ir fazer coisas que ninguém quer, os alunos perdem a razão do trabalho escolar, ou seja, do estudo. Natercia Rocha Jornalista Por outro lado, sendo uma boa parte dos alunos, atualmente, no final do 2º ciclo do en-O Retrato - Final sino fundamental, oriundos de famílias com es- colaridade máxima de até 6º ano, não dispõem em casa de uma cultura escolar acentuada. A (...) Retornou de cabelo molha- O rapaz tocou-lhe o queixo, vi- cleta no terreiro, levantando a po- uma certa distância escolar, por parte da famí-do, rosto lavado e perfumado além rando aqui, baixando ali e pegan- eira da lembrança, Maria das Dores lia, soma-se a falta de motivação em termos deda conta. do distância para espiar. Voltou ficava na meia-porta, segurando utilidade do estudo. O resultado: a escola passa A essas alturas, Maria das Do- com as mãos erguidas para abrir com a palma da mão o queixo toca- a ser valorizada com base na socialização ho-res, que tinha trocado a camisa os ombros caídos da donzela sem do pelo retratista, contemplando a rizontal, do gozo e da fruição. Desvaloriza-se aduas vezes, modo a transpiração encantos, e ela sentiu o perfume estrada vazia. sua função educativa.embaixo dos braços, aguardava o forte – Toque de Amor -, mistura- O retrato emoldurado fora pen- Em decorrência desses fatores surgem osrapaz no copiar, acompanhada do do ao cheiro de roupa mal-lavada durado na sala, junto à imagem do grupos de “alunos problemas”, vindos das clas-pai. ou banho mal-tomado, que ela casal falecido, abaixo dos Sagrados ses menos favorecidas. Os fenômenos da indis- -Formosura de filha, seu Miguel. não conseguiu distinguir. Foi para Corações de Jesus e Maria, e acima ciplina ou violência são gerados num contexto coletivo. E, portanto, é difícil identificar quem éQual é sua graça? fora do terraço, pegou a máquina do sofá de lona rasgada, coberto o responsável. Embora o ato de indisciplina apa- -Maria das Dores, respondeu, na matula preta, ainda pendurada com um pano de coqueiros esvoa- reça encabeçado, o protagonista não é, neces-com um sorrisinho de canto de no ombro, colocou a lâmpada ar- çantes, único móvel do cômodo. sariamente, o principal responsável pela cena.boca, cheio de cuspe, abaixando a redondada acima da cabeça com Ninguém nunca mais ouviu falar Mas se a responsabilidade é coletiva, a san-cabeça, mas pode chamar Dasdô. uma mão, segurou a câmera com do rapaz. Disseram que tinha mor- ção, normalmente, é individual. Quando a opi- -Ligue não, seu minino, retrucou a outra, piscou o olho para Das- rido de morte matada pelos lados nião pública, os jornais e as autoridades respon-o velho, isso é xucra que só ven- dô que, de susto, abriu um sorriso da Paraíba, mas não era de certe- sáveis exigem a punição, evidentemente que odo, raça rude, pior que a mãe, que quase espantado, arregalando os za. E a lembrança daquela tarde fazem em nome da exemplaridade do castigo,Deus a tenha num bom lugar. Gotas olhinhos fundos e miúdos, fechan- preenchia os dias vazios, na casa portanto, isso aponta para o “bode expiatório”.de suor escorreram pelos braços de do em seguida, encandeada com o silenciosa, e asseguravam a beleza Resumindo: alguém tem de ser responsávelDasdô, que tentou atalhar no cami- clarão que lhe faria recordar, ritua- dos cabelos negros de Dasdô, ago- porque não se pode punir a turma inteira.nho antes que pingassem na saia. listicamente, a emoção inesperada. ra mesclado com muitos fios cor de Há um conflito entre a pedagogia e a lei. A -Pois se achegue mais aqui, que A fotografia chegou quase três prata. escola deveria reger-se por princípios pedagógi-hoje é seu dia, princesa. Com a sua meses depois, trazida por gente E ela ficava ali, escorando no jo- cos e não jurídicos, no entanto, as autoridadeslicença... E pegou-lhe a ponta dos da cidade que ficara sabendo da elho ora um pé, ora outro, esperan- tendem a socorrer-se de mecanismos jurídicosdedos, guiando até o estúdio im- morte de seu Miguel Arcanjo e que do chegar um novo dia para levan- porque supõem que na origem destes inciden- tes estão fenômenos sociais e não pedagógicos.provisado no alpendre de telhado lembrava as feições da filha que tar bem cedo, puxar água, varrer o É um problema de difícil solução porquebaixo. vinha com o pai, nas quatro festas terreiro, coar o café, catar o feijão a causalidade está num contexto que vai para Maria das Dores, que desconhe- do ano, assistir missa na capela do e, quem sabe, sem sonho, rever o além da responsabilidade individual.cia gentileza, deixou-se levar pelo Distrito de Miolo. tal retratista de camisa vermelha Um ato isolado de violência pode, de repen-momento mágico e sentou-se de José Maria da Paixão nunca que ela tinha esquecido as feições. te, estar no lado docente ou no discente, masbanda, na pontinha do banco, jun- mais voltou, nem para buscar o pa- (A primeira parte desta crônica a violência em si está num contexto coletivo etando os joelhos e prendendo os gamento, conforme o combinado. "O Retrato - Parte I) pode ser lida antes mesmo acudir-se de mecanismos puni-braços ao corpo, para não ser tra- Desde aquele final de tarde, que na Edição nº 194, de 19.10.2012, tivos é de bom alvitre conhecer-se o cerne daída pelas axilas naquele momento saíra se despedindo com o toca-fi- sexta-feira-passada, aqui no Sobral questão.de glória. tas ligado, dando voltas com a bici- News). Diretor-Geral: Expediente Dr. Oscar Rodrigues Jr. Jornalistas: • Alltemy Moura • Patrícia Kinoshita Distribuição: • Valder Duarte Tiragem: 1.000 exemplares • Rayanne Colares Assistente Financeiro: Sobral News é uma publicação da Administrador: • Carlos Ritchelly •Maciano Carneiro Impressão: •Ricardo Romcy Torres EGUS - Editora Gráfica Universitária Sobralense LTDA. Jornalistas Colaboradores: EGUS - Editora Gráfica Chefia de Redação: •Pedro Nobre - MTB: 1761 JP-CE CNPJ: 11.505.744/0001-84 • Herculano Costa •Jerfson Lins - MTB 2086 JP-CE Assessoria Jurídica: Universitária Departamento Jurídico Fotógrafo: das Faculdades INTA Sobralense LTDA. Rua Hélio Barreto Arruda Coelho, 453 -CEP: 62.050.230 Editora: • Ryan Hoover Rua Coronel Antônio Rodrigues Magalhães, 359 Bairro Dom Expedito - Sobral - Ceará •Natercia Rocha Bairro Dom Expedito Lopes - Sobral/CE MTB: 96663-JP-SP Diagramação: Dep. Comercial: Contatos: • Edwalcyr Santos (88) 3111.0101 62050-100 | Caixa Postal, 10 Editor Adjunto: PSFelipe Mendes (88) 3111.0101 adm@sobralnews.com.br (88) 3614.4333 Telefax: (88) 3614-3232 (Ramal 236) Paulo Pacelly jornal@sobralnews.com.br comunicacao@inta.edu.br •Paulo Passos de Oliveira Acesse: sobralnews.com.br Edição fechada por Paulo Passos, Paulo Pacelly e PSFelipe Mendes
  3. 3. Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Informação, Cultura e Negócios /3Política Fortaleza em chamas II Leunam Gomes (ou “a hora da verdade”) (leunamgomes@ig.com.br) Faltam dois dias para o segundo turno das eleições 2012. Em Fortaleza, Ibope e Datafolha RODA DE revelam empate entre Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSDB). Em Sobral, candida- tos deste pleito marcam posição na Capital CONVERSA Há muito tempo venho insistindo que os professores devemos sempre associar o con- teúdo de nossas disciplinas à realidade dos alunos. Parte-se do conhecido para chegar ao des- conhecido. Sem dúvida, esta não é uma tarefa fácil. É mais cômodo reproduzir os conteúdos propos- tos pelos livros. E os livros também erram. Certa vez, li em um livro sobre os municí- pios cearenses, que uma das características de Sobral era o fato de os homens andarem sempre de chapéu. E isto não é verdade. Sobral produz chapéus, sim, mas seus habi- tantes não os usam costumeiramente. O livro era produzido em São Paulo e nada tinha com a nossa realidade. Mesmo assim, aquele livro estava sendoF adotado em uma escola particular de Forta- altam dois dias para a derra- pesquisas estimulada e espontâ- sustentação que recebeu do Go- leza. O tal livro dizia, também, que uma das deira votação em Fortaleza. nea a margem de erro é de três vernador Cid Gomes em Sobral, característica de Iguatu eram os seus casarões Os ânimos entre os candi- pontos percentuais. e reforçando a simbiose política e sobrados. datos estão mais acirrados. Em O Instituto Datafolha realizou entre o PT e os Ferreira Gomes Esta não é a realidade de Iguatu, mas de debate realizado no dia 24 de no mesmo período do Ibope ou- na Princesa do Norte, que já dura Aracati e Icó. Portanto, os livros cometem er- outubro, além de exibir ideias so- tra pesquisa para averiguar a in- 16 anos. Por outro lado, o adver- ros. Daí que quando partimos do conhecimen- to da realidade com os alunos, tudo tende a bre a administração da Capital do tenção de votos para a Prefeitura sário de Clodoveu Arruda nesta melhorar. Estado, Elmano de Freitas (PT) e da capital cearense. A compara- campanha, o candidato verde, É isto que está fazendo a professora Inara Roberto Cláudio (PSB) trocaram ção da diferença dos resultados Dr. Guimarães, está em Fortale- Alves de Oliveira com sua turma de gradua- farpas, um acusando o outro de foi pequena. Para o Datafolha, za apoiando Elmano, do mesmo ção em História, no Município de Croatá. Fico ser sustentado por sua respec- Roberto Cláudio está com 41% PT de Veveu, e só deve retornar feliz porque ela foi minha aluna e entendeu tiva madrinha ou por seu padri- das intenções de voto, enquanto a Sobral depois do dia 10 de no- a ideia. nho político: Luizianne Lins, do Elmano se manteve com 42% dos vembro. Com tal postura, Aguiar Em encontro a ser realizado próximo dia lado de Elmano, e Cid Gomes, no votos válidos na pesquisa espon- assume claramente oposição a 10 de novembro, os alunos apresentarão tra- caso de Roberto Cláudio. O ce- tânea. Como a margem de erro é Cid Gomes. balhos que mostram a realidade histórica do nário reflete a discórdia que tem de 3%, o resultado configura em- Como compreender a relação Município. Uma equipe mostrará Lugares, Prédios e sido tema de artigos deste Jornal, pate técnico. entre “PT/Sobral” e “PT/Ceará”? Construções; outra abordará a Religiosidade como o de ontem. Amanhã, os fortalezenses Será necessário discutir a história Popular, a terceira exporá pesquisa sobre Fes- No primeiro turno, a decisão podem aguardar a avalanche de e a cultura política enraizada por tas Populares; a quarta sobre Costumes Lo- foi apertada: 25,44% dos votos material de campanha dos dois aqui, fato que, aos olhos incau- cais e a quinta sobre Figuras Populares. foram destinados a Elmano e candidatos pelas ruas da capital, tos, pode gerar hipermetropia e Com uma compreensão do que acontece no 23,32% dos eleitores fortalezen- em um último esforço para con- astigmatismo, mas que é fácil de Município, os alunos mais facilmente entende- ses preferiram Roberto Cláudio. quistar os votos dos indecisos. A explicar... mas o tema não cabe rão o que acontece no mundo e, consequente- A diferença foi de apenas 2,12% gritaria deve continuar em carros aqui e agora. Quem sabe, depois mente, darão mais valor à História. dos votos válidos, o que corres- de som e nas buzinas das carretas das eleições? Muitos tivemos alguma rejeição ao ensi- ponde a 26.522 votos. no de História porque apenas nos mandavam até às 22h. Decisivo, afinal, trata- Osvaldo Aguiar, candidato decorar datas e fatos que estavam longe de No frigir dos ovos, de acordo -se do último dia da campanha. pelo PSol à Prefeitura de Sobral, nosso campo de interesse. com os institutos de pesquisa, os Hoje encerra a propaganda disse que o partido orienta seus Procurando conhecer a História de suas co- dois candidatos estão mais empa- eleitoral gratuita no rádio e na te- eleitores a votarem nulo no se- munidades, os alunos percebem como a situa- tados do que nunca. Os números levisão. Cid e Ciro Gomes estarão gundo turno da eleição de For- ção atual está relacionada ao seu passado. É divulgados na quinta-feira pelo em Fortaleza empenhando todos taleza. Segundo Osvaldo essa é a uma nova visão que se abre sobre a importân- Instituto Ibope mostram que na os esforços na campanha de seu posição de Renato Roseno, candi- cia da História. pesquisa estimulada, aquela que candidato, procurando destacar, dato que ficou na quinta coloca- Como Secretário de Educação, de 1989 a oferece o nome do candidato, os em seus discursos, a parceria que ção do primeiro turno na Capital, 1992, exercitei esta metodologia em sala de dois postulantes à Prefeitura de será reforçada entre o Governo com 11,84% dos votos. Osvaldo aula, com excelentes resultados. Fiz o mesmo como professor no curso de Letras da UVA. Fortaleza aparecem com 43% das do Estado e a Prefeitura. O ex- explica que os dois projetos são intenções de votos. Os aspirantes -Presidente Lula já gravou o pro- muito parecidos, lembrando que podem brigar pelos que não sa- grama de televisão enfatizando PT e PSB estavam unidos há pou- DESTAQUE ESPECIAL INARA ALVES DE OLIVEIRA, bem ou não responderam à son- que os trabalhos realizados por co tempo, e agora estão separa- (foto) de Varjota, jovem dagem, que correspondem a 3%. Luizianne na periferia de Fortale- dos. professora Especialista em Brancos e nulos somam 11%. za devem continuar com a eleição Marco Prado, do PSDB, deve História que, tendo feito o Na pesquisa espontânea, de seu afilhado. E hoje, 26, após seguir a orientação do partido, e, Curso de Metodologia do aquela em que o eleitor respon- o último capítulo de “Gabriela”, tal qual o PSol, não vai apoiar ne- Ensino Superior, com base de por conta própria em quem tem o último debate na TV Ver- nhum dos candidatos que chega- na Educação Biocêntrica, foi votará, Elmano de Freitas surge des Mares. ram ao segundo turno na Capital. uma das que teve coragem com 41% das intenções contra Os candidatos sobralenses e a Esta também é a posição pessoal de ousar, sair da rotina e está 39% do peessibista. Neste caso, eleição em Fortaleza do candidato tucano Marco Cals, fazendo sucesso. Depois que não sabem ou não responderam Como fica o apoio do “poder” que foi o sexto mais votado, com passou a adotar uma nova metodologia no ensino passam para 9%, ou seja, um sobralense com relação à disputa 2,43% da preferência do eleitora- de História, não lhe faltam convites para aulas em número maior de eleitores para na Capital? Mesmo pertencendo do em Fortaleza. cursos de graduação. Tem alto grau de aceitação serem conquistados. Brancos e ao PT, Veveu Arruda está do lado Na segunda-feira apresenta- entre os alunos. É preciso ousar e fazer diferente. Dá mais trabalho, sim. Mas compensa. nulos permanecem em 11%. Nas de Roberto Cláudio, retribuindo a remos o final da novela.
  4. 4. 4/ Informação, Cultura e Negócios Ano I - Edição 199 Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012Educação UVA realiza premiação do I Concurso de Fotografia Em 1º lugar ficou Heráclio Antônio Bastos da Silva; em 2º, Adriano Sousa Rodrigues; e, em 3º lugar, Crisleyane da Silva Tomais. Re- ceberam Menção Honrosa: Francisco Carvalho de Arruda Coelho, Murilo Sérgio da Silva Julião, Maria Alyne Sousa Melo, Francisca Juliana Alves Carneiro, Tágla Santos Soares, Eder de Vasconcelos Rodrigues, Marden Cardoso Sousa, Margareth Muniz Silva e Fran- cisco Romário da Silva Vasconcelos. Foto – Vanderley Moreira Jornalista Francisco Edilson, professor Heráclio Bastos e a vice-Reitora Palmira Soares Carvalho de Arruda Coelho e Murilo nal (ACMI). A Comissão Organizadora Sérgio da Silva Julião; a servidora Ma- teve a seguinte composição: jornalista ria Alyne Sousa Melo; os estudantes Francisco Edilson da Silva, coordena- Francisca Juliana Alves Carneiro, Tágla dor da ACMI; professor Hudson Costa Santos Soares, Eder de Vasconcelos Gonçalves da Cruz; professor Antonio Rodrigues, Marden Cardoso Sousa, Marcielyo Fonteles Vital, chefe de Ga- Margareth Muniz Silva e Francisco Ro- binete da Reitoria. mário da Silva Vasconcelos. A Comissão Julgadora, designada pelo Reitor Antonio Colaço Martins, foi formada por Hudson Costa Gonçal- Organização ves da Cruz (Presidente), José Antenor O I Concurso de Fotografia da UVA Viana Coelho, Antônio Flávio Queiroz foi coordenado pela Assessoria de de Oliveira, Vandi Ferreira Lima Júnior Comunicação e Marketing Institucio- e Wendley Souza da Silva.Fotografia intitulada "Projeções", da estudante Margarete Muniz Silva, que recebeu mençãohonrosa no concurso “A UVA sob meu olhar”F oi realizada, na noite de segun- Outubro UVA 2012, que comemora da-feira, 22, no Auditório Cen- o 44º aniversário da Instituição, o tral da Universidade Estadual jornalista Francisco Edilson da Silva, Vale do Acaraú, no Campus Betânia, Coordenador da Assessoria de Co- a premiação do I Concurso de Foto- municação e Marketing Institucional grafia da UVA, com a temática “A UVA (ACMI) e o Professor Hudson Costa sob meu olhar”. A vice-Reitora Palmi- Gonçalves da Cruz, Presidente da Co- ra Soares destacou a participação de missão Julgadora. estudantes, professores e servidores, Foram premiados o professor He- enfatizando que as três primeiras fo- ráclio Antônio Bastos da Silva, em 1º tografias classificadas, assim como lugar, com uma máquina fotográfica; as nove menções honrosas, serão o estudante Adriano Sousa Rodri- utilizadas na confecção do calendá- gues, 2º. lugar, com um livro de fo- rio e da agenda UVA 2013, quando tografia; e a estudante Crisleyane da a Universidade festejará 45 anos de Silva Tomais, 3º. Lugar, com assinatu- fundação. ra de uma revista de fotografia. Também participaram da soleni- Receberam certificados de Men- dade, integrando a programação do ção Honrosa os professores Francisco CONTRATA Contatos Informação, Cultura e N e g ó ci o s Publicitários • Experiência • Ensino Médio/ SuperiorInteressados, favor enviar • DinamismoCurrículo Vitae, para:curriculo@sobralnews.com.br • Empreendedor
  5. 5. Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Informação, Cultura e Negócios /5Regional Apostadores de Viçosa aguardam “segundo raio” 14 pessoas ficaram milionárias através de um bolão da mega-sena que custou Esse foi o local de onde saiu o bilhete premiado com mais de R$ 33 milhões apenas R$ 30 para cada apostador. O sorteio de número 1433, realizado dia 13 de outubro, já estava acumulado há cinco concursos. cidade acreditam que a sorte pode voltar à Lotérica Viçosa, V isso é o que diz a vendedora autônoma Beatriz dos Santos. ocê acredita que um raio pode da Lotérica, Olinda Oliveira: “A procu- Ela vende lanches na praça pública que fica de fronte à ins- atingir o mesmo lugar duas ra por apostas na mega-sena cresceu tituição bancária e declara “que não gosta de apostar, mes- vezes? Pois é, independente muito. As pessoas têm feito muitos mo depois que essas pessoas foram premiadas”. Ela ressalta do seu ponto de vista sobre essa in- jogos, animadas com o que aconte- que acha um desperdício gastar dinheiro com isso e dispara: dagação, os moradores de Viçosa do ceu”. “Não vou gastar o que ganho com esses jogos, eu nunca vou Ceará, na Região da Ibiapaba, creem Nas proximidades da Lotérica Vi- A atendente afirma ganhar”. que é possível sim, e estão apostan- çosa ainda é possível encontrar pes- que as apostas Se para a vendedora a sorte pode estar distante, para aumentaram depois do nisso quando enfrentam as filas da soas especulando sobre quem foram da premiação Erandir Cardoso, comerciante, dias de fartura financeira Lotérica da cidade para fazerem uma os sortudos e o que estão fazendo Legenda podem estar muito próximos. Ele estava na fila de um dos fezinha nos sorteios semanais da me- com seus milhões. O bibliotecário Ar- atendentes da Lotérica com seu bilhete da mega-sena devi- ga-sena. naldo Gomes disse que o burburinho damente preenchido. “Eu acredito na sorte e que alguém da- A esperança de se tornar um mi- foi grande quando a premiação foi qui possa ganhar de novo. Espero que seja eu”, torce Erandir. lionário aumentou depois que um noticiada pelos veículos de comuni- Outras pessoas completavam a fila das apostas, confiantes bilhete registrado na Lotérica Viçosa cação. “Todo mundo ficou querendo num prêmio milionário. foi premiado com mais de R$ 33 mi- saber quem foram os sorteados, se Dizem que a sorte é cega e pode escolher qualquer pes- lhões. Os seis números sorteados fa- eram amigos ou pessoas conhecidas, soa a qualquer momento. Desde, é claro, que tenha uma ziam parte de um bolão, que reuniu mas, não sabemos de nada”, garante ajudinha. E você, tem contribuído com sua sorte? Tem parti- apostas de 14 pessoas. De acordo Arnaldo. Num comércio de cereais cipado de apostas valiosas que podem mudar sua vida? Para com informações divulgadas pela Cai- próximo à Lotérica, a proprietária Beatriz, vendedora isso cada um tem seu palpite e/ou superstição. Façam suas autônoma, acha que xa Econômica Federal, o valor total do Ana Vieira, também falou dos muitos as apostas são um apostas, um raio valioso pode ser enviado pela sua sorte. bolão foi de R$ 420,00. Cada um dos comentários que ocorreram nos últi- desperdício apostadores, agora milionários, pa- mos dias, mas, segundo ela, as espe- gou R$ 30,00 e cada um recebeu R$ culações diminuíram. Indagada sobre 2,4 milhões. a possibilidade de um novo prêmio Um raio de muita sorte caiu uma para a mesma Casa Lotérica, Ana afir- vez sobre a cidade serrana do Ceará, ma que acredita que tudo pode acon- e os viçosenses acreditam que isso tecer: “Nada é impossível. Acredito pode acontecer novamente. Por isso, que outra aposta pode ser premiada a movimentação na instituição finan- aqui, e eu também continuo jogan- ceira que representa a Caixa no Muni- do”. cípio aumentou, garante a atendente Mas, nem todos os moradores da BANCO DE MUDAS CACHOEIRO - SOBRAL VENDE Em estoque: nativas. Em estoque: exótica. ITEM NOME ITEM NOME 1 Oiticica 1 Nim 2 Carnaubeira 2 None 3 Sabiá 3 Pau Brasil 4 Paraíba 5 Jatobá Em estoque: medicinais 6 Leucema ITEM NOME 7 Sabonete 8 Pau d’arco roxo – Ipê 1 Anador Em estoque: frutíferas. 2 Malva comum ITEM NOME 3 Malva carama 1 Ateiras 4 Cidreira 2 Mamoeiro 5 Mastruz 3 Mangueira 6 Capim santo 4 Abacate 7 Babosa 5 Tangerina 8 Colonia 6 Laranja 7 8 Abacaxi Limão Contatos: 9 10 Jaca Acerola (88) 9707.1001 11 Azeitona 9707.1010 Site: bancodemudascachoeiro.com.br Email: pedido@bancodemudascachoeiro.com.br
  6. 6. 6/ Informação, Cultura e Negócios Ano I - Edição 199 Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 "Quem tem imaginação, mas não tem cultura, Patrícia Kinoshita possui asas, mas não tem pés." ( Joseph Joubert ) jornal@sobralnews.com.br anos de dedicação ao teatro, cinema e à televisão e ao seu lado Antonieta Noronha completa 48 anos de carreira este ano. “Dá orgulho participar de um projeto que une diferentes gerações de artistas com talentos tão marcantes no esteio de uma peça que nos faz refle- tir sobre valores tão importantes”, diz, Allan Duvale, diretor do espetáculo. “Fiquei muito feliz com a ideia desse espetáculo tratar da história de velhos artistas. Quando abriram-se as cortinas novamente para mim eu saí da solidão, estou muito feliz. Estar nos palcos com este espetáculo pelas mãos de jovens talentosos que não medem esforços para entrarmos em cena, é simples- mente um momento único. Rejuvenes- ci!”, se emociona Antonieta Noronha, que estava há oito anos afastada dos palcos. Antonieta Noronha, 85, e Ary Sher- lock, 81, são os atores mais antigos em plena atividade no Estado. Eles se co- nheceram há longas datas, ainda nos tempos de teledramaturgia da TV Ce- ará. Foram acompanhando as carreiras um do outro, mas só em 2012 se reen- contram em cena novamente. “Contracenar com os veteranos An- tonieta Noronha e João Antônio, anti- gos companheiros de ofício, e com Sid- ney Malveira, meu amigo e diretor que agora atua ao meu lado, é um prazer enorme. Esse espetáculo me apaixo- Ary Sherlock e Antonieta Noronha integram o elenco do espetáculo “Na Corda Bam- na por que é um defensório da famí- ba” que será encenado nos dias 27 e 28, às 20h. lia com toda a sua instituição sagrada, como também é em defesa do idoso”, diz Ary Sherlock. Antonieta Noronha e Ary Sherlock em cena no espetáculo "Na corda bamba" - Fotos: Divulgação Serviço:O Theatro São João será palco de ck, dois artistas de outrora, vivem con- bamba” foi um trabalho difícil, princi- Na Corda Bamba um grande espetáculo neste finados num apartamento de onde palmente porque eu não tinha mais a Dias: 27 e 18 de outubro fim de semana. Dois grandes vislumbram o mundo por uma janela. menor pretensão de escrever uma li- Horário: 20h ícones das Artes Cênicas do Ceará, Dois jovens, interpretados por João nha sequer para teatro. Depois que o Local: Theatro São João Ary Sherlock e Antonieta Noronha, Antônio e Sidney Malveira, têm a mis- texto chegou a seu último tratamento, (Praça São João, 156 - Centro integram o elenco do espetáculo “Na são de cuidar do casal e não sabem o entendi perfeitamente por que. Mas Mais informações: 3611-2430 Corda Bamba” que será encenado nos que fazer com seus entes mais velhos. quando vi a peça ganhar vida pelo dias 27 e 28, às 20h. O Espetáculo é Um dos rapazes recebe proposta de brilho dos olhos dos atores, mudei de mais um trabalho do Grupo Teatro estudos na Europa, o outro quer ga- ideia e, caso seja necessário, já chego Novo que tem Aldo Marcozzi assinan- nhar a vida viajando com um circo. O a pensar na possibilidades de escrever do o texto. A direção é de por Allan casal de idosos fica na corda bamba, à outra peça”, conta Aldo Marcozzi, au- Duvale. mercê de um destino incerto. “Na Cor- tor da trama. A trama de Aldo Marcozzi se pas- da Bamba” nos faz questionar, quem Para encenar os altos e baixos da sa no terceiro andar de um edifício, somos diante do outro e o que somos vida de artista, nada melhor que con- quando Miréica e Elói, interpretados diante dos sonhos. tar com veteranos em cena. Ary Sher- por Antonieta Noronha e Ary Sherlo- “Sendo uma encomenda, “na corda lock, que é sobralense, contabiliza 60
  7. 7. Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Informação, Cultura e Negócios /7Cultura Exposição:Show:“Sonho – Goldini” no “Weaver Discos – PopTheatro São João Descarado” em cartaz O show mostra a performance de dois personagens que estão no imagi- no ECOA nário popular: o mágico e o palhaço, in- terpretado pelo ator Francisco Galdino, com uma rotina de mágicas extrema- mente visuais, curiosas e cheias de sus- pense. Goldini mantém o público total- mente focado na sua apresentação. -Cidadania, meio ambiente, dentre outros temas são abordador nos núme- ros de mágicas, e apresentados de for- ma lúdica, com ênfase ao mágico poder dos pensamentos positivos. Após a per- formance o mágico Goldini se transfor- Está em cartaz, até o dia 16 de no- imaginação dos visitantes. Dos artistas ma no palhaço Peteleco. vembro, na Ecoa, a exposição “Weaver inspirados nas obras, Weaver buscou Serviço: Discos – Pop Descarado”, que reúne 15 nomes importantes das artes plásticas, capas de discos das bandas favoritas do quadrinismo e fotografia. Espetáculo "Sonho – Goldini” artista, todas redesenhadas e estiliza- Neste sábado, 27, e domingo, 28, às Dias: 27 e 28 de outubro das e multiplicadas em 300 peças, alte-17h, o Theatro São João exibirá o espe- Horário: 17h Serviço: rando as cores dos fundos.táculo “Sonho-Goldini”. A entrada cus- Entrada: R$10 O estilo eclético do artista conse- “Weaver Discos – Pop Descarado”ta R$10,00 e a classificação é livre. Classificação: Livre. guiu reunir várias bandas, uma mistura Local: ECOA (Travessa Adriano Dias, de estilos como punk, post punk, pop e 135 – Centro) alternativo, são elas: Kraftwerk, Second Período : 16 de Out. a 16 de Nov."Tinker Bell no Planeta Come, Pixies, Smiths, R.E.M, Ramones, Joy Division, Radiohead, Velvet Un- Horário de Funcionamento : Terça e Sexta : de 8h às 12h e de 4hSustentável" no derground, Beck, PJ Harvey, Jesus and Mary Chain, Nick Cave, Leonard Cohen e Tindersticks. Para descobrir qual ban- às 21h Sábado: de 9h às 12h e de 17h àsTheatro São João da é sugerida em cada obra, Weaver expõe alguns elementos que instigam a 21h Domingo: 17h às 21h O Theatro São João recebe amanhã, o canto, a dança e o teatro, em forma27, às 19h, o musical "Tinker Bell no de atuação e um alerta - poderemos-Planeta Sustentável" do grupo Danças promover com eficácia e eficiência a Exposição:& Eventos. O espetáculo aborda as di- Sustentabilidade Ambiental do Planetaferentes linguagens artísticas e fornece Terra. Os ingressos custam R$10,00 eoportunidades para explorar a música, R$5,00. A classificação é livre. Últimos dias paraCinema: conferir Nós – 5 ArtistasCine Sesc exibe Sobralenses“Os Três Zuretas” O Grupo Haja Vista reúne na Ecoa suas obras na exposição de artes visuais Nós – 5 Artistas Sobralenses. Os artistas Serviço: Nós – 5 Artistas Sobralenses Anderson Morais, Berg Correia, Fábio O Cine Sesc exibe hoje, 26, às 19h, Dia: Até 27 de outubro Solon, Wagner Moraes e Wescley Braga“Os Três Zuretas”, de Cecilio Neto. O Local: ECOA ( Travessa Adriano Dias compõem a coletiva com cerca de 50filme traz uma comovente e engraça- de Carvalho, 135 – Centro) obras. A exposição fica em cartaz atéda história sobre a amizade de três Horário de funcionamento: amanhã, 27. Terça a sexta – de 8h às 12h e degarotos e suas peripécias numa pe- 14h às 21hquena cidade do interior. Sábado – de 9h às 12 e de 17h às Joaquim, Zezo e Pelé são os gran- 21hdes representantes da pureza de uma Domingo – de 17h às 21hépoca que não existe mais. Ambien-tada no começo dos anos 60, a tra-ma destes três "demoniozinhos" tra-ça um perfil interessante da geração nem perdia seu tempo de criançaque não se divertia com a televisão com jogos no computador. Através da imaginação, os três conseguem criar um universo especial acreditando na possibilidade de terem poderes para transformar em realidade todos os seus desejos. Serviço: Cine Sesc – Os Três Zuretas Dia: sexta-feira (26) Horário: 19h Local: Sala de vídeo Sesc centro (praça São Francisco) Acesso: Gratuito Informações: 3611.0954
  8. 8. 8/ Informação, Cultura e Negócios Ano I - Edição 199 Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012CidadeSobral:Estudantes de Zootecniadesenvolvem Pesquisas sobretécnicas de Apicultura na região Criado desde maio de 2011, o Grupo de Pesquisas com Abelhas e Polinização (Gpap) vem realizando pesquisas e aprofundando os conhecimentos dos acadêmicos do curso sobre a apicultura praticada na Região Rayanne Colares jornal@sobralnews.com.brO s alunos do Curso de Zootecnia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) estão desenvolvendo estudos relacionados a abelhas e ao processo de polinização causados por estas. As pesquisas vêm sendo realizadas há mais de um ano, e ocorrem na Serra da Meruoca e nas demais regiões onde possam existir demandas. De acordo com as informações do Professor do Curso de Zootecnia e Orientador do Projeto, José Everton Alves, a análise consiste em três esferas, sendo elas, o ensino, a pesquisa e a extensão rural. “O grupo foi criado baseado no tripé da educação que incide sobre o ensino, pesquisa e extensão. Na Alunos do Gpap realizando a captura de enxames no Centro de Sobral Ninho da abelha sem ferrão, popularmente pesquisa os alunos veem tanto conhecida como abelha jandaíra a parte de ensino, onde eles são orientados sobre o ponto de vista pelas abelhas,” observou o professor. principal meta. Ao mesmo tempo de US$ 1,41milhão de dólares, seguido do conteúdo a ser estudado, com Para o Aluno e Integrante do Gpap, em que pesquisamos e adquirimos pelo Rio Grande do Sul, com US$ 1,11 o apoio da internet e biblioteca, José Elton de Melo Nascimento, as conhecimento, também explicamos milhão de dólares. São Paulo, que enfim, fontes de conhecimento pesquisas realizadas têm o objetivo de aos apicultores a importância da vinha liderando o ranking, caiu para o para que eles mesmos possam incentivar os acadêmicos de Zootecnia polinização e do melhoramento nas terceiro lugar com US$ 958,48 mil. passar o conhecimento por meio a aprofundarem seus conhecimentos técnicas utilizadas, ou seja, a troca As exportações do mel brasileiro de um ciclo de seminários. Sobre na biologia de várias espécies de de experiência é mútua,” informou o fecharam o ano de 2010 com um a pesquisa, os alunos desenvolvem abelhas, bem como realizar estudos aluno. aumento da receita da ordem de US$ estudos em parceria com a em polinização de culturas agrícolas, José Elton de Melo também 5,53 milhões, correspondendo a 1,65 Associação dos Apicultores da plantas nativas da região, assim como ressaltou a importância do processo toneladas de mel. O preço médio Meruoca, dentre uma série estimular a cultura dos produtos correto na captura, uma vez que, por do produto estabeleceu um novo de outras pesquisas relacionadas apícolas. falta de conhecimento, a população recorde, atingindo US$ 3,35 o quilo. a diversos temas da apicultura, “O nosso foco, além da pesquisa, muitas vezes ateia fogo nas colmeias, Dois estados obtiveram preços e a extensão ocorre a partir do é estimular também a produção de podendo causar risco de incêndios e, ainda acima desta média nacional, momento em que a universidade alimentos derivados das abelhas, até mesmo, prejudicando ou matando recordes que foram do Ceará (US$ vai para o campo coletar e passar como o mel, o pólen, o própolis, a as abelhas. 3,92/kg) e Minas Gerais (US$ 3,59/ conhecimento,” explicou o cera e a geleia real. Com a ajuda do kg). O melhor preço foi praticado pelo orientador. nosso orientador nós observamos a Ceará, provavelmente por se tratar, em Outro ponto relevante da necessidade de se criar um grupo de Benefícios do grande parte, de exportação de mel pesquisa ressaltado por Everton Alves se baseia no estímulo da pesquisa e, uma vez criado, nosso Pólen orgânico. Isso mostra a importância intuito passou a ser a divulgação O pólen é a principal fonte proteica da preservação dos biomas cearenses população para a produção e desse trabalho para que as pessoas das abelhas, sendo também uma para a produção de mel de excelente preservação das técnicas apícolas. possam conhecer mais sobre a prática importante fonte de proteínas, qualidade. “Se as abelhas por algum motivo da apicultura,” informou o aluno. minerais e lipídeos. Além disso, o não conseguirem concluir o Em relação à importância da pólen pode ajudar nos tratamentos processo de polinização, a pesquisa e a experiência de participar da próstata e na recuperação de Saiba Mais produção de vários alimentos Para obter mais informações do grupo o estudante destacou que o energias. estará comprometida pelo fato sobre a pesquisa que vem sendo conhecimento científico é alcançado delas realizarem esse importante desenvolvida pelos estudantes você na mesma proporção em que é papel. Para se ter uma ideia, mais passado. “A busca do conhecimento Ranking pode acessar o endereço eletrônico de 60% da produção mundial de O Estado do Ceará assumiu a www.blogdogpap.blogspot.com.br ou científico e o trabalho desenvolvido uma série de alimentos dependem liderança do ranking de exportação de entrar em contato pelo e-mail gpap_ junto aos produtores é a nossa diretamente da polinização feita mel no ano de 2010 com uma receita uva@hotmail.com
  9. 9. Ano I - Edição 199Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Informação, Cultura e Negócios /9Estadual II Ciclo de debates do MPC abordou a lei da Improbidade Administrativa e o Combate à Corrupção. Organizador do Ciclo de Debates, o Procurador-Geral do MPC, Gleydson Alexandre, destacou que esse é o momento ideal para fomentar o debate sobre os novos instrumentos no combate à corrupção. C ombate à corrupção, Lei da Fi- cha Limpa, Licitações Públicas. Esses foram alguns dos temas abordados durante o II Ciclo de De- bates do Ministério Público de Contas (MPC), realizado na tarde da última quinta-feira, 25, no Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE- -CE). O evento, em comemoração aos cinco anos de criação do MPC, teve como tema central os Vinte anos da Lei de Improbidade Administrativa e o Combate à Corrupção. Organizador do Ciclo de Debates, o Procurador-Geral do MPC, Gleydson Alexandre, destacou que esse é o mo- mento ideal para fomentar o debate sobre os novos instrumentos no com- pôs. Segundo o conselheiro do CNJ, rupção não são expressos só em nú- forma política e prática. Para Raian, bate à corrupção. “O Brasil não vai “é necessário que se acabe com o ne- meros. “Mais que isso, a dignidade, a Jorge Hélio abrilhantou o evento com mudar repentinamente, mas cabe a potismo, com os favores e privilégios, segurança, a saúde da sociedade en- seu jeito peculiar. “Ele discursou da nós, sociedade, mostrar para nossos pois só assim obteremos mudanças tram nesses custos”, declara. realidade inerente a todo brasileiro filhos e netos que um País melhor nos serviços públicos e na nação”. e tocou em pontos práticos da vida pode ser construído”, declarou. Na A segunda palestra foi proferida “Uma das formas de combate real. Não ficou só no plano teórico ju- abertura do debate, o Presidente do pelo procurador Regional Eleitoral, rídico, mas no que vivenciamos no dia à corrupção é encarecê-la. Os TCE, conselheiro Valdomiro Távora, Márcio Andrade Torres, que falou so- a dia”, enfatizou. congratulou o MPC pelo aniversário bre o tema “Lei da Ficha Limpa e sua custos para cometer a corrupção Já sobre a palestra do Procurador e pela iniciativa. Segundo o presiden- repercussão nas eleições de 2012”. devem ser maiores que o que Márcio Torres, o estudante de Direi- te, o evento tem muita importância Márcio Torres abordou as diferentes eles ganham ao praticá-la. to considerou excelente. “A palestra para o engrandecimento do trabalho competências dos Tribunais de Con- Além disso, precisamos de uma foi maravilhosa, ele tocou em pon- realizado pelo Tribunal. O conselheiro tas e do Tribunal Superior Eleitoral mobilização nacional para tos notáveis, que vão contribuir para decano, Alexandre Figueiredo, enfati- (TSE) nas definições sobre elegibilida- a formação cultural de cada um que zou que o evento é um exemplo para fazermos a reforma política de e inelegibilidade dos candidatos. assistiu o seu discurso”, completou. a sociedade. Na exposição, foram mostradas tam- desejada”, disse Eloilson Landim. Também estiveram presentes ao A primeira palestra da tarde foi bém situações mais recorrentes nos “A existência da possibilidade evento a conselheira Soraia Victor, o proferida pelo Conselheiro do Con- julgamentos do TSE. de punição inibe a corrupção”, conselheiro Edilberto Pontes e o con- selho Nacional de Justiça (CNJ), Jorge A palestra final ficou a cargo do completa. selheiro Rholden Botelho de Queiroz, Hélio Chaves de Oliveira, que expla- Promotor de Justiça da Procuradoria que junto com o atual procurador-ge- nou sobre o papel do CNJ no combate dos Crimes contra a Administração O estudante de terceiro ano de ral, Gleydson Alexandre, inaugurou à corrupção. Para o conselheiro é pre- Pública (Procap), Eloilson Augusto da Direito, Raian Vasconcelos Bezerra, o MPC, e o auditor Itacir Todero. Ao ciso republicanizar o Brasil. “É preciso Silva Landim, que declarou ser muito acredita que o debate foi de suma im- final, os convidados participaram de reoxigenar o poder público para que edificante participar do debate. Para portância, pois conseguiu aprimorar o um coquetel. ele se torne público de verdade”, ex- o Promotor, os custos sociais da cor- que se aprende na faculdade de uma Com a colaboração de Kelly de Castro
  10. 10. 10/ Informação, Cultura e Negócios Ano I - Edição 199 Sobral-CE, sexta-feira, 26 de outubro de 2012 Esporte Alltemy Moura | jornal@sobralnews.com.br Esportistas de todo o país podem se inscrever no Bolsa Atleta As inscrições devem ser feitas pelo portal do Ministério do Esporte, através de um formulário online A previsão é de que em dezem- bro seja publicado o resultado dos Bolsa contemplados com a bolsa. O paga- Atleta mento será realizado em 2013, em O Bolsa Atleta é o maior programa doze parcelas mensais. O programa de auxílio individual e direto aos es- oferece um salário mensal para atle- portistas no mundo. Para ser contem- tas de alto rendimento que não pos- plado, é preciso preencher uma série suem patrocínio. O objetivo é evitar de pré-requisitos determinados na que promessas do esporte tenham legislação do programa, que depende que trabalhar ao mesmo tempo em da categoria disputada. que treinam. A primeira etapa de seleção do pro- A contribuição mensal é de R$ grama Bolsa Atleta referente ao exer- 370 para atletas estudantis, R$ 950 cício 2011 contemplou 4.243 atletas para atletas nacionais, R$ 1.850 para de 53 modalidades. A segunda etapa atletas internacionais e R$ 3.100 de inscrições, ainda sem data para para atletas olímpicos e paraolímpi- abertura, será especificamente para E cos. O atleta recebe o dinheiro em os atletas que praticam as modalida- stão abertas até o dia 17 de Para completar a inscrição, além sua conta, sem intermediários, e des que não compõem o programa novembro as inscrições para de preencher o formulário online, passa a ter a segurança de uma ren- dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. a primeira etapa do programa os esportistas terão 30 dias para da mensal. A concessão do benefício para os Bolsa Atleta, referente ao exercício enviar ao órgão a documentação Podem se candidatar atletas atletas que participam de modalida- 2012. Podem se candidatar atletas exigida, como cópias de documen- maiores de 14 anos, que tenham ob- des que não fazem parte do programa que disputam em modalidades que to de identidade e CPF e declaração compõem o programa dos Jogos da entidade de prática esportiva. A tido a primeira, segunda ou terceira olímpico ou paraolímpico é limitada Olímpicos e Paralímpicos. As inscri- lista completa dos documentos ne- colocação em competição nacional a quinze por cento dos recursos or- ções devem ser feitas pelo portal cessários está disponível no artigo ou internacional, de acordo com a çamentários disponíveis para a Bolsa do Ministério do Esporte. 5º da Portaria 164/2011. categoria, no ano imediatamente Atleta. anterior ao que irá receber a bolsa. Fonte: Ministério do EsporteAlunos de Sobral conquistam mais de 200medalhas na Olimpíada Brasileira de Astronomia Desempenho dos alunos sobralenses evidencia, mais uma vez, a qualidade da Educação nas escolas do Município de Sobral. na OBA 2011. A escola também foi Desenvolvendo uma das duas escolas do Estado do talentos Ceará premiadas na Olimpíada Brasi- Localizada no Distrito do Jordão, leira de Matemática das Escolas Pú- a Escola José Inácio desenvolve um blicas (OBMEP), em 2010 e 2011. projeto de preparação dos alunos A Secretaria da Educação de So- O trabalho desenvolvido pela da Rede Municipal de Ensino de para Olimpíadas. O projeto faz par- bral também foi premiada, na OBE-Prefeitura nas escolas de Sobral Sobral participaram da Olimpíada te do Plano de Gestão Escolar de MEP pelo número alunos premiadosteve novo reconhecimento nacio- Brasileira de Astronomia. identificar talentos e motivar o de- no Município. Na OBEMEP de 2011,nal. Alunos da Rede Municipal de A OBA é organizada anual- senvolvimento. “Nós identificamos o professor Francisco do Carmo, daEnsino de Sobral conquistaram mente pela Sociedade Astronô- o potencial no aluno e trabalhamos Escola José Inácio, foi um dos profes-201 medalhas na XV Olimpíada mica Brasileira (SAB) em parceria incentivando a participação em con- sores do Ceará premiados na OBE- cursos nacionais e qualificação no MEP ao lado de professores do Co-Brasileira de Astronomia e Astro- com a Agência Espacial Brasileira processo de aprendizagem”, explica légio Militar de Fortaleza, conhecidonáutica (OBA). Foram 68 de ouro, (AEB) e a Eletrobrás Furnas, com o diretor da escola, professor José pelo padrão de ensino.68 de prata e 65 de bronze. As o objetivo promover o interes- Alves. Os alunos da Escola José Inácioprovas da OBA foram realizadas se dos jovens pela Astronomia e Durante o contra turno, os alunos também participarão, em novembro,em maio, mas só este mês foi di- Astronáutica, com a difusão dos têm aulas e orientação direciona- da segunda fase da Olimpíada Brasi-vulgado o resultado. conhecimentos básicos de forma das às competições. As aulas, antes leira de Física das Escolas Públicas A Escola Municipal José Inácio lúdica, despertando a imaginação aos sábados, passaram a ser diárias, (OBFEP), em Camocim (CE). Gomes Parente conquistou 80 e o interesse científico nos alu- diante dos bons resultados obtidos. Veja a lista completa dos alunosmedalhas, sendo 29 de ouro, 35 nos. Em Sobral, 2.133 estudantes Os alunos da Escola José Inácio premiados em cada escola no Blogde prata e 16 de bronze. Também participaram da OBA e 236 con- conquistaram 3 medalhas de bronze de Sobral (blog.sobral.ce.gov.br)receberam medalhas, os alunos quistaram medalhas. No Ceará,da Escola Osmar de Sá Ponte (22medalhas); da Escola Manoel Ma- participaram 89.633 alunos, sen- do 4.334 medalhistas. Em todo o VENDE-SErinho (12 medalhas) e das escolas país, 785.191 alunos de 8.968 es- 02 CACHORROS DA RAÇA Rottweiler Contatos: 001 (88) 9707.1 0Antônio Custódio de Azevedo e colas participaram da Olimpíada, Sendo 1 Fêmea e 1 MachoTrajano de Medeiros, ambas com10 medalhas. Ao todo, 17 escolas com o apoio de 63.925 professo- res. R$ 1.500,00 CADA 9707.101

×