Termas do Luso

699 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
699
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Termas do Luso

  1. 1. Termas do Luso REBRANDING Prof. Doutor João Romão As alunas: Flávia Martins 11038911 & Patrícia Vitorino 11024911
  2. 2. " água muitíssimo pura..." D. Charles Lepierre, Químico e Professor Universitário (1903)
  3. 3. Introdução Vamos apresentar as principais características que as águas das termas possuem que são utilizadas não só para fins terapêuticos como também de lazer, assim como também os tratamentos que são realizados. Para que seja necessário um replaneamento da marca Luso também iremos apresentar os vários serviços e também os seus produtos que esta terma dispõe para usufruto dos seus clientes. Termas do Luso
  4. 4. História das Termas do Luso e do Hotel que o integra • Certidão de nascimento do Luso: 1064 • No entanto o Monte Buzaco onde se situa, é já referenciado em 919. • De Buzzaco, Buzaco ou Buzacco. • A partir de meados do século XVIII que as virtudes do precioso líquido nascendo com abundância dum olho de água quente foram propagandeadas. • Actualmente abaixo da actual fonte de S. João rebenta a fonte termal a uma temperatura de 28 graus. • A excelência da água utilizada para inúmeros tratamentos levou a que se desse um grande número de banhistas. • Emídio Navarro (Jornalista, ministro e conselheiro) tem um busto erguido na avenida de seu nome desde 1917.
  5. 5. História das Termas do Luso e do Hotel que o integra • A primeira referência aos efeitos medicinais das águas do Luso foi em 1726, pelo Dr. Francisco Fonseca Henriques que descobriu aqui uma nascente de água. • Reza a história que quase 50 anos depois as águas do Luso foram utilizadas para curar uma doença da Rainha D. Maria I. • Já no século XIX foi construído o complexo para os futuros Banhos de Luso que passaria a ser controlado pela Sociedade para o Melhoramento dos banhos do Luso.
  6. 6. Diagnóstico das Termas do Luso Identificação das Características Termais e Potenciais Práticas Medicinais Características Termais • Hipossalina • Mesotermal • Cloretada sódica • Tem uma concentração de sílica de 26% no seu valor de mineralização total. Práticas Medicinais • Hidropinia • Buvete Termal (ingestão de água) • Duche de Agulheta • Duches de Alta Pressão • Hidromassagem Termal • Duche Vichy com Massagem • Chuva Termal • Banho de Vapor à Coluna • Piscina Termal (com exercícios de cinesioterapia individual ou em grupo) • Banho Bertholet (através do uso de vapor de Água Termal) • Hidrocinesioterapia • Eletroterapia • Ventiloterapia
  7. 7. Diagnóstico das Termas do Luso Identificação de Produtos e Serviços Complementares Identificação de Produtos • O Grande Hotel Luso**** está integrado com o complexo termal, permitindo assim acesso directo às infraesrutras termais. Serviços Complementares • Reuniões em salas de estar • Malo clinic Termas Luso • Spa termal • Termalismo classico • Casino do Luso (salão de espectáculos, Núcleo Museológico da Sociedade da Água do Luso) • Medical center (apoio médico especialiazado) • Actividades ao ar livre ou de realizar visitas guiadas • Percursos pedestres e todo-o- terreno • Outras actividades também são realizadas através de empresas turísticas, tais como Descidas de rio, Canyoning, Paintbal, etc. • Centro de Treinos • Quinta do Encontro (Serras do Caramulo e Buçaco)
  8. 8. Envolvente da Região nas Termas do Luso Mata do Buçaco
  9. 9. • Bosque espesso e secular. • Vegetaçãoproveniente da América, Austrália, Himalaias e de outros locais. • Plantadas e cuidadas por gerações de Monges Carmelitas Descalços • Passos da Via Sacra • Capelas votivas • Convento de Santa Cruz do Buçaco • Vale dos Fetos • Fonte Fria • Miradouro da Cruz Alta • Convento das Carmelitas • Palace Hotel do Buçaco, outrora residência de reis e que nos nossos dias recebe Homens de Estado Museu Militar do Buçaco 100 anos da Batalha do Buçaco
  10. 10. Envolvente da Região nas Termas do Luso Convento de Santa Cruz do Buçaco
  11. 11. • Lançaram a primeira pedra do mosteiro no dia 7 de Agosto de 1628 • Ausência de riqueza, pois o importante era espírito e a salvação da alma • Área de acesso reservado a quem procurava orar • Coube aos monges do Carmelo edificar ermidas e capelas, preservar a rica flora nativa e acrescentar-lhe espécies trazidas de todas as partes do mundo • Em 21 de Setembro de 1810, durante a terceira invasão francesa, o general inglês Wellington ficou alojado no convento, bem como todo o seu estado maior que ocupou quase todas as celas dos frades. • Em 1834, com a extinção das ordens religiosas, o Convento e todo o património existente, incorporou-se nos bens nacionais.
  12. 12. Envolvente da Região nas Termas do Luso Portugal dos Pequenitos
  13. 13. • Situado em Coimbra, o Portugal dos Pequenitos é desde 8 de Junho de 1940, data da sua inauguração, um parque lúdico-pedagógico destinado essencialmente à Criança. • Retrato vivo da presença portuguesa no mundo • É também uma amostra qualificada da arte escultórica e arquitectónica que, pela miniatura e pela minúcia, ainda hoje encantam crianças, jovens e adultos.
  14. 14. Envolvente da Região nas Termas do Luso Hipódromo da Bairrada
  15. 15. • O hipismo teve grande tradição na Curia, onde se realizaram provas de competição. • Actualmente, o hipódromo está localizado em Arcos (Anadia). • Funciona todo o ano assegurando estágios de alta competição e de aperfeiçoamento de cavaleiros. • No Verão realizam-se provas de competição nacionais e internacionais.
  16. 16. Envolvente da Região nas Termas do Luso Museu Histórico da Vista Alegre
  17. 17. • Inaugurado no ano de 1964 este foi a concretização de um projecto que vinha desde o início da construção da Fábrica Vista Alegre. • Por volta de 1920 surgem as primeiras instalações. • Abre as portas na década de 60 do século XX. • Em 2001 foi sujeito a uma remodelação profunda de modernização dos espaços e conteúdos. • Integrado no complexo da Fábrica de Porcelana da Vista Alegre.
  18. 18. Envolvente da Região nas Termas do Luso Museu do Vinho da Bairrada
  19. 19. • O Museu do Vinho Bairrada foi inaugurado a 27 de Setembro de 2003. • A Exposição designada por Percursos do Vinho, encontra-se exposta ao longo de seis salas temáticas, com peças de valor arqueológico, etnográfico e técnico, reunidas com a colaboração de diversos vitivinicultores, entidades locais e nacionais. • O Museu tem ainda uma Enoteca, uma loja de Vinhos, um auditório para 80 pessoas, com equipamento multimédia, uma mediateca, uma biblioteca e zona de restauração com jardim.
  20. 20. Potenciais Actividades Complementares na região e Potenciais Novos Serviços a desenvolver Potenciais Actividades Complementares • Centro de nutrição, caminhadas para um público-alvo sénior adaptadas às suas necessidades que seriam realizadas na Mata do Buçaco. • Rota de Restaurantes com a gastronomia da região proporcionando assim aos nossos clientes experiências únicas relacionadas com a gastronomia local • Ioga • Realização visitas guiadas de forma a envolver os turistas na região para além do sector termalístico. • Actividades na região serão dedicadas a crianças/ jovens: Passeios a cavalo Potenciais Serviços Complementares • O carro Carocha poderia ser um dos meios de transporte usados.
  21. 21. Caracterização da Procura (País, Região e Terma) e Potenciais Novos Mercados A nínel nacional e… • Prioridade: Reforçar a competitividade turística das estâncias termais através de uma lógica de trabalho, composta por produtos compósitos adaptados a diferentes targets (população jovem), ou seja, quanto maior for a variedade da oferta mais facilmente conseguiremos abranger um maior número de pessoas. Internacional • Dar especial atenção ao mercado alemão, que por natureza já é um mercado que gosta de portugal, • Deve continuar a apostar fortemente na nossa vizinha Espanha, uma vez que é onde o nosso maior mercado se concentra Criação de programas "low-cost" e ainda potenciar novos mercados através de promoções de "last minute"
  22. 22. Prioridades nas Políticas Regionais de Desenvolvimento Turístico Potencial turistico local e regional Localização montanhosa e geografica Boa acessibilidade externa Qualidade do patrimonio cultural, ambiental e paisagistico Monumento nacional classificado Cenário marcante da historia militar portuguesa Dinâmica turistica com clara vocação para o turismo cultural, termal e ambiental Gastronomia e vinhos de excelencia regional
  23. 23. Análise SWOT Pontos Fortes • Estar aberta ao público o ano todo; • Património natural envolvente (Buçaco) • Reconhecimento da marca das Termas do Luso • Boa localização, pois está a penas a 20 km de Coimbra • está no mesmo complexo que o Hotel do Buçaco • Testemunho de pessoas conhecidas como Nicolau Breyner Pontos Fracos • Página em construção, o que demonstra a má eficiência das termas, uma vez que a informação fica restrita ao cliente • A contrução do site tem uma navegação pouco intuitiva, ou seja, não é de imediato perceptível a informação Oportunidades • o sector do Termalismo está em crescimento, logo a procura vai sendo gradual Ameaças • Ocorrência de algum problema nas termas que poderá afectar a reputação das termas • Existência de fortes concorrentes termais
  24. 24. Desenvolvimento de Proposta Criativa Visão Estratégica, conceito e Produtos • Termalismo, Spa Termal e Medical Center Imagem • Design simples com cores harmoniosas e límpidas, típicas de um spa. • Já o logótipo é uma imagem característica de toda a marca Luso, isto é, as termas, e as águas, o que a torna uma imagem forte e de reconhecimento fácil. Comunicação e Distribuição • Deveriam optar pelas redes sociais, nomeadamente o Facebook, rede pela qual a maioria dos jovens portugueses está inscrito. • A presença de algum representante das Termas do Luso em feiras de promoção turística
  25. 25. Termas do Luso REBRANDING Prof. Doutor João Romão As alunas: Flávia Martins 11038911 & Patrícia Vitorino 11024911 Fim

×