SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
“Multiplicação da luz”
Texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje
Paulo Francisco dos Santos1
“Vocês são a luz para o mundo. Não se pode
esconder uma cidade construída sobre um monte.”
Mateus 05.14
O sermão do monte é um referencial para todos os cristãos. Jesus, o
Mestre dos mestres por excelência disciplinou ensinos que ecoam pelos
séculos e trazem o conhecimento que ilumina as trevas de toda humanidade.
O texto que da base a esta reflexão expõe a posição privilegiada do cristão e
o destaque que pertencer a fé proporciona, pois este assume o papel de
iluminar (ser luz) e sua fé é comparada a uma cidade construída em um
alicerce firme (monte, rocha que significa Jesus Cristo). Toda pessoa cristã
tem um status que lhe impõe uma grande responsabilidade, pois ser luz
significa ser um instrumento que dissipa a escuridão, ou seja, que revela a
verdade quando a mentira parece triunfar. O mundo precisa de luz... A
escuridão impede uma caminhada segura. Alguém pode dizer que pessoas
cegas vivem em tese na escuridão e caminham bem, mas o caminhar bem só
é possível se elas aprenderem a desviar de obstáculos, decorar rotas e etc, e
isto, dá-nos o entendimento que a escuridão proporcionada pela perda da
visão é suplantada pela luz do conhecimento que lhe permite caminhar.
Entender a importância de ser luz concede aos cristãos a disposição
necessária para enveredar-se na grande comissão e levar ao mundo a
iluminação que vem do Evangelho para livra-lo da destruição. Antes da vinda
de Jesus o mundo tinha apenas o brilho da antiga aliança que proporcionava
uma luz aos descendentes de Abraão e ofuscava apenas alguns não judeus,
porém o advento do Evangelho Redentor marcou um tempo novo na história
de toda humanidade, pois a partir da chegada da Igreja de Cristo houve a
multiplicação da luz. Mateus2
parafraseando Isaías disse sobre Jesus nosso
querido e amado Salvador e a mensagem de fé que muda as pessoas
distantes de Deus o seguinte: “O povo que vive na escuridão verá uma forte
luz! E a luz brilhará sobre os que vivem na região escura da morte!” A partir
daí o mundo deixou de ser dominado pela escuridão e passou a receber a luz
de Jesus Cristo que capacitou sua Igreja para também transmitir essa luz.
Podemos entender que houve uma multiplicação da luz quando os discípulos
1
Pastor, escritor, poeta, Teólogo e advogado.
2
Mateus 4.16
1
“Multiplicação da luz”
receberam a ordem de anunciar o Evangelho a todos os povos3
. Isto
aconteceu porque aqueles que seguem o Senhor Jesus compartilham aquilo
que receberam e consequentemente colaboram para o aumento da
disponibilidade da iluminação doada pelo Evangelho. Quem recebe luz tem
capacidade de transmitir luz, ou seja, não somente é iluminado, mas ilumina
também. “Viver a fé em Cristo é permitir que a luz do Salvador possa brilhar
através de si para iluminar o mundo que está na escuridão!” Assim, podemos
finalizar essa reflexão entendendo que todos os cristãos devem estar orando
e colaborando para que continue havendo a multiplicação da luz, pois
quando ela chegar a todos então chegará o fim4
da trágica derrocada
adâmica e o início da eternidade preparada para os iluminados pela graça
salvífica de Jesus Cristo, nosso Senhor!
SP, fevereiro de 2016.
3
Mateus 28.19,20.
4
Mateus 24.14
2

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Lição 13 25 setembro de 2016
Lição 13   25 setembro de 2016Lição 13   25 setembro de 2016
Lição 13 25 setembro de 2016
 
Querigma parte por parte
Querigma parte por parteQuerigma parte por parte
Querigma parte por parte
 
O Cristianismo
O CristianismoO Cristianismo
O Cristianismo
 
Cateq pt 18
Cateq pt 18Cateq pt 18
Cateq pt 18
 
cristianismo
 cristianismo cristianismo
cristianismo
 
História da igreja os peimeiros 500 anos
História da igreja os peimeiros 500 anosHistória da igreja os peimeiros 500 anos
História da igreja os peimeiros 500 anos
 
Como surgiu o cristianismo
Como surgiu o cristianismoComo surgiu o cristianismo
Como surgiu o cristianismo
 
Cristianismo - Prof. Altair Aguilar
Cristianismo - Prof. Altair AguilarCristianismo - Prof. Altair Aguilar
Cristianismo - Prof. Altair Aguilar
 
Sagrado Magistério da Igreja Católica
Sagrado Magistério da Igreja Católica Sagrado Magistério da Igreja Católica
Sagrado Magistério da Igreja Católica
 
Plantio de igrejas
Plantio de igrejasPlantio de igrejas
Plantio de igrejas
 
Sabe porque as igrejas não realizam mais o evangelismo em massa
Sabe porque as igrejas não realizam mais    o   evangelismo   em massaSabe porque as igrejas não realizam mais    o   evangelismo   em massa
Sabe porque as igrejas não realizam mais o evangelismo em massa
 
Cristianismo
CristianismoCristianismo
Cristianismo
 
Quaresma Cristã
Quaresma CristãQuaresma Cristã
Quaresma Cristã
 
Orfandade na fé
Orfandade na féOrfandade na fé
Orfandade na fé
 
Pregar cristo paulo_heber
Pregar cristo paulo_heberPregar cristo paulo_heber
Pregar cristo paulo_heber
 
Cateq pt 27
Cateq pt 27Cateq pt 27
Cateq pt 27
 
Capitulo 6 O Leigo Comprometido
Capitulo 6   O Leigo ComprometidoCapitulo 6   O Leigo Comprometido
Capitulo 6 O Leigo Comprometido
 
Cristianismo 9º a
Cristianismo 9º aCristianismo 9º a
Cristianismo 9º a
 
O cristianismo
O cristianismoO cristianismo
O cristianismo
 
Cateq pt 25
Cateq pt 25Cateq pt 25
Cateq pt 25
 

Destaque

Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motos
Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motosCetelem Observador 2003: Fichas sobre las motos
Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motosCetelem
 
Vestibular - eu cresci, e agora?
Vestibular - eu cresci, e agora?Vestibular - eu cresci, e agora?
Vestibular - eu cresci, e agora?command-coaching
 
Molana
MolanaMolana
Molanamjf
 
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...kongsberg2007
 
Estratègia creativa Sagres
Estratègia creativa SagresEstratègia creativa Sagres
Estratègia creativa Sagresurir9
 
Fernandalalaleo
FernandalalaleoFernandalalaleo
Fernandalalaleoalis91
 
Planificación del 3 er cohorte copia
Planificación del 3 er cohorte   copiaPlanificación del 3 er cohorte   copia
Planificación del 3 er cohorte copiaUGMA.
 
rincones de vancouver
rincones de vancouverrincones de vancouver
rincones de vancouverroxa
 
Hotspot Event 2006
Hotspot Event 2006Hotspot Event 2006
Hotspot Event 2006hotspot
 

Destaque (14)

Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motos
Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motosCetelem Observador 2003: Fichas sobre las motos
Cetelem Observador 2003: Fichas sobre las motos
 
Tp5 moyano
Tp5 moyanoTp5 moyano
Tp5 moyano
 
Vestibular - eu cresci, e agora?
Vestibular - eu cresci, e agora?Vestibular - eu cresci, e agora?
Vestibular - eu cresci, e agora?
 
Molana
MolanaMolana
Molana
 
MALHECHORES RICOS
MALHECHORES RICOSMALHECHORES RICOS
MALHECHORES RICOS
 
Pág 6
Pág 6Pág 6
Pág 6
 
Orejas
OrejasOrejas
Orejas
 
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...
Hva utgjør kompetanse i engelsk i det 21. århundre? En undersøkelse av språk,...
 
Estratègia creativa Sagres
Estratègia creativa SagresEstratègia creativa Sagres
Estratègia creativa Sagres
 
Fernandalalaleo
FernandalalaleoFernandalalaleo
Fernandalalaleo
 
Planificación del 3 er cohorte copia
Planificación del 3 er cohorte   copiaPlanificación del 3 er cohorte   copia
Planificación del 3 er cohorte copia
 
rincones de vancouver
rincones de vancouverrincones de vancouver
rincones de vancouver
 
Hotspot Event 2006
Hotspot Event 2006Hotspot Event 2006
Hotspot Event 2006
 
PM 06 2009.pdf
PM 06 2009.pdfPM 06 2009.pdf
PM 06 2009.pdf
 

Semelhante a Multiplicação da luz

Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoLição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoÉder Tomé
 
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptx
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptxSlide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptx
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptxSamuel Batista
 
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptxJoel Silva
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01Joel Silva
 
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptxLição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLourinaldo Serafim
 
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelizaçãoNatalino das Neves Neves
 
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018Natalino das Neves Neves
 
Lição 8 - O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA
Lição 8 -  O MINISTÉRIO DE EVANGELISTALição 8 -  O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA
Lição 8 - O MINISTÉRIO DE EVANGELISTAAlexsandro Martins
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOAndrew Guimarães
 
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdf
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdfAula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdf
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdfAMILTON gomes Gomes
 
Missões em pespesctiva teologica pentencostal
Missões em pespesctiva teologica pentencostalMissões em pespesctiva teologica pentencostal
Missões em pespesctiva teologica pentencostalHenriqueLuciano2
 
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016JOSE ROBERTO ALVES DA SILVA
 
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016Ravena B
 
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Robson Santana
 

Semelhante a Multiplicação da luz (20)

Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de CristoLição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
Lição 1 - A tarefa de testemunhar de Cristo
 
A Ascensão
A AscensãoA Ascensão
A Ascensão
 
ASCENÇÃO
ASCENÇÃOASCENÇÃO
ASCENÇÃO
 
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptx
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptxSlide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptx
Slide O Avivamento e a Missão da Igreja - lição 11 - 1º trimestre 2023.pptx
 
P1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciaiP1207 ide e_anunciai
P1207 ide e_anunciai
 
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx
2016 3º trimestre adultos lição 01.pptx
 
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01
E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01E.b.d   adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01
E.b.d adultos 3ºtrimestre 2016 lição 01
 
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptxLição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
Lição 11: O Avivamento e a Missão da Igreja.pptx
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização
2016 3 TRI LBA LIÇÃO 1 - O que é evangelização
 
Lição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelistaLição 8 ministerio de evangelista
Lição 8 ministerio de evangelista
 
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
LIÇÃO 1 - O evangelho de Mateus - Lições Bíblicas Jovens - 1 tri 2018
 
Lição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é EvangelizaçãoLição 1 - O que é Evangelização
Lição 1 - O que é Evangelização
 
Lição 8 - O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA
Lição 8 -  O MINISTÉRIO DE EVANGELISTALição 8 -  O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA
Lição 8 - O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA
 
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃOLIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
LIÇÃO 1 - O QUE É EVANGELIZAÇÃO
 
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdf
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdfAula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdf
Aula_03_-_Discipulado_e_a_Igreja_-_Pr._Jose.pdf
 
Missões em pespesctiva teologica pentencostal
Missões em pespesctiva teologica pentencostalMissões em pespesctiva teologica pentencostal
Missões em pespesctiva teologica pentencostal
 
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016
O Desafio da Evangelização - Revista Lições Bíblicas 3° Trimestre 2016
 
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016
Licoes biblicas adultos 3 trimestre de 2016
 
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
Evangelização - como criar uma cultura de evangelização na igreja local - J. ...
 

Mais de Pastor Paulo Francisco

Resultado do discipulado. altura espiritual de cristo
Resultado do discipulado. altura espiritual de cristoResultado do discipulado. altura espiritual de cristo
Resultado do discipulado. altura espiritual de cristoPastor Paulo Francisco
 
A atualidade da alegria eterna. parte 02
A atualidade da alegria eterna. parte 02A atualidade da alegria eterna. parte 02
A atualidade da alegria eterna. parte 02Pastor Paulo Francisco
 
A atualidade da alegria eterna. parte 01
A atualidade da alegria eterna. parte 01A atualidade da alegria eterna. parte 01
A atualidade da alegria eterna. parte 01Pastor Paulo Francisco
 
Mergulhando na benção da oração. parte 03
Mergulhando na benção da oração. parte 03Mergulhando na benção da oração. parte 03
Mergulhando na benção da oração. parte 03Pastor Paulo Francisco
 
Mergulhando na benção da oração. parte 02
Mergulhando na benção da oração. parte 02Mergulhando na benção da oração. parte 02
Mergulhando na benção da oração. parte 02Pastor Paulo Francisco
 
Mergulhando na benção da oração. parte 01
Mergulhando na benção da oração. parte 01Mergulhando na benção da oração. parte 01
Mergulhando na benção da oração. parte 01Pastor Paulo Francisco
 

Mais de Pastor Paulo Francisco (20)

Inumanos e o caso neymar
Inumanos e o caso neymarInumanos e o caso neymar
Inumanos e o caso neymar
 
A diminuição de deus
A diminuição de deusA diminuição de deus
A diminuição de deus
 
Senso de direção
Senso de direçãoSenso de direção
Senso de direção
 
Construtora celeste
Construtora celesteConstrutora celeste
Construtora celeste
 
O futuro chegou
O futuro chegouO futuro chegou
O futuro chegou
 
Espelho, espelho seu...
Espelho, espelho seu...Espelho, espelho seu...
Espelho, espelho seu...
 
Família. modelo humano ou divino.
Família. modelo humano ou divino.Família. modelo humano ou divino.
Família. modelo humano ou divino.
 
Resultado do discipulado. altura espiritual de cristo
Resultado do discipulado. altura espiritual de cristoResultado do discipulado. altura espiritual de cristo
Resultado do discipulado. altura espiritual de cristo
 
A atualidade da alegria eterna. parte 02
A atualidade da alegria eterna. parte 02A atualidade da alegria eterna. parte 02
A atualidade da alegria eterna. parte 02
 
A atualidade da alegria eterna. parte 01
A atualidade da alegria eterna. parte 01A atualidade da alegria eterna. parte 01
A atualidade da alegria eterna. parte 01
 
Mergulhando na benção da oração. parte 03
Mergulhando na benção da oração. parte 03Mergulhando na benção da oração. parte 03
Mergulhando na benção da oração. parte 03
 
Mergulhando na benção da oração. parte 02
Mergulhando na benção da oração. parte 02Mergulhando na benção da oração. parte 02
Mergulhando na benção da oração. parte 02
 
Mergulhando na benção da oração. parte 01
Mergulhando na benção da oração. parte 01Mergulhando na benção da oração. parte 01
Mergulhando na benção da oração. parte 01
 
Superando a mim mesmo. parte 02
Superando a mim mesmo. parte 02Superando a mim mesmo. parte 02
Superando a mim mesmo. parte 02
 
Superando a mim mesmo. parte 01
Superando a mim mesmo. parte 01Superando a mim mesmo. parte 01
Superando a mim mesmo. parte 01
 
Livrai nos do mal. parte 02
Livrai nos do mal. parte 02Livrai nos do mal. parte 02
Livrai nos do mal. parte 02
 
Livrai nos do mal. parte 01
Livrai nos do mal. parte 01Livrai nos do mal. parte 01
Livrai nos do mal. parte 01
 
A fé que quero ter. parte 03
A fé que quero ter. parte 03A fé que quero ter. parte 03
A fé que quero ter. parte 03
 
Vamos orar!?
Vamos orar!?Vamos orar!?
Vamos orar!?
 
A morte do juiz interior
A morte do juiz interiorA morte do juiz interior
A morte do juiz interior
 

Último

Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JAhenrygabrielsilvarib
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresAntonino Silva
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptxhenrygabrielsilvarib
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalAmaroJunior21
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 

Último (12)

Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
 
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns EsclarecedoresEvangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
Evangeliza - Diálogo com os Espíritos - Médiuns Esclarecedores
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
 
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica DominicalLIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
LIÇÃO 02 - JOVENS - Escola Bíblica Dominical
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 

Multiplicação da luz

  • 1. “Multiplicação da luz” Texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje Paulo Francisco dos Santos1 “Vocês são a luz para o mundo. Não se pode esconder uma cidade construída sobre um monte.” Mateus 05.14 O sermão do monte é um referencial para todos os cristãos. Jesus, o Mestre dos mestres por excelência disciplinou ensinos que ecoam pelos séculos e trazem o conhecimento que ilumina as trevas de toda humanidade. O texto que da base a esta reflexão expõe a posição privilegiada do cristão e o destaque que pertencer a fé proporciona, pois este assume o papel de iluminar (ser luz) e sua fé é comparada a uma cidade construída em um alicerce firme (monte, rocha que significa Jesus Cristo). Toda pessoa cristã tem um status que lhe impõe uma grande responsabilidade, pois ser luz significa ser um instrumento que dissipa a escuridão, ou seja, que revela a verdade quando a mentira parece triunfar. O mundo precisa de luz... A escuridão impede uma caminhada segura. Alguém pode dizer que pessoas cegas vivem em tese na escuridão e caminham bem, mas o caminhar bem só é possível se elas aprenderem a desviar de obstáculos, decorar rotas e etc, e isto, dá-nos o entendimento que a escuridão proporcionada pela perda da visão é suplantada pela luz do conhecimento que lhe permite caminhar. Entender a importância de ser luz concede aos cristãos a disposição necessária para enveredar-se na grande comissão e levar ao mundo a iluminação que vem do Evangelho para livra-lo da destruição. Antes da vinda de Jesus o mundo tinha apenas o brilho da antiga aliança que proporcionava uma luz aos descendentes de Abraão e ofuscava apenas alguns não judeus, porém o advento do Evangelho Redentor marcou um tempo novo na história de toda humanidade, pois a partir da chegada da Igreja de Cristo houve a multiplicação da luz. Mateus2 parafraseando Isaías disse sobre Jesus nosso querido e amado Salvador e a mensagem de fé que muda as pessoas distantes de Deus o seguinte: “O povo que vive na escuridão verá uma forte luz! E a luz brilhará sobre os que vivem na região escura da morte!” A partir daí o mundo deixou de ser dominado pela escuridão e passou a receber a luz de Jesus Cristo que capacitou sua Igreja para também transmitir essa luz. Podemos entender que houve uma multiplicação da luz quando os discípulos 1 Pastor, escritor, poeta, Teólogo e advogado. 2 Mateus 4.16 1
  • 2. “Multiplicação da luz” receberam a ordem de anunciar o Evangelho a todos os povos3 . Isto aconteceu porque aqueles que seguem o Senhor Jesus compartilham aquilo que receberam e consequentemente colaboram para o aumento da disponibilidade da iluminação doada pelo Evangelho. Quem recebe luz tem capacidade de transmitir luz, ou seja, não somente é iluminado, mas ilumina também. “Viver a fé em Cristo é permitir que a luz do Salvador possa brilhar através de si para iluminar o mundo que está na escuridão!” Assim, podemos finalizar essa reflexão entendendo que todos os cristãos devem estar orando e colaborando para que continue havendo a multiplicação da luz, pois quando ela chegar a todos então chegará o fim4 da trágica derrocada adâmica e o início da eternidade preparada para os iluminados pela graça salvífica de Jesus Cristo, nosso Senhor! SP, fevereiro de 2016. 3 Mateus 28.19,20. 4 Mateus 24.14 2