SlideShare uma empresa Scribd logo

Questionário de crescimento da célula

Anderson Menger
Anderson Menger

Para mais informações: Pr. Anderson Menger andersonmenger@hotmail.com

Questionário de crescimento da célula

1 de 34
Baixar para ler offline
QUESTIONÁRIO
DE
CRESCIMENTO
DA CÉLULA
I sm 3:2 Certo dia, estando
deitado no lugar costumado o
sacerdote Eli, cujos olhos já
começavam a escurecer-se, a
ponto de não poder ver, 3 e tendose deitado também Samuel, no
templo do SENHOR, em que
estava a arca, antes que a
lâmpada de Deus se apagasse,
1. Qual é a principal função
da Célula?

Crescer e Multiplicar
2. O que é necessário para
que haja crescimento?
Oração
Evangelismo pessoal
(Projeto Natanael 3)
Evangelismo em massa (os
membros da célula saem
para evangelizar no
bairro)
Grupo de evangelismo
I- Oração
3. Sua Célula tem uma
reunião semanal de
oração?
4. Quais os dias e a
hora da reunião
de oração da sua
Célula?

Recomendados

CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASCAPTANDO A VISÃO DE CÉLULAS
CAPTANDO A VISÃO DE CÉLULASIdpb São Jose I
 
Liderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoLiderando a célula com paixão
Liderando a célula com paixãoFernando Balthar
 
Transição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas IgrejasTransição e Implantação de Células nas Igrejas
Transição e Implantação de Células nas IgrejasEdinéia Almeida
 
Visão Celular
Visão CelularVisão Celular
Visão CelularAndré rug
 
Discipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeDiscipulado um-a-um crescimento com qualidade
Discipulado um-a-um crescimento com qualidadeChristian Lepelletier
 
Igreja do Lar e Movimento das Células
Igreja do Lar e Movimento das CélulasIgreja do Lar e Movimento das Células
Igreja do Lar e Movimento das CélulasChristian Lepelletier
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Treinamento para lideres de célula pr aber huber
Treinamento para lideres de célula   pr aber huberTreinamento para lideres de célula   pr aber huber
Treinamento para lideres de célula pr aber huberJosimar Santos
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na PráticaNarlea Walkyse
 
4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-liderancaTatiane Dias
 
5 funções-da-célula-mda
5 funções-da-célula-mda5 funções-da-célula-mda
5 funções-da-célula-mdaGeise Lacerda
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmChristian Lepelletier
 
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos Grupos
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos GruposApostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos Grupos
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos GruposChristian Lepelletier
 
Apostila lideres de celula
Apostila lideres de celulaApostila lideres de celula
Apostila lideres de celulaIago Rodrigues
 
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o DiscipuladoO discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o DiscipuladoJoary Jossué Carlesso
 

Mais procurados (20)

Manual de Discipulador
Manual de DiscipuladorManual de Discipulador
Manual de Discipulador
 
Treinamento para lideres de célula pr aber huber
Treinamento para lideres de célula   pr aber huberTreinamento para lideres de célula   pr aber huber
Treinamento para lideres de célula pr aber huber
 
Discipulado na Prática
Discipulado na PráticaDiscipulado na Prática
Discipulado na Prática
 
4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca4 trilho-de-lideranca
4 trilho-de-lideranca
 
Projeto natanael
Projeto natanaelProjeto natanael
Projeto natanael
 
Visao e pratica de celulas
Visao e pratica de celulasVisao e pratica de celulas
Visao e pratica de celulas
 
Célula nota 10
Célula nota 10Célula nota 10
Célula nota 10
 
Visão Celular
Visão CelularVisão Celular
Visão Celular
 
5 funções-da-célula-mda
5 funções-da-célula-mda5 funções-da-célula-mda
5 funções-da-célula-mda
 
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a UmTreinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
Treinamento de Líderes de Células e Discipulado Um a Um
 
Como atrair novos membros para a célula
Como atrair novos membros para a célulaComo atrair novos membros para a célula
Como atrair novos membros para a célula
 
Visão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionistaVisão celular- unificacionista
Visão celular- unificacionista
 
Discipulado Avançado III
Discipulado Avançado IIIDiscipulado Avançado III
Discipulado Avançado III
 
TLC lição 3
TLC lição 3TLC lição 3
TLC lição 3
 
Visita nos lares
Visita nos laresVisita nos lares
Visita nos lares
 
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos Grupos
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos GruposApostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos Grupos
Apostila Treinamento de Líderes de Células - Pequenos Grupos
 
Apostila lideres de celula
Apostila lideres de celulaApostila lideres de celula
Apostila lideres de celula
 
Modulo 2 _professor DISCIPULADO
Modulo 2 _professor DISCIPULADOModulo 2 _professor DISCIPULADO
Modulo 2 _professor DISCIPULADO
 
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
DISCIPULADO UM A UM.-phpapp02
 
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o DiscipuladoO discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
O discipulador e a ferramenta - diretrizes básicas para o Discipulado
 

Destaque

Segredos para crescimento e multiplicação de células
Segredos para crescimento e multiplicação de célulasSegredos para crescimento e multiplicação de células
Segredos para crescimento e multiplicação de célulasAnderson Menger
 
8 hábitos de um líder de célula eficaz
8 hábitos de um líder de célula eficaz8 hábitos de um líder de célula eficaz
8 hábitos de um líder de célula eficazPr. Ricardo Rodolfo
 
Relatorios de célula
Relatorios de célulaRelatorios de célula
Relatorios de célulajonasecj
 
Bases práticas da estrutura do MDA
Bases práticas da estrutura do MDABases práticas da estrutura do MDA
Bases práticas da estrutura do MDASidinei Kauer
 
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IV
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IVAula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IV
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IVPastor Paulo Francisco
 
Auto avaliação de um líder
Auto avaliação de um líderAuto avaliação de um líder
Auto avaliação de um líderNeemias Torres
 
Sem i palestra v versão2007
Sem i palestra v versão2007Sem i palestra v versão2007
Sem i palestra v versão2007Márcio E Maria
 
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentation
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentationOptimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentation
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentationJorge Pires
 
Comemore seu sucesso com Café Marita
Comemore seu sucesso com Café MaritaComemore seu sucesso com Café Marita
Comemore seu sucesso com Café MaritaCesar Augusto
 

Destaque (20)

Segredos para crescimento e multiplicação de células
Segredos para crescimento e multiplicação de célulasSegredos para crescimento e multiplicação de células
Segredos para crescimento e multiplicação de células
 
8 hábitos de um líder de célula eficaz
8 hábitos de um líder de célula eficaz8 hábitos de um líder de célula eficaz
8 hábitos de um líder de célula eficaz
 
Apostilha da celulas
Apostilha da celulasApostilha da celulas
Apostilha da celulas
 
Melhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr georgeMelhorando as dinâmicas pr george
Melhorando as dinâmicas pr george
 
Relatorios de célula
Relatorios de célulaRelatorios de célula
Relatorios de célula
 
Bases práticas da estrutura do MDA
Bases práticas da estrutura do MDABases práticas da estrutura do MDA
Bases práticas da estrutura do MDA
 
Planejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejasPlanejamento estratégico para igrejas
Planejamento estratégico para igrejas
 
Prosperando na crise
Prosperando na criseProsperando na crise
Prosperando na crise
 
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IV
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IVAula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IV
Aula de 16. modulo I. A célula de evangelismo e sua estrutura. Parte IV
 
Quem é seu pastor
Quem é seu pastorQuem é seu pastor
Quem é seu pastor
 
Auto avaliação de um líder
Auto avaliação de um líderAuto avaliação de um líder
Auto avaliação de um líder
 
Multicultuiralismo
MulticultuiralismoMulticultuiralismo
Multicultuiralismo
 
Ev efetivo 001
Ev efetivo 001Ev efetivo 001
Ev efetivo 001
 
Sem i palestra v versão2007
Sem i palestra v versão2007Sem i palestra v versão2007
Sem i palestra v versão2007
 
Ev efetivo 003
Ev efetivo 003Ev efetivo 003
Ev efetivo 003
 
Ev efetivo 005
Ev efetivo 005Ev efetivo 005
Ev efetivo 005
 
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentation
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentationOptimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentation
Optimal Control applied to life sciences: a numerical method based presentation
 
Ev efetivo 004
Ev efetivo 004Ev efetivo 004
Ev efetivo 004
 
Apresentação slide biomatematicas 2
Apresentação  slide  biomatematicas 2Apresentação  slide  biomatematicas 2
Apresentação slide biomatematicas 2
 
Comemore seu sucesso com Café Marita
Comemore seu sucesso com Café MaritaComemore seu sucesso com Café Marita
Comemore seu sucesso com Café Marita
 

Semelhante a Questionário de crescimento da célula

Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01
Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01
Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01Mariano Silva
 
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Mariano Silva
 
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Elizabete Pereira Dos Santos
 
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.pptseminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.pptLuiz Gomes
 
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte I
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte IAula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte I
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte IPastor Paulo Francisco
 
Crianças nas células.ppt
Crianças nas células.pptCrianças nas células.ppt
Crianças nas células.pptfalecomivo4561
 
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...Pastor Paulo Francisco
 
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...Pastor Paulo Francisco
 
Missões News Ceará 11/2015
Missões News Ceará 11/2015Missões News Ceará 11/2015
Missões News Ceará 11/2015Comando Resgatai
 
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismoAula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismoPastor Paulo Francisco
 
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismoAula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismoPastor Paulo Francisco
 
Núcleo slides para formação em maio de 2013
Núcleo   slides para formação em maio de 2013Núcleo   slides para formação em maio de 2013
Núcleo slides para formação em maio de 2013Carlos Junior
 
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02Mariano Silva
 
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo parte II
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo   parte IIAula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo   parte II
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo parte IIPastor Paulo Francisco
 
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo parte II
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo   parte IIAula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo   parte II
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo parte IIPastor Paulo Francisco
 

Semelhante a Questionário de crescimento da célula (20)

Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01
Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01
Questionriodecrescimentodaclula 131217100437-phpapp01
 
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
 
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
Apostila treinamentodelderesdeclulas-140126154720-phpapp01
 
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.pptseminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
seminario_melhorando_as_dinamicas.ppt
 
Célula nota 10
Célula nota 10Célula nota 10
Célula nota 10
 
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte I
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte IAula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte I
Aula de 17. Modulo I. Ações de Apoio a Célula de Evangelismo. Parte I
 
Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração Dia Mundial de Oração
Dia Mundial de Oração
 
Crianças nas células.ppt
Crianças nas células.pptCrianças nas células.ppt
Crianças nas células.ppt
 
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...
Aula de 08. modulo I. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
 
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo  ...
Aula de 08. modulo i. entendendo a função de líder de célula de evangelismo ...
 
Missões News Ceará 11/2015
Missões News Ceará 11/2015Missões News Ceará 11/2015
Missões News Ceará 11/2015
 
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismoAula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo i. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
 
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismoAula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
Aula de 03. modulo I. a importância da célula macro e da célula de evangelismo
 
TLC NIVEL M.D.A
TLC NIVEL M.D.ATLC NIVEL M.D.A
TLC NIVEL M.D.A
 
Núcleo slides para formação em maio de 2013
Núcleo   slides para formação em maio de 2013Núcleo   slides para formação em maio de 2013
Núcleo slides para formação em maio de 2013
 
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02
Olderdeclula visodequalidade-140121192043-phpapp02
 
Manual da visão
Manual da visão  Manual da visão
Manual da visão
 
4. Células Apostólicas - Aula 4.pdf
4. Células Apostólicas - Aula 4.pdf4. Células Apostólicas - Aula 4.pdf
4. Células Apostólicas - Aula 4.pdf
 
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo parte II
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo   parte IIAula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo   parte II
Aula de 06. modulo I. o objetivo da célula de evangelismo parte II
 
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo parte II
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo   parte IIAula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo   parte II
Aula de 06. modulo i. o objetivo da célula de evangelismo parte II
 

Mais de Anderson Menger

Um deus que tem urgência
Um deus que tem urgência Um deus que tem urgência
Um deus que tem urgência Anderson Menger
 
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduro
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduroTraços que evidenciam o caráter de um líder maduro
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduroAnderson Menger
 
Necessidades das crianças
Necessidades das criançasNecessidades das crianças
Necessidades das criançasAnderson Menger
 
Discipulado mentoreamento
Discipulado mentoreamentoDiscipulado mentoreamento
Discipulado mentoreamentoAnderson Menger
 
Atitudes de um bom discípulo
Atitudes de um bom discípuloAtitudes de um bom discípulo
Atitudes de um bom discípuloAnderson Menger
 
As dez principais dificuldades de um novo convertido
As dez principais dificuldades de um novo convertido  As dez principais dificuldades de um novo convertido
As dez principais dificuldades de um novo convertido Anderson Menger
 
Alvos a fronteira entre conquistas e boas intencões
Alvos a fronteira entre conquistas e boas  intencõesAlvos a fronteira entre conquistas e boas  intencões
Alvos a fronteira entre conquistas e boas intencõesAnderson Menger
 
O padrão do discipulador
O padrão do discipuladorO padrão do discipulador
O padrão do discipuladorAnderson Menger
 

Mais de Anderson Menger (9)

Vencendo o medo
 Vencendo o medo Vencendo o medo
Vencendo o medo
 
Um deus que tem urgência
Um deus que tem urgência Um deus que tem urgência
Um deus que tem urgência
 
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduro
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduroTraços que evidenciam o caráter de um líder maduro
Traços que evidenciam o caráter de um líder maduro
 
Necessidades das crianças
Necessidades das criançasNecessidades das crianças
Necessidades das crianças
 
Discipulado mentoreamento
Discipulado mentoreamentoDiscipulado mentoreamento
Discipulado mentoreamento
 
Atitudes de um bom discípulo
Atitudes de um bom discípuloAtitudes de um bom discípulo
Atitudes de um bom discípulo
 
As dez principais dificuldades de um novo convertido
As dez principais dificuldades de um novo convertido  As dez principais dificuldades de um novo convertido
As dez principais dificuldades de um novo convertido
 
Alvos a fronteira entre conquistas e boas intencões
Alvos a fronteira entre conquistas e boas  intencõesAlvos a fronteira entre conquistas e boas  intencões
Alvos a fronteira entre conquistas e boas intencões
 
O padrão do discipulador
O padrão do discipuladorO padrão do discipulador
O padrão do discipulador
 

Último

ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadececilcavalcanti
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docxJose Moraes
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoNilson Almeida
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeNilson Almeida
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxjoseciceroroberto197
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptxMarta Gomes
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxjoseciceroroberto197
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxRodrigoTavares484059
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosMiraSandre2
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeEduardoJuc8
 
Novena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNovena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNilson Almeida
 
Novena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNovena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNilson Almeida
 

Último (20)

ordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidadeordem nova ordem irmandade e fraternidade
ordem nova ordem irmandade e fraternidade
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 2
 
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
DIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docxDIZIMOS  - Também é  para nós cristãos?.docx
DIZIMOS - Também é para nós cristãos?.docx
 
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdfCarta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
Carta de Cuaresma 2024 reflexion grupo 3 PT.pdf
 
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E DiscernimentoOração Pedindo Sabedoria E Discernimento
Oração Pedindo Sabedoria E Discernimento
 
Novena A São José
Novena A São JoséNovena A São José
Novena A São José
 
Invocação À Luz
Invocação À LuzInvocação À Luz
Invocação À Luz
 
Oração Da Sobriedade
Oração Da SobriedadeOração Da Sobriedade
Oração Da Sobriedade
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Quadrado.pptx
 
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
4.2.3 - Ressurreição da carne - Paraíso - Inferno - Pugatório.pptx
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptxSlide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
Slide Licao 7 - 1T - 2024 - CPAD JOVENS.pptx
 
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhosPoesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
Poesia A arvore boa do livro Evangelho em quadrinhos
 
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andradeDESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
DESOBSESSÃO RECURSOS ESPÍRITAS. por josiete andrade
 
Orações Vocacionais
Orações VocacionaisOrações Vocacionais
Orações Vocacionais
 
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
Carta da Quaresma 2024 Reflexão para grupos Parte 4
 
Novena De Santo Onofre
Novena De Santo OnofreNovena De Santo Onofre
Novena De Santo Onofre
 
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
Reflexão para grupos sobre a carta de Quaresma 2024 Parte 1
 
Novena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De CristoNovena Do Seguimento De Cristo
Novena Do Seguimento De Cristo
 

Questionário de crescimento da célula

  • 2. I sm 3:2 Certo dia, estando deitado no lugar costumado o sacerdote Eli, cujos olhos já começavam a escurecer-se, a ponto de não poder ver, 3 e tendose deitado também Samuel, no templo do SENHOR, em que estava a arca, antes que a lâmpada de Deus se apagasse,
  • 3. 1. Qual é a principal função da Célula? Crescer e Multiplicar
  • 4. 2. O que é necessário para que haja crescimento? Oração Evangelismo pessoal (Projeto Natanael 3) Evangelismo em massa (os membros da célula saem para evangelizar no bairro) Grupo de evangelismo
  • 5. I- Oração 3. Sua Célula tem uma reunião semanal de oração?
  • 6. 4. Quais os dias e a hora da reunião de oração da sua Célula?
  • 7. 5. Quantas pessoas participam da oração? Quem são elas?
  • 8. 6. Há quanto tempo existe a reunião de oração na sua Célula?
  • 9. 7. Houve reunião de oração na semana passada (ou nesta semana)?
  • 10. 8. Quais são os alvos de oração da Célula? -Número de membros -GEs (nome por nome (fazer lista) -Data de multiplicação -Novo líder e
  • 11. Obs: Colocar todos os alvos Obs: Colocar todos os alvos de oração da Célula em de oração da Célula em cartazes para que todos cartazes para que todos possam ver e crer na possam ver e crer na concretização de cada alvo. concretização de cada alvo.
  • 12. II. Evangelismo Pessoal 4. O que é um Natanael? É uma pessoa por quem você está orando, que é do seu OIKOS, ou círculo de amizade, ou talvez nem mesmo conheça você.
  • 13. 5. Os membros da sua célula sabem o que é o Projeto Natanael 3? 6. Você, como líder de célula, já tem o seu Natanael 3? 7. Os membros da sua célula já têm seu Natanael 3?
  • 14. III- Evangelismo em Massa 8. O que é um evangelismo em massa? É fazer um arrastão com a Célula levando a palavra de Deus aos moradores do bairro. É também fazer o Fator Barnabé (brincar, orar, comer, fazer visitas e aconselhamentos junto com seus discípulos, comunhão).
  • 15. 9. A sua Célula tem feito evangelismo em massa?
  • 16. IV. Grupo de Evangelismo 10. O que é um Grupo de Evangelismo (GE)? É uma reunião semanal de um ou mais membros da Célula com uma ou mais pessoas, com a duração de 15 a 30 minutos, de preferência na própria casa do(s) evangelizado(s).
  • 17. 11. Você como líder, já tem o seu GE? 12. Os membros da sua Célula têm GE? Quantos têm GE? 13. A sua Célula tem quantos GEs? 14. Os membros da sua Célula sabem o que é um
  • 18. 15. Como transformar os GEs em MDAs? Fazer muita comunhão e aproveitar toda oportunidade de estar junto dos GEs. Trazer para a Célula e para a Igreja (Culto de Celebração, Tadel, Culto da Família e de Cura e Libertação).
  • 19. V. Consolidação 16. Quando é que começa a consolidação do novo convertido? (1º passo). A consolidação tem início ainda no culto de celebração, ao término da ministração da Palavra, no momento em que o pastor dá oportunidade para as pessoas renderem suas vidas ao senhorio de Jesus.
  • 20. É a partir desse momento que o novo convertido entra no processo da consolidação, que irá levá-lo a crescer em Deus.
  • 21. 17. Quais são os outros passos seguintes da consolidação? 2º Contato 24 horas 3º O novo convertido torna-se um membro fiel da Célula 4º Inicia-se o MDA (processo de discipulado) 5º Participa ativamente de um dos Cultos de Celebração
  • 22. 6º Participa do Tadel (Treinamento Avançado de Líderes) 7º Faz Pré-Encontro, Encontro e Pós-Encontro 8º Batiza-se nas águas e no Espírito Santo 9º Matricula-se no CTL
  • 23. QUESTIONÁRIO DE MULTIPLICAÇÃO DA CÉLULA 1. O que é necessário para haver uma multiplicação? -Membros -MDA -Auxiliares -Anfitrião -Data de Multiplicação -Pastoreamento e Comunhão e visitas
  • 24. I- Membros 2. Quantos membros tem a sua Célula? 3. Quantos visitantes têm a sua Célula? 4. Quem levou visitante? 5. Os visitantes têm freqüentado a Célula fielmente? 6. Tem sido feito apelo na Célula? 7. Os novos convertidos já estão integrados na Célula e na Igreja Local?
  • 25. II. Micro-Célula de Discipulado Apostólico - MDA 7. Os novos convertidos já estão integrados na Célula e na Igreja Local? 8. Quantos MDAs a sua Célula tem? 9. Quem são os MDAs da sua Célula? 10. Quantos MDAs você tem?
  • 26. 11. A sua reunião de discipulado tem acontecido semanalmente com seu discipulador? E a sua reunião de discipulado com seus discípulos? 12. Todos os MDAs da sua Célula estão funcionando semanalmente?
  • 27. III. Auxiliares 13. O que é um Auxiliar de Célula? É o membro que assume alguma função ministerial na Célula (louvor e adoração, intercessão, assistência social, crianças, secretaria)
  • 28. ou ainda assume alguma das diversas tarefas durante a reunião (tirar oferta, preparar e servir o lanche, dar os avisos, repassar a visão, fazer uma leitura, recepcionar os membros e visitantes, etc).
  • 29. IV. Anfitrião 16. Quais são as qualificações para alguém se tornar um anfitrião? Estar congregando fielmente no Culto de Celebração, na Célula. -Estar sendo discipulado.
  • 30. 17. Você já tem um anfitrião qualificado?
  • 31. V. Data de Multiplicação 18. Qual o tempo de existência da última multiplicação da sua Célula? 19. Você já tem a data (dia e mês deste ano) da multiplicação da sua Célula? Qual é?
  • 32. 19. Você já tem a data (dia e mês deste ano) da multiplicação da sua Célula? Qual é?
  • 33. VI. Pastoreamento e Comunicação 20. Você fez visita aos membros de sua Célula na semana passada (ou nesta semana)?
  • 34. 21. Houve comunhão da sua Célula neste mês? O que foi feito? 22. Entregar todos os relatórios mensais, isso faz parte da multiplicação organizada.