SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 6
Baixar para ler offline
FESTIVAL INTERCULTURAL DE MÚSICA
Auditório do IPDJ- Braga
3 de abril | 2014

REGULAMENTO DO FESTIVAL

I. Âmbito
A Pastoral Universitária de Braga pretende fomentar entre a comunidade universitária
um espírito de abertura e de interajuda entre estudantes provenientes de diferentes
culturas. De uma forma mais específica, propõe aos estudantes universitários que
façam parte desta iniciativa e sejam responsáveis na forma como partilham a sua
cultura e promovem a integração de estudantes provenientes dos países africanos de
língua oficial portuguesa (PALOP).
Uma das formas possíveis para a concretização deste propósito é a dinamização de
atividades lúdicas, as quais são naturalmente estimuladoras do intercâmbio de culturas
e vivências e, consequentemente, da integração plena de comunidades imigrantes.
É neste âmbito que preparamos o Acordes - Festival Intercultural de Música. Com
esta iniciativa pretendemos proporcionar aos universitários dos PALOP a oportunidade
de, através da sua participação no festival, receber um prémio de integração, que
representa um incentivo e apoio à adaptação destes estudantes imigrantes a contextos
socioculturais de maior exigência em universidades e localidades portuguesas.
Sabemos que nem todos os universitários PALOP têm talento musical para participar
neste Festival, por isso, desafiamo-los a convidar outros estudantes universitários, de
outras nacionalidades, a juntar-se a esta iniciativa e a formar um grupo que apadrinhe a
sua iniciativa, preparando uma atuação em conjunto para participar no Festival
Intercultural.
Desta forma, estaremos a promover não só a integração e adaptação do jovem
universitário dos PALOP, como também a estimular entre os demais universitários a
corresponsabilidade para com os estudantes imigrantes.

Página 1 de 6
II. Critérios de Participação
1. Podem participar no Festival:
a) Os solistas ou grupos musicais constituídos pelo menos por um estudante
universitário PALOP matriculado numa universidade do distrito de Braga;
b) A participação do estudante universitário dos PALOP no grupo pode ser em
várias formas: a cantar, a tocar algum instrumento, a orquestrar ou outro tipo de
participação;
c) Os grupos musicais podem ser constituídos por elementos de diferentes culturas
e universidades, sendo que o valor do prémio de integração será apenas
atribuído ao(s) estudante(s) universitário(s) dos PALOP que cumpra(m) os
requisitos da alínea a) e b) deste artigo;
d) Os grupos/solistas inscritos no Festival não podem partilhar qualquer um dos
seus membros com outro grupo/solista participante.
2. A participação no Festival implica o respeito pelos seguintes requisitos:
a) Cada grupo ou solista participante só poderá participar com uma música;
b) O estilo musical do festival é livre.
c) Deve ser respeitado o tema do Festival, tanto no estilo musical como na letra:
Interculturalidade;
d) Os temas musicais devem respeitar o idioma da língua portuguesa;
e) Os temas devem ser originais e inéditos. A Pastoral Universitária não se
responsabiliza por quaisquer reclamações, controvérsias, prejuízos e/ou danos
que a violação deste ponto possa causar;
f) A participação no Festival é gratuita.

III. Requisitos de inscrição
1. A inscrição deverá ser feita da seguinte forma:
a) Preenchendo e submetendo o formulário que se encontra on-line no sítio
http://www.maisintegracao.com/ até ao dia 25 de março;

Página 2 de 6
b) O tema musical deve ser enviado obrigatoriamente em formato "MP3", até à
data

limite

de

inscrição,

para

o

seguinte

e-mail

geral.mais.integracao@gmail.com. Serão aceites gravações amadoras desde
que estas sejam suscetíveis de apreciação;
c) Juntamente com a música deve ser enviada a letra da música em formato ".doc"
ou ".docx" (Microsoft Word);
d) Após o envio do tema musical/letra para o sítio referido na alínea b) deste
ponto, o participante concede à Pastoral Universitária licença e permissão
gratuita para mostrar, divulgar, comunicar publicamente e reproduzir esses
conteúdos de forma gratuita nos canais de comunicação usados pela
organização;
e) A Pastoral Universitária reserva-se o direito de rejeitar ou excluir grupos ou
solistas participantes nos seguintes casos:
• quando o tema a concurso não se enquadra na temática do festival;
• quando os participantes se inscrevem com informações falsas;
• quando os temas musicais não forem inéditos;
• quando o grupo/solista não respeitar qualquer regra que conste neste
Regulamento.

IV – Seleção dos grupos/solistas a concurso
A seleção dos grupos musicais/solistas realizar-se-á no dia do Festival, na presença de
um júri que, após a atuação do grupo/solista, procederá à votação (será atribuída a
pontuação de 1 a 20 conforme a votação, sendo que 20 pontos serão atribuídos ao
grupo/solista mais votado pelo júri e 1 ponto ao inverso).

V – Datas e local do Festival
1. O Festival realizar-se-á, no dia 3 de abril, no Auditório do Instituto Português do
Desporto e Juventude| Braga, entre as 21h30 e as 24h;

Página 3 de 6
2. Os grupos/solistas devem enviar a sua inscrição até ao dia 25 de março,
juntamente com a música e a letra, conforme consta na alínea a), b) e c) do ponto
1, do cap.III deste regulamento.

VI – Júri
1. O Júri será composto por 5 elementos selecionados pela organização;
2. O Júri terá soberania para decidir sobre os grupos musicais ou solistas vencedores;
3. Das decisões do Júri não há lugar a recurso.

VII – Critérios de classificação pelo Júri
1. Os grupos musicais ou solistas serão avaliados pelo Júri tendo em consideração os
seguintes critérios:
a) Respeito pela temática do Festival
b) Letra mais original
c) Orquestração e Execução
d) Postura em Palco e Interação com o Público
e) Originalidade e criatividade

VIII – Prémios
1. O Prémio de Integração a atribuir aos premiados será convertido no pagamento de
propinas(s) universitárias, de acordo com o valor do prémio recebido.
2. O pagamento das propinas será realizado pela Pastoral Universitária entre os meses
sequentes à realização do Festival, nomeadamente entre abril e junho de 2014.
3. Os valores dos prémios são cofinanciado pelo ACIDI – Alto Comissariado para a
Integração e Diálogo Intercultural, I.P, através do FEINPT – Fundo Europeu para a
Integração de Nacionais de Países Terceiros – aos estudantes universitários dos
PALOP apadrinhados pelos grupos/solistas vencedores numa das 3 seguintes
categorias:
Página 4 de 6
1ª Prémio – valor de 950€ ao universitário dos PALOP pertencente ao primeiro
grupo musical/solista mais votado pelo Júri;
2º Prémio – valor de 650€ ao universitário dos PALOP pertencente ao segundo
grupo musical/solista mais votado;
3º Prémio – valor de 350€ ao universitário dos PALOP pertencente ao terceiro
grupo musical/solista mais votado pelo Júri.

4. A atribuição dos prémios está sujeita às seguintes regras:
a) Cada estudante universitário dos PALOP só poderá ganhar um dos prémios,
sendo que os 2º e 3º prémios serão sempre entregues aos estudantes mais
votados e que não tenham ainda ganho qualquer um dos prémios;
b) Os estudantes universitários dos PALOP vencedores devem fazer prova, através
de documento comprovativo de matrícula do ano letivo a decorrer, que
frequentam uma das universidades do distrito de Braga;
c) Não será atribuído qualquer direito ao valor do prémio de integração a qualquer
membro do grupo musical que não seja estudante universitário dos PALOP;
d) O prémio será atribuído aos vencedores através do pagamento direto do valor
das propinas por parte da Pastoral Universitária de Braga.

IX – Direitos de difusão e de distribuição
1. Os candidatos ao se inscreverem neste Festival aceitam que os seus temas
possam ser gravados e divulgados para distribuição/promoção gratuita pela
organização;
2. Os candidatos cedem à Pastoral Universitária todos os direitos dos temas musicais
apresentadas no âmbito do Festival, ficando a organização autorizada a difundi-los
e distribui-los, não podendo ser exigidas quaisquer verbas sobre direitos autorais;
3. Toda a documentação recebida passará a ser propriedade da organização,
abdicando os participantes de qualquer possível direito de devolução;

Página 5 de 6
4. Os participantes deverão declarar que são únicos e exclusivos titulares dos direitos
autorais dos materiais enviados e responsabilizarem-se por quaisquer acusações
de plágio, cópia ou outras irregularidades.

X – Responsabilidade
1. O não cumprimento das datas e horários previstos no capítulo IV deste
regulamento será da inteira responsabilidade dos grupos musicais/solistas. Este
incumprimento poderá ser objeto de desclassificação após avaliação da
organização;
2. Qualquer dano causado ao material disponibilizado pela organização ou pelo
espaço será da responsabilidade dos causadores.

XI – Questões Normativas e Casos Omissos
1. Os casos omissos deste regulamento ficam a cargo da organização, tendo em
consideração o parecer do Júri;
2. A organização reserva o direito de adicionar normas a este regulamento até ao dia
da divulgação dos grupos/solistas a concurso, devendo, para tal, avisar os
participantes;
3. A participação no Acordes – Festival Intercultural de Música pressupõe a
aceitação das disposições constantes deste regulamento.

Página 6 de 6

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Regulamento Integral Acordes - Festival Intercultural de Música

Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Imprensa-semec
 
Projeto festival de música
Projeto festival de músicaProjeto festival de música
Projeto festival de músicaJúnior Genuca
 
Regulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilRegulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilImprensa-semec
 
Regulamento uma imagem um poema
Regulamento   uma imagem um poemaRegulamento   uma imagem um poema
Regulamento uma imagem um poemaSandra Araújo
 
5º colorfesti festival folclórico atualizado
5º colorfesti  festival folclórico atualizado5º colorfesti  festival folclórico atualizado
5º colorfesti festival folclórico atualizadoGraça Tavares
 
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuRegulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuIpu Notícias
 
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicaisEdital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicaisSecretaria da Cultura de Araçatuba-SP
 
Edital Festival Música
Edital Festival MúsicaEdital Festival Música
Edital Festival MúsicaRaphael Araujo
 
Estatuto do 2º COLORFESTI festival folclórico de Colorado
Estatuto do 2º COLORFESTI  festival folclórico de ColoradoEstatuto do 2º COLORFESTI  festival folclórico de Colorado
Estatuto do 2º COLORFESTI festival folclórico de Coloradogracabt2011
 
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOGraça Tavares
 
Edital IV FESMEC
Edital IV FESMEC Edital IV FESMEC
Edital IV FESMEC Analia
 
Ler é uma Festa regulamento
Ler é uma Festa regulamentoLer é uma Festa regulamento
Ler é uma Festa regulamentobibliotecacampo
 
Ler festa regulamento
Ler festa regulamentoLer festa regulamento
Ler festa regulamentoAna Pereira
 

Semelhante a Regulamento Integral Acordes - Festival Intercultural de Música (20)

Regulamento fama 2010
Regulamento fama 2010Regulamento fama 2010
Regulamento fama 2010
 
Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012
 
Projeto festival de música
Projeto festival de músicaProjeto festival de música
Projeto festival de música
 
Regulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantilRegulamentomusica interprete estudantil
Regulamentomusica interprete estudantil
 
Regulamento uma imagem um poema
Regulamento   uma imagem um poemaRegulamento   uma imagem um poema
Regulamento uma imagem um poema
 
5º colorfesti festival folclórico atualizado
5º colorfesti  festival folclórico atualizado5º colorfesti  festival folclórico atualizado
5º colorfesti festival folclórico atualizado
 
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipuRegulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
Regulamento cdo concurso de marchinhas de ipu
 
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicaisEdital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Edital Festival Música
Edital Festival MúsicaEdital Festival Música
Edital Festival Música
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Estatuto do 2º COLORFESTI festival folclórico de Colorado
Estatuto do 2º COLORFESTI  festival folclórico de ColoradoEstatuto do 2º COLORFESTI  festival folclórico de Colorado
Estatuto do 2º COLORFESTI festival folclórico de Colorado
 
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICOESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
ESTATUTO DO 4º COLORFESTI - FESTIVAL FOLCLÓRICO
 
Edital IV FESMEC
Edital IV FESMEC Edital IV FESMEC
Edital IV FESMEC
 
Ler é uma Festa regulamento
Ler é uma Festa regulamentoLer é uma Festa regulamento
Ler é uma Festa regulamento
 
Ler festa regulamento
Ler festa regulamentoLer festa regulamento
Ler festa regulamento
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Lerfesta regulamento (1)
Lerfesta regulamento (1)Lerfesta regulamento (1)
Lerfesta regulamento (1)
 
Lerfesta regulamento
Lerfesta regulamentoLerfesta regulamento
Lerfesta regulamento
 

Mais de pastoraluniversitaria

Campanha Nacional contra o Trabalho não Declarado
Campanha Nacional contra o Trabalho não DeclaradoCampanha Nacional contra o Trabalho não Declarado
Campanha Nacional contra o Trabalho não Declaradopastoraluniversitaria
 
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...pastoraluniversitaria
 
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de Música
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de MúsicaCartaz - Acordes - Festival Intercultural de Música
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de Músicapastoraluniversitaria
 

Mais de pastoraluniversitaria (8)

Campanha Nacional contra o Trabalho não Declarado
Campanha Nacional contra o Trabalho não DeclaradoCampanha Nacional contra o Trabalho não Declarado
Campanha Nacional contra o Trabalho não Declarado
 
MISSÃO: CABO VERDE!
MISSÃO: CABO VERDE!MISSÃO: CABO VERDE!
MISSÃO: CABO VERDE!
 
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...
REFLEXÃO| “PEREGRINAR É OLHAR PARA DENTRO DE NÓS” | Jornal Voz de Esperança (...
 
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de Música
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de MúsicaCartaz - Acordes - Festival Intercultural de Música
Cartaz - Acordes - Festival Intercultural de Música
 
Regulamento | Palop Report 2014
Regulamento | Palop Report 2014Regulamento | Palop Report 2014
Regulamento | Palop Report 2014
 
Tertúlia associativismo em Braga
Tertúlia associativismo em BragaTertúlia associativismo em Braga
Tertúlia associativismo em Braga
 
Flyer alunos intercâmbio
Flyer alunos intercâmbioFlyer alunos intercâmbio
Flyer alunos intercâmbio
 
Flyer recepção estudantes
Flyer recepção estudantesFlyer recepção estudantes
Flyer recepção estudantes
 

Último

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxMartin M Flynn
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialDouglasVasconcelosMa
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 

Último (20)

"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptxSanta Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
Santa Gemma Galgani, Flor de Lucca, mística italiana 1887-1903 (Portugués).pptx
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - materialFUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
FUNDAMENTOS DA PSICOPEDAGOGIA - material
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 

Regulamento Integral Acordes - Festival Intercultural de Música

  • 1. FESTIVAL INTERCULTURAL DE MÚSICA Auditório do IPDJ- Braga 3 de abril | 2014 REGULAMENTO DO FESTIVAL I. Âmbito A Pastoral Universitária de Braga pretende fomentar entre a comunidade universitária um espírito de abertura e de interajuda entre estudantes provenientes de diferentes culturas. De uma forma mais específica, propõe aos estudantes universitários que façam parte desta iniciativa e sejam responsáveis na forma como partilham a sua cultura e promovem a integração de estudantes provenientes dos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP). Uma das formas possíveis para a concretização deste propósito é a dinamização de atividades lúdicas, as quais são naturalmente estimuladoras do intercâmbio de culturas e vivências e, consequentemente, da integração plena de comunidades imigrantes. É neste âmbito que preparamos o Acordes - Festival Intercultural de Música. Com esta iniciativa pretendemos proporcionar aos universitários dos PALOP a oportunidade de, através da sua participação no festival, receber um prémio de integração, que representa um incentivo e apoio à adaptação destes estudantes imigrantes a contextos socioculturais de maior exigência em universidades e localidades portuguesas. Sabemos que nem todos os universitários PALOP têm talento musical para participar neste Festival, por isso, desafiamo-los a convidar outros estudantes universitários, de outras nacionalidades, a juntar-se a esta iniciativa e a formar um grupo que apadrinhe a sua iniciativa, preparando uma atuação em conjunto para participar no Festival Intercultural. Desta forma, estaremos a promover não só a integração e adaptação do jovem universitário dos PALOP, como também a estimular entre os demais universitários a corresponsabilidade para com os estudantes imigrantes. Página 1 de 6
  • 2. II. Critérios de Participação 1. Podem participar no Festival: a) Os solistas ou grupos musicais constituídos pelo menos por um estudante universitário PALOP matriculado numa universidade do distrito de Braga; b) A participação do estudante universitário dos PALOP no grupo pode ser em várias formas: a cantar, a tocar algum instrumento, a orquestrar ou outro tipo de participação; c) Os grupos musicais podem ser constituídos por elementos de diferentes culturas e universidades, sendo que o valor do prémio de integração será apenas atribuído ao(s) estudante(s) universitário(s) dos PALOP que cumpra(m) os requisitos da alínea a) e b) deste artigo; d) Os grupos/solistas inscritos no Festival não podem partilhar qualquer um dos seus membros com outro grupo/solista participante. 2. A participação no Festival implica o respeito pelos seguintes requisitos: a) Cada grupo ou solista participante só poderá participar com uma música; b) O estilo musical do festival é livre. c) Deve ser respeitado o tema do Festival, tanto no estilo musical como na letra: Interculturalidade; d) Os temas musicais devem respeitar o idioma da língua portuguesa; e) Os temas devem ser originais e inéditos. A Pastoral Universitária não se responsabiliza por quaisquer reclamações, controvérsias, prejuízos e/ou danos que a violação deste ponto possa causar; f) A participação no Festival é gratuita. III. Requisitos de inscrição 1. A inscrição deverá ser feita da seguinte forma: a) Preenchendo e submetendo o formulário que se encontra on-line no sítio http://www.maisintegracao.com/ até ao dia 25 de março; Página 2 de 6
  • 3. b) O tema musical deve ser enviado obrigatoriamente em formato "MP3", até à data limite de inscrição, para o seguinte e-mail geral.mais.integracao@gmail.com. Serão aceites gravações amadoras desde que estas sejam suscetíveis de apreciação; c) Juntamente com a música deve ser enviada a letra da música em formato ".doc" ou ".docx" (Microsoft Word); d) Após o envio do tema musical/letra para o sítio referido na alínea b) deste ponto, o participante concede à Pastoral Universitária licença e permissão gratuita para mostrar, divulgar, comunicar publicamente e reproduzir esses conteúdos de forma gratuita nos canais de comunicação usados pela organização; e) A Pastoral Universitária reserva-se o direito de rejeitar ou excluir grupos ou solistas participantes nos seguintes casos: • quando o tema a concurso não se enquadra na temática do festival; • quando os participantes se inscrevem com informações falsas; • quando os temas musicais não forem inéditos; • quando o grupo/solista não respeitar qualquer regra que conste neste Regulamento. IV – Seleção dos grupos/solistas a concurso A seleção dos grupos musicais/solistas realizar-se-á no dia do Festival, na presença de um júri que, após a atuação do grupo/solista, procederá à votação (será atribuída a pontuação de 1 a 20 conforme a votação, sendo que 20 pontos serão atribuídos ao grupo/solista mais votado pelo júri e 1 ponto ao inverso). V – Datas e local do Festival 1. O Festival realizar-se-á, no dia 3 de abril, no Auditório do Instituto Português do Desporto e Juventude| Braga, entre as 21h30 e as 24h; Página 3 de 6
  • 4. 2. Os grupos/solistas devem enviar a sua inscrição até ao dia 25 de março, juntamente com a música e a letra, conforme consta na alínea a), b) e c) do ponto 1, do cap.III deste regulamento. VI – Júri 1. O Júri será composto por 5 elementos selecionados pela organização; 2. O Júri terá soberania para decidir sobre os grupos musicais ou solistas vencedores; 3. Das decisões do Júri não há lugar a recurso. VII – Critérios de classificação pelo Júri 1. Os grupos musicais ou solistas serão avaliados pelo Júri tendo em consideração os seguintes critérios: a) Respeito pela temática do Festival b) Letra mais original c) Orquestração e Execução d) Postura em Palco e Interação com o Público e) Originalidade e criatividade VIII – Prémios 1. O Prémio de Integração a atribuir aos premiados será convertido no pagamento de propinas(s) universitárias, de acordo com o valor do prémio recebido. 2. O pagamento das propinas será realizado pela Pastoral Universitária entre os meses sequentes à realização do Festival, nomeadamente entre abril e junho de 2014. 3. Os valores dos prémios são cofinanciado pelo ACIDI – Alto Comissariado para a Integração e Diálogo Intercultural, I.P, através do FEINPT – Fundo Europeu para a Integração de Nacionais de Países Terceiros – aos estudantes universitários dos PALOP apadrinhados pelos grupos/solistas vencedores numa das 3 seguintes categorias: Página 4 de 6
  • 5. 1ª Prémio – valor de 950€ ao universitário dos PALOP pertencente ao primeiro grupo musical/solista mais votado pelo Júri; 2º Prémio – valor de 650€ ao universitário dos PALOP pertencente ao segundo grupo musical/solista mais votado; 3º Prémio – valor de 350€ ao universitário dos PALOP pertencente ao terceiro grupo musical/solista mais votado pelo Júri. 4. A atribuição dos prémios está sujeita às seguintes regras: a) Cada estudante universitário dos PALOP só poderá ganhar um dos prémios, sendo que os 2º e 3º prémios serão sempre entregues aos estudantes mais votados e que não tenham ainda ganho qualquer um dos prémios; b) Os estudantes universitários dos PALOP vencedores devem fazer prova, através de documento comprovativo de matrícula do ano letivo a decorrer, que frequentam uma das universidades do distrito de Braga; c) Não será atribuído qualquer direito ao valor do prémio de integração a qualquer membro do grupo musical que não seja estudante universitário dos PALOP; d) O prémio será atribuído aos vencedores através do pagamento direto do valor das propinas por parte da Pastoral Universitária de Braga. IX – Direitos de difusão e de distribuição 1. Os candidatos ao se inscreverem neste Festival aceitam que os seus temas possam ser gravados e divulgados para distribuição/promoção gratuita pela organização; 2. Os candidatos cedem à Pastoral Universitária todos os direitos dos temas musicais apresentadas no âmbito do Festival, ficando a organização autorizada a difundi-los e distribui-los, não podendo ser exigidas quaisquer verbas sobre direitos autorais; 3. Toda a documentação recebida passará a ser propriedade da organização, abdicando os participantes de qualquer possível direito de devolução; Página 5 de 6
  • 6. 4. Os participantes deverão declarar que são únicos e exclusivos titulares dos direitos autorais dos materiais enviados e responsabilizarem-se por quaisquer acusações de plágio, cópia ou outras irregularidades. X – Responsabilidade 1. O não cumprimento das datas e horários previstos no capítulo IV deste regulamento será da inteira responsabilidade dos grupos musicais/solistas. Este incumprimento poderá ser objeto de desclassificação após avaliação da organização; 2. Qualquer dano causado ao material disponibilizado pela organização ou pelo espaço será da responsabilidade dos causadores. XI – Questões Normativas e Casos Omissos 1. Os casos omissos deste regulamento ficam a cargo da organização, tendo em consideração o parecer do Júri; 2. A organização reserva o direito de adicionar normas a este regulamento até ao dia da divulgação dos grupos/solistas a concurso, devendo, para tal, avisar os participantes; 3. A participação no Acordes – Festival Intercultural de Música pressupõe a aceitação das disposições constantes deste regulamento. Página 6 de 6