SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
PROJETO
“Eu vim para servir”
(Mc 10, 45)
Ichu-Bahia
2015
APRESENTAÇÃO
A Campanha da Fraternidade 2015 propõe uma reflexão profunda do
verdadeiro sentido de Ser Igreja, e mais ainda, do significado de ser uma Igreja
discípula de Jesus. Como tema Fraternidade: Igreja e Sociedade e o lema “Eu vim
para servir” (Mc 10, 45), nos convida a refletir sobre o exemplo dado por Jesus,
de servidor da vontade do Pai, e sobre a responsabilidade de ser Igreja numa
sociedade marcada pelo individualismo e pela “cultura do descartável”.
Jesus nos propõe com seu exemplo, um modo de vida desapegado dos
interesses individuais, que coloca o semelhante em primeiro plano, servindo-o em
suas necessidades. Ele acolheu, curou, ressuscitou, consolou, ensinou... Mais
ainda, Jesus nos provoca dizendo que para ser seu discípulo é preciso lavar os
pés um dos outros!
Nós, Igreja, enquanto responsáveis pela construção do Reino de Deus,
precisamos exercitar a sensibilidade do nosso olhar para os excluídos e a
generosidade em nossas atitudes, fortalecendo o compromisso com uma
sociedade mais justa.
Se somos seguidores de Cristo, não devemos ser omissos a situações de
abandono, descaso ou de negação dos direitos humanos. Devemos ser
defensores da vida e da dignidade da vida. Do respeito à família enquanto
instituição máxima da sociedade.
Papa Francisco nos alerta para a “cultura do descartável”: “O ser humano é
considerado, em si mesmo, como um bem de consumo que se pode usar e
depois lançar fora” (E.G. 53). O consumismo nos leva a transferir esse
comportamento de desperdiço de coisas para a relação que estabelecemos com
as pessoas, em que o próprio ser humano é descartado. O aborto, a destruição
da natureza, crianças que sobrevivem nos lixões, jovens assassinados, etc., são
exemplos dessa “cultura do descartável”.
Foi mobilizado por essas reflexões realizadas no período Quaresmal e
Pascoal, e por conhecimento da realidade local, que o grupo Casais Jovens da
Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Ichu-Bahia, Diocese de Serrinha, com o
apoio do padre Rodrigo Pinheiro, propõe este projeto a toda comunidade Católica
e não Católica com o intuito de proporcionar melhorias na qualidade de vida de
uma família da nossa comunidade que se encontra em situação de risco.
OBJETIVO
Proporcionar melhores condições de vida para uma família que está
vivendo em situação de risco.
JUSTIFICATIVA
Considerando a realidade em que vive a família em questão, a proposta
esboçada nesse projeto se faz de extrema necessidade e urgência uma vez que a
mesma vive em situação de miséria, de forma desumana, na qual lhes são
negados direitos básicos, como água, saúde, energia elétrica e moradia digna.
PUBLICO ALVO E SITUAÇÃO-PROBLEMA
Trata-se da família do casal de lavradores senhor José de Araújo (58 anos)
e dona Maria Eunice Santos de Araújo (48 anos) com seus seis filhos, totalizando
assim oito pessoas que vivem na casa. Residem no município de Ichu–Bahia a
quatro anos. São naturais do município de Serrinha-Ba, porém residiram seus
últimos dez anos em um acampamento de Sem Terra no município de Nova
Soure–Bahia. As condições de vida que levavam no acampamento,
principalmente no que dizia respeito ao acesso à saúde, fez a família migrar para
o atual município.
Passaram então a residir numa casa situada no Conjunto José Carneiro de
Almeida, a qual não oferece condições mínimas para uma vida digna. A casa é
muito pequena para abrigar oito membros, composta de uma sala, cozinha e três
quartos. Não possui banheiro, nem reservatório de água (apenas um de 1.000
litros para toda a família). Não há rede de água e nem rede elétrica. A estrutura
da casa é crítica: paredes construídas sem planejamento e sem um mínimo de
segurança, com rachaduras expostas, teto feito com telhas quebradas em sua
maioria. Os quartos não tem espaço suficiente para móveis como armários para
roupas (ficam guardadas numa áreas externa da casa). Não tem pia para cozinha
nem para lavagem de roupas. A família faz uso de fogão à lenha para o preparo
de alimentos. E o banho acontece no meio do quintal sobre uma pequena tábua.
A família sobrevive da renda da Bolsa Família, programa de distribuição de
renda do Governo Federal. O marido, está sem condições para o trabalho por
conta de uma artrite e tendinite em um dos ombros desencadeadas depois de um
acidente de bicicleta. A esposa, sofre de hipertensão e de um problema no
coração, também impossibilitada ao trabalho. Os filhos maiores ajudam na renda
da família na medida do possível, prestando serviços informais.
Membros da família
(Obs.: na foto falta o filho mais velho que não estava em casa no momento)
Fachada da casa
Sala e cozinha
Quarto casal
Área externa onde é colocado o armário
com as roupas
Quintal
Fogão à lenha para o preparo do
alimento.
Local para lavagem de
roupas
Cisterna 1000 litros descoberta (único
reservatório)
Local do banho
AÇÕES E METAS
A fim de conhecer mais de perto a realidade da família e a sua história, o
grupo, juntamente com o padre, realizou uma visita à casa onde tivemos a
oportunidade de conversar e estreitar os laços de amizade com a família. A partir
da visita, identificamos os pontos críticos e fizemos um levantamento de ações
que precisam ser adotadas como forma de amenizaros problemas enfrentados
pela família.
Assim destacamos:
1. Acompanhamento do estado de saúde do senhor José, providenciando a
realização de exames, consultas e medicações necessárias;
2. Encaminhamento do Auxilio Doença do senhor José junto à Previdência
Social;
3. Acompanhamento da emissão de documentos pessoais dos membros da
família por meio de cobrança à Secretaria de Ação Social que está
encaminhando a confecção dos mesmos (os documentos do casal estão
estragados e os filhos não possuem RG e CPF);
4. Verificar a existência de projeto de extensão de rede de água para a rua onde
reside a família, cobrando do poder público agilidade no processo de
ampliação e na ligação da residência à rede de distribuição de água;
5. Verificar a existência de projeto de extensão de rede de energia elétrica para a
rua onde reside a família, cobrando do poder público agilidade no processo de
ampliação e na ligação da residência;
6. Encascalhamento do trecho da rua que dá acesso à residência, onde se forma
um alagadiço nos períodos chuvosos que tornam difícil o trânsito de pessoas e
veículos;
7. Construção de cisterna para armazenamento de água potável com capacidade
suficiente para atender a quantidade de pessoas que residem na casa;
8. Construção de casa com estrutura adequada à quantidade de membros da
família e que ofereça um padrão mínimo de qualidade e segurança para
acolher dignamente uma família.
ANEXOS
ANEXO I
ORÇAMENTO MATERIAIS CISTERNA COM CAPACIDADE PARA 10.000 LITROS
ITEM PREÇO UNITÁRIO QUANTIDADE PREÇO TOTAL
1 Tijolos (milheiro) 300,00 1,2 360,00
2 Cimento (saco) 30,00 12 360,00
3 Areia (caçamba) 170,00 1 170,00
4 Brita (lata) 4,00 20 80,00
5 Arame liso nº 14 (kg) 10,00 6 60,00
6 Vergalhão 5/16 22,00 4 88,00
7 Arame recozido (kg) 10,00 1 10,00
8 Impermeabilzante (kg) 15,00 1 15,00
9 Pedreiro (dia) 80,00 4 320,00
10 Ajudante de pedreiro (dia) 40,00 4 160,00
11
1.623,00
ORÇAMENTO CISTERNA
TOTAL
ANEXO II
PLANTA BAIXA DA CASA
ANEXO III
ORÇAMENTO MATERIAS DA CASA
ITEM PREÇO UNITÁRIO QUANTIDADE PREÇO TOTAL
1 Blocos (milheiro) 320,00 5 1.600,00
2 Bloco calha (metro) 2,00 150 300,00
3 Treliça (metro) 3,50 60 210,00
4 Laje (metro) 23,00 4 92,00
5 Cimento (saco) 30,00 55 1.650,00
6 Pedras p/ alicerce e fossa (caçamba) 150,00 2 300,00
7 Areia (caçamba) 170,00 1 170,00
8 Brita (metro) 95,00 2 190,00
9 Telha (milheiro) 500,00 3 1.500,00
10 Tinta Hidracor (fardo) 40,00 1 40,00
11 Porta 150,00 4 600,00
12 Janela 130,00 3 390,00
13 Ceteira 70,00 2 140,00
14 Vasculhante 50,00 1 50,00
15 Pia de cozinha 120,00 1 120,00
16 Pia de roupa 75,00 1 75,00
17 Kit de banheiro (vaso e pia) 140,00 1 140,00
18 Kit acessorios p/ banheiro (portal papel, saboneteira) 27,00 1 27,00
7.594,00
19 Tubo nº 100 40,00 1 40,00
20 Tubo nº 50 27,00 2 54,00
21 Tubo nº 20 8,00 2 16,00
22 Ralo 3,50 1 3,50
23 Joelho nº 100 4,00 2 8,00
24 Joelho nº 50 2,00 4 8,00
129,50
25 Peça de Madeira de 7 metros 91,00 7 637,00
26 Peça de madeira de 5,5 metros 71,50 2 143,00
27 Peça de madeira de 4 metros 52,00 1 52,00
28 Barrote de 5,5 metros 23,65 26 614,90
29 Ripa (metro) 2,00 250 500,00
1.946,90
30 Fio 4 mm (metro) 1,50 30 45,00
31 Fio 2,5 mm (metro) 0,85 100 85,00
32 Tomada dupla 6,00 4 24,00
33 Interruptor duplo 6,00 2 12,00
34 Tomada simples com interruptor 5,50 4 22,00
35 Lâmpada 8,00 8 64,00
36 Bocal 2,00 8 16,00
37 Conduíte (rolo) 40,00 1 40,00
308,00
38 Pedreiro (dia) 80,00 30 2.400,00
39 Ajudante de pedreiro (dia) 40,00 30 1.200,00
40 Carpinteiro (dia) 80,00 4 320,00
41 Ajudante de carpinteiro (dia) 40,00 4 160,00
42 Eletricista 100,00 1 100,00
43 Ajudante de eletricista (dia) 50,00 1 50,00
4.230,00
14.208,40TOTAL FINAL
TOTAL
CONSTRUÇÃO CASA
DESCRIÇÃO MATERIAL
TOTAL
TOTAL
TOTAL
ORÇAMENTO
MADEIRATELHADOENCANAÇÃOELÉTRICOMÃODEOBRAALVENARIA
TOTAL
Projeto de melhoria de vida para família em situação de risco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (14)

01 2016 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
01 2016 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro01 2016 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
01 2016 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 18/06/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 18/06/17.Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 18/06/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 18/06/17.
 
Folha Dominical - 10.06.2012 Nº 428
Folha Dominical - 10.06.2012 Nº 428Folha Dominical - 10.06.2012 Nº 428
Folha Dominical - 10.06.2012 Nº 428
 
Apresentação do MIC 4º ano (401) e 2º ano (202)
Apresentação do MIC 4º ano (401) e 2º ano (202)Apresentação do MIC 4º ano (401) e 2º ano (202)
Apresentação do MIC 4º ano (401) e 2º ano (202)
 
Jornal A Voz do Povo
Jornal A Voz do PovoJornal A Voz do Povo
Jornal A Voz do Povo
 
Acontece342
Acontece342Acontece342
Acontece342
 
Jornal acontece 342
Jornal acontece 342Jornal acontece 342
Jornal acontece 342
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 20/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 20/08/17Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 20/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 20/08/17
 
Obra do cras
Obra do crasObra do cras
Obra do cras
 
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64Jornal Repórter Notícias - Edição 64
Jornal Repórter Notícias - Edição 64
 
Atividades clubes newsletter
Atividades clubes newsletterAtividades clubes newsletter
Atividades clubes newsletter
 
Apresentação II Encontro Gdp
Apresentação II Encontro GdpApresentação II Encontro Gdp
Apresentação II Encontro Gdp
 
Retrospectiva ASBEPE 2011
Retrospectiva ASBEPE 2011Retrospectiva ASBEPE 2011
Retrospectiva ASBEPE 2011
 
Festa da família anchietana solidária apm
Festa da família anchietana solidária apmFesta da família anchietana solidária apm
Festa da família anchietana solidária apm
 

Semelhante a Projeto de melhoria de vida para família em situação de risco

Boletim 351 - 08/09/13
Boletim 351 - 08/09/13Boletim 351 - 08/09/13
Boletim 351 - 08/09/13stanaami
 
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de SocorroAsas de Socorro
 
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de SocorroAsas de Socorro
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17Igreja Presbiteriana Jardim de Oração
 
Ceia coordenação social - plano de ação 2011
Ceia   coordenação social - plano de ação 2011Ceia   coordenação social - plano de ação 2011
Ceia coordenação social - plano de ação 2011socialceia
 
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da Familia
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da FamiliaPrimeira Peregrinação Nacional em Favor da Familia
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da FamiliaPastoral Familiar Londrina
 
Chama do Carmo_201
Chama do Carmo_201Chama do Carmo_201
Chama do Carmo_201Frei João
 
Agape 13 outubro 2011
Agape 13   outubro 2011Agape 13   outubro 2011
Agape 13 outubro 2011jornalagape
 
Boletim 337 - 26/05/13
Boletim 337 - 26/05/13Boletim 337 - 26/05/13
Boletim 337 - 26/05/13stanaami
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.Igreja Presbiteriana Jardim de Oração
 
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411Comunidades Vivas
 
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676Comunidades Vivas
 
Boletim 402 - 19/10/14
Boletim 402 - 19/10/14Boletim 402 - 19/10/14
Boletim 402 - 19/10/14stanaami
 
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de SocorroAsas de Socorro
 

Semelhante a Projeto de melhoria de vida para família em situação de risco (20)

Boletim 351 - 08/09/13
Boletim 351 - 08/09/13Boletim 351 - 08/09/13
Boletim 351 - 08/09/13
 
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
03 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
 
Mensageiro 5
Mensageiro 5Mensageiro 5
Mensageiro 5
 
Asilo - Casa São Vicente de Paulo
Asilo - Casa São Vicente de PauloAsilo - Casa São Vicente de Paulo
Asilo - Casa São Vicente de Paulo
 
Ação social da 1ª região
Ação social da 1ª regiãoAção social da 1ª região
Ação social da 1ª região
 
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
09 2017 Boletim do Contribuinte Asas de Socorro
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 27/08/17
 
Ceia coordenação social - plano de ação 2011
Ceia   coordenação social - plano de ação 2011Ceia   coordenação social - plano de ação 2011
Ceia coordenação social - plano de ação 2011
 
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da Familia
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da FamiliaPrimeira Peregrinação Nacional em Favor da Familia
Primeira Peregrinação Nacional em Favor da Familia
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Momento Fev
Momento FevMomento Fev
Momento Fev
 
Chama do Carmo_201
Chama do Carmo_201Chama do Carmo_201
Chama do Carmo_201
 
Pequena chama
Pequena chamaPequena chama
Pequena chama
 
Agape 13 outubro 2011
Agape 13   outubro 2011Agape 13   outubro 2011
Agape 13 outubro 2011
 
Boletim 337 - 26/05/13
Boletim 337 - 26/05/13Boletim 337 - 26/05/13
Boletim 337 - 26/05/13
 
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.
Boletim Informativo da Igreja Presbiteriana Jardim de Oração - 05/03/17.
 
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411
Folha Dominical - 12.02.12 Nº 411
 
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676
Folha Dominical - 25.06.17 Nº 676
 
Boletim 402 - 19/10/14
Boletim 402 - 19/10/14Boletim 402 - 19/10/14
Boletim 402 - 19/10/14
 
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro
05-06 2018 Boas Notícias, Informativo de Asas de Socorro
 

Mais de pascomichu

Formação para leitores e salmistas
Formação para leitores e salmistasFormação para leitores e salmistas
Formação para leitores e salmistaspascomichu
 
Tríduo Pascal - Livreto
Tríduo Pascal - LivretoTríduo Pascal - Livreto
Tríduo Pascal - Livretopascomichu
 
Cânticos Tríduo Pascal
Cânticos Tríduo PascalCânticos Tríduo Pascal
Cânticos Tríduo Pascalpascomichu
 
Jornal da Paroquia n° 1
Jornal da Paroquia n° 1Jornal da Paroquia n° 1
Jornal da Paroquia n° 1pascomichu
 
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Gréciapascomichu
 
Iniciação 2 - Rita e Taciana
Iniciação 2 - Rita e TacianaIniciação 2 - Rita e Taciana
Iniciação 2 - Rita e Tacianapascomichu
 
Catequese para Adulto - Auristela e Delvaci
Catequese para Adulto - Auristela e DelvaciCatequese para Adulto - Auristela e Delvaci
Catequese para Adulto - Auristela e Delvacipascomichu
 
Iniciação 2 - Dioneia e Itamara
Iniciação 2 - Dioneia e ItamaraIniciação 2 - Dioneia e Itamara
Iniciação 2 - Dioneia e Itamarapascomichu
 
Iniciação 1 e 2 - Socorro
Iniciação 1 e 2 - SocorroIniciação 1 e 2 - Socorro
Iniciação 1 e 2 - Socorropascomichu
 
Iniciação 1 - Aneide e Milena
Iniciação 1 - Aneide e MilenaIniciação 1 - Aneide e Milena
Iniciação 1 - Aneide e Milenapascomichu
 
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayalapascomichu
 
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleicianepascomichu
 
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elzapascomichu
 
Perseveranca - Silvia e Polliana
Perseveranca - Silvia e PollianaPerseveranca - Silvia e Polliana
Perseveranca - Silvia e Pollianapascomichu
 
Perseveranca - Angela e Mirailde
Perseveranca - Angela e MiraildePerseveranca - Angela e Mirailde
Perseveranca - Angela e Miraildepascomichu
 
Perceverança - Iracema e Joselene
Perceverança - Iracema e JoselenePerceverança - Iracema e Joselene
Perceverança - Iracema e Joselenepascomichu
 
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graçaspascomichu
 
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildespascomichu
 
1° Ano Crisma - Enilda e Katia
1° Ano Crisma - Enilda e Katia1° Ano Crisma - Enilda e Katia
1° Ano Crisma - Enilda e Katiapascomichu
 
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivoneipascomichu
 

Mais de pascomichu (20)

Formação para leitores e salmistas
Formação para leitores e salmistasFormação para leitores e salmistas
Formação para leitores e salmistas
 
Tríduo Pascal - Livreto
Tríduo Pascal - LivretoTríduo Pascal - Livreto
Tríduo Pascal - Livreto
 
Cânticos Tríduo Pascal
Cânticos Tríduo PascalCânticos Tríduo Pascal
Cânticos Tríduo Pascal
 
Jornal da Paroquia n° 1
Jornal da Paroquia n° 1Jornal da Paroquia n° 1
Jornal da Paroquia n° 1
 
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia
1° Ano Crisma - Comunidade de Campinas - Grécia
 
Iniciação 2 - Rita e Taciana
Iniciação 2 - Rita e TacianaIniciação 2 - Rita e Taciana
Iniciação 2 - Rita e Taciana
 
Catequese para Adulto - Auristela e Delvaci
Catequese para Adulto - Auristela e DelvaciCatequese para Adulto - Auristela e Delvaci
Catequese para Adulto - Auristela e Delvaci
 
Iniciação 2 - Dioneia e Itamara
Iniciação 2 - Dioneia e ItamaraIniciação 2 - Dioneia e Itamara
Iniciação 2 - Dioneia e Itamara
 
Iniciação 1 e 2 - Socorro
Iniciação 1 e 2 - SocorroIniciação 1 e 2 - Socorro
Iniciação 1 e 2 - Socorro
 
Iniciação 1 - Aneide e Milena
Iniciação 1 - Aneide e MilenaIniciação 1 - Aneide e Milena
Iniciação 1 - Aneide e Milena
 
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala
1° Ano Eucaristia - Joelma, Marcia e Ayala
 
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane
1° e 2° Ano Eucaristia - Greice e Gleiciane
 
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza
2° Ano Eucaristia - Maria Luiza, Zaíra e Elza
 
Perseveranca - Silvia e Polliana
Perseveranca - Silvia e PollianaPerseveranca - Silvia e Polliana
Perseveranca - Silvia e Polliana
 
Perseveranca - Angela e Mirailde
Perseveranca - Angela e MiraildePerseveranca - Angela e Mirailde
Perseveranca - Angela e Mirailde
 
Perceverança - Iracema e Joselene
Perceverança - Iracema e JoselenePerceverança - Iracema e Joselene
Perceverança - Iracema e Joselene
 
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças
1° Ano Crisma - Luzimaria e Mª Graças
 
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes
1° Ano Crisma - Ionara e Iraildes
 
1° Ano Crisma - Enilda e Katia
1° Ano Crisma - Enilda e Katia1° Ano Crisma - Enilda e Katia
1° Ano Crisma - Enilda e Katia
 
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei
2° Ano Crisma - Conceição Cedraz e Ivonei
 

Último

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfangelicass1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 

Último (20)

Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdfMapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
Mapas Mentais - Português - Principais Tópicos.pdf
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 

Projeto de melhoria de vida para família em situação de risco

  • 1. PROJETO “Eu vim para servir” (Mc 10, 45) Ichu-Bahia 2015
  • 2. APRESENTAÇÃO A Campanha da Fraternidade 2015 propõe uma reflexão profunda do verdadeiro sentido de Ser Igreja, e mais ainda, do significado de ser uma Igreja discípula de Jesus. Como tema Fraternidade: Igreja e Sociedade e o lema “Eu vim para servir” (Mc 10, 45), nos convida a refletir sobre o exemplo dado por Jesus, de servidor da vontade do Pai, e sobre a responsabilidade de ser Igreja numa sociedade marcada pelo individualismo e pela “cultura do descartável”. Jesus nos propõe com seu exemplo, um modo de vida desapegado dos interesses individuais, que coloca o semelhante em primeiro plano, servindo-o em suas necessidades. Ele acolheu, curou, ressuscitou, consolou, ensinou... Mais ainda, Jesus nos provoca dizendo que para ser seu discípulo é preciso lavar os pés um dos outros! Nós, Igreja, enquanto responsáveis pela construção do Reino de Deus, precisamos exercitar a sensibilidade do nosso olhar para os excluídos e a generosidade em nossas atitudes, fortalecendo o compromisso com uma sociedade mais justa. Se somos seguidores de Cristo, não devemos ser omissos a situações de abandono, descaso ou de negação dos direitos humanos. Devemos ser defensores da vida e da dignidade da vida. Do respeito à família enquanto instituição máxima da sociedade. Papa Francisco nos alerta para a “cultura do descartável”: “O ser humano é considerado, em si mesmo, como um bem de consumo que se pode usar e depois lançar fora” (E.G. 53). O consumismo nos leva a transferir esse comportamento de desperdiço de coisas para a relação que estabelecemos com as pessoas, em que o próprio ser humano é descartado. O aborto, a destruição da natureza, crianças que sobrevivem nos lixões, jovens assassinados, etc., são exemplos dessa “cultura do descartável”. Foi mobilizado por essas reflexões realizadas no período Quaresmal e Pascoal, e por conhecimento da realidade local, que o grupo Casais Jovens da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Ichu-Bahia, Diocese de Serrinha, com o
  • 3. apoio do padre Rodrigo Pinheiro, propõe este projeto a toda comunidade Católica e não Católica com o intuito de proporcionar melhorias na qualidade de vida de uma família da nossa comunidade que se encontra em situação de risco. OBJETIVO Proporcionar melhores condições de vida para uma família que está vivendo em situação de risco. JUSTIFICATIVA Considerando a realidade em que vive a família em questão, a proposta esboçada nesse projeto se faz de extrema necessidade e urgência uma vez que a mesma vive em situação de miséria, de forma desumana, na qual lhes são negados direitos básicos, como água, saúde, energia elétrica e moradia digna. PUBLICO ALVO E SITUAÇÃO-PROBLEMA Trata-se da família do casal de lavradores senhor José de Araújo (58 anos) e dona Maria Eunice Santos de Araújo (48 anos) com seus seis filhos, totalizando assim oito pessoas que vivem na casa. Residem no município de Ichu–Bahia a quatro anos. São naturais do município de Serrinha-Ba, porém residiram seus últimos dez anos em um acampamento de Sem Terra no município de Nova Soure–Bahia. As condições de vida que levavam no acampamento, principalmente no que dizia respeito ao acesso à saúde, fez a família migrar para o atual município. Passaram então a residir numa casa situada no Conjunto José Carneiro de Almeida, a qual não oferece condições mínimas para uma vida digna. A casa é muito pequena para abrigar oito membros, composta de uma sala, cozinha e três quartos. Não possui banheiro, nem reservatório de água (apenas um de 1.000 litros para toda a família). Não há rede de água e nem rede elétrica. A estrutura da casa é crítica: paredes construídas sem planejamento e sem um mínimo de segurança, com rachaduras expostas, teto feito com telhas quebradas em sua maioria. Os quartos não tem espaço suficiente para móveis como armários para roupas (ficam guardadas numa áreas externa da casa). Não tem pia para cozinha
  • 4. nem para lavagem de roupas. A família faz uso de fogão à lenha para o preparo de alimentos. E o banho acontece no meio do quintal sobre uma pequena tábua. A família sobrevive da renda da Bolsa Família, programa de distribuição de renda do Governo Federal. O marido, está sem condições para o trabalho por conta de uma artrite e tendinite em um dos ombros desencadeadas depois de um acidente de bicicleta. A esposa, sofre de hipertensão e de um problema no coração, também impossibilitada ao trabalho. Os filhos maiores ajudam na renda da família na medida do possível, prestando serviços informais. Membros da família (Obs.: na foto falta o filho mais velho que não estava em casa no momento) Fachada da casa
  • 5. Sala e cozinha Quarto casal Área externa onde é colocado o armário com as roupas Quintal
  • 6. Fogão à lenha para o preparo do alimento. Local para lavagem de roupas Cisterna 1000 litros descoberta (único reservatório) Local do banho
  • 7. AÇÕES E METAS A fim de conhecer mais de perto a realidade da família e a sua história, o grupo, juntamente com o padre, realizou uma visita à casa onde tivemos a oportunidade de conversar e estreitar os laços de amizade com a família. A partir da visita, identificamos os pontos críticos e fizemos um levantamento de ações que precisam ser adotadas como forma de amenizaros problemas enfrentados pela família. Assim destacamos: 1. Acompanhamento do estado de saúde do senhor José, providenciando a realização de exames, consultas e medicações necessárias; 2. Encaminhamento do Auxilio Doença do senhor José junto à Previdência Social; 3. Acompanhamento da emissão de documentos pessoais dos membros da família por meio de cobrança à Secretaria de Ação Social que está encaminhando a confecção dos mesmos (os documentos do casal estão estragados e os filhos não possuem RG e CPF); 4. Verificar a existência de projeto de extensão de rede de água para a rua onde reside a família, cobrando do poder público agilidade no processo de ampliação e na ligação da residência à rede de distribuição de água; 5. Verificar a existência de projeto de extensão de rede de energia elétrica para a rua onde reside a família, cobrando do poder público agilidade no processo de ampliação e na ligação da residência; 6. Encascalhamento do trecho da rua que dá acesso à residência, onde se forma um alagadiço nos períodos chuvosos que tornam difícil o trânsito de pessoas e veículos; 7. Construção de cisterna para armazenamento de água potável com capacidade suficiente para atender a quantidade de pessoas que residem na casa; 8. Construção de casa com estrutura adequada à quantidade de membros da família e que ofereça um padrão mínimo de qualidade e segurança para acolher dignamente uma família.
  • 8. ANEXOS ANEXO I ORÇAMENTO MATERIAIS CISTERNA COM CAPACIDADE PARA 10.000 LITROS ITEM PREÇO UNITÁRIO QUANTIDADE PREÇO TOTAL 1 Tijolos (milheiro) 300,00 1,2 360,00 2 Cimento (saco) 30,00 12 360,00 3 Areia (caçamba) 170,00 1 170,00 4 Brita (lata) 4,00 20 80,00 5 Arame liso nº 14 (kg) 10,00 6 60,00 6 Vergalhão 5/16 22,00 4 88,00 7 Arame recozido (kg) 10,00 1 10,00 8 Impermeabilzante (kg) 15,00 1 15,00 9 Pedreiro (dia) 80,00 4 320,00 10 Ajudante de pedreiro (dia) 40,00 4 160,00 11 1.623,00 ORÇAMENTO CISTERNA TOTAL
  • 10. ANEXO III ORÇAMENTO MATERIAS DA CASA ITEM PREÇO UNITÁRIO QUANTIDADE PREÇO TOTAL 1 Blocos (milheiro) 320,00 5 1.600,00 2 Bloco calha (metro) 2,00 150 300,00 3 Treliça (metro) 3,50 60 210,00 4 Laje (metro) 23,00 4 92,00 5 Cimento (saco) 30,00 55 1.650,00 6 Pedras p/ alicerce e fossa (caçamba) 150,00 2 300,00 7 Areia (caçamba) 170,00 1 170,00 8 Brita (metro) 95,00 2 190,00 9 Telha (milheiro) 500,00 3 1.500,00 10 Tinta Hidracor (fardo) 40,00 1 40,00 11 Porta 150,00 4 600,00 12 Janela 130,00 3 390,00 13 Ceteira 70,00 2 140,00 14 Vasculhante 50,00 1 50,00 15 Pia de cozinha 120,00 1 120,00 16 Pia de roupa 75,00 1 75,00 17 Kit de banheiro (vaso e pia) 140,00 1 140,00 18 Kit acessorios p/ banheiro (portal papel, saboneteira) 27,00 1 27,00 7.594,00 19 Tubo nº 100 40,00 1 40,00 20 Tubo nº 50 27,00 2 54,00 21 Tubo nº 20 8,00 2 16,00 22 Ralo 3,50 1 3,50 23 Joelho nº 100 4,00 2 8,00 24 Joelho nº 50 2,00 4 8,00 129,50 25 Peça de Madeira de 7 metros 91,00 7 637,00 26 Peça de madeira de 5,5 metros 71,50 2 143,00 27 Peça de madeira de 4 metros 52,00 1 52,00 28 Barrote de 5,5 metros 23,65 26 614,90 29 Ripa (metro) 2,00 250 500,00 1.946,90 30 Fio 4 mm (metro) 1,50 30 45,00 31 Fio 2,5 mm (metro) 0,85 100 85,00 32 Tomada dupla 6,00 4 24,00 33 Interruptor duplo 6,00 2 12,00 34 Tomada simples com interruptor 5,50 4 22,00 35 Lâmpada 8,00 8 64,00 36 Bocal 2,00 8 16,00 37 Conduíte (rolo) 40,00 1 40,00 308,00 38 Pedreiro (dia) 80,00 30 2.400,00 39 Ajudante de pedreiro (dia) 40,00 30 1.200,00 40 Carpinteiro (dia) 80,00 4 320,00 41 Ajudante de carpinteiro (dia) 40,00 4 160,00 42 Eletricista 100,00 1 100,00 43 Ajudante de eletricista (dia) 50,00 1 50,00 4.230,00 14.208,40TOTAL FINAL TOTAL CONSTRUÇÃO CASA DESCRIÇÃO MATERIAL TOTAL TOTAL TOTAL ORÇAMENTO MADEIRATELHADOENCANAÇÃOELÉTRICOMÃODEOBRAALVENARIA TOTAL