Mobile learning como apoio ao ensino do portuguêsfinal jml14

420 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mobile learning como apoio ao ensino do portuguêsfinal jml14

  1. 1. Mobile Learning como Apoio ao Ensino do Português Língua Estrangeira (PLE) Projeto de Investigação Tese de Doutoramento – GILT, ISEP Catarina Pascoal / Adelina Moura pascoal26@googlemail.com/adelinam@upt.pt
  2. 2. MOBILE LEARNING: definição Mobile Learning (m-learning) é definido de forma diferente por diferentes especialistas: 1) Enfoque na tecnologia (MoLoNET, 2007); 2) Enfoque na mobilidade (Keagen, 2005); 3) Mobile Learning como uma extensão do e-learning (Kadirire, 2009); 4) Enfoque no aluno (O´Malley et al, 2003); 5) Enfoque no individualismo (Wexler et al., 2008); 6) M-learning com a aprendizagem ubíqua (Ng et al., 2009). Segundo Helen Crompton (2013): “In sum, definitions of mobile learning have evolved from a focus on technology to learner to social interaction and context, but are still fluid and continue to change.”
  3. 3. Objetivos do Projeto 1) Analisar a realidade dos professores de PLE na Alemanha em relação à utilização de dispositivos móveis; 2) Avaliar o potencial dos dispositivos móveis no processo de ensino e aprendizagem; 3) Criar um repositório de ideias práticas em Português com recurso a dispositivos móveis como apoio ao ensino/aprendizagem do PLE; 4) Analisar as potencialidades e limitações da integração do m- learning no processo de ensino e aprendizagem de PLE; 5) Analisar em que medida as tecnologias móveis podem ajudar a preparar melhor os estudantes para o mundo laboral.
  4. 4. Questões da Investigação • De que forma se pode rentabilizar dispositivos móveis no processo de ensino e aprendizagem de línguas (PLE)? • Qual o papel dos dispositivos móveis (telemóvel e tablet) na aprendizagem e desenvolvimento de competências de línguas (PLE) dentro e fora de aula? • Como envolver e apoiar os professores de PLE na era digital móvel?
  5. 5. Quadro teórico • Teoria da Actividade (Vygotsky/Engeström) – fatores socioculturais e sistemas de atividade • Conetivismo (George Siemens) – construção do conhecimento através de uma rede de conexões
  6. 6. Metodologia • Professores e estudantes de Português Língua Estrangeira na Alemanha; • Telemóveis e tablets. Participantes e equipamentos • Investigação qualitativa de natureza descritiva e interpretativa; • Estudo de caso (Yin, 1994).

×