www.proexport.com.co 1
GRANADILHA 
COMO ESCOLHER E CONSERVAR O GRANADILHA 
O fruto esta mduro qundo  pele cede a leve 
pressao do dedo. Se nao es...
MARACUJÁ 
ROXO 
COMO ESCOLHER E CONSERVAR MARACUJÁ ROXO 
Devera ter um consistênci firme e nao devera mos-tr 
r sinis de t...
PROPRIEDADES NUTRITIVAS 
É um lxnte, jud  rntir que o sistem diesti-vo 
funcione dequdmente, tmbém é recomenddo 
pr diminu...
COMO ESCOLHER E CONSERVAR A PITAYA 
A vriedde oriund d Améric do Sul esta pront 
pr consumir qundo  csc se torn mrel. 
Dev...
PHYSALIS 
PROPRIEDADES NUTRITIVAS 
O Phslis purific o snue, reconstrói e fortlece o 
nervo ótico, limp s ctrts e livi prob...
12 o melhor da colombia para o mundo 
FAMILIA: Musce 
NOME CIENTÍFICO: Mus Acuminte 
COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA 
Humidde...
TOMATE DE ÁRVORE COMO CONSUMIR 
(TAMARILLO) 
ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS 
Est frut exótic é oriinari d vertente orientl 
d...
16 o melhor da colombia para o mundo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Granadhina Colombia

501 visualizações

Publicada em

ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS
Fruta originária da América, que é cultivada na
Colômbia, no Vale do Cauca, Quindío, Caldas, Boyacá,
Antioquia e nas províncias de Cundinamarca.
CARACTERÍSTICAS
É uma planta trepadeira de tronco muito longo. As
suasflores são em forma de sino, com pétalas tubu-lares brancas e lilás. O fruto é de forma oval e de cor
laranja, com pequenos pontos brancos. A casca é lisa
e dura para proteger a polpa do fruto, que tem uma
textura gelatinosa que envolve as pequenas sementes
cinzentas. O diâmetro médio é de 11 centímetros. É o
fruto mais doce da família do maracujá, e tem um
aroma forte.

Publicada em: Alimentos
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
501
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
45
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Granadhina Colombia

  1. 1. www.proexport.com.co 1
  2. 2. GRANADILHA COMO ESCOLHER E CONSERVAR O GRANADILHA O fruto esta mduro qundo pele cede a leve pressao do dedo. Se nao esta totlmente mduro, deve ser deixdo a tempertur do r. Depois de mdurecido, convém mnter o fruto n prte menos fri do friofífico. Se refrierdo, pode ser conservdo té por um semn, enqunto coneldo (inteiro ou polp) pode ser conservdo durnte varios meses. PROPRIEDADES NUTRITIVAS Este fruto é notavel pelo seu bixo teor de ordur e por ser rico em fibrs e vitmins A, C e K. Tmbém contém fósforo, ferro e calcio. COMO CONSUMIR ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut oriinari d Améric, que é cultivd n Colômbi, no Vle do Cuc, Quindío, Clds, Boca, Antioqui e ns províncis de Cundinmrc. CARACTERÍSTICAS É um plnt trepdeir de tronco muito lono. As susflores sao em form de sino, com pétls tubu-l res brncs e lilas. O fruto é de form ovl e de cor lrnj, com pequenos pontos brncos. A csc é lis e dur pr proteer polp do fruto, que tem um textur eltinos que envolve s pequens sementes cinƒents. O diametro médio é de 11 centímetros. É o fruto mis doce d fmíli do mrcuja, e tem um rom forte. REGIÃO DE CULTIVO A rndilh cresce n reiao ndin, lturs entre 1,800 e 2,400 metros cim do nível do mr, onde tempertur vri entre 18 ° C 26 ° C e com um médi mínim de precipitçao nul de 1,200 milímetros. COLHEITA Cresce o lono do no, principlmente em junho, julho, novembro e deƒembro. A rndilh é principlmente consumid diretmen-te d frut fresc. Tmbém pode ser usd em sumos, cocktis, sorvetes, doces e eleis. As sus sementes sao estldiçs e tao rdaveis qunto polp. As sus flores sao usds n elborço de perfumes. GRANIZADO DE GRANADILLA (SMOOTHIE) Recomend-se servir dentro de um copo de chm-p nhe ou n própri csc, depois de remover membrn com um colher pequen, de modo tornr mis facil o seu mnusemento. A su polp pode ser utiliƒd n confeçao de trtes ou compots (comid pr bebé) e comid liht. Tmbém é reco-mend do nos csos de cideƒ. FAMILIA: Pssiflorcee NOME CIENTÍFICO: Pssiflor liulris COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Humidde Proteíns Gordurs Fibr Clcio Fosforo Acido Ascórbico 69.9 0.34 1.50 3.20 5.60 m 44.0 m 10.8 m Ferro Croteno Timin Riboflvin Nicin Cinƒ 0.58 m 0.035 m 0.002 m 0.063 m 1.42 m 0.87 2 o melhor da colombia para o mundo www.proexport.com.co 3
  3. 3. MARACUJÁ ROXO COMO ESCOLHER E CONSERVAR MARACUJÁ ROXO Devera ter um consistênci firme e nao devera mos-tr r sinis de ter sido tcd por insetos. Qundo coneld, est frut pode ser conservd durnte bstnte tempo. PROPRIEDADES NUTRITIVAS Ajud fornecer vitmins essenciis como A, B12 e C. Est frut tmbém é um fonte de calcio, fibr, fósforo, ferro, proteíns e mnésio, sendo tmbém ric em potassio e hidrtos de crbono. Como tods s fruts d fmíli do mrcuja, é utili­d como efeito clmnte, ja que tu como um sedtivo ntu-r l. Ajud redu­ir pressao rteril e concilir o sono. Tmbém melhor o processo diestivo. COMO CONSUMIR Pode ser consumid o nturl se cortd o meio, utili­ndo um colher pr comer polp; se quiser, pode dicionr nts e çúcr. Tmbém é muito sboros em sumos ou slds. Se polp for esm- d, tmbém pode ser utili­d em eltins, doces, molhos, cocktils e eldos. BATIDO DE MARACUJÁ ROXO Inredientes pr um dose • 3 mrcujas roxos • 90 . de nts btids COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Humidde Proteíns Gordurs Fibr Clcio Fosforo Acido Ascórbico 78.9 0.054 0.16 4.9 8.0 m 55.3 m 43.0 m Ferro Croteno Timin Riboflvin Nicin Cin­ 1.23 m 1.613 m 0.101 m 0.032 m 1.73 m 1.01 FAMILIA: Pssiflorcee NOME CIENTÍFICO: Pssiflor edulis fv edulis ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut oriinari d Améric. N Colômbi, é cultivd em certs povoções ds províncis de Cundinmr-c , como Silvni, Sn Bernrdo, Ten e Veneci. CARACTERÍSTICAS É um frut redond e um pouco lond, com 5 8 centímetros de diametro. A su csc é ¢n e ríid, de cor rox qundo mdur. A polp é cor-de-lrnj com sementes prets, e tem um sbor doce, ms um pouco ciduldo. REGIÃO DE CULTIVO É um plnt cultivd em reiões montnhoss com lturs entre os 1.800 e 2.300 metros cim do nível do mr, onde tempertur médi é entre 18°C e 22°C, com um precipitçao médi nul de pelo menos 1.200 mm. COLHEITA É cultivd o lono de todo o no, especilmente nos meses de Junho, Julho, Aosto, Setembro, Outubro, Novembro, De­embro e Jneiro. • 60 . de çúcr em pó • 3 bols de eldo de bunilh • Folhs de hortela • Cerejs mrrsquino Preprçao 1. Tirr polp 2. Misturr com s nts, çúcr e eldo 3. Colocr no liquidificdor durnte dois minutos 4. Servir em copos de cocktil ou mesmo dentro d csc sobre elo triturdo.
  4. 4. PROPRIEDADES NUTRITIVAS É um lxnte, jud rntir que o sistem diesti-vo funcione dequdmente, tmbém é recomenddo pr diminuir pressao snuíne e como trnquili- nte. O consumo de mrcuja tmbém é benéfico no cso de doençs d bexi, d próstt, do fído e do trto urinario. É bo fonte de vitmin C. COMO CONSUMIR MEDALHÕES DE PORCO EM MOLHO DE MARACUJÁ Inredientes pr um dose • Lombo de porco • 2 mrcujas • 50 . de mel • 1 copo de licor doce • 10 . de eite • 10 . de mostrd • sl e piment Preprçao 1. Mrinr crne de porco durnte pelo menos dus hors com o eite, mostrd, piment e sl. 2. Retire polp de mrcuja 3. Adicione o mel e çúcr. 4. Leve o lume e deixe ferver. 5. Adicione lums sementes de mrcuja como decorçao. O fruto é utilido n preprçao de sumos e bebids e pr romtir cocktis. Tmbém é utilido em doces, licores, eldos, flns e pr fer bolos e trtes. O óleo que é extrído prtir ds sus semen-tes é usdo no fbrico de sbonetes, tints e vernies. COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Humidde Proteíns Gordurs Clcio Fosforo Acido Ascórbico 75.1 2.20 0.70 13 m 64 m 30 m Ferro Riboflvin Nicin Cin Hidrtos de Crbono 0.16 m 0.13 m 1.5 m FAMILIA: Pssiflorecee NOME CIENTÍFICO: Pssiflor edulis 0.8 21.2 MARACUJÁ ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut oriinari d Améric. A mior prte d produçao n Colômbi esta concentrd no Vle do Cuc, embor tmbém sej cultivdo ns reiões do Quindío, Cundinmrc, Cuc, Córdob, Gujir, Huil, Mdlen, Met e Sntnder. CARACTERÍSTICAS Plnt trepdeir de tmnho médio entre 3 8 metros de ltur, com cule lenhoso. As flores sao xiis e crescem isoldmente ou em rupos, com pétls brn-c s e mnchs roxs ou cor-de-ros. O seu nome em inlês: “Pssion Fruit (Frut d pixao), é derivdo do fto de que prtes d frut e d flor ssemelhm-se com o símbolo d crucificçao de Cristo. A form do fruto é ovóide ou elíptic e tem um pele fin. A su bundnte polp é reltivmente ciduld. REGIÃO DE CULTIVO O mrcuja cresce em terrs de bix ltitude, um ltur entre 300 e 1000 metros cim do nível do mr, onde tempertur vri entre 25 °C 35 °C e com um precipitçao médi mínim nul de 1.200 mm. COLHEITA Embor cresç todo o no, ha picos de produçao em junho, julho, osto, setembro, outubro e deembro. COMO ESCOLHER E CONSERVAR MARACUJÁ O mrcuja present um csc lis, que começ ficr enrud pós su compr, o que indic que ja esta mduro e perdeu um pequen quntidde de humidde. As fruts ja enruds devem ser consu-mid s loo que possível. A polp pode ser coneld e, neste estdo podera durr varios meses. 6 o melhor da colombia para o mundo www.proexport.com.co 7
  5. 5. COMO ESCOLHER E CONSERVAR A PITAYA A vriedde oriund d Améric do Sul esta pront pr consumir qundo csc se torn mrel. Devera ser conservd num lur fresco e seco, lone d lu” solr. Se quiser consumi-l fresc, podera ser conservdo no friorífico durnte um curto período de tempo. PROPRIEDADES NUTRITIVAS A Pit é ric em ferro e calcio, por tnto idel pr combter nemi. Tmbém jud redu”ir os níveis de acido úrico no snue, e consequentemente evit ot. As sus sementes prets contem um ordur que melhor o funcionmento do trto diestivo. COMO CONSUMIR PITAYA ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut oriinari d Améric. N Colômbi, é cultivd ns províncis de Vlle del Cuc, Quindio, Clds, Antioqui e Cundinmrc. Existem dois tipos de vrieddes comestíveis, Pit Amrel e Pit Vermelh, ms vriedde mrel é mis comum n Améric do Sul. CARACTERÍSTICAS Esta plnt cresce de form silvestre. As sus flores sao rndes, brncs, veludds e com form de funil. A frut é um b, com 7 14 centímetros de comprimento e 5 9 centímetros de lrur, com um polp eltinos de cor brnc ou vermelh e com sementes prets e brilhntes, com um sbor intensmente doce. REGIÃO DE CULTIVO A Pit cresce n reiao dos Andes um ltur entre 1.300 e 1.700 metros cim do nível mr, onde tempertur vri entre os 20°C to 28°C e precipi-t çao mínim nul de 100mm. COLHEITA A plnt da frutos durnte todo o no, ms principl-mente nos meses de Abril, Junho, Julho, Aosto, Setembro, Outubro e Novembro. A Pit pode ser descscd sem dificuldde. Se cortr no ldo d flor, csc pode ser puxd pr depois cortr polp em ftis. Evite mstir s sementes. Pode ser consumid fresc sem compn-h mento ou em slds, sobremess ou xropes. Tmbém pode ser preprd em sumos e cocktils, ou em eldos, doces, eltins e refrierntes. SALADA DE FRUTA EXÓTICA Mistur de fruts exótics cortds em pequenos qudrdos, tis como mn, bnn, mornos, ppi, melo, pit e phslis. Adicionr sumo de melnci. FAMILIA: Cctcese NOME CIENTÍFICO: Acnthocereus pitj COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Humidde Proteíns Gordurs Fibr Clcio Fosforo Acido Ascórbico 82.5 0.159 0.21 0.70 6.30 m 30.2 m 8.00 m Iron Croteno Thimin Riboflvin Nicin Ash 0.55 m 0.005 m 0.28 m 0.043 m 1.297 m 0.28 8 o melhor da colombia para o mundo www.proexport.com.co 9
  6. 6. PHYSALIS PROPRIEDADES NUTRITIVAS O Phslis purific o snue, reconstrói e fortlece o nervo ótico, limp s ctrts e livi problems de rnt. É conhecid por ser um excelente fonte de provitmin A e vitmin C e de luns do complexo de vitmin B. Tem um lto teor de proteíns e de fósforo. Devido as sus proprieddes diurétics é recomenddo pr pessos com problems de prós-t t e tmbém é utili do como um trnquili nte nturl. COMO CONSUMIR Este fruto pode ser consumido fresco, quer em form nturl ou em slds, xrope ou sobremess e com outrs fruts doces. Hoje em di cont com um utili çao importnte pr fins terpêuticos. Em luns píses como Colômbi é processd pr f er produtos como o iourte, elei, eldos, conser-v s e licores. O phslis é usdo com frequênci pr decorr trtes e bolos. PHYSALIS E SINFONIA DE CHOCOLATE É um frut vlord interncionlmente e mpl- mente utili d n confeitri modern e como novi-d de em prtos stronómicos. Possui varis utilid- des em molhos, eleis e como frutos secos ou frut fresc compnhd por um cmd de chocolte ou molho de chocolte, poido n su própri capsu-l . É recomenddo servi-l com chocolte doce ou escuro como prte de um jntr importnte. Humidde Proteíns Gordurs Fibr Clcio Fosforo Acido Ascórbico 78.9 0.054 0.16 4.9 8.0 m 55.3 m 43.0 m Ferro Croteno Timin Riboflvin Nicin Cin  1.23 m 1.613 m 0.101 m 0.032 m 1.73 m FAMILIA: Solncee NOME CIENTÍFICO: Phslis peruvin 1.01 COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut oriinari d Améric. N Colômbi, é cultivd ns províncis de Cundinmrc e Boca, e sobre s svns de Boota. CARACTERÍSTICAS Arbusto com rmos cídos, que erlmente cresce té lturs de um metro. As sus flores mrels sao em form de sino, sendo portnto, fcilmente polini-  ds. O fruto tem um diametro entre 1,25 e 2 centí-metros, é redondo, mrelo e doce. A su estrutur intern é semelhnte a de um tomte minitur. REGIÃO DE CULTIVO O Phslis cresce n reiao dos Andes um ltur entre 2,200 e 2,700 metros cim do nível do mr, necessit de temperturs entre 14 ° C e 20 ° C e um vlor de precipitçao médio nul de pelo menos 1.000 mm. COLHEITA Ao lono de todo o no. COMO ESCOLHER E CONSERVAR O PHYSALIS A frut deve estr mdur qundo consumid. Conserv-se melhor n su capsul exterior.
  7. 7. 12 o melhor da colombia para o mundo FAMILIA: Musce NOME CIENTÍFICO: Mus Acuminte COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Humidde Proteíns Gordur Fibrs Calcio Fósforo Ácido Ascórbico Triptofno Hidrtos de Crbono 68.6  1.10  0.016  0.33  3.20 2 1.63  5.60  17 m 19.33  Ferro Croteno Timin Riboflvin Nicin Cin… Metionin Lisin Cloris 1.23 m 1.613 m 0.101 m 0.032 m 1.73 m 1.01  7.0 m 58 m 65.5 COMO ESCOLHER E CONSERVAR BABY BANANA (BANANITA) As bbˆ bnns ou bnnits nao deverao ter mrcs nem ter sido mltrtds, ssim como tmbém nao deverao estr excessivmente moles. Est frut conserv-se bem se for mntid no ccho em lures frescos, secos e lone d lu… solr. A csc pode ficr pret e su prênci erl pode mudr se for mntid no friorífico, embor isto nao fete o seu sbor nem s sus quliddes nutritivs. Se coneldo, pode ser urddo durnte dois meses. PROPRIEDADES NUTRITIVAS É considerd um ds fruts mis sudaveis que existem. Os seus mineirs e vitmins tornm-n facil de dierir e um excelente tonificdor. Fortlece o sistem imunitario e reul o trto diestivo. As bbˆ bnns ou bnnits sao normlmente consumids frescs, ja que est é melhor form de proveitr todos os seus nutrientes. Qundo co…inh- d, sao usds n preprçao de sobremess, btidos e compots. CAMARÃO EM MOLHO DE MANGA E BANANITA Inredientes BABY BANANA (BANANITA) ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Frut com oriem n Ási que é cultivd em píses tropicis e luns subtropicis. N Colômbi é produ…id em varis ciddes, ns províncis de Tolim, Quindio, Risrld e Clds. CARACTERÍSTICAS É um plnt herbace perene que cresce em rupos de dois cchos conhecids como ‘Mnos’, que podem ter entre 10 20 bbˆ bnns. Têm um diametro entre 8 13 centímetros. A polp, com poucs fibrs e um textur orduros, tem cor de mrfim e um forte sbor perfumdo. A csc é verde mis vi ficndo mrel o mdurecer, sendo est mis suve, lis e fin do que bnn e bnn-pu. REGIÃO DE CULTIVO A bbˆ bnn ou bnnit é cultivd em clims quen-tes, onde tempertur vri entre 25°C e 35°C, e em ltitudes entre 200 e 1,200 cim do nível do mr. Requer um precipitçao mínim de 1000 mm / no. COLHEITA Disponível durnte todo o no. • 300  de cmrões-tire descscdos • 1 mn cortd em tirs • 3 bnnits cortds as ftis • 1/1 de sl e piment • 20  de …eite • 30  de consommé de peixe Preprçao Tempo de cocçao: 15 minutos Método de cocçao: friideir, slter 1. Tempere os cmrões com sl e piment, …eite e mostrd. 2. Adicione s tirs de mn e os veetis com-p nhntes (Cenour, ipo, lho-frncês, piment de três cores e rí…es). 3. Deixe au ferver e dicione o consommé de peixe e sumo de limao. 4. Polvilhe com çúcr mscvdo. 5. Sirv com rro… brnco, sementes de sésmo e ftis de bnnit. COMO CONSUMIR
  8. 8. TOMATE DE ÁRVORE COMO CONSUMIR (TAMARILLO) ORIGEM E REGIÕES PRODUTORAS Est frut exótic é oriinari d vertente orientl dos Andes, especificmente do Perú, Equdor e Colômbi. Pertencente o rupo ds fruts semi-aci-d s, tem diversos nomes de reiao pr reiao. Em 1970 Nov Zelandi deu-lhe o nome de “tmrillo”, tendo sido esta estbelecer-se como desinçao comercil que se enerli‡ou pr o tomte de arvore no mercdo mundil. CARACTERÍSTICAS Arbusto de cule com rossur médi, com form verti-c l e que se rmific um ltur que vri entre 1.5 m e 2m; cop lcnç os 3 m de ltur. O tomte de arvore é de clim médio frio, cresce bem entre os 1600 e 2600 metros cim do nível do mr, com temperturs médis entre os 16 e 22°C e lt nebu-losid de ou mbiente sombredo. Pode resistir tem-per turs de 0°C sem sofrer dnos rves, desde que sej por curtos períodos de tempo. REGIÃO DE CULTIVO O tomte de arvore é ntivo dos Andes, present-se em clims menos e frios, sendo tempertur ótim entre 16° e 19°C e nao sendo necessari um rnde humidde tmosféric, r‡ao pel qul se cultiv usulmente em ‡ons lts de clim seco. A Colômbi é um dos píses principis n produçao dest frut. Os deprtmentos onde existe mior produçao deste fruto sao Antioqui e Cundinmrc. 14 o melhor da colombia para o mundo COLHEITA Entre os 120 e 150 dis de desenvolvimento do fruto, cor rox substitui o verde rdulmente. No seu interior polp mud cor-de-lrnj e o pedúnculo perde flexibilidde. As miores mudnçs de cide‡, dstrinênci e çúcres ocorrem entre os 150 e 180 dis. O fruto pode ser colhido os 120 dis de desen-volvimento, embor o ru de mdurecimento idel só sej lcnçdo os 140 dis. COMO ESCOLHER E CONSERVAR TOMATE DE ÁRVORE Tods s cteoris de tomte de arvore devem estr sujeits os requisitos e tolerancis permitids. Tem s seuintes crcterístics físics: Têm form ovl, crcterístic do tomte de arvore, Estr saos (livres de tques de incestos e/ou doençs, que diminum qulidde intern do fruto), Livres de humidde extern norml produ‡id por mus-trtos em etps pós-colheit, Isentos de qulquer cheiro e/ou sbor estrnho (provenientes de outros produtos, emblem o recipientes e/ou roquímicos, com os quis tenhm estdo em contcto). Apresentr speto fresco e consistênci firme. Isentos de mteriis estrnhos (terr, pó, roquímicos, e corpos estrnhos) visíveis no produto ou emblem. O fruto deve presentr pedúnculo, cujo corte deve ser feito a ltur do primeiro nó PROPRIEDADES NUTRITIVAS É considerdo em terpi de frut como um ds fruts que fortlece o cérebro e contribui pr curr enxquecs e cefleis severs. Estudos reli‡dos té o momento indicm que contém sustancis como o acido mm mino-butírico que bix pressao rteril. O tomte de arvore consome-se como frut fresc e tmbém é mtéri-prim n indústri pr prep- rçao de sumos, compots, conservs doces, eleis, eltin, doces e concentrdos coneldos, ja que tem ltos níveis de fibr, vitmin A, B, C, K, mineris, calcio, ferro e fósforo. ESPUMA DE TOMATE DE ÁRVORE 6 Porções Inredientes • 2 tçs de sumo de tomte de arvore • 2 tçs de au. • 2 tçs de çúcr Preprçao: Tempo de preprçao: 90 minutos Método de cocçao: em meio líquido (Esclfr) 1. Aqueç au num pnel e coloque os tomtes té que csc comece sir. 2. Tire pele dos tomtes, prt-os em pedços rndes e liquidifique-os em 2 tçs de au; escoe o sumo obtido. 3. Misture este sumo com o çúcr e leve o lume té ferver mexendo com um colher de pu. Retire espum que se vi formndo. 4. Retire do lume e dicione eltin previmente dissolvid em au fri, mexendo rpidmente té que est derret e fique bem misturd. 5. Disponh mistur num molde e coloque no friorífico. 6. Qundo começr solidificr, retire e bt té ficr espumoso. 7. Areue s clrs btids em cstelo e s nts, misture bem. 8. Vert mistur num molde, de preferênci num molde com um orifício no centro e coloque no friorí-fico té solidificr. 9. Ao servir, introdu‡ num pouco de au quente durnte uns seundos, desmolde sobre o tbuleiro que vi pr mes e decore com rodels de tomte de arvore fresco. FAMILIA: Solnce NOME CIENTÍFICO: Cphomndr betce COMPOSIÇÃO POR 100g DE POLPA Cloris Áu Proteíns Gordur Hidrtos de Crbono 80 c 87.9 1.9 0.16 11.6 m Cin‡s Fibrs Calcio Ferro Fósforo 0.7 1.1 2.0 m 2.0 m 36.0 m
  9. 9. 16 o melhor da colombia para o mundo

×