SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 37
MATEMÁTICA
FINANCEIRA

PROFª YASMIN F. S. FERNANDES
1
MATEMÁTICA FINANCEIRA
1. INTRODUÇÃO
1.1. Conceito
A Matemática Financeira é o ramo da matemática que lida com valores monetários.
A Matemática Financeira tem como objetivo principal estudar o valor do dinheiro
em função do tempo. Este conceito, aparentemente simples, tem vários detalhes quanto
à forma de estudo do valor do dinheiro no tempo. Vejamos alguns conceitos para melhor
compreendermos o objetivo da matemática financeira.
 Risco: quando estamos concedendo crédito, estamos mesmo é analisando o
risco contido nas operações de crédito. Os conceitos de matemática
financeira serão importantes para medir o risco envolvido em várias
operações de crédito.
 Prejuízo (ou despesa): em qualquer operação financeira, normalmente,
ocorre o pagamento de juros, taxas, impostos e etc., caracterizando-se para
alguns como prejuízo e para outros como pagamento de despesas financeiras.
A matemática irá mostrar quanto se pagou de despesas ou medir o tamanho
do prejuízo em uma operação financeira.
 Lucro (ou receita): da mesma forma que alguém ou uma instituição paga juros
e caracteriza-o como prejuízo ou despesas, quem recebe pode classificar
estes juros como lucro ou receita ou simplesmente como a remuneração do
capital emprestado. A matemática financeira nos ajuda a calcular este juro ou
receita, bem como a remuneração do capital emprestado.
1.2. Arredondamento de dados
Quando o primeiro algarismo a ser abandonado for 0, 1, 2, 3 ou 4, fica inalterado o
último algarismo a permanecer. Por exemplo, arredondando R$ 358,2548968968,
teremos a importância de R$ 358,25.
Quando o primeiro algarismo a ser abandonado for 5, 6, 7, 8 ou 9, aumenta-se uma
unidade do último algarismo a permanecer. Por exemplo, arredondando R$
358,2558968968, teremos a importância de R$ 358,26.

2
2. USANDO A CALCULADORA HP12C
2.1. Principais Funções da HP12C
Esta é uma calculadora HP-12C. A partir de agora você irá utilizá-la para realizar todos os
seus cálculos, então, vamos verificar qual é a função de cada tecla?

2.2. Ligando e Desligando a Calculadora:
Para começar a usar a sua HP-12C, pressione a tecla
calculadora será desligada.

. Se você pressionar novamente

,a

2.3. O Teclado
A maioria das teclas da HP-12C realiza duas ou até mesmo três funções, observe:
. Para usar a função primária, impressa em branco, basta pressioná-la.
. Para usar a função impressa em amarelo, pressione a tecla amarela, de prefixo
e, em
seguida, pressione a tecla da função desejada.
. Para usar a função impressa em azul, pressione a tecla azul, de prefixo
e, então,
pressione a tecla da função desejada.
2.4. 03. Separando Dígitos
Se, ao ligar sua HP, você perceber que a parte inteira está separada da parte decimal por
ponto (0.00), significa que está preparada para cálculo em US$. Para adaptá-la a cálculos em
3
R$, ou seja (0,00), basta, com a máquina desligada, pressionar ao mesmo tempo as teclas
e
soltando primeiro a tecla
e, em seguida, a tecla .
2.5. 04. Introduzindo Números
Pressione as teclas dos dígitos em seqüência. A tecla do ponto
deverá ser pressionada se o
número possuir dígitos na parte decimal; se o número for inteiro, o ponto é irrelevante.
2.6. Cálculos Aritméticos Simples
Para realizar os cálculos, os números devem ser informados na ordem. Após a introdução do
primeiro número, pressione a tecla
e, em seguida, o segundo número e a operação a ser
realizada ( , ,
ou
); a resposta aparecerá no visor.
2.7. Tabulando Casas Decimais
Para fixar um número distinto de casas decimais, pressione a tecla
seguida da tecla de
número correspondente à quantidade desejada de casas decimais (de 0 a 9 casas).
2.8. Limpando os Registros
A tecla clear
é utilizada somente para limpar o visor, porém, se pressionar
limpará todos os registros.
2.9. Troca de Sinais
que, em inglês, quer dizer “troca sinal”, isto é, transforma o número que estiver no visor,
se positivo, em negativo e vice-versa.
2.10. Funções de Porcentagem
a) Para calcular o valor correspondente à porcentagem de um número, introduza a base,
pressione
, introduza a porcentagem e pressione
.
b) Para calcular a variação percentual entre dois números, introduza, como base, o valor
mais antigo da operação, seguido da tecla
, introduza o segundo número e
pressione
.
c) Para calcular a porcentagem de um valor em relação a um total, introduza o valor
correspondente ao total, digite o valor da porcentagem e pressione
.
2.11. Funções de Calendário
Para encontrar datas futuras ou passadas e o dia da semana correspondente, pressione
inicialmente as teclas
(D.MY = que representam as iniciais, em inglês, de dia, mês e
ano) você estará fixando esta informação na sua calculadora. Portanto, não será necessário
repetí-la a cada operação.
Obs.: Lembre-se que, ao acionar a tecla

, a função em azul passa a ser utilizada.

4
a) Data Futura: Para utilizar o calendário, introduza a data conhecida, separando o dia e o
mês pela tecla , e pressione a tecla
. Digite o número de dias correspondente ao
intervalo de tempo e pressione as teclas
(DATE). Você estará calculando uma nova
data.
b) Data Passada: Para calcular uma data passada, utilize a data atualizada de referência e
pressione a data tecla

. Digite o número de dias passados e pressione a tecla CHS

Posteriormente pressione as teclas

.

(DATE).

c) Variação de Dias entre Datas: Para calcular o número de dias existentes entre duas
datas, introduza a data mais antiga e pressione
, em seguida, introduza a data mais
recente e pressione as teclas
(DYS).
2.12. Usando a Memória - Armazenando e Recuperando Valores
A HP-12C possui 20 memórias para armazenamento de valores, que vão de 0 a 9 e de • 0 a • 9.
- Para armazenar um valor, deve-se digitá-lo e, em seguida, pressionar a tecla
seguida do
número da memória desejada.
- Para recuperar a informação contida na memória é necessário pressionar a tecla
seguida do número da memória.
2.13. Resolvendo uma Operação de Potenciação na HP-12C
Para calcular o resultado de um número elevado a um expoente qualquer, introduza a base, em
seguida, digite o expoente e pressione a tecla
.

5
3. JUROS
3.1. Operação de Juros: o que é?
Juro é a remuneração de um capital ou valor presente a uma dada taxa percentual,
proporcional ao número de períodos de tempo em que permanecer aplicado
(investimento) ou emprestado (financiamento).
Esta remuneração pode ocorrer a partir de dois pontos de vista:
- de quem paga: nesse caso, o juro pode ser chamado de despesa financeira,
custo, prejuízo e etc.
- de quem recebe: podemos entender como sendo rendimento, receita financeira,
ganho e etc.
Podemos concluir que os juros só existem se houver um capital empregado, seja
este capital próprio ou de terceiros.
O valor capital acrescido dos juros denomina-se montante ou valor futuro.
3.2. Os regimes da Matemática Financeira
A Matemática Financeira se divide em dois grandes “blocos”, os quais chamaremos
de “regimes”. Teremos, então, o “REGIME SIMPLES” (ou linear) e o “REGIME
COMPOSTO” (ou exponencial).
Sempre que formos iniciar a resolução de uma questão de matemática financeira,
nossa primeira preocupação será essa: identificar em qual dos regimes estamos
trabalhando, se no regime simples ou no composto!
Isso por uma razão muito clara: quando estivermos analisando um enunciado de
Juros, por exemplo, se esta operação estiver no regime simples, encontraremos uma
resposta para o problema; se estiver no regime composto, a resposta será diferente! É
evidente que só temos uma resposta correta na questão! Logo, se não soubermos em
qual dos regimes estamos trabalhando, corremos sério risco de chegar a uma resposta
errada, e perder um ponto (precioso) na nossa prova.
Sendo assim, os Juros são capitalizados em regime: simples e compostos.
Simples (ou linear): somente o capital principal rende juros

6
Compostos (ou exponencial): após cada período, os juros são incorporados ao
capital, gerando juros sobre juros.

3.3. Elementos de uma operação de juros:
Capital (C) ou Valor Presente (PV) ou Principal (P):
É o valor que será aplicado, que será investido, e que, com o passar do tempo,
crescerá! Será designado por um “C” (maiúsculo), ou PV, ou P.
Tempo (n):
É o tempo necessário que um certo capital (C), aplicado a uma taxa (i), necessita
para produzir um montante (M). Será designado por “n” (minúsculo).
Montante (M):
O Montante é a quantidade monetária acumulada resultante de uma operação
comercial ou financeira após um determinado período de tempo, ou seja, é a soma do
capital (C) com os juros (J).
Taxa (i):
É o coeficiente obtido da relação dos juros (J) com o capital (C), que pode ser
representado em forma percentual ou unitária.
Vimos na última aula que existem dois tipos de regime na Matemática Financeira.
Da mesma forma, o elemento “taxa” poderá ser de duas naturezas!
Conforme seja a natureza da taxa com a qual estamos trabalhando, saberemos se
estamos no regime simples ou no regime composto!
Destarte, haverá a “taxa de natureza simples”, ou “taxa simples”, ou “taxa no
regime simples”; e haverá a “taxa de natureza composta”, ou “taxa composta”, ou “taxa
no regime composto”.
A taxa será sempre designada por “ i ” (minúsculo).
Juros (J):
O Juros representará o quanto “cresceu” o nosso Capital. Em outras palavras, o
Juros será o quanto rendeu o nosso Capital. Por isso, um sinônimo de Juros é a palavra
7
“rendimento”. Se alguém pergunta: “qual foi seu rendimento nesta operação?”, estará,
na verdade, questionando sobre o valor dos Juros!
Ilustrativamente, teremos:

Da figura acima extraímos as seguintes equações:

Obviamente que essa mesma equação pode assumir duas outras formas, quais sejam:







São esses, portanto, os cinco elementos de uma operação de Juros:
Capital;
Montante;
Juros;
Taxa;
Tempo.

Caberá a nós, portanto, tentar identificar no enunciado tais elementos!
3.4.

JUROS SIMPLES

3.4.1.

Fórmulas de Juros Simples

O valor dos juros é calculado a partir da seguinte expressão:

Esta fórmula é básica tanto para cálculo dos juros como dos outros valores
financeiros mediante simples dedução algébrica:

8
Exigência: taxa e tempo na mesma unidade
Exemplos:
a) Um capital de $ 80.000,00 é aplicado à taxa de 2,5% ao mês durante o
trimestre. Pede-se determinar o valor dos juros acumulados neste período.
Solução:
C = $ 80.000,00
i = 2,5% ao mês (0,025)
n = 3 meses
J =?

J = 80.000,00 x 0,025 x 3
J = $ 6.000,00
b) Um negociante tomou um empréstimo pagando uma taxa de juros simples de 6%
ao mês durante nove meses. Ao final deste período, calculou em $ 270.000,00 o
total dos juros incorridos na operação. Determinar o valor do empréstimo.
Solução:
C =?
i = 6% ao mês (0,06)
n = 9 meses
J = $ 270.000,00

C=
C=
C=

270.000,00
0,06 x 9
270.000,00
0,54
500.000,00
9
c) Um capital de $ 40.000,00 foi aplicado num fundo de poupança por 11 meses,
produzindo um rendimento financeiro de $ 9.680,00. Pede-se apurar a taxa de
juros oferecida por esta operação.
Solução:
C = $ 40.000,00
i =?
n = 11 meses
J = $ 9.680,00

i=

9.680,00
40.000,00 x 11

i=

9.680,00
440.000,00

i=

0,022
ou
2,2% ao mês

d) Uma aplicação de $ 250.000,00 rendendo uma taxa de juros de 1,8% ao mês
produz, ao final de determinado período, juros de valor de $ 27.000,00. Calcular
o prazo da aplicação.
Solução:
C = $ 250.000,00
i = 1,8% ao mês (0,018)
n =?
J = $ 27.000,00

n=

27.000,00
250.000,00 x 0,018

n=

27.000,00
4.500,00

n=

6 meses
10
3.4.2.

Montante e Capital

O montante é constituído do capital mais o valor acumulado dos juros, isto é:

No entanto sabe-se que:

Substituindo esta expressão básica na fórmula do montante, e colocando C em
evidência:

Evidentemente, o valor de C desta fórmula pode ser obtido através de simples
transformação algébrica:

Exemplos:
e) Uma pessoa aplica $ 18.000,00 à taxa de 1,5% ao mês durante 8 meses.
Determinar o valor acumulado ao final deste período (ou montante).
Solução:
C = $ 18.000,00
i = 1,5% ao mês (0,015)
n = 8 meses
M =?

M = 18.000,00 (1 + 0,015 x 8)
M = 18.000,00 x 1,12
M = 20.160,00
f) Uma dívida de $ 900.000,00 irá vencer em 4 meses. O credor está oferecendo
um abatimento de 7% ao mês caso o devedor deseje antecipar o pagamento hoje.
Calcular o valor que o devedor pagaria caso antecipasse a liquidação da dívida.
11
Solução:
M = $ 900.000,00
i = 7% ao mês (0,07)
n = 4 meses
C =?

C =

900.000,00
(1 + 0,07 x 4)

C =

900.000,00
1,28

C =

3.4.3.

703.125,00

Exercícios

1) Qual o valor dos juros correspondentes a um empréstimo de R$ 5.000,00,
pelo prazo de 5 meses, sabendo-se que a taxa cobrada é de 3,5% ao mês?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

2) Um capital de R$ 12.250,25, aplicado durante 9 meses, rende juros de R$
2.756,31. Determine a taxa correspondente.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

12
3) Sabe-se que os juros de R$ 7.800,00 foram obtidos com uma aplicação de R$
9.750,00 à taxa de 5% ao trimestre, pede-se calcular o prazo.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
4) Qual é o capital que aplicado, à taxa de 2,8% ao mês, rende juros de R$
950,00 em 12 meses?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5) Qual é o juro obtido através da aplicação de R$ 2.500,00 a 7% a.a. durante 3
anos?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
6) Determinar o valor futuro da aplicação de um capital de R$ 7.565,01, pelo
prazo de 12 meses, à taxa de 2,5% ao mês.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

13
7) Um capital de R$ 5.000,00 rendeu R$ 1.200,00 em 6 meses. Qual a taxa
simples mensal ganha?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
8) Qual o valor do investimento que gerou o resgate de R$ 370,00, sabendo-se
que o rendimento deste investimento foi de R$ 148,50?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
9) João pagou a uma financeira a importância de R$ 10,30 de juros por 2 dias de
atraso sobre uma prestação de R$ 732,10. Qual foi a taxa mensal de juros
aplicada pela financeira?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
10) Qual o capital que aplicado à taxa simples de 20% ao mês em 3 meses
monta R$ 8.000,00?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
14
3.4.4.

Taxa Proporcional

Em algumas situações, o período de aplicação ou empréstimo não coincide com o
período da taxa de juros. Nesses casos, é necessário trabalhar com a taxa
proporcional.
Exigência: taxa e tempo na mesma unidade
Sendo assim:
do maior para o menor
do menor para o maior
% a.a. para % a.m. = divide por 12 meses
% a.m. para % a.a. = multiplica por 12 meses
Exemplo:
a) Calcular a taxa anual proporcional a: (a) 6% ao mês; (b) 10% ao bimestre.
Solução:
a: i = 6% a.m. para % a.a. = 6% x 12 = 72% ao ano
b: i = 10% a.b. para % a.a. = 10% x 6 = 60% ao ano
b) Calcular a taxa semestral proporcional a: (a) 60% ao ano; (b) 9% ao trimestre.
Solução:
a: i = 60% a.a. para % a.s. = 60% / 2 = 30% ao trimestre
b: i = 9% a.t. para % a.s. = 9% x 2 = 18% ao trimestre
c) Calcular o montante de um capital de $ 600.000,00 aplicado à taxa de 2,3% ao
mês pelo prazo de um ano e 5 meses.
Solução:
M =?
i = 2,3% ao mês (0,023)
n = 1 ano e 5 meses = 17 meses
C = 600.000,00

M = 600.000 (1 + 0,023 x 17)
M = 600.000 x 1,39
M = $ 834.600,00
15
d) Uma dívida de $ 30.000,00 a vencer dentro de uma ano é saldada 3 meses antes.
Para a sua quitação antecipada, o credor concede um desconto de 15% ao ano.
Apurar o valor da dívida a ser pago antecipadamente.
Solução:
M = 30.000,00
i = 15% ao ano (15% / 12 = 1,25% ao mês = 0,0125)
n = 3 meses
C =?

30.000,00

C =

(1 + 0,0125 x 3)
30.000,00

C =

1,0375
28.915,66

C =

3.4.5.

Juro Exato e Juro Comercial

É comum nas operações de curto prazo, onde predominam as aplicações com taxas
referenciadas em juros simples, ter-se no prazo definido em número de dias. Nesses
casos, o número de dias pode ser calculado de duas maneiras:
a) pelo tempo exato, utilizando-se efetivamente o calendário do ano civil (365
dias). O juro apurado desta maneira denomina-se juro exato;
b) pelo ano comercial, o qual admite o mês com 30 dias e o ano com 360 dias. Temse, por critério, a apuração do denominado juro comercial ou ordinário.
Por exemplo, 12% ao ano equivale a taxa diária de:
a) Juro exato:
12%

= 0,032877% ao dia

365 dias

b) Juro Comercial:
12%

=

0,0333333% ao dia

360 dias

16
Exemplo:
Uma prestação no valor de R$ 14.500,00 venceu em 01/02/09 sendo quitada em
15/03/09, com a taxa de 48% ao ano. Pede-se.
a) Determinar Juros Exato.
b) Determinar Juros Comercial.
Solução:
a) Jexato:
C = $ 14.500,00
i = 48% ao ano (0,48)
n = 42 dias
J =?
J=Cxixn

=

14.500 x 0,48 x 42

365

b) Jcomercial:
C = $ 14.500,00
i = 48% ao ano (0,48)
n = 42 dias
J =?
J=Cxixn

=

365

14.500 x 0,48 x 42

360

3.4.6.

= $ 800,88

= $ 812,00

360

Exercícios

1) Calcule a taxa mensal proporcional a:
a) 9% ao trimestre
________________________________________________________________
________________________________________________________________
b) 24% ao semestre
________________________________________________________________
________________________________________________________________
c) 0,04% ao dia
________________________________________________________________
________________________________________________________________
d) 30% ao ano
________________________________________________________________
________________________________________________________________
17
2) Um capital de $ 2.400,00 é aplicado durante 10 meses, à taxa de 25% ao ano.
Determine o juro obtido.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
3) Calcular o valor dos juros de uma aplicação de R$ 21.150,00, feita de 3,64% ao mês,
pelo prazo de 32 dias.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
4) Calcular o rendimento de R$ 23.000,00 aplicados por 14 dias à taxa simples de 2,5%
ao mês.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5) Determinar a taxa simples para 22 dias de aplicação, proporcional à taxa de 3,05%
ao mês.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
6) Calcular o rendimento de R$ 12.000,00 aplicados durante 8 meses e 3 dias à taxa de
juros simples de 40% ao ano. Efetuar cálculos considerando ano comercial (360
dias) e o ano exato (365 dias).
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
7) Uma prestação no valor de R$ 6.332,00 venceu em 01/04/10 sendo quitada em
17/05/10 do mesmo ano com a taxa de 25% ao ano. Determine os juros exato e
comercial.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

18
3.5. JUROS COMPOSTOS
3.5.1.

Fórmulas de Juros Compostos

Podemos entender os juros compostos como sendo popularmente chamamos de
juros sobre juros
O regime de juros compostos é o mais comum no sistema financeiro e, portanto,
o mais útil para cálculos de problemas do dia-a-dia. Matematicamente, o cálculo a
juros compostos é conhecido por cálculo exponencial de juros.
FÓRMULAS:
Para calcular o Montante:

Para calcular o Capital:

Para calcular a Taxa:

Onde: qq = quanto eu quero (o prazo da taxa a ser calculada)
qt = quanto eu tenho (o prazo da operação que foi informado)
Para calcular o Prazo:

Onde: LN = logaritmo neperiano
Para calcular o Juro:

19
Exemplos:
a) Se uma pessoa deseja obter $ 27.500,00 dentro de um ano, quanto deverá ela
depositar hoje numa alternativa de poupança que rende 1,7% de juros compostos
ao mês?
Solução:
FV = $ 27.500,00
n = 1 ano = 12 meses
i = 1,7% ao mês (0,017)
PV = ?

PV =

27.500,00
(1 + 0,017)
12

PV =

27.500,00
(1,017) 12

PV =

27.500,00
1,224197

PV =

22.463,70

b) Qual o valor de resgate de uma aplicação de $ 12.000,00 em um título pelo prazo
de 8 meses à taxa de juros composta de 3,5% a.m.?
Solução:
PV = $ 12.000,00
n = 8 meses
i = 3,5% ao mês (0,035)
FV = ?

FV
FV
FV
FV

=
=
=
=

12.000 (1 + 0,035) 8
12.000 (1,035) 8
12.000 x 1,316809
15.801,71
20
c) A loja “Leve Tudo” financia a venda de uma máquina no valor de 10.210,72, sem
entrada, para pagamento em uma única prestação de R$ 14.520,68 no final de
276 dias. Qual a taxa mensal cobrada pela loja?
Solução:
PV = $ 10.210,72
FV = $ 14.520,68
n = 276 dias
i mensal = ?

i = {[1,422101...] 0,108696... -1} x 100
i = 0,039018 x 100
i = 3,90%
d) Em que prazo um empréstimo de R$ 24.278,43 pode ser liquidado em um único
pagamento de R$ 41.524,33, sabendo-se que a taxa contratada é de 3% ao mês?
Solução:
PV = $ 24.278,43
FV = $ 41.524,33
i = 3% ao mês (0,03)
n =?

n = LN (41.524,33 / 24.278,43)
LN (1 + 0,03)
LN (1,710338)
n =
LN (1,03)
0,536691...
n =
0,029559...
18,156731...meses
n =
21
e) Calcular os juros de uma aplicação de capital de R$ 1.000,00 pelo prazo de 5
meses à taxa de 10% ao mês:
Solução:
PV = $ 1.000,00
i = 10% ao mês (0,10)
n = 5 meses
J = ?

J=
J=
J=
J=
J=

3.5.2.

1.000 [(1 + 0,10) 5 -1]
1.000 [(1,10) 5 -1]
1.000 [1,610510 -1]
1.000 [0,61051]
610,51

Cálculo dos Juros Compostos para Períodos não Inteiros

As operações de juros compostos para períodos não inteiros podem ser
facilitadas se adotarmos a convenção de prazos para dias, vejamos a seguir:
1 ano exato = 365 ou 366 dias;
1 ano = 360
1 semestre = 180 dias
1 trimestre = 90 dias;
1 mês comercial = 30 dias;
1 mês exato = 29 a 31 dias;
1 quinzena = 15 dias.
Quando deparamos com este tipo de situação devemos considerar o prazo n =
qq/qt, sempre considerando o prazo em dias:
n = qq (quanto quero)
qt (quanto tenho)

Sendo assim, teremos a seguinte fórmula do Valor Futuro (FV):

22
Exemplo:
Determinar o montante de uma aplicação de R$ 13.500,00, negociada a uma taxa
de 25% ao ano, para um período de 92 dias pelo regime de juros compostos.
Solução:
PV = $ 13.500,00
i = 25% ao ano (360 dias)
n = 92 dias
FV = ?

FV
FV
FV
FV

=
=
=
=

3.5.3.

13.500 (1 + 0,25) 92/360
13.500 (1,25) 0,255556
13.500 (1,058683)
14.292,22

Exercícios

1) Calcular o valor futuro ou montante de uma aplicação financeira de R$ 15.000,00,
admitindo-se uma taxa de 2,5% ao mês para um período de 17 meses.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

2) Calcular o capital aplicado pelo prazo de 6 meses a uma taxa de 1,85% ao mês,
cujo valor resgatado foi de R$ 98.562,25.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
23
3) Durante quanto tempo uma aplicação de R$ 26.564,85 produziu um montante de
R$ 45.562,45 com uma taxa de 0,98% ao mês?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
4) Qual a taxa de juros mensal necessária para um capital R$ 2.500,00 produzir um
montante de R$ 4.489,64 durante um ano?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5) Determinar juros obtidos através de uma aplicação de R$ 580,22 com uma taxa
de 4,5% durante 7 meses.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
6) Determinar o valor de um investimento que foi realizado pelo regime de juros
compostos, com uma taxa de 2,8% ao mês, produzindo um montante de R$ 2.500
ao final de 25 meses.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
24
7) Quanto rende um capital de R$ 4.000,00 aplicado por 10 meses a juros
compostos de 2% a.m.?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
8) Tenho R$ 10.000,00 e aplico em uma caderneta de poupança 23% do valor, a uma
taxa de 2,5% ao mês a juros compostos durante 4 bimestres. Qual o valor do
resgate final do período?.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
9) José pretende aplicar R$ 30.000. Ele fez uma análise em três bancos
diferentes. Veja a tabela abaixo com as condições oferecidas por cada banco.
BANCO

X

Y

Z

Taxa

2% a.m.

2% a.t.

2,5% a.m.

Prazo

2 bimestre

2 trimestre

4 meses

a) Calcule o montante referente as condições por cada banco:
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
b) Qual é a melhor opção?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
25
3.5.4.

Taxas Equivalentes a Juros Compostos

Duas taxas são consideradas equivalentes se, considerados o mesmo prazo da
aplicação e o mesmo capital, produzem o mesmo montante.

Onde:
ieq = taxa equivalente
ic = taxa conhecida
qq = quanto eu quero
qt = quanto eu tenho
Exemplo:
Calcular a equivalência entre as taxas:

Taxa Conhecida

Taxa Equivalente para:

a) 79,5856% ao ano

1 mês

b) 28,59% ao trimestre

1 semestre

c) 0,5 ao dia

1 ano

a) Solução:

01 / 12

i=

{(1 + 0,795856)

- 1} . 100

eq
0,083333

i=

{ (1,795856)

- 1} . 100

{ (1,049997)

- 1} . 100

{ 0,049997 }

. 100

eq

i=
eq

i=
eq

i=

5% ao mês

eq

26
b) Solução:
02 / 01

i=

{(1 + 0,2859)

- 1} . 100

eq
2

i=

{ (1,2859)

- 1} . 100

{ (1,653539)

- 1} . 100

{ 0,653539 }

. 100

eq

i=
eq

i=
eq

i=

65,35% ao semestre

eq

c) Solução:
360 / 1

i=

{(1 + 0,005)

- 1} . 100

eq
360

i=

{ (1,005)

- 1} . 100

{ (6,022575)

- 1} . 100

{ 5,022575 }

. 100

eq

i=
eq

i=
eq

i=

502,26% ao ano

eq

3.5.5.

Exercícios de Taxa Equivalente

1) Determinar a taxa:
a) Anual equivalente a 2% ao mês.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

27
b) Mensal equivalente a 60,103% ao ano.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

c) Anual equivalente a 0,1612% ao dia.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

28
3.6. DESCONTOS
É a denominação dada a um abatimento que se faz quando um título de crédito é
resgatado antes de seu vencimento. É uma operação tradicional do mercado
financeiro e no setor comercial, em que o portador de títulos de crédito, tais como
letras de câmbio, notas promissórias e etc., pode levantar fundos em um banco
descontando o título antes do vencimento. O Banco naturalmente, libera uma quantia
menor do que o valor inscrito no título, dito nominal.
Podemos classificar os tipos de descontos como Simples (método linear) e
Composto (método Simples).
3.6.1.

DESCONTO SIMPLES

São identificados dois tipos de descontos simples: o desconto racional (ou “por
dentro”) e o desconto comercial ou bancário (ou “por fora”)
3.6.1.1.

Desconto Racional Simples ou “por dentro”

O valor do desconto é a diferença entre o valor futuro ((VN) valor nominal, valor
de face) e o valor atual ((VL) valor líquido, valor presente, liberado na data do
desconto) calculado a juros simples.
Vamos aplicar as seguintes fórmulas:
Para calcular o desconto racional simples:

O desconto racional simples (DRS) pode também ser encontrado diretamente
pela seguinte fórmula:

Para calcular o valor líquido:

O valor líquido (VL) também pode ser encontrado pela seguinte fórmula:

29
Exemplo 01:
Um título de valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes de seu
vencimento, à taxa de juros simples de 2,5% ao mês. Qual o desconto racional
simples e o valor líquido?
Solução:
VN = $ 25.000,00
n = 2 meses
i = 2,5% ao mês (0,025)
DRS = ?
VL = ?
DRS =

25.000,00 . 0,025 . 2
(1 + 0,025 . 2)

DRS =

1.250,00
1,05

DRS =

1.190,48

VL =

VN - DRS

VL =

25.000 - 1.190,48

VL =

23.809,52

É importante registrar que o juro incide sobre o capital (valor atual) do título, ou
seja, sobre o capital liberado da operação. A taxa de juro (desconto) cobrada
representa, dessa maneira, o custo efetivo de todo o período do desconto.
3.6.1.2.

Desconto Bancário ou Comercial ou “por fora” Simples

O valor do desconto é obtido multiplicando-se o valor nominal do título pela taxa
de desconto fornecida pelo banco pelo prazo a decorrer até o vencimento do título.
Vamos expressar esta situação através da seguinte fórmula:

OBS: caso a dívida seja prorrogada: VL = VN + DBS

30
Exemplo 02:
Um título de valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes de seu
vencimento, à taxa de juros simples de 2,5% ao mês. Qual o desconto comercial
(bancário) simples e o valor líquido?
Solução:
VN = $ 25.000,00
n = 2 meses
i = 2,5% ao mês (0,025)
DBS = ?
VL = ?
DRS =

25.000,00 . 0,025 . 2

DRS =

1.250,00

VL =

VN - DRS

VL =

25.000 - 1.250,00

VL =

23.750,00

Observe que o maior valor dos juros cobrado pelo título deve-se ao fato de o
desconto “por fora” ser aplicado diretamente sobre o valor nominal e não sobre o
valor atual como é de característica das operações de desconto racional.
3.6.1.3.

Exercícios de Descontos Simples

1) Qual o valor do desconto comercial simples de um título de R$ 3.000,00, com
vencimento para 90 dias, à taxa de 2,5% ao mês?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
2) Qual a taxa mensal simples de desconto comercial utilizada numa operação a
120 dias cujo valor nominal é R$ 1.000,00 e cujo valor líquido é de R$ 880,00?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
31
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
3) Uma duplicata de R$ 32.000,00, com 90 dias a decorrer até o vencimento, foi
descontada comercialmente por um banco à taxa de 2,70% ao mês. Calcular o
valor líquido entregue ou creditado ao cliente.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
4) Um título com valor nominal de R$ 110.000,00 foi resgatado 2 meses antes do
seu vencimento, sendo-lhe por isso concedido desconto racional simples à
taxa de 60% ao mês. Neste caso, de quanto foi o valor pago pelo título?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5) Um título com o valor nominal de R$ 3.836,00 foi resgatado 4 meses antes do
seu vencimento, tendo sido concedido um DRS à taxa de 10% ao mês. De
quanto foi o valor pago pelo título?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

32
6) Um título com valor nominal de R$ 7.420,00 foi resgatado 2 meses antes do
seu vencimento, sendo-lhe por isso concedido um desconto racional simples à
taxa de 20% ao mês. Neste caso, de quanto foi o valor pago pelo título?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
7) Em uma operação de resgate de um título, a vencer em 4 meses, a taxa anual
empregada deve ser de 18% ao ano. Se o desconto comercial simples é de R$
180,00, qual o valor nominal do título?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
8) O DCS de um título 4 meses antes do seu vencimento é de R$ 800,00.
Considerando uma taxa de 5% ao mês, obtenha o valor nominal.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

33
3.6.2.

DESCONTO COMPOSTO

São identificados dois tipos de descontos composto: o desconto racional (ou “por
dentro”) e o desconto comercial ou bancário (ou “por fora”)
3.6.2.1.

Desconto Racional Composto ou “por dentro”

O desconto composto é aquele que a taxa de desconto incide sobre o montante
(M), (FV) ou (VN). Utilizaremos todas as metodologias anteriores para os cálculos
do desconto composto.

Exemplo 01:
Determinar o desconto racional composto de um título de valor nominal de R$
5.000,00 considerando uma taxa de juros compostos de 3,5% ao mês, sendo
descontado 3 meses antes de seu vencimento.

Solução:
VN = $ 5.000,00
n = 3 meses
i = 3,5% ao mês (0,035)
DRC = ?
VL = ?
VL =

5.000
(1 + 0,035)

VL =

5.000
1,035

VL =

3

5.000
1,10872

VL =

3

3

4.509,71

DRC = 5.000 - 4.509,71
DRC = $ 490,29

34
3.6.2.2.

Desconto Bancário ou Comercial ou “por fora” Composto

Considere um título de Valor Nominal (VN), com vencimento em um período (n), e
um Valor Líquido (VL), que produz um Valor Futuro (FV) igual a VN, quando aplicado
por (n) períodos a uma taxa composta de descontos (i) por período. Vamos verificar:

Exemplo 02:
Uma duplicata no valor de R$ 25.000,00, 60 dias para o seu vencimento, é
descontada a uma taxa de 2,5% ao mês, de acordo com o conceito de desconto
composto. Calcular o valor líquido creditado na conta e o valor do desconto bancário
concedido.
Solução:
VN = $ 25.000,00
n = 60 dias = 2 meses
i = 2,5% ao mês (0,025)
VL = ?
DBC = ?
VL =
25.000 (1 + 0,025)
VL =

25.000 (1,025)

VL =

25.000 . 0,9518144

VL =

-2

23.795,35

-2

DBC = 25.000 - 23.795,35
DBC =

3.6.2.3.

1.204,64

Exercícios de Descontos Compostos

1) Um título no valor nominal de R$ 59.895,00 foi pago 3 meses antes do
vencimento. Se a taxa mensal de desconto racional composto era de 10%, de
quanto era o valor líquido deste título?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
35
2) Determinar o desconto racional composto de um título de valor nominal de R$
3.000,00 considerando uma taxa de juros compostos de 1,8% ao mês, sendo
descontado 4 meses antes do seu vencimento.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
3) Uma duplicata de R$ 17.000,00, 90 dias para o seu vencimento, é descontada
a uma taxa de 1,5% ao mês, de acordo com o conceito de desconto composto.
Calcular o valor líquido creditado na conta e o valor do desconto bancário
concedido
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
4) Determine o valor do DRC de um título de valor nominal de R$ 6.200,00,
descontado 5 meses antes do vencimento, sendo à taxa de 3% ao mês.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
5) Calcule o DRC obtido em um título de valor nominal R$ 3.800,00, resgatado 8
meses antes do vencimento, sendo à taxa de desconto de 30% ao ano.
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
36
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
6) Um título no valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 90 dias antes do
vencimento à uma taxa de 1,5% ao mês. Qual o valor líquido e o DBC?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
7) Uma nota promissória de R$ 5.000,00 foi descontada comercialmente 60 dias
antes do vencimento à uma taxa de 3% ao mês. Calcular o valor líquido e o
DBC?
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

37

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Elasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicaçõesElasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicaçõesLuciano Pires
 
Educação Financeira para Jovens
Educação Financeira para JovensEducação Financeira para Jovens
Educação Financeira para JovensMarden Rodrigues
 
Apresentação juros compostos
Apresentação juros compostosApresentação juros compostos
Apresentação juros compostosDanielle Karla
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoMoises Ribeiro
 
Matemática Financeira - Juros Compostos
Matemática Financeira - Juros CompostosMatemática Financeira - Juros Compostos
Matemática Financeira - Juros Compostosguest20a5fb
 
Gesfin 04 - sistemas de amortização
Gesfin   04 - sistemas de amortizaçãoGesfin   04 - sistemas de amortização
Gesfin 04 - sistemas de amortizaçãoFabio Lima
 
Matemática Financeira Básica
Matemática Financeira BásicaMatemática Financeira Básica
Matemática Financeira BásicaMarcus Santos
 
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para ConcursosMilton Henrique do Couto Neto
 
Análise combinatória
Análise combinatóriaAnálise combinatória
Análise combinatóriabetencourt
 
Expressoes algebricas
Expressoes algebricasExpressoes algebricas
Expressoes algebricasLarissa Souza
 

Mais procurados (20)

Elasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicaçõesElasticidade e suas aplicações
Elasticidade e suas aplicações
 
Estatística
EstatísticaEstatística
Estatística
 
Tipos de Empresas
Tipos de Empresas Tipos de Empresas
Tipos de Empresas
 
Educação Financeira para Jovens
Educação Financeira para JovensEducação Financeira para Jovens
Educação Financeira para Jovens
 
Apresentação juros compostos
Apresentação juros compostosApresentação juros compostos
Apresentação juros compostos
 
Sistemas de amortização
Sistemas de amortizaçãoSistemas de amortização
Sistemas de amortização
 
Matematica Financeira
Matematica FinanceiraMatematica Financeira
Matematica Financeira
 
Matemática Financeira - Juros Compostos
Matemática Financeira - Juros CompostosMatemática Financeira - Juros Compostos
Matemática Financeira - Juros Compostos
 
Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
 Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
Educação Financeira: O caminho para a Independência Financeira
 
Gesfin 04 - sistemas de amortização
Gesfin   04 - sistemas de amortizaçãoGesfin   04 - sistemas de amortização
Gesfin 04 - sistemas de amortização
 
Matemática Financeira Básica
Matemática Financeira BásicaMatemática Financeira Básica
Matemática Financeira Básica
 
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos
60 Exercícios Resolvidos de Administração Financeira para Concursos
 
Análise combinatória
Análise combinatóriaAnálise combinatória
Análise combinatória
 
Porcentagem 2016
Porcentagem 2016Porcentagem 2016
Porcentagem 2016
 
Estruturas de mercado 2011_01
Estruturas de mercado 2011_01Estruturas de mercado 2011_01
Estruturas de mercado 2011_01
 
Expressoes algebricas
Expressoes algebricasExpressoes algebricas
Expressoes algebricas
 
Introdução à Economia
Introdução à EconomiaIntrodução à Economia
Introdução à Economia
 
Juros simples e compostos
Juros simples e compostosJuros simples e compostos
Juros simples e compostos
 
Aula 22 probabilidade - parte 1
Aula 22   probabilidade - parte 1Aula 22   probabilidade - parte 1
Aula 22 probabilidade - parte 1
 
educação financeira
educação financeiraeducação financeira
educação financeira
 

Semelhante a MATEMATICA .:. FINANCEIRA .:. www.tc58n.wordpress.com

Matematica financeira fn1200 c
Matematica financeira fn1200 cMatematica financeira fn1200 c
Matematica financeira fn1200 cMarília Maciel
 
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01everton galvao de neiva
 
Excel av truquesmagicos
Excel av truquesmagicosExcel av truquesmagicos
Excel av truquesmagicosTech Ideias
 
Matematica financeira regular 1
Matematica financeira regular 1Matematica financeira regular 1
Matematica financeira regular 1J M
 
Resumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraResumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraresolvidos
 
Resumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraResumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraalbumina
 
Apostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraApostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraConsultor2610
 
Matemática financeira módulo
Matemática financeira   móduloMatemática financeira   módulo
Matemática financeira móduloJocéia Nunes Mata
 
Apostila excel 2010 avançado
Apostila excel 2010 avançadoApostila excel 2010 avançado
Apostila excel 2010 avançadoIzabella Werneck
 
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portugues
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portuguesManual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portugues
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portuguesgugrus
 

Semelhante a MATEMATICA .:. FINANCEIRA .:. www.tc58n.wordpress.com (20)

Curso hp12 c_u1p1
Curso hp12 c_u1p1Curso hp12 c_u1p1
Curso hp12 c_u1p1
 
Hp1
Hp1Hp1
Hp1
 
Matematica financeira fn1200 c
Matematica financeira fn1200 cMatematica financeira fn1200 c
Matematica financeira fn1200 c
 
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01
Matematicafinanceiracomhp12c 120309062459-phpapp01
 
Calculo juros simples_composto_excel
Calculo juros simples_composto_excelCalculo juros simples_composto_excel
Calculo juros simples_composto_excel
 
Excel 2003 ler
Excel 2003   lerExcel 2003   ler
Excel 2003 ler
 
Excel av truquesmagicos
Excel av truquesmagicosExcel av truquesmagicos
Excel av truquesmagicos
 
Excel truques magicos
Excel truques magicosExcel truques magicos
Excel truques magicos
 
Curso hp12 c_u2
Curso hp12 c_u2Curso hp12 c_u2
Curso hp12 c_u2
 
Matematica financeira regular 1
Matematica financeira regular 1Matematica financeira regular 1
Matematica financeira regular 1
 
Matematica financeira
Matematica financeiraMatematica financeira
Matematica financeira
 
Resumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraResumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeira
 
Resumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeiraResumo de matemática financeira
Resumo de matemática financeira
 
Juros compostos1
Juros compostos1Juros compostos1
Juros compostos1
 
Apostila matemática financeira
Apostila matemática financeiraApostila matemática financeira
Apostila matemática financeira
 
Matemática financeira módulo
Matemática financeira   móduloMatemática financeira   módulo
Matemática financeira módulo
 
Curso hp12 c_u3
Curso hp12 c_u3Curso hp12 c_u3
Curso hp12 c_u3
 
Apostila excel 2010 avançado
Apostila excel 2010 avançadoApostila excel 2010 avançado
Apostila excel 2010 avançado
 
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portugues
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portuguesManual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portugues
Manual de matematica financeira uso da hp 12 c(1)portugues
 
Aula 9
Aula 9Aula 9
Aula 9
 

Mais de Claudio Parra

Lei.da.empregada.domestica
Lei.da.empregada.domesticaLei.da.empregada.domestica
Lei.da.empregada.domesticaClaudio Parra
 
Empresário x Consumidor
Empresário x ConsumidorEmpresário x Consumidor
Empresário x ConsumidorClaudio Parra
 
“Manicômio jurídico tributário"
“Manicômio jurídico tributário"“Manicômio jurídico tributário"
“Manicômio jurídico tributário"Claudio Parra
 
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.com
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.comModulo.v .:. www.tc58n.worpress.com
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.comClaudio Parra
 
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.com
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.comLingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.com
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
BALANCO SOCIAL www.tc58n.wordpress.com
BALANCO SOCIAL   www.tc58n.wordpress.comBALANCO SOCIAL   www.tc58n.wordpress.com
BALANCO SOCIAL www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.com
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.comNoções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.com
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.com
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.comBalanço Social .:. www.tc58n.wordpress.com
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.comContabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Legislação e ética_aula 01
Legislação e ética_aula 01Legislação e ética_aula 01
Legislação e ética_aula 01Claudio Parra
 
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11  RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11 Claudio Parra
 
Custos conjuntos teoria a
Custos conjuntos  teoria  aCustos conjuntos  teoria  a
Custos conjuntos teoria aClaudio Parra
 
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.com
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.comCONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.com
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Relatórios e pareceres_parte 05
Relatórios e pareceres_parte 05Relatórios e pareceres_parte 05
Relatórios e pareceres_parte 05Claudio Parra
 
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasingClaudio Parra
 
Relatórios e pareceres_parte 04
Relatórios e pareceres_parte 04Relatórios e pareceres_parte 04
Relatórios e pareceres_parte 04Claudio Parra
 

Mais de Claudio Parra (20)

DCTF e RETENÇOES
DCTF e RETENÇOESDCTF e RETENÇOES
DCTF e RETENÇOES
 
Lei.da.empregada.domestica
Lei.da.empregada.domesticaLei.da.empregada.domestica
Lei.da.empregada.domestica
 
Empresário x Consumidor
Empresário x ConsumidorEmpresário x Consumidor
Empresário x Consumidor
 
“Manicômio jurídico tributário"
“Manicômio jurídico tributário"“Manicômio jurídico tributário"
“Manicômio jurídico tributário"
 
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.com
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.comModulo.v .:. www.tc58n.worpress.com
Modulo.v .:. www.tc58n.worpress.com
 
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.com
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.comLingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.com
Lingua Portuguesa .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Relatorio natura
Relatorio naturaRelatorio natura
Relatorio natura
 
Relatorio natura
Relatorio naturaRelatorio natura
Relatorio natura
 
BALANCO SOCIAL www.tc58n.wordpress.com
BALANCO SOCIAL   www.tc58n.wordpress.comBALANCO SOCIAL   www.tc58n.wordpress.com
BALANCO SOCIAL www.tc58n.wordpress.com
 
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.com
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.comNoções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.com
Noções gerais de direito .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.com
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.comBalanço Social .:. www.tc58n.wordpress.com
Balanço Social .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.comContabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com
Contabilidade social .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Legislação e ética_aula 01
Legislação e ética_aula 01Legislação e ética_aula 01
Legislação e ética_aula 01
 
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11  RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
RESOLUÇÃO CFC N.º 1.330/11
 
Custos conjuntos teoria a
Custos conjuntos  teoria  aCustos conjuntos  teoria  a
Custos conjuntos teoria a
 
Those
ThoseThose
Those
 
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.com
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.comCONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.com
CONTABILIDADE DE ATIVIDADES ESPECÍFICAS .:. www;tc58n.wordpress.com
 
Relatórios e pareceres_parte 05
Relatórios e pareceres_parte 05Relatórios e pareceres_parte 05
Relatórios e pareceres_parte 05
 
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing
2014 04 29_relatórios e pareceres_parte 06_leasing
 
Relatórios e pareceres_parte 04
Relatórios e pareceres_parte 04Relatórios e pareceres_parte 04
Relatórios e pareceres_parte 04
 

Último

transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na Áfricajuekfuek
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Pauloririg29454
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasBibliotecaViatodos
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfKelly Mendes
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfAnaAugustaLagesZuqui
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxCarolineWaitman
 

Último (20)

transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 

MATEMATICA .:. FINANCEIRA .:. www.tc58n.wordpress.com

  • 2. MATEMÁTICA FINANCEIRA 1. INTRODUÇÃO 1.1. Conceito A Matemática Financeira é o ramo da matemática que lida com valores monetários. A Matemática Financeira tem como objetivo principal estudar o valor do dinheiro em função do tempo. Este conceito, aparentemente simples, tem vários detalhes quanto à forma de estudo do valor do dinheiro no tempo. Vejamos alguns conceitos para melhor compreendermos o objetivo da matemática financeira.  Risco: quando estamos concedendo crédito, estamos mesmo é analisando o risco contido nas operações de crédito. Os conceitos de matemática financeira serão importantes para medir o risco envolvido em várias operações de crédito.  Prejuízo (ou despesa): em qualquer operação financeira, normalmente, ocorre o pagamento de juros, taxas, impostos e etc., caracterizando-se para alguns como prejuízo e para outros como pagamento de despesas financeiras. A matemática irá mostrar quanto se pagou de despesas ou medir o tamanho do prejuízo em uma operação financeira.  Lucro (ou receita): da mesma forma que alguém ou uma instituição paga juros e caracteriza-o como prejuízo ou despesas, quem recebe pode classificar estes juros como lucro ou receita ou simplesmente como a remuneração do capital emprestado. A matemática financeira nos ajuda a calcular este juro ou receita, bem como a remuneração do capital emprestado. 1.2. Arredondamento de dados Quando o primeiro algarismo a ser abandonado for 0, 1, 2, 3 ou 4, fica inalterado o último algarismo a permanecer. Por exemplo, arredondando R$ 358,2548968968, teremos a importância de R$ 358,25. Quando o primeiro algarismo a ser abandonado for 5, 6, 7, 8 ou 9, aumenta-se uma unidade do último algarismo a permanecer. Por exemplo, arredondando R$ 358,2558968968, teremos a importância de R$ 358,26. 2
  • 3. 2. USANDO A CALCULADORA HP12C 2.1. Principais Funções da HP12C Esta é uma calculadora HP-12C. A partir de agora você irá utilizá-la para realizar todos os seus cálculos, então, vamos verificar qual é a função de cada tecla? 2.2. Ligando e Desligando a Calculadora: Para começar a usar a sua HP-12C, pressione a tecla calculadora será desligada. . Se você pressionar novamente ,a 2.3. O Teclado A maioria das teclas da HP-12C realiza duas ou até mesmo três funções, observe: . Para usar a função primária, impressa em branco, basta pressioná-la. . Para usar a função impressa em amarelo, pressione a tecla amarela, de prefixo e, em seguida, pressione a tecla da função desejada. . Para usar a função impressa em azul, pressione a tecla azul, de prefixo e, então, pressione a tecla da função desejada. 2.4. 03. Separando Dígitos Se, ao ligar sua HP, você perceber que a parte inteira está separada da parte decimal por ponto (0.00), significa que está preparada para cálculo em US$. Para adaptá-la a cálculos em 3
  • 4. R$, ou seja (0,00), basta, com a máquina desligada, pressionar ao mesmo tempo as teclas e soltando primeiro a tecla e, em seguida, a tecla . 2.5. 04. Introduzindo Números Pressione as teclas dos dígitos em seqüência. A tecla do ponto deverá ser pressionada se o número possuir dígitos na parte decimal; se o número for inteiro, o ponto é irrelevante. 2.6. Cálculos Aritméticos Simples Para realizar os cálculos, os números devem ser informados na ordem. Após a introdução do primeiro número, pressione a tecla e, em seguida, o segundo número e a operação a ser realizada ( , , ou ); a resposta aparecerá no visor. 2.7. Tabulando Casas Decimais Para fixar um número distinto de casas decimais, pressione a tecla seguida da tecla de número correspondente à quantidade desejada de casas decimais (de 0 a 9 casas). 2.8. Limpando os Registros A tecla clear é utilizada somente para limpar o visor, porém, se pressionar limpará todos os registros. 2.9. Troca de Sinais que, em inglês, quer dizer “troca sinal”, isto é, transforma o número que estiver no visor, se positivo, em negativo e vice-versa. 2.10. Funções de Porcentagem a) Para calcular o valor correspondente à porcentagem de um número, introduza a base, pressione , introduza a porcentagem e pressione . b) Para calcular a variação percentual entre dois números, introduza, como base, o valor mais antigo da operação, seguido da tecla , introduza o segundo número e pressione . c) Para calcular a porcentagem de um valor em relação a um total, introduza o valor correspondente ao total, digite o valor da porcentagem e pressione . 2.11. Funções de Calendário Para encontrar datas futuras ou passadas e o dia da semana correspondente, pressione inicialmente as teclas (D.MY = que representam as iniciais, em inglês, de dia, mês e ano) você estará fixando esta informação na sua calculadora. Portanto, não será necessário repetí-la a cada operação. Obs.: Lembre-se que, ao acionar a tecla , a função em azul passa a ser utilizada. 4
  • 5. a) Data Futura: Para utilizar o calendário, introduza a data conhecida, separando o dia e o mês pela tecla , e pressione a tecla . Digite o número de dias correspondente ao intervalo de tempo e pressione as teclas (DATE). Você estará calculando uma nova data. b) Data Passada: Para calcular uma data passada, utilize a data atualizada de referência e pressione a data tecla . Digite o número de dias passados e pressione a tecla CHS Posteriormente pressione as teclas . (DATE). c) Variação de Dias entre Datas: Para calcular o número de dias existentes entre duas datas, introduza a data mais antiga e pressione , em seguida, introduza a data mais recente e pressione as teclas (DYS). 2.12. Usando a Memória - Armazenando e Recuperando Valores A HP-12C possui 20 memórias para armazenamento de valores, que vão de 0 a 9 e de • 0 a • 9. - Para armazenar um valor, deve-se digitá-lo e, em seguida, pressionar a tecla seguida do número da memória desejada. - Para recuperar a informação contida na memória é necessário pressionar a tecla seguida do número da memória. 2.13. Resolvendo uma Operação de Potenciação na HP-12C Para calcular o resultado de um número elevado a um expoente qualquer, introduza a base, em seguida, digite o expoente e pressione a tecla . 5
  • 6. 3. JUROS 3.1. Operação de Juros: o que é? Juro é a remuneração de um capital ou valor presente a uma dada taxa percentual, proporcional ao número de períodos de tempo em que permanecer aplicado (investimento) ou emprestado (financiamento). Esta remuneração pode ocorrer a partir de dois pontos de vista: - de quem paga: nesse caso, o juro pode ser chamado de despesa financeira, custo, prejuízo e etc. - de quem recebe: podemos entender como sendo rendimento, receita financeira, ganho e etc. Podemos concluir que os juros só existem se houver um capital empregado, seja este capital próprio ou de terceiros. O valor capital acrescido dos juros denomina-se montante ou valor futuro. 3.2. Os regimes da Matemática Financeira A Matemática Financeira se divide em dois grandes “blocos”, os quais chamaremos de “regimes”. Teremos, então, o “REGIME SIMPLES” (ou linear) e o “REGIME COMPOSTO” (ou exponencial). Sempre que formos iniciar a resolução de uma questão de matemática financeira, nossa primeira preocupação será essa: identificar em qual dos regimes estamos trabalhando, se no regime simples ou no composto! Isso por uma razão muito clara: quando estivermos analisando um enunciado de Juros, por exemplo, se esta operação estiver no regime simples, encontraremos uma resposta para o problema; se estiver no regime composto, a resposta será diferente! É evidente que só temos uma resposta correta na questão! Logo, se não soubermos em qual dos regimes estamos trabalhando, corremos sério risco de chegar a uma resposta errada, e perder um ponto (precioso) na nossa prova. Sendo assim, os Juros são capitalizados em regime: simples e compostos. Simples (ou linear): somente o capital principal rende juros 6
  • 7. Compostos (ou exponencial): após cada período, os juros são incorporados ao capital, gerando juros sobre juros. 3.3. Elementos de uma operação de juros: Capital (C) ou Valor Presente (PV) ou Principal (P): É o valor que será aplicado, que será investido, e que, com o passar do tempo, crescerá! Será designado por um “C” (maiúsculo), ou PV, ou P. Tempo (n): É o tempo necessário que um certo capital (C), aplicado a uma taxa (i), necessita para produzir um montante (M). Será designado por “n” (minúsculo). Montante (M): O Montante é a quantidade monetária acumulada resultante de uma operação comercial ou financeira após um determinado período de tempo, ou seja, é a soma do capital (C) com os juros (J). Taxa (i): É o coeficiente obtido da relação dos juros (J) com o capital (C), que pode ser representado em forma percentual ou unitária. Vimos na última aula que existem dois tipos de regime na Matemática Financeira. Da mesma forma, o elemento “taxa” poderá ser de duas naturezas! Conforme seja a natureza da taxa com a qual estamos trabalhando, saberemos se estamos no regime simples ou no regime composto! Destarte, haverá a “taxa de natureza simples”, ou “taxa simples”, ou “taxa no regime simples”; e haverá a “taxa de natureza composta”, ou “taxa composta”, ou “taxa no regime composto”. A taxa será sempre designada por “ i ” (minúsculo). Juros (J): O Juros representará o quanto “cresceu” o nosso Capital. Em outras palavras, o Juros será o quanto rendeu o nosso Capital. Por isso, um sinônimo de Juros é a palavra 7
  • 8. “rendimento”. Se alguém pergunta: “qual foi seu rendimento nesta operação?”, estará, na verdade, questionando sobre o valor dos Juros! Ilustrativamente, teremos: Da figura acima extraímos as seguintes equações: Obviamente que essa mesma equação pode assumir duas outras formas, quais sejam:      São esses, portanto, os cinco elementos de uma operação de Juros: Capital; Montante; Juros; Taxa; Tempo. Caberá a nós, portanto, tentar identificar no enunciado tais elementos! 3.4. JUROS SIMPLES 3.4.1. Fórmulas de Juros Simples O valor dos juros é calculado a partir da seguinte expressão: Esta fórmula é básica tanto para cálculo dos juros como dos outros valores financeiros mediante simples dedução algébrica: 8
  • 9. Exigência: taxa e tempo na mesma unidade Exemplos: a) Um capital de $ 80.000,00 é aplicado à taxa de 2,5% ao mês durante o trimestre. Pede-se determinar o valor dos juros acumulados neste período. Solução: C = $ 80.000,00 i = 2,5% ao mês (0,025) n = 3 meses J =? J = 80.000,00 x 0,025 x 3 J = $ 6.000,00 b) Um negociante tomou um empréstimo pagando uma taxa de juros simples de 6% ao mês durante nove meses. Ao final deste período, calculou em $ 270.000,00 o total dos juros incorridos na operação. Determinar o valor do empréstimo. Solução: C =? i = 6% ao mês (0,06) n = 9 meses J = $ 270.000,00 C= C= C= 270.000,00 0,06 x 9 270.000,00 0,54 500.000,00 9
  • 10. c) Um capital de $ 40.000,00 foi aplicado num fundo de poupança por 11 meses, produzindo um rendimento financeiro de $ 9.680,00. Pede-se apurar a taxa de juros oferecida por esta operação. Solução: C = $ 40.000,00 i =? n = 11 meses J = $ 9.680,00 i= 9.680,00 40.000,00 x 11 i= 9.680,00 440.000,00 i= 0,022 ou 2,2% ao mês d) Uma aplicação de $ 250.000,00 rendendo uma taxa de juros de 1,8% ao mês produz, ao final de determinado período, juros de valor de $ 27.000,00. Calcular o prazo da aplicação. Solução: C = $ 250.000,00 i = 1,8% ao mês (0,018) n =? J = $ 27.000,00 n= 27.000,00 250.000,00 x 0,018 n= 27.000,00 4.500,00 n= 6 meses 10
  • 11. 3.4.2. Montante e Capital O montante é constituído do capital mais o valor acumulado dos juros, isto é: No entanto sabe-se que: Substituindo esta expressão básica na fórmula do montante, e colocando C em evidência: Evidentemente, o valor de C desta fórmula pode ser obtido através de simples transformação algébrica: Exemplos: e) Uma pessoa aplica $ 18.000,00 à taxa de 1,5% ao mês durante 8 meses. Determinar o valor acumulado ao final deste período (ou montante). Solução: C = $ 18.000,00 i = 1,5% ao mês (0,015) n = 8 meses M =? M = 18.000,00 (1 + 0,015 x 8) M = 18.000,00 x 1,12 M = 20.160,00 f) Uma dívida de $ 900.000,00 irá vencer em 4 meses. O credor está oferecendo um abatimento de 7% ao mês caso o devedor deseje antecipar o pagamento hoje. Calcular o valor que o devedor pagaria caso antecipasse a liquidação da dívida. 11
  • 12. Solução: M = $ 900.000,00 i = 7% ao mês (0,07) n = 4 meses C =? C = 900.000,00 (1 + 0,07 x 4) C = 900.000,00 1,28 C = 3.4.3. 703.125,00 Exercícios 1) Qual o valor dos juros correspondentes a um empréstimo de R$ 5.000,00, pelo prazo de 5 meses, sabendo-se que a taxa cobrada é de 3,5% ao mês? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 2) Um capital de R$ 12.250,25, aplicado durante 9 meses, rende juros de R$ 2.756,31. Determine a taxa correspondente. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 12
  • 13. 3) Sabe-se que os juros de R$ 7.800,00 foram obtidos com uma aplicação de R$ 9.750,00 à taxa de 5% ao trimestre, pede-se calcular o prazo. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4) Qual é o capital que aplicado, à taxa de 2,8% ao mês, rende juros de R$ 950,00 em 12 meses? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5) Qual é o juro obtido através da aplicação de R$ 2.500,00 a 7% a.a. durante 3 anos? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 6) Determinar o valor futuro da aplicação de um capital de R$ 7.565,01, pelo prazo de 12 meses, à taxa de 2,5% ao mês. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 13
  • 14. 7) Um capital de R$ 5.000,00 rendeu R$ 1.200,00 em 6 meses. Qual a taxa simples mensal ganha? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 8) Qual o valor do investimento que gerou o resgate de R$ 370,00, sabendo-se que o rendimento deste investimento foi de R$ 148,50? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 9) João pagou a uma financeira a importância de R$ 10,30 de juros por 2 dias de atraso sobre uma prestação de R$ 732,10. Qual foi a taxa mensal de juros aplicada pela financeira? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 10) Qual o capital que aplicado à taxa simples de 20% ao mês em 3 meses monta R$ 8.000,00? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 14
  • 15. 3.4.4. Taxa Proporcional Em algumas situações, o período de aplicação ou empréstimo não coincide com o período da taxa de juros. Nesses casos, é necessário trabalhar com a taxa proporcional. Exigência: taxa e tempo na mesma unidade Sendo assim: do maior para o menor do menor para o maior % a.a. para % a.m. = divide por 12 meses % a.m. para % a.a. = multiplica por 12 meses Exemplo: a) Calcular a taxa anual proporcional a: (a) 6% ao mês; (b) 10% ao bimestre. Solução: a: i = 6% a.m. para % a.a. = 6% x 12 = 72% ao ano b: i = 10% a.b. para % a.a. = 10% x 6 = 60% ao ano b) Calcular a taxa semestral proporcional a: (a) 60% ao ano; (b) 9% ao trimestre. Solução: a: i = 60% a.a. para % a.s. = 60% / 2 = 30% ao trimestre b: i = 9% a.t. para % a.s. = 9% x 2 = 18% ao trimestre c) Calcular o montante de um capital de $ 600.000,00 aplicado à taxa de 2,3% ao mês pelo prazo de um ano e 5 meses. Solução: M =? i = 2,3% ao mês (0,023) n = 1 ano e 5 meses = 17 meses C = 600.000,00 M = 600.000 (1 + 0,023 x 17) M = 600.000 x 1,39 M = $ 834.600,00 15
  • 16. d) Uma dívida de $ 30.000,00 a vencer dentro de uma ano é saldada 3 meses antes. Para a sua quitação antecipada, o credor concede um desconto de 15% ao ano. Apurar o valor da dívida a ser pago antecipadamente. Solução: M = 30.000,00 i = 15% ao ano (15% / 12 = 1,25% ao mês = 0,0125) n = 3 meses C =? 30.000,00 C = (1 + 0,0125 x 3) 30.000,00 C = 1,0375 28.915,66 C = 3.4.5. Juro Exato e Juro Comercial É comum nas operações de curto prazo, onde predominam as aplicações com taxas referenciadas em juros simples, ter-se no prazo definido em número de dias. Nesses casos, o número de dias pode ser calculado de duas maneiras: a) pelo tempo exato, utilizando-se efetivamente o calendário do ano civil (365 dias). O juro apurado desta maneira denomina-se juro exato; b) pelo ano comercial, o qual admite o mês com 30 dias e o ano com 360 dias. Temse, por critério, a apuração do denominado juro comercial ou ordinário. Por exemplo, 12% ao ano equivale a taxa diária de: a) Juro exato: 12% = 0,032877% ao dia 365 dias b) Juro Comercial: 12% = 0,0333333% ao dia 360 dias 16
  • 17. Exemplo: Uma prestação no valor de R$ 14.500,00 venceu em 01/02/09 sendo quitada em 15/03/09, com a taxa de 48% ao ano. Pede-se. a) Determinar Juros Exato. b) Determinar Juros Comercial. Solução: a) Jexato: C = $ 14.500,00 i = 48% ao ano (0,48) n = 42 dias J =? J=Cxixn = 14.500 x 0,48 x 42 365 b) Jcomercial: C = $ 14.500,00 i = 48% ao ano (0,48) n = 42 dias J =? J=Cxixn = 365 14.500 x 0,48 x 42 360 3.4.6. = $ 800,88 = $ 812,00 360 Exercícios 1) Calcule a taxa mensal proporcional a: a) 9% ao trimestre ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ b) 24% ao semestre ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ c) 0,04% ao dia ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ d) 30% ao ano ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 17
  • 18. 2) Um capital de $ 2.400,00 é aplicado durante 10 meses, à taxa de 25% ao ano. Determine o juro obtido. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 3) Calcular o valor dos juros de uma aplicação de R$ 21.150,00, feita de 3,64% ao mês, pelo prazo de 32 dias. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4) Calcular o rendimento de R$ 23.000,00 aplicados por 14 dias à taxa simples de 2,5% ao mês. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5) Determinar a taxa simples para 22 dias de aplicação, proporcional à taxa de 3,05% ao mês. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 6) Calcular o rendimento de R$ 12.000,00 aplicados durante 8 meses e 3 dias à taxa de juros simples de 40% ao ano. Efetuar cálculos considerando ano comercial (360 dias) e o ano exato (365 dias). ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 7) Uma prestação no valor de R$ 6.332,00 venceu em 01/04/10 sendo quitada em 17/05/10 do mesmo ano com a taxa de 25% ao ano. Determine os juros exato e comercial. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 18
  • 19. 3.5. JUROS COMPOSTOS 3.5.1. Fórmulas de Juros Compostos Podemos entender os juros compostos como sendo popularmente chamamos de juros sobre juros O regime de juros compostos é o mais comum no sistema financeiro e, portanto, o mais útil para cálculos de problemas do dia-a-dia. Matematicamente, o cálculo a juros compostos é conhecido por cálculo exponencial de juros. FÓRMULAS: Para calcular o Montante: Para calcular o Capital: Para calcular a Taxa: Onde: qq = quanto eu quero (o prazo da taxa a ser calculada) qt = quanto eu tenho (o prazo da operação que foi informado) Para calcular o Prazo: Onde: LN = logaritmo neperiano Para calcular o Juro: 19
  • 20. Exemplos: a) Se uma pessoa deseja obter $ 27.500,00 dentro de um ano, quanto deverá ela depositar hoje numa alternativa de poupança que rende 1,7% de juros compostos ao mês? Solução: FV = $ 27.500,00 n = 1 ano = 12 meses i = 1,7% ao mês (0,017) PV = ? PV = 27.500,00 (1 + 0,017) 12 PV = 27.500,00 (1,017) 12 PV = 27.500,00 1,224197 PV = 22.463,70 b) Qual o valor de resgate de uma aplicação de $ 12.000,00 em um título pelo prazo de 8 meses à taxa de juros composta de 3,5% a.m.? Solução: PV = $ 12.000,00 n = 8 meses i = 3,5% ao mês (0,035) FV = ? FV FV FV FV = = = = 12.000 (1 + 0,035) 8 12.000 (1,035) 8 12.000 x 1,316809 15.801,71 20
  • 21. c) A loja “Leve Tudo” financia a venda de uma máquina no valor de 10.210,72, sem entrada, para pagamento em uma única prestação de R$ 14.520,68 no final de 276 dias. Qual a taxa mensal cobrada pela loja? Solução: PV = $ 10.210,72 FV = $ 14.520,68 n = 276 dias i mensal = ? i = {[1,422101...] 0,108696... -1} x 100 i = 0,039018 x 100 i = 3,90% d) Em que prazo um empréstimo de R$ 24.278,43 pode ser liquidado em um único pagamento de R$ 41.524,33, sabendo-se que a taxa contratada é de 3% ao mês? Solução: PV = $ 24.278,43 FV = $ 41.524,33 i = 3% ao mês (0,03) n =? n = LN (41.524,33 / 24.278,43) LN (1 + 0,03) LN (1,710338) n = LN (1,03) 0,536691... n = 0,029559... 18,156731...meses n = 21
  • 22. e) Calcular os juros de uma aplicação de capital de R$ 1.000,00 pelo prazo de 5 meses à taxa de 10% ao mês: Solução: PV = $ 1.000,00 i = 10% ao mês (0,10) n = 5 meses J = ? J= J= J= J= J= 3.5.2. 1.000 [(1 + 0,10) 5 -1] 1.000 [(1,10) 5 -1] 1.000 [1,610510 -1] 1.000 [0,61051] 610,51 Cálculo dos Juros Compostos para Períodos não Inteiros As operações de juros compostos para períodos não inteiros podem ser facilitadas se adotarmos a convenção de prazos para dias, vejamos a seguir: 1 ano exato = 365 ou 366 dias; 1 ano = 360 1 semestre = 180 dias 1 trimestre = 90 dias; 1 mês comercial = 30 dias; 1 mês exato = 29 a 31 dias; 1 quinzena = 15 dias. Quando deparamos com este tipo de situação devemos considerar o prazo n = qq/qt, sempre considerando o prazo em dias: n = qq (quanto quero) qt (quanto tenho) Sendo assim, teremos a seguinte fórmula do Valor Futuro (FV): 22
  • 23. Exemplo: Determinar o montante de uma aplicação de R$ 13.500,00, negociada a uma taxa de 25% ao ano, para um período de 92 dias pelo regime de juros compostos. Solução: PV = $ 13.500,00 i = 25% ao ano (360 dias) n = 92 dias FV = ? FV FV FV FV = = = = 3.5.3. 13.500 (1 + 0,25) 92/360 13.500 (1,25) 0,255556 13.500 (1,058683) 14.292,22 Exercícios 1) Calcular o valor futuro ou montante de uma aplicação financeira de R$ 15.000,00, admitindo-se uma taxa de 2,5% ao mês para um período de 17 meses. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 2) Calcular o capital aplicado pelo prazo de 6 meses a uma taxa de 1,85% ao mês, cujo valor resgatado foi de R$ 98.562,25. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 23
  • 24. 3) Durante quanto tempo uma aplicação de R$ 26.564,85 produziu um montante de R$ 45.562,45 com uma taxa de 0,98% ao mês? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4) Qual a taxa de juros mensal necessária para um capital R$ 2.500,00 produzir um montante de R$ 4.489,64 durante um ano? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5) Determinar juros obtidos através de uma aplicação de R$ 580,22 com uma taxa de 4,5% durante 7 meses. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 6) Determinar o valor de um investimento que foi realizado pelo regime de juros compostos, com uma taxa de 2,8% ao mês, produzindo um montante de R$ 2.500 ao final de 25 meses. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 24
  • 25. 7) Quanto rende um capital de R$ 4.000,00 aplicado por 10 meses a juros compostos de 2% a.m.? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 8) Tenho R$ 10.000,00 e aplico em uma caderneta de poupança 23% do valor, a uma taxa de 2,5% ao mês a juros compostos durante 4 bimestres. Qual o valor do resgate final do período?. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 9) José pretende aplicar R$ 30.000. Ele fez uma análise em três bancos diferentes. Veja a tabela abaixo com as condições oferecidas por cada banco. BANCO X Y Z Taxa 2% a.m. 2% a.t. 2,5% a.m. Prazo 2 bimestre 2 trimestre 4 meses a) Calcule o montante referente as condições por cada banco: ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ b) Qual é a melhor opção? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 25
  • 26. 3.5.4. Taxas Equivalentes a Juros Compostos Duas taxas são consideradas equivalentes se, considerados o mesmo prazo da aplicação e o mesmo capital, produzem o mesmo montante. Onde: ieq = taxa equivalente ic = taxa conhecida qq = quanto eu quero qt = quanto eu tenho Exemplo: Calcular a equivalência entre as taxas: Taxa Conhecida Taxa Equivalente para: a) 79,5856% ao ano 1 mês b) 28,59% ao trimestre 1 semestre c) 0,5 ao dia 1 ano a) Solução: 01 / 12 i= {(1 + 0,795856) - 1} . 100 eq 0,083333 i= { (1,795856) - 1} . 100 { (1,049997) - 1} . 100 { 0,049997 } . 100 eq i= eq i= eq i= 5% ao mês eq 26
  • 27. b) Solução: 02 / 01 i= {(1 + 0,2859) - 1} . 100 eq 2 i= { (1,2859) - 1} . 100 { (1,653539) - 1} . 100 { 0,653539 } . 100 eq i= eq i= eq i= 65,35% ao semestre eq c) Solução: 360 / 1 i= {(1 + 0,005) - 1} . 100 eq 360 i= { (1,005) - 1} . 100 { (6,022575) - 1} . 100 { 5,022575 } . 100 eq i= eq i= eq i= 502,26% ao ano eq 3.5.5. Exercícios de Taxa Equivalente 1) Determinar a taxa: a) Anual equivalente a 2% ao mês. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 27
  • 28. b) Mensal equivalente a 60,103% ao ano. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ c) Anual equivalente a 0,1612% ao dia. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 28
  • 29. 3.6. DESCONTOS É a denominação dada a um abatimento que se faz quando um título de crédito é resgatado antes de seu vencimento. É uma operação tradicional do mercado financeiro e no setor comercial, em que o portador de títulos de crédito, tais como letras de câmbio, notas promissórias e etc., pode levantar fundos em um banco descontando o título antes do vencimento. O Banco naturalmente, libera uma quantia menor do que o valor inscrito no título, dito nominal. Podemos classificar os tipos de descontos como Simples (método linear) e Composto (método Simples). 3.6.1. DESCONTO SIMPLES São identificados dois tipos de descontos simples: o desconto racional (ou “por dentro”) e o desconto comercial ou bancário (ou “por fora”) 3.6.1.1. Desconto Racional Simples ou “por dentro” O valor do desconto é a diferença entre o valor futuro ((VN) valor nominal, valor de face) e o valor atual ((VL) valor líquido, valor presente, liberado na data do desconto) calculado a juros simples. Vamos aplicar as seguintes fórmulas: Para calcular o desconto racional simples: O desconto racional simples (DRS) pode também ser encontrado diretamente pela seguinte fórmula: Para calcular o valor líquido: O valor líquido (VL) também pode ser encontrado pela seguinte fórmula: 29
  • 30. Exemplo 01: Um título de valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes de seu vencimento, à taxa de juros simples de 2,5% ao mês. Qual o desconto racional simples e o valor líquido? Solução: VN = $ 25.000,00 n = 2 meses i = 2,5% ao mês (0,025) DRS = ? VL = ? DRS = 25.000,00 . 0,025 . 2 (1 + 0,025 . 2) DRS = 1.250,00 1,05 DRS = 1.190,48 VL = VN - DRS VL = 25.000 - 1.190,48 VL = 23.809,52 É importante registrar que o juro incide sobre o capital (valor atual) do título, ou seja, sobre o capital liberado da operação. A taxa de juro (desconto) cobrada representa, dessa maneira, o custo efetivo de todo o período do desconto. 3.6.1.2. Desconto Bancário ou Comercial ou “por fora” Simples O valor do desconto é obtido multiplicando-se o valor nominal do título pela taxa de desconto fornecida pelo banco pelo prazo a decorrer até o vencimento do título. Vamos expressar esta situação através da seguinte fórmula: OBS: caso a dívida seja prorrogada: VL = VN + DBS 30
  • 31. Exemplo 02: Um título de valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 2 meses antes de seu vencimento, à taxa de juros simples de 2,5% ao mês. Qual o desconto comercial (bancário) simples e o valor líquido? Solução: VN = $ 25.000,00 n = 2 meses i = 2,5% ao mês (0,025) DBS = ? VL = ? DRS = 25.000,00 . 0,025 . 2 DRS = 1.250,00 VL = VN - DRS VL = 25.000 - 1.250,00 VL = 23.750,00 Observe que o maior valor dos juros cobrado pelo título deve-se ao fato de o desconto “por fora” ser aplicado diretamente sobre o valor nominal e não sobre o valor atual como é de característica das operações de desconto racional. 3.6.1.3. Exercícios de Descontos Simples 1) Qual o valor do desconto comercial simples de um título de R$ 3.000,00, com vencimento para 90 dias, à taxa de 2,5% ao mês? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 2) Qual a taxa mensal simples de desconto comercial utilizada numa operação a 120 dias cujo valor nominal é R$ 1.000,00 e cujo valor líquido é de R$ 880,00? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 31
  • 32. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 3) Uma duplicata de R$ 32.000,00, com 90 dias a decorrer até o vencimento, foi descontada comercialmente por um banco à taxa de 2,70% ao mês. Calcular o valor líquido entregue ou creditado ao cliente. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4) Um título com valor nominal de R$ 110.000,00 foi resgatado 2 meses antes do seu vencimento, sendo-lhe por isso concedido desconto racional simples à taxa de 60% ao mês. Neste caso, de quanto foi o valor pago pelo título? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5) Um título com o valor nominal de R$ 3.836,00 foi resgatado 4 meses antes do seu vencimento, tendo sido concedido um DRS à taxa de 10% ao mês. De quanto foi o valor pago pelo título? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 32
  • 33. 6) Um título com valor nominal de R$ 7.420,00 foi resgatado 2 meses antes do seu vencimento, sendo-lhe por isso concedido um desconto racional simples à taxa de 20% ao mês. Neste caso, de quanto foi o valor pago pelo título? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 7) Em uma operação de resgate de um título, a vencer em 4 meses, a taxa anual empregada deve ser de 18% ao ano. Se o desconto comercial simples é de R$ 180,00, qual o valor nominal do título? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 8) O DCS de um título 4 meses antes do seu vencimento é de R$ 800,00. Considerando uma taxa de 5% ao mês, obtenha o valor nominal. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 33
  • 34. 3.6.2. DESCONTO COMPOSTO São identificados dois tipos de descontos composto: o desconto racional (ou “por dentro”) e o desconto comercial ou bancário (ou “por fora”) 3.6.2.1. Desconto Racional Composto ou “por dentro” O desconto composto é aquele que a taxa de desconto incide sobre o montante (M), (FV) ou (VN). Utilizaremos todas as metodologias anteriores para os cálculos do desconto composto. Exemplo 01: Determinar o desconto racional composto de um título de valor nominal de R$ 5.000,00 considerando uma taxa de juros compostos de 3,5% ao mês, sendo descontado 3 meses antes de seu vencimento. Solução: VN = $ 5.000,00 n = 3 meses i = 3,5% ao mês (0,035) DRC = ? VL = ? VL = 5.000 (1 + 0,035) VL = 5.000 1,035 VL = 3 5.000 1,10872 VL = 3 3 4.509,71 DRC = 5.000 - 4.509,71 DRC = $ 490,29 34
  • 35. 3.6.2.2. Desconto Bancário ou Comercial ou “por fora” Composto Considere um título de Valor Nominal (VN), com vencimento em um período (n), e um Valor Líquido (VL), que produz um Valor Futuro (FV) igual a VN, quando aplicado por (n) períodos a uma taxa composta de descontos (i) por período. Vamos verificar: Exemplo 02: Uma duplicata no valor de R$ 25.000,00, 60 dias para o seu vencimento, é descontada a uma taxa de 2,5% ao mês, de acordo com o conceito de desconto composto. Calcular o valor líquido creditado na conta e o valor do desconto bancário concedido. Solução: VN = $ 25.000,00 n = 60 dias = 2 meses i = 2,5% ao mês (0,025) VL = ? DBC = ? VL = 25.000 (1 + 0,025) VL = 25.000 (1,025) VL = 25.000 . 0,9518144 VL = -2 23.795,35 -2 DBC = 25.000 - 23.795,35 DBC = 3.6.2.3. 1.204,64 Exercícios de Descontos Compostos 1) Um título no valor nominal de R$ 59.895,00 foi pago 3 meses antes do vencimento. Se a taxa mensal de desconto racional composto era de 10%, de quanto era o valor líquido deste título? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 35
  • 36. 2) Determinar o desconto racional composto de um título de valor nominal de R$ 3.000,00 considerando uma taxa de juros compostos de 1,8% ao mês, sendo descontado 4 meses antes do seu vencimento. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 3) Uma duplicata de R$ 17.000,00, 90 dias para o seu vencimento, é descontada a uma taxa de 1,5% ao mês, de acordo com o conceito de desconto composto. Calcular o valor líquido creditado na conta e o valor do desconto bancário concedido ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 4) Determine o valor do DRC de um título de valor nominal de R$ 6.200,00, descontado 5 meses antes do vencimento, sendo à taxa de 3% ao mês. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 5) Calcule o DRC obtido em um título de valor nominal R$ 3.800,00, resgatado 8 meses antes do vencimento, sendo à taxa de desconto de 30% ao ano. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 36
  • 37. ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 6) Um título no valor nominal de R$ 25.000,00 é descontado 90 dias antes do vencimento à uma taxa de 1,5% ao mês. Qual o valor líquido e o DBC? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 7) Uma nota promissória de R$ 5.000,00 foi descontada comercialmente 60 dias antes do vencimento à uma taxa de 3% ao mês. Calcular o valor líquido e o DBC? ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ ________________________________________________________________ 37