O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Tapada da ajuda

A tapada da Ajuda e o ensino agrícola - uma história de percursos paralelos

  • Seja o primeiro a comentar

Tapada da ajuda

  1. 1. A Tapada da Ajuda e o ensino agrícola Pedro Aguiar Pinto Fev 2016
  2. 2. Bernardo de Claraval Reformador da Ordem de Cister Fundador do Mosteiro de Alcobaça que lhe foi doado por D. Afonso Henriques (1153) Sede portuguesa dos frades agrónomos Contemporâneos: Leonor de Aquitânia, Ricardo I, 2ª e 3ª cruzadas, Saladino, Frederico Barbaruiva, Robin Hood
  3. 3. Ora et labora Regra de São Bento
  4. 4. 1ª aula pública Couto de Alcobaça 1.ª aula pública em Portugal 11 de Janeiro de 1269 D. Afonso III ¡  1210-1279 ¡  Reinado 1248-1279 Contemporâneos: ¡  Filipe Augusto ¡  Kublai Khan ¡  Eduardo I longshanks
  5. 5. Universidade universitas magistrorum et scholarium Bologna (1088) Paris (1150) Oxford (1167) …. Palencia (1208) Salamanca(1218) Coimbra (1290) (1537) Liberdade académica Trivium: Gramática Retórica Lógica Quadrivium: Aritmética Geometria Música Astronomia
  6. 6. Capela de Santo Amaro 1549 Toponímia: R. da Junqueira Largo do Rio-Seco R. Prior-do- Crato
  7. 7. Batalha de Alcântara D. António, Prior do Crato Vs. Duque de Mântua (1580)
  8. 8. O que é uma tapada? ¡  mata vedada por muro geralmente destinada à criação de caça ¡  Tapada de Salvaterra de Magos ¡  Paço de Salvaterra de Magos (desde o séc. XIV até ao séc. XIX) ¡  Tapada de Vila Viçosa (séc. XVI) ¡  Paço dos duques de Bragança
  9. 9. Tapada das Necessidades D. João V 1742 10 ha
  10. 10. Tapada de Mafra D. João V 1747 1187 ha Muro 16 km
  11. 11. Tapada da Ajuda 100 ha Muro ? Km
  12. 12. Perímetro de uma área vedada conhecida ¡  Quadrado ¡  A= l x l ¡  Forma irregular ¡  Círculo ¡  A=πr2 ¡  Triângulo rectângulo isósceles ¡  A=(bxh)/2
  13. 13. Perímetro (p) de uma área vedada conhecida (100 ha) ¡  Quadrado ¡  P= 4 l ¡  A = l x l ¡  l = √A ¡  Perímetro = 4000 m ¡  Forma irregular ¡  Círculo ¡  P=2πr ¡  A=πr2 ¡  r = √(A/π) ¡  Perímetro = 3544,9 m ¡  Triângulo rectângulo isósceles ¡  P=2l+√2l2 ¡  A=(bxh)/2 ¡  A=(lxl) /2 ¡  l = √2A ¡  Perímetro = 4828,4 m
  14. 14. Paço de Alcântara Real Quinta do Calvário D. João IV
  15. 15. Tapada de Alcântara •  Filipe III (1637) Coutada de Alcântara •  D. João IV (1640-1656) Compra de quintas, hortas, prazos d’El- Rei •  Começou a vedação da Real Coutada
  16. 16. D. João V 1689-1750 Reinado 1706-1750 Contemporâneos: Louis XIV Louis XV Benjamin Franklin William III Filipe V (Bourbon)
  17. 17. Vale de Alcântara Gravura representando o Vale de Alcântara
  18. 18. Vale de Alcântara Fotografia de Joshua Benoliel
  19. 19. Aula do Comércio 1788 Início do ensino técnico Marquês de Pombal
  20. 20. Terramoto de 1755
  21. 21. Real Barraca D. José I (1750-1777) Contemporâneos: Louis XV George Washington Independência dos EUA (1776) Habitável (1761) Incêndio (1796)
  22. 22. Jardim Botânico da Ajuda 1768 Domenico Vandelli
  23. 23. Dicionário de História Natural (1788) Domenico Vandelli (1735-1816) Director do Real Jardim Botânico e Lente de Química e de História Natural da Universidade de Coimbra
  24. 24. D. Maria I 1734 -1816 Reinado 1777-1816 Contemporâneos: Louis XVI Revolução Francesa (1789) Napoleão Bonaparte Coroação de Napoleão (1804) Invasões francesas (1807-1811) Partida para o Brasil (1807)
  25. 25. Junot 1771 -1813 Invasões francesas (1807-1811)
  26. 26. Albrecht Thaer Médico, funda em 1802 a primeira Escola Superior de Agronomia em Möglin (Alemanha)
  27. 27. D. Maria II 1819 -1853 Reinado 1834-1853 Regresso da corte a Lisboa (1822) Independência do Brasil (1822) Guerras liberais (1828-1834)
  28. 28. José Maria Grande (1799-1857) Médico, 1º director do Instituto Agrícola e Escola Regional de Lisboa criado em 1852 Leccionava a disciplina de Botãnica e Princípios de Agricultura na Escola Politécnica que havia sido criada em 1837
  29. 29. Instituto Agrícola de Lisboa Estabelecia a Lei de 1852 três graus diferentes de ensino: ¡  "1. O ensino mechanico ou de officio para os homens do campo, ganha-pães ou jornaleiros, verdadeiros instrumentos de lavoura; ¡  2. O ensino artistico ou secundário, já mais elevado, ao mesmo tempo prático e theorico, com destino a feitores ou chefes de culturas; ¡  3. O ensino superior e scientifico, principalmente destinado a agrónomos, individuos com preparação mais completa e estudo desenvolvido, habilitados a dirigir as grandes explorações agrícolas."
  30. 30. Palácio da Cruz do Taboado Até há pouco tempo FMV, agora Polícia Judiciária
  31. 31. Palácio e Quinta da Bemposta Onde hoje é a Academia Militar eram as aulas práticas
  32. 32. D. Pedro V 1837-1861 Reinado 1853-1861 Em 1860, D. Pedro V ordenou, em homenagem à sua falecida esposa, a edificação do Hospital da Bemposta (nome antigo), que só ficaria pronto sete anos depois, durante o reinado de seu irmão, D. Luís I. D. Luís, por sua vez, cedeu os direitos de propriedade e pertenças do hospital ao Estado português, em 23 de junho de 1872. O povo português acabaria chamando-o definitivamente de Hospital de Dona Estefânia. Grande apoio financeiro e empenho pessoal na construção do Observatório
  33. 33. Observatório Astronómico de Lisboa (1878)
  34. 34. Alexandre Herculano (1810-1877) Educador de D. Pedro V Em 1867 retirou-se para a sua quinta de Vale de Lobos (Azóia de Baixo) dedicando-se à vida de agricultor
  35. 35. Instituto Geral de Agricultura (1864) Resulta da junção do Instituto Agrícola de Lisboa e da Escola Veterinária Militar. As práticas do curso de Agronomia passaram a efectuar-se na Granja do Marquês, em Sintra (actual Base Aérea nº1) (quinta arrendada à Família do Marquês de Pombal para nela ser estabelecida a QUINTA REGIONAL DE CINTRA, primeira em Portugal dedicada a uma agricultura e zootecnia cientificamente elaboradas)
  36. 36. D. Luís I 1838-1889 Reinado 1861-1889 Contemporâneos: Vitor Emanuel II Rainha Vitória Bismark Abraham Lincoln Napoleão III Pony Express
  37. 37. Palácio da Ajuda Residência real a partir de 1862
  38. 38. Land-grant Universities Morrill Acts 1862 1890
  39. 39. Pavilhão de exposições (1884)
  40. 40. Emygdio Navarro (1799-1905) 1886 O Instituto Geral de Agricultura passa a denominar-se Instituto de Agronomia e Veterinária na 4ª reforma do ensino agrícola que também cria cinco escolas agrícolas (nomeadamente, Viseu, Coimbra, Santarém)
  41. 41. Regicídio Assassinato de D. Carlos I (1863-1908) e do príncipe herdeiro D. Luís Filipe (1887-1908) Rainha D. Amélia de Orleans e Bragança (1865-1951)
  42. 42. Challet “Amélia”
  43. 43. Challet “Amélia” (1911)
  44. 44. Challet “Amélia” (2010)
  45. 45. 1910 5 de Outubro – Implantação da República 12 de Dezembro – Criação do Instituto Superior de Agronomia Entrega da Tapada da Ajuda ao Instituto Superior de Agronomia, com excepção da área destinada ao Observatório Astronómico Criação dos cursos de Agronomia e Silvicultura
  46. 46. 1911 Universidade de Lisboa Universidade do Porto
  47. 47. Fins úteis à agricultura e ao ensino
  48. 48. Mapa topográfico da Tapada da Ajuda
  49. 49. Projecto inicial do Edifício principal (1914) O Edifício Principal do ISA, na Tapada da Ajuda, projectado pelo Arquitecto Adães Bermudes (1864-1948), foi inaugurado em 1917. Apresenta uma estrutura quadrática com claustro e arcadas incompletas
  50. 50. Edifício principal do Instituto Superior de Agronomia (MCMXVII)
  51. 51. UTL O decreto-lei 19031 de 2 de Dezembro de 1930 cria a Universidade Técnica de Lisboa que o Instituto Superior de Agronomia passa a integrar FMV (ESMV) ISA ISEG (ISCEF) IST FA (1979) FMH (ISEF, 1976) ISCSP (ISEU, 1961)
  52. 52. 1942 Arquitectura Paisagista Francisco Caldeira Cabral Estádio nacional
  53. 53. 1952 Grande reforma curricular Agronomia ¡  Agro-Pecuária ¡  Fitosanidade ¡  Indúsrtrias Agrícolas ¡  Melhoramentos Rurais Silvicultura ¡  Silvicultura Geral ¡  Tecnologia florestal Curso livre de Arquitectura Paisagista Curso livre de Agronomia Tropical
  54. 54. Várias reformas curriculares 1979 e 1981 ¡  Eng.ª Agronómica ¡  Eng.ª Florestal ¡  Eng.ª Agro-Industrial ¡  Arquitectura Paisagista 1986 ¡  Eng. Agronómica ¡  Fitotecnia ¡  Produção Animal ¡  Eng.ª Rural ¡  Economia Agrária e Sociologia Rural ¡  Protecção de plantas ¡  Agronomia Tropical ¡  Eng.ª Florestal ¡  Produção florestal ¡  Gestão dos Recursos Naturaiis ¡  Tecnologia dos Produtos Florestais ¡  Eng.ª Agro-Industrial ¡  Arquitectura Paisagista
  55. 55. Várias reformas curriculares 2004 ¡  Eng.ª Agronómica ¡  Eng.ª Florestal ¡  Eng.ª Alimentar ¡  Arquitectura Paisagista ¡  Eng.ª Zootécnica (1998) ¡  Eng.ª do Ambiente (2002) ¡  Biologia (2004) 2006 (Bolonha) ¡  Eng.ª Agronómica ¡  Eng.ª Florestal ¡  Eng.ª Alimentar ¡  Arquitectura Paisagista ¡  Eng.ª Zootécnica ¡  Eng.ª do Ambiente ¡  Biologia
  56. 56. Universidade de Lisboa (2013) ¡  Faculdade de Arquitetura (FA) ¡  Faculdade de Belas-Artes (FBA) ¡  Faculdade de Ciências (FC) ¡  Faculdade de Direito (FD) ¡  Faculdade de Farmácia (FF) ¡  Faculdade de Letras (FL) ¡  Faculdade de Medicina (FM) ¡  Faculdade de Medicina Dentária (FMD) ¡  Faculdade de Medicina Veterinária (FMV) ¡  Faculdade de Motricidade Humana (FMH) ¡  Faculdade de Psicologia (FP) ¡  Instituto de Ciências Sociais (ICS) ¡  Instituto de Educação (IE) ¡  Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT) ¡  Instituto Superior de Agronomia (ISA) ¡  Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) ¡  Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) ¡  Instituto Superior Técnico (IST)
  57. 57. Antigos alunos Aluno nº 4852
  58. 58. Aulapráticade TopografiaeElementos deGeodesia(1974)
  59. 59. Horto de Culturas Arvenses Campo de Culturas Energéticas Hortas pessoais
  60. 60. Horto de Culturas Arvenses
  61. 61. Terra Grande
  62. 62. Terra Grande
  63. 63. 1.  Observatório 2.  Jardim da Parada 3.  Abegoaria 4.  Pavilhão de exposições 5.  Vacaria 1 2 3 4 5
  64. 64. Abegoaria Actual sede do SEMEAR
  65. 65. Pavilhão de exposições
  66. 66. Vacaria
  67. 67. 1.  Eira Velha 2.  Cova do Sobreiro 3.  Horta e pomar de pomóideas 4.  Geradora 5.  Olival dos Coelhos 1 2 3 4 5
  68. 68. Cova do Sobreiro
  69. 69. Eira Velha
  70. 70. Geradora
  71. 71. Geradora
  72. 72. Geradora
  73. 73. 1. Geradora 2. Almotivo 3. Olival novo 4. Vinha da meia-encosta 1 2 3 4
  74. 74. Vinha da Meia Encosta

×