Fabrício Cristiano PangoniData: 09/11/2012
Interconexão entre dois equipamentos que possuemdiferentes funções e que não poderiam se conectar diretamente,como por exe...
“ A Verdadeira doença mortal que permeia as sociedadessecuralizadas [...]„                                         (Bruno ...
Características da Modernidade:              TEOCENTRISMO        ANTROPOCENTRISMO                                     EMAN...
A criação não é sagrada, nem divina, nemsobrenatural. Toda tentativa de sacralizar realidades tangíveis,imanentes e provis...
Também não é divina. Terreno da operacionalidade eda interferência do ser humano. Podendo e devendo ser modificadapelo mes...
As    lutas   pelajustiça, pelos direitos humanos contra toda forma de opressão, vãoser na verdade, lutas sagradas, mesmo ...
A secularização vai lembrar-nos que a emancipação do ser humanonão significa o crepúsculo de Deus. Se em uma das faces é i...
Falta de Crença em Deus. Dispensa a idéia ou aintuição da divindade, quer sob o angulo teórico, que sob o anguloprático.
Culto a                  Eficácia ouMercado   personalidade                          Progresso                 Poder   Pra...
Ateísmo e Cristianismo, pois, necessitam expor-se mutuamente ácrítica. Contribuindo assim, contra a proliferação de novasp...
A história das religiões mostra uma pluridade de tradições evariações dentro de cada tradição.
Eclesiocentrismo          Cristocentrismo        Tendência TeocêntricaNão há salvação fora da   A salvação vem em, por    ...
Na consciência da existência e convivência de várias religões,experimenta-se o dilaceramento entre o amor e a verdade.
Para realmente dialogar num mundo plurirreligioso, oscristãos precisam estar dispostos a encontrar palavras novaspara dize...
Bíblia  RituaisExperiênciacom Deus?
Implica em um constante e agudo discernimento que fará comque a vivência da própria fé e a reflexão sobre ela devam ser,ma...
Qualidade do que é outro.
)
A sacralidade em tempos de secularidade faz-nosrepensar a maneira de fazer teologia.Fazendo-a em contínua e fecunda interf...
Faces e interfaces da sacralidade em um mundo secularizado
Faces e interfaces da sacralidade em um mundo secularizado
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Faces e interfaces da sacralidade em um mundo secularizado

375 visualizações

Publicada em

Material apresentado em sala para o capitulo em questao

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
375
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Faces e interfaces da sacralidade em um mundo secularizado

  1. 1. Fabrício Cristiano PangoniData: 09/11/2012
  2. 2. Interconexão entre dois equipamentos que possuemdiferentes funções e que não poderiam se conectar diretamente,como por exempo, o modem. Total autonomia de um mundo que secompreende de maneira imanente em relação a religiãoinstituicional. Aquilo que o humano não pode entender nemmanipular, nem muito menos colocar a serviço de si mesmo pararealizar sua própria salvação. A presença do sagrado, do santo, dotranscendente, com suas faces e interfaces dentro de umasociedade que perdeu seu sentido e sua consciência.
  3. 3. “ A Verdadeira doença mortal que permeia as sociedadessecuralizadas [...]„ (Bruno Forte)
  4. 4. Características da Modernidade: TEOCENTRISMO ANTROPOCENTRISMO EMANCIPADA E CIÊNCIA TUTELADA AUTÔNOMA HETERONOMIA AUTONOMIA RELIGIÃO COMO CONCEPÇÃO DO MUNDO EXPLICAÇÃO DE MUNDO
  5. 5. A criação não é sagrada, nem divina, nemsobrenatural. Toda tentativa de sacralizar realidades tangíveis,imanentes e provisórias desvia o olhar da reta compreensão de queum só é Deus. O mundo fala daquele que o criou e proclama sua glória.
  6. 6. Também não é divina. Terreno da operacionalidade eda interferência do ser humano. Podendo e devendo ser modificadapelo mesmo. História Cronológica, onde encontra-se a manifestação do Sagrado.
  7. 7. As lutas pelajustiça, pelos direitos humanos contra toda forma de opressão, vãoser na verdade, lutas sagradas, mesmo acontecendo em plenasecularidade. "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?" (I Coríntios 6 : 19)
  8. 8. A secularização vai lembrar-nos que a emancipação do ser humanonão significa o crepúsculo de Deus. Se em uma das faces é inimigada religião institucionalizada, pode porém, fazer interface, com umaceitável nível de cordialidade com a experiência humana da fé.
  9. 9. Falta de Crença em Deus. Dispensa a idéia ou aintuição da divindade, quer sob o angulo teórico, que sob o anguloprático.
  10. 10. Culto a Eficácia ouMercado personalidade Progresso Poder Prazer Utilitarsmo
  11. 11. Ateísmo e Cristianismo, pois, necessitam expor-se mutuamente ácrítica. Contribuindo assim, contra a proliferação de novaspropostas religiosas.
  12. 12. A história das religiões mostra uma pluridade de tradições evariações dentro de cada tradição.
  13. 13. Eclesiocentrismo Cristocentrismo Tendência TeocêntricaNão há salvação fora da A salvação vem em, por Deus é o mesmo instituição. e através de Cristo I.C.A.R. Teólogos Religões Monoteístas A teologia Cristã é teocêntrica sendo cristocêntrica e vice-versa.
  14. 14. Na consciência da existência e convivência de várias religões,experimenta-se o dilaceramento entre o amor e a verdade.
  15. 15. Para realmente dialogar num mundo plurirreligioso, oscristãos precisam estar dispostos a encontrar palavras novaspara dizer coisas antigas e tradicionais e fazer-se entender.
  16. 16. Bíblia RituaisExperiênciacom Deus?
  17. 17. Implica em um constante e agudo discernimento que fará comque a vivência da própria fé e a reflexão sobre ela devam ser,mais do que nunca, submetidas a um discernimento e a umareflexão sobre o coração mesmo de sua identidade.
  18. 18. Qualidade do que é outro.
  19. 19. )
  20. 20. A sacralidade em tempos de secularidade faz-nosrepensar a maneira de fazer teologia.Fazendo-a em contínua e fecunda interface com aciência da religião e a espiritualidade, incluindo arazão. Que foi a maior garantia e segurança daveracidade do discurso teológico.

×