Pammela Cristina da Silva Franco           Tecnófilo
Motivos para o uso do computador na              educação básica.• O processo da informatização da sociedade já atinge  o ...
A Informática Educativa• A Informática Educativa privilegia a utilização do  computador como a ferramenta pedagógica que  ...
• É necessário que se repense qual o significado da  aprendizagem.• Que crie novos modelos metodológicos, em que, o  sujei...
• Facilitar a produção de redação pelos alunos. O  computador dá possibilidade de redigir e alterar a  redação com mais ag...
O papel do professor• As máquinas não substituirão o professor.• Ele é quem vai dinamizar todo este novo processo de  ensi...
• O professor deve ter uma formação que ofereça  condições para construir conhecimento sobre as  técnicas computacionais e...
Conclusão• A informatização está cada vez mais presente e  necessário em nossa sociedade. E a escola tem o  papel de prepa...
Referências• CHAVES, Eduardo. O. C. O computador na  Educação.                     Disponível       em:  http://www.ich.pu...
Referências• CHAVES, Eduardo. O. C. O computador na  Educação.                     Disponível       em:  http://www.ich.pu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atividade 11

154 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
154
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atividade 11

  1. 1. Pammela Cristina da Silva Franco Tecnófilo
  2. 2. Motivos para o uso do computador na educação básica.• O processo da informatização da sociedade já atinge o Brasil e caminha com rapidez.• A escola tem a responsabilidade de se preocupar em oferecer a melhor preparação possível para que os alunos possam viver e atuar numa sociedade informatizada.• O computador pode ser um recurso de suporte à aprendizagem, com inúmeras possibilidades pedagógicas.
  3. 3. A Informática Educativa• A Informática Educativa privilegia a utilização do computador como a ferramenta pedagógica que auxilia no processo de construção do conhecimento.• O computador deve ser usado considerando o desenvolvimento dos componentes curriculares.• O computador não ensina o aprendiz, mas é uma ferramenta com a qual o aluno desenvolve algo e, portanto, o aprendizado ocorre pelo fato de estar executando uma tarefa por intermédio do computador.
  4. 4. • É necessário que se repense qual o significado da aprendizagem.• Que crie novos modelos metodológicos, em que, o sujeito descobre, constrói e modifica, de forma criativa seu próprio conhecimento. Ou seja, estimular a auto- aprendizagem, que traz consigo o prazer da descoberta.• O aprender deve ser, via de regra, algo agradável e divertido, que traz prazer, e não algo maçante e indigesto, que tem lugar por mera obrigação.• Possibilidade de jogos pedagógicos, que pretendem ser divertidos, mesmo quando estão promovendo a aprendizagem.
  5. 5. • Facilitar a produção de redação pelos alunos. O computador dá possibilidade de redigir e alterar a redação com mais agilidade. Podendo o aluno concentrar-se no conteúdo.• Incluir crianças com necessidades educacionais especiais que tem mais facilidade de comunicar e realizar tarefas pelo computador.
  6. 6. O papel do professor• As máquinas não substituirão o professor.• Ele é quem vai dinamizar todo este novo processo de ensino-aprendizagem por intermédio dessa ferramenta, explorando-a ao máximo com criatividade, conseguindo o intuito maior da Informática Educativa: mudança, dinamização, envolvimento, por parte do aluno na aprendizagem.• Precisa compreender que não é mais a única fonte de informação, o transmissor do conhecimento, aquele que ensina, mas aquele que faz aprender, tornando- se um mediador entre o conhecimento e a realidade.
  7. 7. • O professor deve ter uma formação que ofereça condições para construir conhecimento sobre as técnicas computacionais e entender por que e como integrar o computador na sua prática pedagógica.
  8. 8. Conclusão• A informatização está cada vez mais presente e necessário em nossa sociedade. E a escola tem o papel de preparar o aluno para atuar nesse contexto. O computador deve ser usado como recurso de suporte à aprendizagem. O professor é quem vai dinamizar todo este novo processo de ensino-aprendizagem, definindo o que pode ser feito de melhor com o auxilio do computador e o que pode ser feito sem ele. Sendo necessário que o professor repense qual o significado da aprendizagem, compreendendo que não é mais a única fonte de informação, mas aquele que faz aprender, tornando-se um mediador entre o conhecimento e a realidade.
  9. 9. Referências• CHAVES, Eduardo. O. C. O computador na Educação. Disponível em: http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm . Acesso em: 10 março 2013• ROCHA, Sinara Socorro Duarte. O uso do computador na Educação: a informática educativa. Revista Espaço Acadêmico. N 85, mensal, jun 2008. Ano VIII, ISSN 1519.6186. Disponível em: http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm . Acesso em: 10 março 2013
  10. 10. Referências• CHAVES, Eduardo. O. C. O computador na Educação. Disponível em: http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm . Acesso em: 10 março 2013• ROCHA, Sinara Socorro Duarte. O uso do computador na Educação: a informática educativa. Revista Espaço Acadêmico. N 85, mensal, jun 2008. Ano VIII, ISSN 1519.6186. Disponível em: http://www.ich.pucminas.br/pged/db/wq/wq_pmv/index.htm . Acesso em: 10 março 2013

×