SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 25
Softwares para dimensionamento redes de
abastecimento de água e coleta de esgoto.
CRedes e CEsg
Trabalho apresentado por Camila Gutierrez; Neucy Barreto; Pamella Lima
CRedes
Sobre o CRedes
Método dos Seccionamentos Fictícios, o Método de Hardy-Cross de Iteração de
Vazões, o Método Nodal com Convergência por Iteração de Pressões e o Método
Nodal com Convergência pela Técnica de Newton-Raphson
• Foi desenvolvido pela FCTH – Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica, da
Universidade de São Paulo (USP);
• Pode ser utilizado em várias fases do projeto de uma rede de distribuição, desde seu
traçado até o orçamento financeiro da obra. Desenvolve-se um projeto de uma rede de
distribuição de água com este programa para possibilitar uma avaliação mais precisa;
Sobre o CRedes
• Como dados de entrada, o programa aceita plantas em formato eletrônico, com uma
extensão compatível com um dos softwares mais utilizados por projetistas civis, o
AutoCad. A partir dessas plantas, em que devem estar representados as curvas de nível,
o arruamento e as cotas de vários pontos, é possível criar a rede desejada, com quantos
elementos de nós e tubos forem necessários;
• Em cada elemento de nó é possível estabelecer cinco diferentes tipos de condição de
contorno, de forma que o nó se apresente como: um reservatório, um ponto concentrador
da vazão da área de influência, uma válvula de controle, uma válvula redutora de pressão
ou um “booster” em linha;
• Escolhidos os diâmetros dos tubos é realizado o cálculo das vazões. Caso o usuário não
deseje escolher o diâmetro de alguns tubos, o programa fornece um valor de diâmetro que
satisfaça às condições de bom funcionamento da rede;
Sobre o CRedes
• O banco de dados do CRedes é bastante completo, embora apresente primordialmente
produtos da marca Tigre. São apresentadas as especificações mais relevantes de cada
produto, como, por exemplo, curvas características de bombas, valor de abertura padrão
das válvulas de controle, etc. Estas especificações podem ser alteradas a critério do
usuário;
• Um módulo bastante útil do CRedes é o de orçamento, no qual é realizado o
levantamento dos principais serviços a serem executados, bem como a volumetria dos
materiais;
Sobre o CRedes
• Os resultados dos cálculos realizados pelo programa são apresentados tanto na forma
gráfica como em planilhas. São indicados os nós e tubos que não apresentam as
condições aceitáveis de funcionamento. Isto facilita a decisão a ser tomada pelo
usuário para adequar a rede;
• A qualquer momento é permitido ao usuário modificar o desenho da rede, criando,
removendo ou deslocando elementos de nós e de tubos. Um dos destaques deste
programa é a facilidade e a praticidade com que são realizadas alterações gráficas.
Sobre o CRedes
Funcionamento
O primeiro passo a ser tomado
para a realização de um projeto
usando o CRedes é a entrada
com os dados topográficos da
rede. Primeiramente acessa-se
Arquivos/Lê DFX de topografia
e escolhe-se os layers relativos
aos elementos topográficos,
conforme mostra a Figura C.1.
Funcionamento
Funcionamento
Funcionamento
Funcionamento
Aplicação
Com o software
CRedes 2001 foi
realizado um projeto
de dimensionamento
de rede de
distribuição de água
potável de uma
determinada região da
cidade de São José
dos Campos.
Aplicação
Aplicação
CEsg
Sobre o CEsg
• Foi desenvolvido pela FCTH – Fundação Centro Tecnológica de Hidráulica para
Tubos e Conexões Tigre Ltda. Possui foco em dimensionar redes urbanas de
esgotamento sanitário.
• O programa, além de dimensionar a rede, apresenta uma planilha de
quantitativos e estimativas de custos. É um software gratuito, bastante
difundido e desenvolvido em ambiente Windows
• Possui uma interface bastante intuitiva e de fácil compreensão, a planta pode
ser importada do AutoCAD facilmente. Após o desenho do traçado e
dimensionamento da rede os dados finais podem ser exportados tanto para
AutoCAD (traçado da rede) quanto para o Excel (Planilha de resultados).
Sobre o CEsg
• Os dados mínimos necessários para o projeto são:
Topografia da área: deve ser preparada em arquivos tipo DXF (drawing
interchange file) contendo apenas as curvas de nível da área necessária.
Utiliza-se um aplicativo de CAD (aplicativo de desenho) para preparar este
arquivo, exportando apenas as curvas de nível em 3D (pontos com
coordenadas x,y,z) de interesse; Traçado viário: também deve ser exportado
a partir de um aplicativo de CAD para um arquivo tipo DXF; Dados de
projeto: serão necessárias informações como, população de início e fim de
plano, consumo per-capita, coeficiente de retorno, coeficientes de consumo
K1 (coeficiente do dia de maior consumo) e K2 (coeficiente da hora de maior
consumo do dia de maior consumo); Critérios de projeto: valores
normatizados para taxa de infiltração, declividades e velocidades limite e
profundidades admitidas; Custos unitários: para a elaboração do orçamento
do projeto também serão necessários critérios de composição de custos e
valores unitários de materiais e serviços.
Funcionamento CEsg
Figura 1. Tela principal e menu principal e barra de botões
Funcionamento CEsg
Figura 2.Traçado da rede
Funcionamento CEsg
Figura 3.Edição do tipo de superfície na planilha de
quantitativos dos trechos
Funcionamento CEsg
Figura 4.Visualização em perfil
Vantagens
• O CEsg mostra-se como um sistema de utilização simples, com comandos,
menus e botões semelhantes aos de outros softwares desenvolvidos em
ambiente Windows.
• Fornece aos usuários os conhecimentos mínimos necessários à execução de
todas as etapas do projeto, a partir de um sistema automático para
dimensionamento de redes de esgotamento sanitários urbanos com base nas
normas brasileiras.
• É um pacote aberto ao público e tanto seu acesso como sua atualização são
gratuitos, o que torna seu uso mais facilitado. Como o software se utiliza de um
único ambiente, mostra-se mais fácil ainda seu manuseio em relação a outros
programas semelhantes.
Considerações finais
A criação de métodos que possam auxiliar de maneira mais simples e direta no
dimensionamento de redes de abastecimento de água e esgoto vem crescendo e é de
fundamental importância que os futuros engenheiros tenham idéia dos rumos que têm
tomado o estudo dessas redes, além de estar sempre se atualizado e para mostrar
que o estudo deste assunto não se apresenta de forma estática e está sempre
evoluindo.
Os softwares CRedes e CEsg mostram-se ferramentas rápidas e de grande
auxílio no dimensionamento de redes de água potável e esgoto. Deve ser um
importante aliado ao estudante de Engenharia no decorrer do aprendizado, pois
permite que tenha uma visão mais rápida e esclarecedora de vários instrumentos
relacionados as redes.
Referências
• Acesso http://www.daee.sp.gov.br/acervoepesquisa/relatorios/revista/raee9810/informa.html no dia
03 de novembro de 2016.
• FCTH, Manual do Usuário – CRede, USP, 2001
• SAMPAIO,P., MÉTODOS PARA O DIMENSIONAMENTO DE REDES DE ABASTECIMENTO DE
ÁGUA, Instituto tecnológico de aeronáutica, São Paulo, 2005.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitário
Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitárioLivro Coleta e Tratamento de esgoto sanitário
Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitárioJoão Ricardo Bertoncini
 
Calculo da vazao projeto 2015.2
Calculo da vazao projeto 2015.2Calculo da vazao projeto 2015.2
Calculo da vazao projeto 2015.2marcosrei85
 
Hidráulica de Canais
Hidráulica de CanaisHidráulica de Canais
Hidráulica de CanaisDanilo Max
 
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativasAula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativasGiovanna Ortiz
 
Dimensionamento de Tubulações Hidraulicas
Dimensionamento de Tubulações HidraulicasDimensionamento de Tubulações Hidraulicas
Dimensionamento de Tubulações HidraulicasGuilherme Camargos
 
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de água
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de águaEstudo de demandas do sistema de abastecimento de água
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de águaCarlos Elson Cunha
 
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012Juliana Boso Marques
 
Aula Hidrologia - Método Racional
Aula Hidrologia - Método RacionalAula Hidrologia - Método Racional
Aula Hidrologia - Método RacionalLucas Sant'ana
 
tensões no solo por carregamentos externo
tensões no solo por carregamentos externo tensões no solo por carregamentos externo
tensões no solo por carregamentos externo Anderson Nunes
 
Nbr 12216 92 projeto de estação de tratamento de água para
Nbr 12216 92   projeto de estação de tratamento de água paraNbr 12216 92   projeto de estação de tratamento de água para
Nbr 12216 92 projeto de estação de tratamento de água paraJacqueline Schultz
 
Exercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulicaExercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulicaSérgio Lessa
 
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4Giovanna Ortiz
 
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basic
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basicExercicios resolvidos -_hidraulica_basic
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basicGerson Justino
 
Glauco exercicios resolvidos (1)
Glauco exercicios resolvidos (1)Glauco exercicios resolvidos (1)
Glauco exercicios resolvidos (1)Amália Ribeiro
 
Aula hidrilogia exercicio
Aula hidrilogia exercicioAula hidrilogia exercicio
Aula hidrilogia exerciciopropria
 
Mec solos exercícios resolvidos
Mec solos exercícios resolvidosMec solos exercícios resolvidos
Mec solos exercícios resolvidosAdriana Inokuma
 
684067 apostila drenagem (parte 1)
684067 apostila   drenagem (parte 1)684067 apostila   drenagem (parte 1)
684067 apostila drenagem (parte 1)Rodrigo Grazi
 

Mais procurados (20)

Aula 4 dimensionamento
Aula 4   dimensionamentoAula 4   dimensionamento
Aula 4 dimensionamento
 
Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitário
Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitárioLivro Coleta e Tratamento de esgoto sanitário
Livro Coleta e Tratamento de esgoto sanitário
 
Calculo da vazao projeto 2015.2
Calculo da vazao projeto 2015.2Calculo da vazao projeto 2015.2
Calculo da vazao projeto 2015.2
 
Hidrologia Aula 1
Hidrologia Aula 1Hidrologia Aula 1
Hidrologia Aula 1
 
Hidráulica de Canais
Hidráulica de CanaisHidráulica de Canais
Hidráulica de Canais
 
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativasAula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
Aula 6 lagoas de estabilização e lagoas facultativas
 
Dimensionamento de Tubulações Hidraulicas
Dimensionamento de Tubulações HidraulicasDimensionamento de Tubulações Hidraulicas
Dimensionamento de Tubulações Hidraulicas
 
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de água
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de águaEstudo de demandas do sistema de abastecimento de água
Estudo de demandas do sistema de abastecimento de água
 
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012
Hidrulica e hidrologia_aplicada_30102012
 
Aula Hidrologia - Método Racional
Aula Hidrologia - Método RacionalAula Hidrologia - Método Racional
Aula Hidrologia - Método Racional
 
tensões no solo por carregamentos externo
tensões no solo por carregamentos externo tensões no solo por carregamentos externo
tensões no solo por carregamentos externo
 
Nbr 12216 92 projeto de estação de tratamento de água para
Nbr 12216 92   projeto de estação de tratamento de água paraNbr 12216 92   projeto de estação de tratamento de água para
Nbr 12216 92 projeto de estação de tratamento de água para
 
Exercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulicaExercicios resolvidos de_hidraulica
Exercicios resolvidos de_hidraulica
 
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
Exercícios dimensionamento limpeza publica aula 4
 
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basic
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basicExercicios resolvidos -_hidraulica_basic
Exercicios resolvidos -_hidraulica_basic
 
Estradas aula 03
Estradas aula 03Estradas aula 03
Estradas aula 03
 
Glauco exercicios resolvidos (1)
Glauco exercicios resolvidos (1)Glauco exercicios resolvidos (1)
Glauco exercicios resolvidos (1)
 
Aula hidrilogia exercicio
Aula hidrilogia exercicioAula hidrilogia exercicio
Aula hidrilogia exercicio
 
Mec solos exercícios resolvidos
Mec solos exercícios resolvidosMec solos exercícios resolvidos
Mec solos exercícios resolvidos
 
684067 apostila drenagem (parte 1)
684067 apostila   drenagem (parte 1)684067 apostila   drenagem (parte 1)
684067 apostila drenagem (parte 1)
 

Semelhante a Softwares para dimensionamento de redes de abastecimento de água e esgoto

Semelhante a Softwares para dimensionamento de redes de abastecimento de água e esgoto (20)

O uso de softwares na engenharia civil
O uso de softwares na engenharia civilO uso de softwares na engenharia civil
O uso de softwares na engenharia civil
 
modelo de plan de negocios automatizado
modelo de plan de negocios automatizadomodelo de plan de negocios automatizado
modelo de plan de negocios automatizado
 
10.1109@tla.2015.7040668
10.1109@tla.2015.704066810.1109@tla.2015.7040668
10.1109@tla.2015.7040668
 
plan de negocios
plan de negociosplan de negocios
plan de negocios
 
Planninf of Network
Planninf of NetworkPlanninf of Network
Planninf of Network
 
10.1109@tla.2015.7040668
10.1109@tla.2015.704066810.1109@tla.2015.7040668
10.1109@tla.2015.7040668
 
Apresentação - Monografia de Projeto Final
Apresentação - Monografia de Projeto FinalApresentação - Monografia de Projeto Final
Apresentação - Monografia de Projeto Final
 
Apresentação RUP
Apresentação RUPApresentação RUP
Apresentação RUP
 
CAD/CAE/CAM (CAD,CAE,CAM; CAD-CAE-CAM)
CAD/CAE/CAM (CAD,CAE,CAM; CAD-CAE-CAM)CAD/CAE/CAM (CAD,CAE,CAM; CAD-CAE-CAM)
CAD/CAE/CAM (CAD,CAE,CAM; CAD-CAE-CAM)
 
AutoCAD
AutoCADAutoCAD
AutoCAD
 
C poli c definitivo
C poli c definitivoC poli c definitivo
C poli c definitivo
 
Faculdade evolução
Faculdade evoluçãoFaculdade evolução
Faculdade evolução
 
Informatica softwares para Eng. Civil
Informatica softwares para Eng. CivilInformatica softwares para Eng. Civil
Informatica softwares para Eng. Civil
 
Plan de negocios sobre la distribucion
Plan de negocios sobre la distribucionPlan de negocios sobre la distribucion
Plan de negocios sobre la distribucion
 
1.en.es
1.en.es1.en.es
1.en.es
 
Adas.en.es
Adas.en.esAdas.en.es
Adas.en.es
 
Tema1
Tema1Tema1
Tema1
 
Sistema de informação - Cad na engenharia
Sistema de informação - Cad na engenhariaSistema de informação - Cad na engenharia
Sistema de informação - Cad na engenharia
 
Cae software científico e de engenharia
Cae   software científico e de engenhariaCae   software científico e de engenharia
Cae software científico e de engenharia
 
SIC_201_VRSJ
SIC_201_VRSJSIC_201_VRSJ
SIC_201_VRSJ
 

Softwares para dimensionamento de redes de abastecimento de água e esgoto

  • 1. Softwares para dimensionamento redes de abastecimento de água e coleta de esgoto. CRedes e CEsg Trabalho apresentado por Camila Gutierrez; Neucy Barreto; Pamella Lima
  • 3. Sobre o CRedes Método dos Seccionamentos Fictícios, o Método de Hardy-Cross de Iteração de Vazões, o Método Nodal com Convergência por Iteração de Pressões e o Método Nodal com Convergência pela Técnica de Newton-Raphson • Foi desenvolvido pela FCTH – Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica, da Universidade de São Paulo (USP); • Pode ser utilizado em várias fases do projeto de uma rede de distribuição, desde seu traçado até o orçamento financeiro da obra. Desenvolve-se um projeto de uma rede de distribuição de água com este programa para possibilitar uma avaliação mais precisa;
  • 4. Sobre o CRedes • Como dados de entrada, o programa aceita plantas em formato eletrônico, com uma extensão compatível com um dos softwares mais utilizados por projetistas civis, o AutoCad. A partir dessas plantas, em que devem estar representados as curvas de nível, o arruamento e as cotas de vários pontos, é possível criar a rede desejada, com quantos elementos de nós e tubos forem necessários; • Em cada elemento de nó é possível estabelecer cinco diferentes tipos de condição de contorno, de forma que o nó se apresente como: um reservatório, um ponto concentrador da vazão da área de influência, uma válvula de controle, uma válvula redutora de pressão ou um “booster” em linha; • Escolhidos os diâmetros dos tubos é realizado o cálculo das vazões. Caso o usuário não deseje escolher o diâmetro de alguns tubos, o programa fornece um valor de diâmetro que satisfaça às condições de bom funcionamento da rede; Sobre o CRedes
  • 5. • O banco de dados do CRedes é bastante completo, embora apresente primordialmente produtos da marca Tigre. São apresentadas as especificações mais relevantes de cada produto, como, por exemplo, curvas características de bombas, valor de abertura padrão das válvulas de controle, etc. Estas especificações podem ser alteradas a critério do usuário; • Um módulo bastante útil do CRedes é o de orçamento, no qual é realizado o levantamento dos principais serviços a serem executados, bem como a volumetria dos materiais; Sobre o CRedes
  • 6. • Os resultados dos cálculos realizados pelo programa são apresentados tanto na forma gráfica como em planilhas. São indicados os nós e tubos que não apresentam as condições aceitáveis de funcionamento. Isto facilita a decisão a ser tomada pelo usuário para adequar a rede; • A qualquer momento é permitido ao usuário modificar o desenho da rede, criando, removendo ou deslocando elementos de nós e de tubos. Um dos destaques deste programa é a facilidade e a praticidade com que são realizadas alterações gráficas. Sobre o CRedes
  • 7. Funcionamento O primeiro passo a ser tomado para a realização de um projeto usando o CRedes é a entrada com os dados topográficos da rede. Primeiramente acessa-se Arquivos/Lê DFX de topografia e escolhe-se os layers relativos aos elementos topográficos, conforme mostra a Figura C.1.
  • 12.
  • 13. Aplicação Com o software CRedes 2001 foi realizado um projeto de dimensionamento de rede de distribuição de água potável de uma determinada região da cidade de São José dos Campos.
  • 16. CEsg
  • 17. Sobre o CEsg • Foi desenvolvido pela FCTH – Fundação Centro Tecnológica de Hidráulica para Tubos e Conexões Tigre Ltda. Possui foco em dimensionar redes urbanas de esgotamento sanitário. • O programa, além de dimensionar a rede, apresenta uma planilha de quantitativos e estimativas de custos. É um software gratuito, bastante difundido e desenvolvido em ambiente Windows • Possui uma interface bastante intuitiva e de fácil compreensão, a planta pode ser importada do AutoCAD facilmente. Após o desenho do traçado e dimensionamento da rede os dados finais podem ser exportados tanto para AutoCAD (traçado da rede) quanto para o Excel (Planilha de resultados).
  • 18. Sobre o CEsg • Os dados mínimos necessários para o projeto são: Topografia da área: deve ser preparada em arquivos tipo DXF (drawing interchange file) contendo apenas as curvas de nível da área necessária. Utiliza-se um aplicativo de CAD (aplicativo de desenho) para preparar este arquivo, exportando apenas as curvas de nível em 3D (pontos com coordenadas x,y,z) de interesse; Traçado viário: também deve ser exportado a partir de um aplicativo de CAD para um arquivo tipo DXF; Dados de projeto: serão necessárias informações como, população de início e fim de plano, consumo per-capita, coeficiente de retorno, coeficientes de consumo K1 (coeficiente do dia de maior consumo) e K2 (coeficiente da hora de maior consumo do dia de maior consumo); Critérios de projeto: valores normatizados para taxa de infiltração, declividades e velocidades limite e profundidades admitidas; Custos unitários: para a elaboração do orçamento do projeto também serão necessários critérios de composição de custos e valores unitários de materiais e serviços.
  • 19. Funcionamento CEsg Figura 1. Tela principal e menu principal e barra de botões
  • 21. Funcionamento CEsg Figura 3.Edição do tipo de superfície na planilha de quantitativos dos trechos
  • 23. Vantagens • O CEsg mostra-se como um sistema de utilização simples, com comandos, menus e botões semelhantes aos de outros softwares desenvolvidos em ambiente Windows. • Fornece aos usuários os conhecimentos mínimos necessários à execução de todas as etapas do projeto, a partir de um sistema automático para dimensionamento de redes de esgotamento sanitários urbanos com base nas normas brasileiras. • É um pacote aberto ao público e tanto seu acesso como sua atualização são gratuitos, o que torna seu uso mais facilitado. Como o software se utiliza de um único ambiente, mostra-se mais fácil ainda seu manuseio em relação a outros programas semelhantes.
  • 24. Considerações finais A criação de métodos que possam auxiliar de maneira mais simples e direta no dimensionamento de redes de abastecimento de água e esgoto vem crescendo e é de fundamental importância que os futuros engenheiros tenham idéia dos rumos que têm tomado o estudo dessas redes, além de estar sempre se atualizado e para mostrar que o estudo deste assunto não se apresenta de forma estática e está sempre evoluindo. Os softwares CRedes e CEsg mostram-se ferramentas rápidas e de grande auxílio no dimensionamento de redes de água potável e esgoto. Deve ser um importante aliado ao estudante de Engenharia no decorrer do aprendizado, pois permite que tenha uma visão mais rápida e esclarecedora de vários instrumentos relacionados as redes.
  • 25. Referências • Acesso http://www.daee.sp.gov.br/acervoepesquisa/relatorios/revista/raee9810/informa.html no dia 03 de novembro de 2016. • FCTH, Manual do Usuário – CRede, USP, 2001 • SAMPAIO,P., MÉTODOS PARA O DIMENSIONAMENTO DE REDES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA, Instituto tecnológico de aeronáutica, São Paulo, 2005.