SlideShare uma empresa Scribd logo

1. Aula introdutória sobre Atenção Básica_ reformulada.pdf

Atenção Basica

1 de 47
Baixar para ler offline
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE
FACULDADE DE ENFERMAGEM
DISCIPLINA: ESF
Atenção Primária à Saúde/ Estratégia Saúde da Família
Prof. Enf: Pãmela Correia Castro
Definição do termo saúde
•“Saúde é direito de todos e dever do Estado,
garantindo mediante medidas sociais e econômicas que
visem a redução do risco de doenças e de outros
agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e
serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”
•Art.196 Constituição Federal da
República de 1988.
Fonte: FREEPIK. Disponível em: https://bit.ly/3pFPO29.Acesso em: 16 ago.
2022.
1974 – “Relatório Lalonde” (Canadá):
movimento pela promoção da saúde
• Declara que não basta intervir na doença, é necessária a
intervenção nos determinantes de adoecimento. Neste
documento, o ministro do Canadá defende um movimento
pela promoção da saúde, porque constatou que 80% das
causas das doenças estavam relacionadas a estilos de vida
e ambiente.
Fonte: FREEPIK. Disponível em: https://bit.ly/3plgkNV. Acesso em: 16 ago. 2022.
Cuidados Primários
A partir desse informe de Lalonde, foram realizadas Conferências
Internacionais das Nações Unidas em Saúde, e o debate sobre a
Promoção de Saúde passa a fazer parte da agenda da Organização
Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde
(OPAS).
Fonte: MINISTÉRIO DA SAÚDE. Disponível em: https://bit.ly/3c5kpCK. Acesso em: 16 ago. 2022.
Cuidados Primários
I CONFERÊNCIA INTERNACIONAL sobre CUIDADOS
PRIMÁRIOS DE SAÚDE
Trouxe a reafirmação de
que a saúde é um
direito humano
fundamental, de que as
desigualdades são
inaceitáveis.
Governos têm
responsabilidade pela
saúde dos cidadãos.
População tem direito de
participar das decisões
no campo da saúde,
gerando grande
repercussão nos sistemas
de saúde do mundo.
1978 em Alma-Ata
(RESTREPO,2002)
Promoção de saúde
I Conferência Internacional
sobre PROMOÇÃO DA SAÚDE
Originou a Carta de
Ottawa (1986)
(WHO, 1986)
Ratificou importantes posições estabelecidas na Conferência de Alma-
Ata, como a defesa da justiça social, paz, educação, moradia,
alimentação, distribuição de renda e proteção do ecossistema, a Carta de
Ottawa estabeleceu uma agenda para a Promoçãoda Saúde em torno de
cinco linhas de ação.
(1)elaboração e implementação de ‘Políticas Públicas Saudáveis’,
(2)criação de ambientes favoráveis à saúde,
(3)reforço da ‘ação comunitária’,
(4)desenvolvimento de habilidades pessoais,
(5) reorientação do sistema de saúde.

Recomendados

Resumo esf
Resumo esfResumo esf
Resumo esfVia Seg
 
2020_Aula_APS_ESF_Farmácia_Deison_Gabriela.pdf
2020_Aula_APS_ESF_Farmácia_Deison_Gabriela.pdf2020_Aula_APS_ESF_Farmácia_Deison_Gabriela.pdf
2020_Aula_APS_ESF_Farmácia_Deison_Gabriela.pdfAndreRavienni
 
Aula Saude da família.pptx
Aula Saude da família.pptxAula Saude da família.pptx
Aula Saude da família.pptxMarianeBarbosa26
 
SAÚDE COLETIVA AULA1.pdf
SAÚDE COLETIVA AULA1.pdfSAÚDE COLETIVA AULA1.pdf
SAÚDE COLETIVA AULA1.pdfAlinneFreitas4
 
3. PROGRAMAS DE SAÚDE.ppt
3. PROGRAMAS DE SAÚDE.ppt3. PROGRAMAS DE SAÚDE.ppt
3. PROGRAMAS DE SAÚDE.pptGladys126266
 
Fisioterapia na Atenção Básica.pptx
Fisioterapia na Atenção Básica.pptxFisioterapia na Atenção Básica.pptx
Fisioterapia na Atenção Básica.pptxKarolineRossi1
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 1. Aula introdutória sobre Atenção Básica_ reformulada.pdf

Aula_4_-modelos_de_atenção.pdf
Aula_4_-modelos_de_atenção.pdfAula_4_-modelos_de_atenção.pdf
Aula_4_-modelos_de_atenção.pdfssuser51d27c1
 
Saúde da família
Saúde da famíliaSaúde da família
Saúde da famíliadumasgsantos
 
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptx
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptxaula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptx
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptxFrancielttonsantos
 
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdf
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdfCurso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdf
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdfAndreaViana41
 
Atenção básica no município de Osório
Atenção básica no município de OsórioAtenção básica no município de Osório
Atenção básica no município de OsórioEduc&Saude
 
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...Ricardo Alexandre
 
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2eadsantamarcelina
 
3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]Bruna Larissa
 
História da saúde da família e princípios da mfc
História da saúde da família e princípios da mfcHistória da saúde da família e princípios da mfc
História da saúde da família e princípios da mfcRicardo Alexandre
 
auxiliar de saúde bucal.pdf
auxiliar de saúde bucal.pdfauxiliar de saúde bucal.pdf
auxiliar de saúde bucal.pdfsumaya Sobrenome
 
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptx
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptxATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptx
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptxssuser51d27c1
 
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.ppt
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.pptPSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.ppt
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.pptLucianaSousa469679
 
1. Introdução pratica ESF e APS
1. Introdução pratica ESF e APS1. Introdução pratica ESF e APS
1. Introdução pratica ESF e APSLeonardo Savassi
 

Semelhante a 1. Aula introdutória sobre Atenção Básica_ reformulada.pdf (20)

Aula_4_-modelos_de_atenção.pdf
Aula_4_-modelos_de_atenção.pdfAula_4_-modelos_de_atenção.pdf
Aula_4_-modelos_de_atenção.pdf
 
A04v57n1
A04v57n1A04v57n1
A04v57n1
 
Saúde da família
Saúde da famíliaSaúde da família
Saúde da família
 
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptx
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptxaula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptx
aula 2 saude coletiva II_1691079403 (1).pptx
 
SUS
SUSSUS
SUS
 
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdf
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdfCurso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdf
Curso ACS - Atenção Primária à Saúde.pdf
 
Atenção básica no município de Osório
Atenção básica no município de OsórioAtenção básica no município de Osório
Atenção básica no município de Osório
 
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...
Breve história da mfc, diagnóstico comunitário e planejamento do diagnóstico ...
 
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2
Curso Introduorio ESF - Conteudo teorico modulo 2 - Aula 2
 
aula 6 - ESF.pptx
aula 6 -  ESF.pptxaula 6 -  ESF.pptx
aula 6 - ESF.pptx
 
3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]3 programas atencao_saude[1]
3 programas atencao_saude[1]
 
História da saúde da família e princípios da mfc
História da saúde da família e princípios da mfcHistória da saúde da família e princípios da mfc
História da saúde da família e princípios da mfc
 
auxiliar de saúde bucal.pdf
auxiliar de saúde bucal.pdfauxiliar de saúde bucal.pdf
auxiliar de saúde bucal.pdf
 
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptx
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptxATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptx
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE.pptx
 
Pesquisa em APS
Pesquisa em APSPesquisa em APS
Pesquisa em APS
 
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.ppt
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.pptPSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.ppt
PSF PROGRAMA E SAUDE DA FAMILIA.ppt
 
SlidesdoPSF.ppt
SlidesdoPSF.pptSlidesdoPSF.ppt
SlidesdoPSF.ppt
 
Apresentação atenção básica esf
Apresentação atenção básica   esfApresentação atenção básica   esf
Apresentação atenção básica esf
 
Aula1
Aula1Aula1
Aula1
 
1. Introdução pratica ESF e APS
1. Introdução pratica ESF e APS1. Introdução pratica ESF e APS
1. Introdução pratica ESF e APS
 

Mais de pamelacastro71

1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn
1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn
1661179926277.pptxsaueda mulher assistennpamelacastro71
 
sistemaimunologico-170827154820.pptxdddddd
sistemaimunologico-170827154820.pptxddddddsistemaimunologico-170827154820.pptxdddddd
sistemaimunologico-170827154820.pptxddddddpamelacastro71
 
ciências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicociências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicopamelacastro71
 
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptx
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptxaulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptx
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptxpamelacastro71
 
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptxpamelacastro71
 
Caso-Clinico_Guillain-Barre.ppt
Caso-Clinico_Guillain-Barre.pptCaso-Clinico_Guillain-Barre.ppt
Caso-Clinico_Guillain-Barre.pptpamelacastro71
 
ATENDENTE DE FARMACIA.ppt
ATENDENTE DE FARMACIA.pptATENDENTE DE FARMACIA.ppt
ATENDENTE DE FARMACIA.pptpamelacastro71
 
46255sinais vitais.ppt
46255sinais vitais.ppt46255sinais vitais.ppt
46255sinais vitais.pptpamelacastro71
 
fcsendo1_intro_2023.ppsx
fcsendo1_intro_2023.ppsxfcsendo1_intro_2023.ppsx
fcsendo1_intro_2023.ppsxpamelacastro71
 
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxslidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxpamelacastro71
 
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxslidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxpamelacastro71
 

Mais de pamelacastro71 (20)

1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn
1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn
1661179926277.pptxsaueda mulher assistenn
 
sistemaimunologico-170827154820.pptxdddddd
sistemaimunologico-170827154820.pptxddddddsistemaimunologico-170827154820.pptxdddddd
sistemaimunologico-170827154820.pptxdddddd
 
ciências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologicociências morfo sistema imune e hematologico
ciências morfo sistema imune e hematologico
 
saúde da mulher
saúde da mulhersaúde da mulher
saúde da mulher
 
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptx
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptxaulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptx
aulapartoenascimentosegurosabril2015-150415135625-conversion-gate01.pptx
 
A2.ppt
A2.pptA2.ppt
A2.ppt
 
trabalho rosa.pptx
trabalho rosa.pptxtrabalho rosa.pptx
trabalho rosa.pptx
 
Aula 10.pptx
Aula 10.pptxAula 10.pptx
Aula 10.pptx
 
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx
02aula-assistenciadeenfermagemaorecm-nascidonormal-170102183340.pptx
 
Caso-Clinico_Guillain-Barre.ppt
Caso-Clinico_Guillain-Barre.pptCaso-Clinico_Guillain-Barre.ppt
Caso-Clinico_Guillain-Barre.ppt
 
1681910731037.pptx
1681910731037.pptx1681910731037.pptx
1681910731037.pptx
 
aula de hoje.pptx
aula de hoje.pptxaula de hoje.pptx
aula de hoje.pptx
 
1680273211933.pdf
1680273211933.pdf1680273211933.pdf
1680273211933.pdf
 
PELE 3.ppt
PELE 3.pptPELE 3.ppt
PELE 3.ppt
 
ATENDENTE DE FARMACIA.ppt
ATENDENTE DE FARMACIA.pptATENDENTE DE FARMACIA.ppt
ATENDENTE DE FARMACIA.ppt
 
1871426.ppt
1871426.ppt1871426.ppt
1871426.ppt
 
46255sinais vitais.ppt
46255sinais vitais.ppt46255sinais vitais.ppt
46255sinais vitais.ppt
 
fcsendo1_intro_2023.ppsx
fcsendo1_intro_2023.ppsxfcsendo1_intro_2023.ppsx
fcsendo1_intro_2023.ppsx
 
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxslidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
 
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptxslidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
slidesnhb-100606125857-phpapp02.pptx
 

Último

“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...VictorRodriguesFonse
 
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades  da dieta low carbDesvendando os mitos e verdades  da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carbgviviane619
 
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da PeleDesvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pelerljss12
 
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...macedoytam
 
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradouros
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados DuradourosEmagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradouros
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradourosjhelyelup3
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Irapoan Dantas
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosAna Clara
 
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfAlcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfRafaelSantos459300
 
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...oliveiraaladiane
 
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Janaina Master
 
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de PesoComo o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Pesopeixotoartes95
 
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveis
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveisemagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveis
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveisjacianejudite
 
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisol
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + VerisolRosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisol
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisolelainelalves91
 
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxAula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxchrislannebmc
 
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoChef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoDiogoFerrazSantana
 
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdfCONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdffcris0021
 
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugasMitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugaslucasoliveiraa2247
 
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...viviane30gsa
 
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 Lusani
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 LusaniCATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 Lusani
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 LusaniVITRINESMAGAZINE
 

Último (19)

“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
 
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades  da dieta low carbDesvendando os mitos e verdades  da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
 
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da PeleDesvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
 
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...
Transforme seu Corpo em 24 Horas: Rotina de Exercícios de Alta Intensidade Re...
 
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradouros
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados DuradourosEmagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradouros
Emagrecimento saudável : Supere os Desafios e Alcance Resultados Duradouros
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
 
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfAlcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
 
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...
Desvendando Mitos e Verdades sobre Emagrecimento_ Rumo a uma Transformação Sa...
 
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
 
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de PesoComo o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
 
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveis
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveisemagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveis
emagrecimento saudável ; refeições rápidas e saudáveis
 
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisol
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + VerisolRosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisol
Rosa amazônica - Rosa Mosqueta +Ácido Hialuronico + Retinol + Verisol
 
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptxAula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
Aula 1. Introdução a Epidemiologia Veterinária.pptx
 
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoChef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
 
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdfCONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
 
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugasMitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
 
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
Encontrando o equilíbrio: um guia para mulheres acima dos 40 na busca por um ...
 
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 Lusani
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 LusaniCATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 Lusani
CATALOGO PRODUTOS OZONTECK ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 Lusani
 

1. Aula introdutória sobre Atenção Básica_ reformulada.pdf

  • 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FACULDADE DE ENFERMAGEM DISCIPLINA: ESF Atenção Primária à Saúde/ Estratégia Saúde da Família Prof. Enf: Pãmela Correia Castro
  • 2. Definição do termo saúde •“Saúde é direito de todos e dever do Estado, garantindo mediante medidas sociais e econômicas que visem a redução do risco de doenças e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.” •Art.196 Constituição Federal da República de 1988. Fonte: FREEPIK. Disponível em: https://bit.ly/3pFPO29.Acesso em: 16 ago. 2022.
  • 3. 1974 – “Relatório Lalonde” (Canadá): movimento pela promoção da saúde • Declara que não basta intervir na doença, é necessária a intervenção nos determinantes de adoecimento. Neste documento, o ministro do Canadá defende um movimento pela promoção da saúde, porque constatou que 80% das causas das doenças estavam relacionadas a estilos de vida e ambiente. Fonte: FREEPIK. Disponível em: https://bit.ly/3plgkNV. Acesso em: 16 ago. 2022.
  • 4. Cuidados Primários A partir desse informe de Lalonde, foram realizadas Conferências Internacionais das Nações Unidas em Saúde, e o debate sobre a Promoção de Saúde passa a fazer parte da agenda da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). Fonte: MINISTÉRIO DA SAÚDE. Disponível em: https://bit.ly/3c5kpCK. Acesso em: 16 ago. 2022.
  • 5. Cuidados Primários I CONFERÊNCIA INTERNACIONAL sobre CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE Trouxe a reafirmação de que a saúde é um direito humano fundamental, de que as desigualdades são inaceitáveis. Governos têm responsabilidade pela saúde dos cidadãos. População tem direito de participar das decisões no campo da saúde, gerando grande repercussão nos sistemas de saúde do mundo. 1978 em Alma-Ata (RESTREPO,2002)
  • 6. Promoção de saúde I Conferência Internacional sobre PROMOÇÃO DA SAÚDE Originou a Carta de Ottawa (1986) (WHO, 1986) Ratificou importantes posições estabelecidas na Conferência de Alma- Ata, como a defesa da justiça social, paz, educação, moradia, alimentação, distribuição de renda e proteção do ecossistema, a Carta de Ottawa estabeleceu uma agenda para a Promoçãoda Saúde em torno de cinco linhas de ação. (1)elaboração e implementação de ‘Políticas Públicas Saudáveis’, (2)criação de ambientes favoráveis à saúde, (3)reforço da ‘ação comunitária’, (4)desenvolvimento de habilidades pessoais, (5) reorientação do sistema de saúde.
  • 7. Promoção de saúde I Conferência Internacional sobre PROMOÇÃO DA SAÚDE Definiu a promoção da saúde: Processo de capacitação da comunidade para atuar na melhoria de sua qualidade de vida e saúde, incluindo maior participação no controle desse processo. Reforço da responsabilidade individual e da comunidade,  promoção da saúde visa assegurar a igualdade de oportunidades e potencial de saúde. Originou a Carta de Ottawa (1986) (WHO, 1986)
  • 8. Promoção de saúde Conceito ampliado de saúde Determinantes para além do setor saúde Condições biológicas, sociais, econômicas, culturais, educacionais, políticas e ambientais Carta de Ottawa Reforça (WHO, 1986)
  • 9. Contexto Histórico da Atenção Primária à Saúde 1986 - 1ª Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde. Carta de Otawa Federal Brasileira – Criou o SUS 1988 Congresso Nacional aprovoua Lei Orgânica 8.080 – SUS em vigor 1990 Ministério da Saúde implanta o Programa de Agente Comunitário de Saúde 1990 - 1991 da Família 1994 Programa Saúde Política Nacional de Atenção Básica 2006 1978 Constituição I Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde – Alma Ata Fonte: FREEPIK. Disponível em: https://bit.ly/3w8cCLz; https://bit.ly/3w3E90z; https://bit.ly/3A0I4MH. Acesso em: 16 ago. 2022.
  • 10. ATENÇÃO BÁSICA X ATENÇÃO PRIMÁRIA HOSPITALOCENTRICO
  • 11. Art. 2º A Atenção Básica é o conjunto de ações de saúde individuais, familiares e coletivas que envolvem promoção, prevenção, proteção, diagnóstico, tratamento, reabilitação, redução de danos, cuidados paliativos e vigilância em saúde, desenvolvida por meio de práticas de cuidado integrado e gestão qualificada, realizada com equipe multiprofissional e dirigida à população em território definido, sobre as quais as equipes assumem responsabilidade sanitária. O que é Atenção Básica Fonte: Art. 2º da PNAB.
  • 12. Política Nacional de Atenção Básica - 2017 - PNAB Portaria de Consolidação nº 2, de 28/09/2017 - Anexo XXII Políticas Nacionais de Saúde do SUS Consolida e revoga a Portaria Nº 2.436, de 21/09/2017
  • 13. ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE - TOCANTINS Princípios do SUS e da RAS a serem operacionalizados na Atenção Básica Esta estruturada segundo princípios próprios, como: a universalidade, a acessibilidade, o vínculo, a continuidade, a integralidade do cuidado, a coordenação e responsabilização pelo territorio e familias adscritas e humanização dos cuidados.
  • 14. DIRETRIZES Regionalização e hierarquização Territorialização População Adscrita Cuidado centrado na pessoa Resolutividade Longitudinalidade do cuidado Coordenação do cuidado Ordenação da RAS Participação da comunidade Território delimitado População assistida Singularidade do cuidado (individual) Continuação do cuidado na unidade (roda e conversas, cartilhas)
  • 15. DIRETRIZES Regionalização e hierarquização Territorialização População Adscrita Cuidado centrado na pessoa Resolutividade Longitudinalidade do cuidado Coordenação do cuidado Ordenação da RAS Participação da comunidade Participação popular Organização das redes de acordo com as necessidades da população- p onde vai? Fluxo de atendimento da RAS Continuidade da relação de cuidado
  • 18.  No SUS, constitui-se como um nível hierárquico da atenção, que deve estar organizado em todos os municípios do país Atenção Básica à Saúde
  • 19. Manual de Estrutura Física das Unidades de Básicas de Saúde Saúde da Família RDC nº 50/ANVISA/fevereiro/2002
  • 20.  No SUS, constitui-se como um nível hierárquico da atenção, que deve estar organizado em todos os municípios do país Atenção Básica à Saúde
  • 21.  Mega-tendência dos sistemas de saúde no mundo Atenção Primária à Saúde (STARFIELD, 2002)
  • 22. Atenção Primária à Saúde  Sistemas de saúde orientados pelos princípios da APS alcançam:  melhores indicadores de saúde;  tem menores custos e; maior satisfação dos usuários (STARFIELD, 2002)
  • 23. RESOLUTIVA 85% dos problemas de saúde podem e devem ser resolvidos no âmbito da Atenção Primária ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE
  • 24. Quando há insuficiência na atenção primária, a emergência pode se tornar a única porta de entrada do sistema. Mas se há uma rede estabelecida, o serviço de emergência pode ser buscado realmente porque há necessidade de atendimento imediato.
  • 25. Cobertura da EstratégiaSaúde da Família nas capitais brasileiras (maio, 2019) 100,00% 90,00% 80,00% 70,00% 60,00% 50,00% 40,00% 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% COBERTURA DE ESF COBERTURA DE AB
  • 27. EQUIPE DE SAÚDE DA FAMÍLIA (eSF) COMPOSIÇÃO DA EQUIPE 1médico ( preferencialmente daespecialidadede medicina defamíliaecomunidade),1enfermeiro (preferencialmente especialistaem saúdedafamília),1 auxiliare/ou técnico de enfermagem, e agente comunitário desaúde( ACS). Podendo fazerparte da equipe o agente de combate às endemias(ACE) eos profissionaisdesaúdebucal: cirurgião-dentista( preferencialmenteespecialistaem saúdeda família), eauxiliar ou técnico em saúdebucal. (BRASIL, 2017)
  • 28. Gestão e execução das ações de Atenção Básica AÇÕES PREVISTAS (prioridades) • Controle da tuberculose • Eliminação da hanseníase • Controle da hipertensão arterial • Controle da diabetes mellitus • Saúde da Criança • Saúde da Mulher • Saúde do Homem • Saúde do Idoso • Saúde Mental • Saúde Bucal • Ações básicas de vigilância à saúde (epidemiológica, sanitária e ambiental) • Ações intersetoriais e ações educativas visando promoção da saúde e prevenção de doenças
  • 29. SUS
  • 30. MODELOS DE ATENÇÃO À SAÚDE • Hospitalocêntrico • Verticalizado • Fragmentado • Tecnicista • Ineficiente • Pouco resolutivo Médico Assistencial Privatista Vigilância e Promoção Da Saúde EIXO ESTRUTURANTE
  • 31. Diferenças de atuação dos profissionais da Unidade Municipal de Saúde (UMS) e da Estratégia Saúde da Família (ESF)
  • 32. COMO TRABALHA A ESF? • Consultas programadas e demanda espontânea • Problemas comuns de todas as faixas etárias e especialidades • Priorização de grupos vulneráveis (crianças, gestantes, idosos, HAS/DM) • Acolhimento • Visitas domiciliares • Ações coletivas e educativas (grupos, escolas) • Abordagem familiar • Atendimentos compartilhados e Apoio matricial
  • 33. PRONTUÁRIO FAMILIA Ferramentas que favorecemamudança no processode trabalho no âmbito da Atenção Básica/EstratégiaSaudeda Familia SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (e-SUS) PLANEJAMENTO VISITA DOMICILIARIA ACOLHIMENTO
  • 34. Ampliar a abrangência e o escopo das ações da APS, bem como sua resolutividade, apoiando a inserção da Estratégia de Saúde da Família na rede de serviços e o processo de territorialização e regionalização a partir daAPS. NÚCLEOAMPLIADO DE SAÚDE DAFAMÍLIAE ATENÇÃO BÁSICA( NASF-AB)
  • 35. NÚCLEO AMPLIADO DE SAÚDE DA FAMÍLIA E ATENÇÃO BÁSICA ( NASF- AB) Criados em 2008  apoiar a consolidação da ABS ampliando abrangência e resolutividade; Equipes multiprofissionais  trabalho integrado às Equipes de SF, apoiando-as e compartilhando saberes; 13 categorias profissionais.Atualmente 19 CBOs. Apoio matricial;
  • 36. NÚCLEOAMPLIADO DE SAÚDE DAFAMÍLIAEATENÇÃO BÁSICA( NASF-AB) Caracteriza-se por um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual e coletivo; Abrangem a promoção e a proteção de saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, a reabilitação e a manutenção da saúde; Trabalho em equipe multidisciplinar, atuando em um geograficamente definido com uma território população.
  • 37. NÚCLEO AMPLIADO DE SAÚDE DA FAMÍLIA E ATENÇÃO BÁSICA ( NASF- AB) OCUPAÇÕES DISPONÍVEIS NO NASF  Assistente Social  Médico Homeopata  Farmacêutico  Médico Pediatra  Fisioterapeuta  Médico Psiquiatra  Fonoaudiólogo  Médico Geriatra*  Nutricionista  Médico Internista (clinica médica)*  Profissional/Prof. de Ed. Física  Médico do Trabalho*  Psicólogo  Médico Veterinário*  Terapeuta Ocupacional Profissional com formação em arte e educação (arte educador)*  Médico Ginecologista/Obstetra  Profissional de saúde sanitarista*  Médico Acupunturista * categorias acrescentadas as já indicadas na Portaria nº 154/2008, criou os NASF.
  • 38. Necessidade Demanda existe um produto pronto Profissionais do NASF O PROCESSO DE TRABALHO ESF + NASF saberes, desejos, disputas, afetos, projetos, conflitos, impossibilidades Demanda reconhecida Necessidade atendida Reuniões NASF e ESF Profissionais da ESF
  • 39. NÚCLEOAMPLIADO DE SAÚDE DAFAMÍLIAEATENÇÃO BÁSICA( NASF-AB) É uma equipe, não é um serviço específico! Errado!
  • 41. Grupo de Postura NASF SMSA-BH
  • 42. Grupo de Hidroginástica NASF SMS Nova Monte Verde - MT
  • 43. Fragmentação da Atenção à Saúde onde persiste o equívoco de que “ABS faz apenas promoção e prevenção”; Rede constituída que necessita de adequações estruturais;  Melhorar a qualidade. Desafios:
  • 44. E S T R A T É G I AS A Ú D ED AF A M ÍL I A POLITICA DE ESTADO ESTRATEGIA E NÃO MAIS PROGRAMA ESTRATEGIA PARA PROMOVER A EQUIDADE
  • 46. REFERÊNCIAS BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria no 2436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União, Brasília, DF: Ministério da Saúde, 2017 . BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Manual de estrutura física das unidades básicas de saúde : saúde da família / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica, 2nd edn. Brasília: Ministério da Saúde, 2008.
  • 47. PROF. Pãmela Correia Castro pamelacorreiac@gmail.com